A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PHP -Introdução ao BD Criando aplicações WEB

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PHP -Introdução ao BD Criando aplicações WEB"— Transcrição da apresentação:

1 PHP -Introdução ao BD Criando aplicações WEB

2 n Você deve instalar uma ferramenta que acesse um servidor MySQL. Existem várias ferramentas disponíveis. Essas ferrametas são, usualmente, conhecidas como Front-ends. Se você desejar pode utilizar o MySQL Control Center disponível na página dev.mysql.com/downloads/mysqlcc.html. dev.mysql.com/downloads/mysqlcc.html n Verifique se a sua ferramenta permite a conexão ao servidor e se o professor criou um usuário e um BD para você. n Procure no manual pelas função correspondentes ao MySQL. Você vai utilizar muito.manual

3 n A primeira coisa que você deve fazer em uma aplicação é conectar-se ao banco de dados. n Para conectar-se ao BD, você deve utilizar a função mysql_connect(). n Esta função retornará uma variável do tipo resource que será utilizada para identificar a conexão criada. Se a conexão não for possível, é retornado o valor false. Ao fim da execução da página, a conexão é encerrada. n A função apresenta 5 parâmetros. Normalmente utilizam-se os 3 primeiros: u nome do servidor u nome do usuário u senha do usuário n Se o último parâmetro for omitido, não há senha para tal usuário. Sempre que se tentar uma conexão, deve-se testar para ver se ela foi efetivada.

4 n Por exemplo: n $conexao = mysql_connect("libra.etcom.ufrgs.br",seu_usuário", "minhasenha"); n if($conexao == false) n { echo "Não foi possível conectar ao BD!"; n exit; n }

5 n Para desconectar-se do servidor de banco de dados basta utiliar a função mysql_close(), passando como parâmetro a variável que guarda a identificação da conexão. n Acrescente ao seu programa um comando mysql_close(). n Apesar das conexões serem fechadas ao final da execução do programa, é uma boa prática de programação indicar este fechamento.

6 n Após conectar-se ao servidor, você deve selecionar o BD no qual quer realizar uma consulta. n Um usuário pode ter vários bancos de dados, mas a consulta sempre será sobre algum deles. n A função que permite que seja selecionado um BD chama- se mysql_select_db() e recebe como parâmetros o nome do banco de dados e a identificação da conexão. n Esta função vai retornar true em caso de sucesso e false caso contrário.

7 n É importante descobrir porque aconteceu um erro nas operações sobre bancos de dados. Para tal existe uma função chamada mysql_error() que retorna uma descrição do erro. O exemplo abaixo mostra a conexão ao banco de dados exercicio (sem acento), que pertence ao usuário aluno. Você deve usar como modelo para seus programas. n if(!mysql_select_db("exercicio",$conexao)) { echo mysql_error(); exit; }

8 n Para realizar a consulta, tem de ter dado certo a conexão e a seleção do banco de dados. A consulta é realizada em três etapas: u envio da consulta ao servidor u leitura do resultado u liberação de memória n Vamos aprender pelo exemplo. No BD exercicio, existe uma tabela chamada notas que apresenta notas de alunos. É uma tabela com duas colunas, uma chamada nome e outra chamada conceito.

9 n O comando SQL para ler todas as tuplas da tabela é: "SELECT * FROM notas". Execute, se possível este comando na sua ferramenta e veja o resultado. Serão retornadas todas as tuplas e colunas. A questão é como fazer para o PHP executar este comando SQL! n Para enviar a consulta basta utilizar a função mysql_query(). Esta função recebe como parâmetros o comando SQL (query) e o identificador de conexão. n Obs:Consulte o manual para ver quando o segundo parâmetro é opcional e quando pode usar um terceiro parâmetro. Esta função retorna um identificador de recurso quando não houver erro e retornar false quando houver.

10 n $res = mysql_query("SELECT * FROM notas",$conexao); n Para ler o resultado, é preciso percorrer tupla a tupla. Existem duas funções principais: mysql_fetch_row() e mysql_fetch_assoc(). n Ambas funções retornam um vetor com as colunas de uma tupla e recebem como parâmetro o identificador retornado por mysql_query(), a diferença está no índice utilizado para localizar as colunas. n É importante notar que a cada invocação das funções será retornada a próxima tupla, começando pela primeira. Quando não houver mais tuplas, será retornado false.

11 n A primeira função cria um vetor cujos índices são números e no qual a posição 0 corresponde à primeira coluna, a posição 1 à segunda e assim por diante. n Os índices da segunda função são os próprios nomes das colunas no BD. n A seguir são mostrados dois pedaços de códigos que escrevem na tela o nomes e conceitos da tabela notas. Cada programador prefere um outro formato. Você tem de compreender muito bem estes códigos. Coloque-os no seu programa acrescentando o controle de erros. n while($linha = mysql_fetch_row($res)) echo "Nome = ". $linha[0]. " Conceito = ". $linha[1]. " "; n while($linha = mysql_fetch_assoc($res)) echo "Nome = ". $linha['nome']. " Conceito = ". $linha['conceito']. " ";

12 n Ao final, a memória utilizada para guardar o resultado deve ser liberada com a função mysql_free_result(). Esta função recebe como parâmetro o identificador da consulta ($res no exemplo). n Ainda existe uma função muito útil - mysq_num_rows() - que diz quantas tuplas retornaram como resultado do comando SQL. Este comando recebe como parâmetro o identificador da consulta.]

13 n Além de realizar uma consulta, você pode remover, inserir ou modificar tuplas. n Na verdade, você pode fazer tudo o que o SQL permite. Para fazer isto, você vai utilizar a mesma função mysql_query(). n A diferença é que não haverá resultado para ler (tuplas). Neste caso, esta função retorna true se o comando foi executado e false se houve um erro. n Para saber o número de tuplas afetadas, basta utilizar o comando mysql_affected_rows() explicada no manual.


Carregar ppt "PHP -Introdução ao BD Criando aplicações WEB"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google