A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

SUPORTE PARA RESPOSTA. Tema 1: Mirela de Carvalho.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "SUPORTE PARA RESPOSTA. Tema 1: Mirela de Carvalho."— Transcrição da apresentação:

1 SUPORTE PARA RESPOSTA

2 Tema 1: Mirela de Carvalho

3 Argumenta-se que a nova classe média é nova não apenas porque seus membros ascenderam recentemente a esta classe, mas, também, que este grupo forma uma nova classe média na medida em que, por um lado, tem comportamentos e atitudes distintos e, por outro lado, valores e preferências diferenciados. O comportamento e as atitudes, contudo, além de decorrem dos valores e preferências, também são determinados por restrições orçamentárias e outras restrições impostas pelo ambiente social e econômico. Assim, não seria incomum encontrar grupos que, embora tenham idênticos valores e preferências, se comportam de forma diferenciada. As questões que o comportamento da nova classe média nos coloca são: i) O comportamento e as atitudes da nova classe média de fato são diferenciados da antiga classe média, dos ricos e dos novos e antigos pobres? ii) Essa nova classe média mudou seu comportamento e suas atitudes ao ascender, ou mantém os mesmos comportamentos e atitudes que tinha quando era pobre? iii) Caso o comportamento e as atitudes da nova classe média sejam diferenciados, estas diferenças refletem diferenças mais profundas em valores e preferências ou apenas resultam de diferenças em restrições orçamentárias e no ambiente social e econômico que enfrentam? iv) Caso os valores e preferências da classe média sejam de fato diferenciados, de que forma são diferenciados e qual a natureza destas diferenças? v) Seria possível identificar as origens destas diferenças?

4 Elite NCM Quem sempre comprou faz de tudo para se diferenciar da massa Consumo & Inclusão Quem está passando a consumir agora, compra procurando Exclusividade Diferenciação Consumo do intangível Inclusão Pertencimento Vantagens e razões concretas Menos fiel Mais solitário Mais fiel Mais solidário Vergonha do desconto Prazer em ostentar Orgulho do desconto Prazer em oferecer

5 Valores: NCM X Elite Fonte: Data Popular entrevistas / Junho 2011

6 Tema 2: Ricardo Henriques

7 Ao longo da última década a pobreza no país declinou de forma extremamente acentuada. No entanto, nem todos os pobres deixaram a condição de pobreza. De importância ainda maior é o fato de que os pobres não seguiram uma fila para deixar a situação de pobreza. Ao contrário, alguns mais próximos à linha de pobreza permaneceram pobres, enquanto outros que estavam distantes conseguirem ultrapassá-la vindo a constituir a nova classe média. Em suma, enquanto alguns ascenderam à classe média outros permaneceram na pobreza. Duas possibilidades podem ser levantadas: 1. Ou estes dois grupos diferem com relação às oportunidades que tiveram (os que ascenderam tendo tido acesso à oportunidades não disponíveis aos que permaneceram na pobreza) 2. ou os dois grupos diferem com relação à sua habilidade, capacidade e motivação para aproveitar oportunidades que estavam igualmente disponíveis aos dois grupos. Sem surpresa, a realidade deve combinar estes dois fatores. A questão é qual destes dois tipos de diferenças foi o fator de maior importância e como operou?

8 CRESCIMENTO DA NOVA CLASSE MÉDIA +35% +50% +29% +21% +16% Crescimento da nova classe média por regiões Contribuição de cada tipo de área para o crescimento da classe média Crescimento da nova classe média por tipo de área Contribuição de cada região para o crescimento da classe média 3 de cada 10 pessoas que entraram na Nova Classe Média são nordestinas

9 Comparativo: Internautas versus Não Internautas Os internautas: São + interessados em conhecer outras culturas São + interessados por artes Se consideram criativos São preocupados com reciclagem 65% 52% 85% 87% 35% 37% 44% 61% Por terem maior acesso à informações demonstram ter mais interesse em outras culturas e manifestações artísticas, que estimulam a criatividade. Além disso, são eles os que mais tem noção de sustentabilidade com a reciclagem de seus resíduos domésticos. Com uma variedade maior de conhecimentos, se preocupam menos com futilidades.

10 Comparativo: Mulheres versus Homens Comparativo: Elas: Dão + dicas sobre saúde e nutrição para os amigos Fazem exames de rotina com + frequência Se consideram + criativas Pesquisam + preços 35% 62% 78% 89% 89% 19% 37% 53% 62% 61% Acreditam na educação como ferramenta de prosperidade Julho de 2011 As mulheres ganharam poder na atual sociedade brasileira; Em relação aos homens são elas as que mais se preocupam com a própria saúde, não se descuidando dos exames de rotina e alimentação. Com isso, são sempre requisitadas pelos amigos como conselheiras. Quando o assunto é consumo, elas pesquisam mais preços, ficando sempre de olho em ofertas e descontos.

11 Comparativo: Mais jovens (24-35) versus Mais velhos (45-59) Comparativo: Os mais jovens: São + interessados em conhecer outras culturas São + empreendedores São + preocupados com qualificação profissional Confiam + na internet como fonte de informação São + preocupados com responsabilidade social 65% 74% 42% 61% 73% 56% 65% 28% 54% 61% Julho de 2011 Como são mais conectados ao mundo virtual, os jovens tem uma vontade maior de conhecer novas culturas; A carreira profissional é uma de suas prioridades. Demonstram maior espírito empreendedor e também estão atentos às questões ambientais, procurando sempre fazer a sua parte para contribuir diretamente com o bem estar do planeta.

12 OTIMISMO E FUTURO Índice de otimismo geral – 2004 X 2011 A NOVA CLASSE MÉDIA É MAIS OTIMISTA QUE A ANTIGA

13 Otimismo x pessimismo – NCM Intenção de realizar atividade no período indicado X Expectativa com relação à renda: Fonte: Data Popular entrevistas / Junho 2011 Os otimistas são mais dispostos a investir em si mesmos:


Carregar ppt "SUPORTE PARA RESPOSTA. Tema 1: Mirela de Carvalho."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google