A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 Escola Dominical - IPJG Presb. Geraldo M. B. Valim 02 de fevereiro de 2014 Os Livros Históricos do Velho Testamento A soberania de Deus e o Governo e.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 Escola Dominical - IPJG Presb. Geraldo M. B. Valim 02 de fevereiro de 2014 Os Livros Históricos do Velho Testamento A soberania de Deus e o Governo e."— Transcrição da apresentação:

1 1 Escola Dominical - IPJG Presb. Geraldo M. B. Valim 02 de fevereiro de 2014 Os Livros Históricos do Velho Testamento A soberania de Deus e o Governo e Desgoverno Humano

2 2 Os Livros Históricos do Velho Testamento Israel formou-se como uma nação singular, em comparação com os seus vizinhos no Oriente Próximo.

3 3 Os Livros Históricos do Velho Testamento A grande diferença, como aprendemos ao ler os livros iniciais da Bíblia era o culto ao Deus verdadeiro; mas outra que não escapa aos estudiosos, é a ênfase que Israel dava à história.

4 4 Os Livros Históricos do Velho Testamento E os chamados livros históricos, em nossas Bíblias estão arranjados na sequência do Pentateuco.

5 5 Os Livros Históricos do Velho Testamento O Pentateuco descreve a criação do mundo e o inicio da história humana, e em sua maior parte tem como foco Deus, como o criador e Aquele que lida e conduz Israel.

6 6 Os Livros Históricos do Velho Testamento Deus se compromete com Israel por pactos e dá a eles uma missão, de ser povo exclusivo de Deus, e uma benção para o mundo todo.

7 7 Os Livros Históricos do Velho Testamento Deuteronômio, o último livro do Pentateuco, termina com Israel prestes a entrar em Canaã, a terra que Deus havia prometido a eles como território nacional. E é aí que os livros históricos começam.

8 8 Os Livros Históricos do Velho Testamento JOSUÉ descreve a conquista de Canaã por Israel, sob a liderança de Josué, e a divisão de Canaã bem como partes da região da Trans- jordania, entre as doze tribos de Israel.

9 9 Os Livros Históricos do Velho Testamento Nos últimos capítulos fica implícito que os israelitas ainda não haviam tomado posse da terra toda. A conquista não estava completa.

10 10 Os Livros Históricos do Velho Testamento No livro de JUÍZES a geração posterior a Josué não consegue completar a conquista de Canaã, e um longo período de infidelidade religiosa e instabilidade política se segue.

11 11 Os Livros Históricos do Velho Testamento Líderes surgem (os juízes), mas trazem alívio apenas temporário. E o livro termina sem que Israel tenha a posse completa da terra prometida.

12 12 Os Livros Históricos do Velho Testamento RUTE é um livro situado no período dos juízes. Rute, uma mulher de Moabe, se liga a uma família israelita, trazendo bênçãos a ela e a outros.

13 13 Os Livros Históricos do Velho Testamento Ela é ancestral de Davi, e se colocou na linhagem do Senhor. E é uma história de um resgate que prefigura o maior de todos os resgates!

14 14 Os Livros Históricos do Velho Testamento SAMUEL é o último dos juízes de Israel, mas os livros de Samuel descrevem o início da monarquia em Israel. O reino de Saul, o primeiro rei, termina em desastre. Mas surge Davi, que o sucede, que completa a conquista da terra de Israel, e captura Jerusalém.

15 15 Os Livros Históricos do Velho Testamento Ele ou derrota ou faz alianças com as nações vizinhas, e traz estabilidade ao país. Durante os anos finais de seu reino, ele precisa lidar com a rebelião de seu filho, Absalão.

16 16 Os Livros Históricos do Velho Testamento Os livros dos REIS começam descrevendo a ascensão e o reino de Salomão, filho de Davi, que constrói o Templo de Deus em Jerusalém. Após sua morte, o reino que era uno, se divide em um reino ao norte, Israel, e um reino ao sul, Judá.

17 17 Os Livros Históricos do Velho Testamento O restante de Reis descreve o declínio gradual de ambos os reinos, que o autor atribui a infidelidade religiosa do povo.

18 18 Os Livros Históricos do Velho Testamento Os assírios destroem o reino do norte, e levam os sobreviventes ao exílio; e algumas gerações depois acontece o mesmo com o reino de Judá, pelas mãos dos babilônios. Jerusalém e o Templo são destruídos.

19 19 Os Livros Históricos do Velho Testamento Os livros de CRÔNICAS contam novamente, mas de uma maneira seletiva, toda a historia contada nos livros já mencionados. As genealogias em I Crônicas 1-9 vão até Adão, ou seja, ao início do Pentateuco, mas na maior parte de seu conteúdo, é paralelo a Samuel e Reis.

20 20 Os Livros Históricos do Velho Testamento Há, todavia, numerosas omissões e adições e muitas ênfases diferentes. Os últimos versículos de II Crônicas descrevem como o rei Ciro, que havia conquistado Babilônia, promulgou um decreto permitindo aos sobreviventes do reino de Judá, bem como a seus descendentes, voltarem do exílio.

21 21 Os Livros Históricos do Velho Testamento Os livros de ESDRAS e NEEMIAS, que recebem os nomes de dois líderes do pós-exilio, tem o seu começo com o decreto do rei Ciro.

22 22 Os Livros Históricos do Velho Testamento Eles descrevem o retorno de sucessivos grupos da Babilônia para Judá, e a reconstrução do Templo e das muralhas de Jerusalém, bem como e regulamentação da vida dessa comunidade restaurada em Judá, com base na lei de Moisés.

23 23 Os Livros Históricos do Velho Testamento A trama do livro de ESTER se passa na Pérsia, no período pós-exilio. Descreve o que aconteceu aos descendentes dos antigos cidadãos de Judá, mas focaliza nos judeus (o termo judeu começa a ser usado em Neemias e em Ester) que não retornaram.

24 24 Os Livros Históricos do Velho Testamento É um relato de como Ester e Mordecai (ou Mardoqueu), dois judeus que se envolveram nos negócios da corte real persa, conseguiram evitar uma grave ameaça aos judeus de todo o império persa.

25 25 Os Livros Históricos do Velho Testamento Os Católicos aceitam como históricos e canônicos os livros de Tobias, Judite e 1 e 2 Macabeus. São livros chamados de apócrifos, termo que vem do grego, e significa escondido ou secreto.

26 26 Os Livros Históricos do Velho Testamento Eles não são parte do canon hebraico, mas estão presentes na septuaginta. Os católicos os aceitam em suas Bíblias em virtude de Jerônimo os ter incluído na sua tradução latina, a Vulgata, embora com ressalvas.

27 27 Os Livros Históricos do Velho Testamento Como acabamos de ver, pode haver algumas diferenças em traduções. Quase todas as traduções para o português que dispomos são baseadas no texto hebraico chamado de masorético, da palavra hebraica que significa tradição.

28 28 Os Livros Históricos do Velho Testamento Esse texto é o resultado do trabalho de várias gerações de eruditos judeus, com inicio no século 3 e chegando a sua forma atual no século 10.

29 29 Os Livros Históricos do Velho Testamento O texto foi editado e organizado pela Sociedade Bíblica Alemã, com sede em Stuttgart, em 1967, em uma edição chamada Bíblia Hebraica Stuttgartensia (em latim), abreviado para BHS. É nosso texto padrão.

30 30 Os Livros Históricos do Velho Testamento Esse texto às vezes é difícil, e se sabe que durante os estágios de transmissão textual pode ocorrer variações. Para melhor compreender o texto, os estudiosos recorrem as antigas traduções,

31 31 Os Livros Históricos do Velho Testamento como para o grego, a Septuaginta, aos Targums, tradução para o aramaico, às Peshittas, tradução para o siríaco, e a Vulgata, tradução ao latim.

32 32 Os Livros Históricos do Velho Testamento E a partir de 1947 os manuscritos de Qumram entraram no contexto. São os mais antigos, e mostram que os textos que temos são muito bons. O ideal é que leiamos várias traduções, como a de JFA Revista e Atualizada, e a NIV, Bíblia de Jerusalém, etc.

33 33 Os Livros Históricos do Velho Testamento Mas porque estudar estes livros? São livros que contam fatos, que de certa maneira lembram Lucas.

34 34 Os Livros Históricos do Velho Testamento Visto que muitos houve que empreenderam uma narração coordenada dos fatos que entre nós se realizaram,conforme nos transmitiram os que desde o princípio foram deles testemunhas oculares e ministros da palavra, igualmente a mim me pareceu bem, depois de acurada investigação de tudo desde sua origem, dar-te por escrito, excelentíssimo Teófilo, uma exposição em ordem, para que tenhas plena certeza das verdades em que foste instruído. Lucas 1: 1 - 4

35 35 Os Livros Históricos do Velho Testamento Como Lucas, são cuidadosos com seu conteúdo. Mas, como os escritos de Lucas, não são apenas história, como a de Heródoto. Pois quer relatem a ação de um indivíduo, ou de um grupo, ou de toda nação, é sempre a ação de Deus que é o objeto da narrativa.

36 36 Os Livros Históricos do Velho Testamento E os pactos de Deus com Abraão, com Isaac, com Jacó, com Noé definem a forma e o conteúdo, desde as genealogias até as ocorrências em geral; e são os pactos de Deus que justificam a inclusão de muitos incidentes nas narrativas.

37 37 Os Livros Históricos do Velho Testamento E mesmo quando é só história, o material é selecionado a fim de enfatizar a libertação do povo do cativeiro do Egito, bem como o seu chamado e a eleição como povo escolhido por Deus, e o seu papel de portador dos oráculos de Deus.

38 38 Os Livros Históricos do Velho Testamento Qual é, pois, a vantagem do judeu? Ou qual a utilidade da circuncisão? Muita, sob todos os aspectos. Principalmente porque aos judeus foram confiados os oráculos de Deus. Romanos 3:2

39 39 Os Livros Históricos do Velho Testamento E nessa história do povo de Deus vemos o progresso em direção a Cristo.

40 40 Os Livros Históricos do Velho Testamento De fazer convergir nele, na dispensação da plenitude dos tempos, todas as coisas, tanto as do céu como as da terra; Efésios 1:10

41 41 Os Livros Históricos do Velho Testamento De um povo desorganizado a uma nação; dentro da nação, um remanescente fiel, e dentro deste remanescente, a esperança no servo escolhido por deus, O filho de Davi. Sim, porque a história, como os profetas, aponta para Cristo.

42 42 Os Livros Históricos do Velho Testamento O próprio Senhor apontou para esse fato, no episódio do caminho para Emaús. E, começando por Moisés, discorrendo por todos os Profetas, expunha-lhes o que a seu respeito constava em todas as Escrituras. Lucas 24:27.

43 43 Os Livros Históricos do Velho Testamento Isso pelo fato de os livros que chamamos de históricos eram chamados de Profetas anteriores (Neviim Rishonim), exceto os livros de Rute, Esdras, Neemias e Ester, que eram classificados entre os Escritos (Ketuvim).

44 44 Os Livros Históricos do Velho Testamento Aliás, o N.T. faz várias referências aos livros históricos, como, por exemplo, Marcos 2:26; Mateus 6:29; Mateus 12:42; Lucas 4:26 e 27.

45 45 Os Livros Históricos do Velho Testamento Por isso gostaríamos que, com o estudo dos livros históricos, nós possamos conhecer mais não somente sobre a história, mas também da REVELAÇÃO que Deus fez de si mesmo.

46 46 Os Livros Históricos do Velho Testamento Vamos ver o caráter de seus feitos, suas promessas, e o caminho que conduziu a redenção de todos os que tem fé em Jesus Cristo.

47 47 Os Livros Históricos do Velho Testamento


Carregar ppt "1 Escola Dominical - IPJG Presb. Geraldo M. B. Valim 02 de fevereiro de 2014 Os Livros Históricos do Velho Testamento A soberania de Deus e o Governo e."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google