A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Úlcera duodenal. 1.Úlcera linear transversal, na parede anterior/vertente superior do bulbo, em cicatrização (H2 de Sakita).

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Úlcera duodenal. 1.Úlcera linear transversal, na parede anterior/vertente superior do bulbo, em cicatrização (H2 de Sakita)."— Transcrição da apresentação:

1 Úlcera duodenal

2 1.Úlcera linear transversal, na parede anterior/vertente superior do bulbo, em cicatrização (H2 de Sakita).

3 2. Na foto 2, do mesmo paciente, fica evidente a metaplasia gástrica nas bordas da lesão.

4 3. Lesão de aspecto morfológico pouco comum (nesses casos deve-se suspeitar de AINEs e AAS).

5 4. Paciente negativado quanto ao Helicobacter pylori, que apresentou recidiva devido ao uso de ácido acetilsalicílico, mesmo em baixas doses.

6 5. Pequenas áreas deprimidas, claras, que podem representar cicatriz de lesão duodenal. Esta imagem foi obtida com NBI e sem magnificação.

7 6. Mesma região da anterior, com magnificação, NBI e ácido acético.

8 7. Boca anastomótica gastroduodenal. O paciente foi submetido à gastrectomia por úlcera hemorrágica, 3 anos antes desta endoscopia.

9 8. Essa foto é do mesmo paciente da imagem anterior e evidencia úlcera recidivada logo após anastomose.

10 9. Antes: Úlcera duodenal em parede posterior - Hp positiva.

11 10. Depois: Depois de 60 dias da erradicação, sem tratamento complementar: cicatriz posterior.


Carregar ppt "Úlcera duodenal. 1.Úlcera linear transversal, na parede anterior/vertente superior do bulbo, em cicatrização (H2 de Sakita)."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google