A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Evidências.com 1/42 Elaboração do Plano de Intenção Aldemar Araujo Castro Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas, Maceió, AL.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Evidências.com 1/42 Elaboração do Plano de Intenção Aldemar Araujo Castro Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas, Maceió, AL."— Transcrição da apresentação:

1 Evidências.com 1/42 Elaboração do Plano de Intenção Aldemar Araujo Castro Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas, Maceió, AL. UNCISAL

2 Evidências.com 2/42 Objetivos da aula O plano de intenção –O que é? –Importância? –Quem deve fazer? –Como fazer? –Quando fazer? –Aonde fazer? O orientador –Quem é? –Importância? –Quem pode ser? –Como selecionar?

3 Planejamento Execução Divulgação Pesquisa Piloto Coleta de Dados Armazenamento Tabulação Análise Interpretação Relatório Final Idéia Brilhante Plano de intenção Revisão da Literatura Teste de Instrumentos e de Procedimentos Projeto de Pesquisa Tema Livre Artigo Original As etapas da pesquisa

4 Evidências.com 4/42 Dúvida Pergunta Hipótese Processo Objetivo 1.1. Idéia Brilhante (1/5) Relevante e viável

5 Evidências.com 5/42 Rascunho Resumo 1.2. Plano de intenção (2/5) Relevante e viável

6 Evidências.com 6/42 Mapeamento teórico Existe uma resposta adequada? Fonte de idéias Exigüibilidade téorica 1.3. Revisão da literatura (3/5) Relevante e viável

7 Evidências.com 7/ Teste de instrumentos e de procedimentos (4/5) Formulários Equipamentos Rotinas e técnicas Relevante e viável

8 Evidências.com 8/42 O que? Por que? Para que? Como? Onde? Quanto? Reprodutibilidade 1.5. Projeto de Pesquisa (5/5) Relevante e viável

9 Evidências.com 9/42

10 Evidências.com 10/42 Qual a pesquisa que desejo fazer? Usar um lado da folha Formato livre Descrição objetiva da pesquisa Escrever um plano de intenção

11 Evidências.com 11/42 O que fazer antes de escrever o projeto de pesquisa? Plano de intenção – Tempo e esforço – O que desejo fazer? Exercício 1/2 – Usar um lado da folha

12 Evidências.com 12/42 O que é? Rascunho Resumo do projeto Dinâmico / mutável Folha única Conteúdo = idéia brilhante Encaminhar ao orientador Plano de Intenção

13 Evidências.com 13/42 Plano de intenção Título Autores Instituição Arquivo Resumo estruturado Descritores

14 Evidências.com 14/42 Resumo Estruturado do Plano de Intenção Contexto Objetivo Tipo de estudo Local Amostra Procedimentos Variáveis Método estatístico (cálculo do tamanho da amostra e análise estatística)

15 Evidências.com 15/42 Como fazer o plano de intenção? Plano de intenção – Rigor científico – O que desejo fazer? Título Dados... Exercício 2/2 – Usar o outro lado da folha

16 Evidências.com 16/42 Plano de intenção Título Autores Instituição Arquivo Resumo estruturado –Contexto –Objetivo –Tipo de estudo –Local –Amostra –Procedimentos –Variáveis –Método estatístico cálculo do tamanho da amostra análise estatística Descritores

17 Evidências.com 17/42 Título Pergunta Objetivo Título Prevalência de obesidade nos estudantes de graduação. Pergunta Qual a prevalência de obesidade nos estudantes de graduação? Objetivo Determinar a prevalência de obesidade nos estudantes de graduação.

18 Evidências.com 18/42 Título Pergunta Objetivo Título Antibióticos para tratamento da leptospirose Pergunta Qual a efetividade e segurança do uso de antibióticos no tratamento da leptospirose? Objetivo Avaliar a efetividade e segurança do uso de antibióticos no tratamento da leptospirose.

19 Evidências.com 19/42 Pergunta da Pesquisa

20 Item do planejamento Idéia brilhante Plano de intenção Revisão da literatura Testes de instrumentos e de procedimentos Projeto de pesquisa Semanas

21 Item do execução Pesquisa-piloto Coleta de dados Armazenamento dos dados Tabulação dos dados Análise dos dados Interpretação dos dados Relatório final Mês

22 Evidências.com 22/42 Exercício Plano de intenção

23 Evidências.com 23/42 Título Autores Instituição Informação do arquivo Resumo estruturado –Contexto –Objetivo –Tipo de estudo –Local –Amostra –Procedimentos –Variáveis –Método estatístico cálculo do tamanho da amostra análise estatística Descritores 1.Título 2.Autores 3.Instituição 4.Arquivo 5.Contexto 6.Objetivo 7.Tipo de estudo 8.Local 9.Amostra 10.Procedimentos 11.Variáveis 12.Método estatístico 13.Descritores Plano de Intenção

24 Evidências.com 24/42 Exercício (1 a parte) Individual Não é para entregar as respostas Revisão de cada item Colocar apenas cada número em ordem Por exemplo: 4, 7, 9, 1, 5, 6, 8, N, N, N, N, N. O exercício continua (2 a parte)

25 Evidências.com 25/42 Heparina de baixo peso molecular comparada à heparina não fracionada no tratamento inicial da trombose venosa profunda/embolia pulmonar: ensaio clínico randomizado, duplo-cego. 1.Título 2.Autores 3.Instituição 4.Arquivo 5.Contexto 6.Objetivo 7.Tipo de estudo 8.Local 9.Amostra 10.Procedimentos 11.Variáveis 12.Método estatístico 13.Descritores Qual o item?

26 Evidências.com 26/42 Aldemar Araújo Castro 1.Título 2.Autores 3.Instituição 4.Arquivo 5.Contexto 6.Objetivo 7.Tipo de estudo 8.Local 9.Amostra 10.Procedimentos 11.Variáveis 12.Método estatístico 13.Descritores Qual o item?

27 Evidências.com 27/42 Disciplina de Cirurgia Vascular do Departamento de Cirurgia da Universidade Federal de São Paulo. Rua Napoleão de Barros, o andar. São Paulo, SP Fone: ; Fac-símile: ; Correio eletrônico: 1.Título 2.Autores 3.Instituição 4.Arquivo 5.Contexto 6.Objetivo 7.Tipo de estudo 8.Local 9.Amostra 10.Procedimentos 11.Variáveis 12.Método estatístico 13.Descritores Qual o item?

28 Evidências.com 28/42 C:/exemplos/pi_html_1.doc 12/04/1999; 04:45 1.Título 2.Autores 3.Instituição 4.Arquivo 5.Contexto 6.Objetivo 7.Tipo de estudo 8.Local 9.Amostra 10.Procedimentos 11.Variáveis 12.Método estatístico 13.Descritores Qual o item?

29 Evidências.com 29/42 A trombose venosa profunda embolia pulmonar apesar do tratamento inicial com a heparina não fracionada apresenta 10% de complicações. Com o uso da heparina de baixo peso molecular, espera- se a redução destas complicações. Diante deste cenário e da necessidade de avaliar o real benefício da HBPM é proposto este ensaio clínico. 1.Título 2.Autores 3.Instituição 4.Arquivo 5.Contexto 6.Objetivo 7.Tipo de estudo 8.Local 9.Amostra 10.Procedimentos 11.Variáveis 12.Método estatístico 13.Descritores Qual o item?

30 Evidências.com 30/42 Avaliar a segurança e efetividade do tratamento da trombose venosa profunda (TVP) dos membros inferiores e da embolia pulmonar (EP) com heparina de baixo peso molecular (HBPM) comparada com a heparina não fracionada (HNF). A hipótese testada é que a HBPM é mais eficiente e segura. 1.Título 2.Autores 3.Instituição 4.Arquivo 5.Contexto 6.Objetivo 7.Tipo de estudo 8.Local 9.Amostra 10.Procedimentos 11.Variáveis 12.Método estatístico 13.Descritores Qual o item?

31 Evidências.com 31/42 Ensaio clínico aleatório, duplo-cego, com 12 meses de seguimento. 1.Título 2.Autores 3.Instituição 4.Arquivo 5.Contexto 6.Objetivo 7.Tipo de estudo 8.Local 9.Amostra 10.Procedimentos 11.Variáveis 12.Método estatístico 13.Descritores Qual o item?

32 Evidências.com 32/42 Hospital universitário terciário de referência para angiologia e cirurgia vascular (Hospital São Paulo, São Paulo, SP). 1.Título 2.Autores 3.Instituição 4.Arquivo 5.Contexto 6.Objetivo 7.Tipo de estudo 8.Local 9.Amostra 10.Procedimentos 11.Variáveis 12.Método estatístico 13.Descritores Qual o item?

33 Evidências.com 33/42 Doentes com TVP proximal sintomáticos e/ou EP sintomática, confirmados por exame complementar objetivo. 1.Título 2.Autores 3.Instituição 4.Arquivo 5.Contexto 6.Objetivo 7.Tipo de estudo 8.Local 9.Amostra 10.Procedimentos 11.Variáveis 12.Método estatístico 13.Descritores Qual o item?

34 Evidências.com 34/42 GRUPO EXPERIMENTAL: HBPM, SC, dose fixa ajustada ao peso, por ao menos 7 dias, seguido de Warfarin, 5 mg, VO, RNI 2 a 3, 6 meses. GRUPO CONTROLE: HNF, IV, contínua (TTPa), por ao menos 7 dias. Warfarin, VO (RNI), 6 meses. Ambos os grupos iniciam o anticoagulante oral no quinto dia, sendo interrompido a heparinização quando o RNI (2 a 3) for alcançado em dias sucessivos. 1.Título 2.Autores 3.Instituição 4.Arquivo 5.Contexto 6.Objetivo 7.Tipo de estudo 8.Local 9.Amostra 10.Procedimentos 11.Variáveis 12.Método estatístico 13.Descritores Qual o item?

35 Evidências.com 35/42 Mortalidade, embolia pulmonar, recorrência da TVP, complicações hemorrágicas maiores, complicações hemorrágicas menores. 1.Título 2.Autores 3.Instituição 4.Arquivo 5.Contexto 6.Objetivo 7.Tipo de estudo 8.Local 9.Amostra 10.Procedimentos 11.Variáveis 12.Método estatístico 13.Descritores Qual o item?

36 Evidências.com 36/42 O tamanho da amostra foi estimado em 800 doentes em cada grupo, considerando alfa 0,04, beta 0,2, P1 0,1 e P2 0,05. A análise estatística será realizada com o teste do qui-quadrado, redução de risco absoluto e relativo, o número necessário a tratar de cada variável estudada, calculando também o intervalo de confiança de 95% para cada ponto estimado. 1.Título 2.Autores 3.Instituição 4.Arquivo 5.Contexto 6.Objetivo 7.Tipo de estudo 8.Local 9.Amostra 10.Procedimentos 11.Variáveis 12.Método estatístico 13.Descritores Qual o item?

37 Evidências.com 37/42 Embolia pulmonar, trombose venosa profunda, tromboembolismo pulmonar. 1.Título 2.Autores 3.Instituição 4.Arquivo 5.Contexto 6.Objetivo 7.Tipo de estudo 8.Local 9.Amostra 10.Procedimentos 11.Variáveis 12.Método estatístico 13.Descritores Qual o item?

38 Evidências.com 38/42 1.Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas Governador Lamenha Filho (UNCISAL). Rua Doutor Jorge de Lima 113. Trapiche da Barra. Maceió, AL. CEP: Fone: Fax: Celular: Correio eletrônico: URL: 2.Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas Governador Lamenha Filho. Rua Jorge de Lima 113. Maceió, AL Fone: UNCISAL, Maceió, AL. Exemplo 1

39 Evidências.com 39/42 1.Autores. Aldemar Araujo Castro, Guilherme Benjamin Brandão Pitta. 2.Autores. Aldemar Araujo Castro & Guilherme Benjamin Brandão Pitta. 3.Autores. Aldemar Araujo Castro, Guilherme Benjamin Brandão Pitta 4.Autores. Aldemar Araujo Castro & Guilherme Benjamin Brandão Pitta 5.Autores. Aldemar A Castro, Guilherme B B Pitta. 6.Autores. Aldemar A Castro, Guilherme B B Pitta 7.Autores. Aldemar A Castro & Guilherme B B Pitta 8.Autores. Aldemar A. Castro, Guilherme B. B. Pitta 9.Autores. Aldemar A. Castro & Guilherme B. B. Pitta. 10.Autores. Aldemar A. Castro & Guilherme B. B. Pitta 11.Autores. A. A. Castro, G. B. B. Pitta. 12.Autores. A. A. Castro & G. B. B. Pitta. 13.Autores. A A Castro, G B B Pitta. 14.Autores. A A Castro & G B B Pitta. 15.Autores. AA Castro, GBB Pitta. 16.Autores. AA Castro & GBB Pitta. 17.Autores. Castro, Aldemar Araujo; Pitta, Guilherme Benjamin Brandão. 18.Autores. Castro, Aldemar Araujo & Pitta, Guilherme Benjamin Brandão. 19.Autores. Castro, Aldemar A.; Pitta, Guilherme B. B. 20.Autores. Castro, Aldemar A. & Pitta, Guilherme B. B. 21.Autores. Castro, A.A.; Pitta, G.B.B. 22.Autores. Castro, A.A. & Pitta, G.B.B. 23.Autores. Castro AA, Pitta GBB. 24.Autores. Castro AA & Pitta GBB. 25.Autores. Castro AA, Pitta GBB 26.Autores. Castro AA & Pitta GBB Exemplo 2

40 Evidências.com 40/42 Quem será o orientador? Único pré-requisito: Ter curso de graduação

41 Evidências.com 41/42 Liberato Afonso Didio

42 Evidências.com 42/42 Papel do orientador Diagnosticar a situação atual do aluno –Recursos –Conhecimentos –Habilidades Orientar individualmente cada aluno nas etapas da pesquisa –Planejamento –Execução –Divulgação

43 Evidências.com 43/42 Em resumo! O plano de intenção –O que é? –Importância? –Quem deve fazer? –Como fazer? –Quando fazer? –Aonde fazer? O orientador –Quem é? –Importância? –Quem pode ser? –Como selecionar?

44 Evidências.com 44/42 Metodologia da Pesquisa Científica Profissional da área da saúde (usuário) Pesquisador (produtor) Tomar a decisão clínica 1)Formular o problema clínico (cenário clínico) 2)Acessar à informação 3)Avaliar a qualidade da informação 4)Sintetizar as informação 5)Resolver o cenário clínico Pesquisar 1)Planejar a pesquisa 2)Executar a pesquisa 3)Divulgar a pesquisa

45 Evidências.com 45/42 A pergunta da Pesquisa Aldemar Araujo Castro Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas, Maceió, AL. UNCISAL

46 Evidências.com 46/42 Razões para perguntas de pesquisa bem formuladas Primeiro passo! Passo mais importante! Orientação durante a pesquisa!

47 Evidências.com 47/42 A Pergunta A pergunta é relevante? A pergunta é viável? O assunto é limitado ou amplo? É esperado fazer uma revisão sistemática apenas ou uma revisão sistemática com meta- análises?

48 Evidências.com 48/42 Formulação da pergunta de pesquisa Qual é a situação clínica? (sujeitos da pesquisa) Qual a categoria da pesquisa? Tratamento / Prevenção / Reabilitação Diagnóstico Prognóstico Incidência Prevalência Correlação Predição

49 Evidências.com 49/42 Formulação da pergunta (Itens fundamentais) Qual é a situação clínica? (sujeitos da pesquisa) Quais são as comparações? Quais são as variáveis? Qual o tipo de estudo?

50 Evidências.com 50/42 Utilizando os itens fundamentais da pergunta para localizar e selecionar os estudos Tipo de estudo Situação clínica Comparações

51 Evidências.com 51/42 Utilizando os itens fundamentais da pergunta para guiar a coleta de dados Tipo de estudo Participantes Procedimentos Variáveis Formulários Padronizados

52 Evidências.com 52/42 Formulação da pergunta Específicas vs. Amplas Qual a efetividade e a segurança da penicilina comparada ao placebo no tratamento da leptospirose? Qual a efetividade e a segurança de antibióticos no tratamento da leptospirose?

53 Evidências.com 53/42 Estilo do Título Ser consistente no uso de letras maiúscula e minúsculas no título. Em geral, inicial o título com letra maiúscula e continuar com minúsculas. Evitar abreviações e acrônimos no título. Não utilizar elementos supérfulos como efeito de, comparação de, avaliação de, estudo de, revisão sistemática de. Em geral, evitar mencionar a variável no título. As revisões Cochrane devem levar em conta todos as variáveis relevantes.

54 Evidências.com 54/42 Intervalo 15 minutos


Carregar ppt "Evidências.com 1/42 Elaboração do Plano de Intenção Aldemar Araujo Castro Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas, Maceió, AL."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google