A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Tecnologias Web Rodrigo Cristiano Silva

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Tecnologias Web Rodrigo Cristiano Silva"— Transcrição da apresentação:

1 Tecnologias Web Rodrigo Cristiano Silva

2 Agenda O que é o ADO.NET? Estrutura do ADO.NET Data Providers SQL Server Data Provider SqlConnection SqlCommand SqlDataReader SqlDataAdapter DataSet Acesso direto ou conectado Acesso desconectado Principais classes do ADO.NET Problemas com estado

3 O que é o ADO.NET? O ADO.NET permite interagir com bancos de dados relacionais e outras fontes de dados O ADO.NET é a tecnologia que as aplicações ASP.NET usam para se comunicar com bancos de dados, caso precisem adicionar, atualizar, apagar ou recuperar registros O ADO.NET possui uma família de objetos que provêm todas essas funcionalidades

4 Estrutura do ADO.NET O ADO.NET é formado por um conjunto de objetos que podem ser divididos em dois grupos: Aqueles que são usados para armazenar e gerenciar dados, tais como DataSet, DataTable, DataRow e DataRelation Aqueles que são usados para conectar à uma fonte de dados específica, tais como Connection, Command, DataReader e DataAdapter Existem vários conjuntos de objetos para conectar à diversas fontes de dados. Cada um desses conjuntos é chamado de ADO.NET Data Provider

5 Estrutura do ADO.NET

6 Data Providers A Microsoft oferece os quatro providers abaixo: SQL Server provider: oferece acesso otimizado ao banco de dados SQL Server (versão 7.0 ou superior) OLE DB provider: oferece acesso à qualquer fonte de dados que tenha um driver OLE DB Oracle provider: oferece acesso otimizado ao banco de dados Oracle (versão 8i ou superior) ODBC provider: oferece acesso à qualquer fonte de dados que tenha um driver ODBC

7 Os objetos dos ADO.NET Data Providers SQL Server Provider OLE DB Provider Oracle Provider ODBC Provider ConnectionSqlConnectionOleDbConnectionOracleConnectionOdbcConnection CommandSqlCommandOleDbCommandOracleCommandOdbcCommand DataReaderSqlDataReaderOleDbDataReaderOracleDataReaderOdbcDataReader DataAdapterSqlDataAdapterOleDbDataAdapterOracleDataAdapterOdbcDataAdapter

8 ADO.NET Namespaces System.Data System.Data.Common System.Data.OleDb System.Data.SqlClient System.Data.SqlTypes System.Data.OracleClient System.Data.Odbc

9 Objetos do SQL Server Data Provider SqlConnection Antes de recuperar ou atualizar dados, é necessário criar uma conexão com a fonte de dados Quando se cria um objeto Connection, é necessário definir um valor para sua propriedade ConnectionString A string de conexão para um objeto SqlConnection é bastante similar ao exemplo abaixo: myConnection.ConnectionString = Data Source=localhost; Initial Catalog=Pubs; Integrated Security=SSPI; Data Source: indica o nome do servidor onde a fonte de dados está localizada Initial Catalog: é o nome do banco de dados que a conexão acessará Integrated Security: indica que será usado o usuário do Windows com o qual roda a aplicação Web para se conectar ao SQL Server

10 Objetos do SQL Server Data Provider SqlCommand Objetos Command representam comandos SQL Para usar um Command, é necessário definir as propriedades CommandText e Connection SqlDataReader Permite recuperar informações do banco de dados Suporta acesso forward-only e read-only Deve ser a primeira escolha para acessos somente leitura, devido à sua natureza otimizada para esse tipo de acesso SqlDataAdapter Usado no modelo de acesso à dados desconectado Pode armazenar os quatro comandos básicos SQL em suas propriedades: SelectCommand, InsertCommand, UpdateCommand e DeleteCommand Dessa maneira, um único DataAdapter é usado para múltiplas tarefas

11 DataSet É um banco de dados relacional na memória É um dos principais objetos do modelo de acesso à dados desconectado Suas características inovadoras são: Trabalha de forma desconectada Pode armazenar mais de uma tabela Pode manter relacionamentos entre tabelas Pode-se manter a conexão com o bando de dados fechada, pois o DataSet permite que se tenha uma cópia do banco de dados na memória

12 DataSet

13 Acesso direto ou conectado

14 Acesso desconectado

15 Principais classes do ADO.NET Classe Connection Propriedades ConnectionString State Métodos BeginTransaction( ) Close( ) Open( ) Classe Command Propriedades CommandText CommandType Connection Parameters Transaction Métodos ExecuteNonQuery( ) ExecuteReader( ) ExecuteScalar( )

16 Principais classes do ADO.NET Classe DataReader Propriedades FieldCount HasRows Item IsClosed Métodos Close( ) Read( ) Classe DataAdapter Propriedades DeleteCommand InsertCommand SelectCommand UpdateCommand Métodos Fill( ) Update( )

17 Principais classes do ADO.NET Classe DataSet Propriedades Relations Tables Métodos AcceptChanges( ) Clear( ) GetChanges( ) Load( ) ReadXml( ) RejectChanges( ) Reset( ) WriteXml( ) Classe DataTable Propriedades Columns DefaultView PrimaryKey Rows TableName Métodos AcceptChanges( ) Clear( ) GetChanges( ) ImportRow( ) Load( ) NewRow( ) ReadXml( ) RejectChanges( ) Reset( ) Select( ) WriteXml( )

18 Principais classes do ADO.NET Classe DataRow Propriedades Item RowState Métodos AcceptChanges( ) Delete( ) GetChildRows( ) GetParentRow( ) RejectChanges( ) SetAdded( ) SetModified( ) Classe DataColumn Propriedades AllowDBNull AutoIncrement AutoIncrementSeed AutoIncrementStep ColumnName DefaultValue Expression Unique Métodos Nenhum método extremamente significativo

19 Principais classes do ADO.NET Classe DataRelation Propriedades ChildColumns ChildKeyConstraint ChildTable ParentColumns ParentKeyConstraint ParentTable Métodos Nenhum método extremamente significativo

20 Problemas com estado O acesso a banco de dados em uma aplicação Web é um cenário completamente diferente do acesso a banco de dados em uma aplicação desktop Muitos desenvolvedores têm problemas ao tentar utilizar nas aplicações Web seu expertise em acesso a bancos de dados em aplicações desktop A natureza stateless do HTTP pode se tornar um problema ao acessar bancos de dados. Uma abordagem típica é conectar ao banco de dados, ler informações, exibi-las e fechar a conexão. Essa abordagem acarreta em dificuldades caso seja necessário que o usuário modifique as informações recuperadas. Neste cenário, a aplicação requer certa inteligência para identificar o registro original, construir os comandos SQL para selecioná-lo e alterá-lo com os novos valores.


Carregar ppt "Tecnologias Web Rodrigo Cristiano Silva"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google