A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Biologia 2 Cap.15 e 16 – Platelmintos Prof.: Samuel Bitu.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Biologia 2 Cap.15 e 16 – Platelmintos Prof.: Samuel Bitu."— Transcrição da apresentação:

1 Biologia 2 Cap.15 e 16 – Platelmintos Prof.: Samuel Bitu

2 PLATELMINTOS Vermes chatos Planária, esquistossomo, solitária etc. Corpo achatado dorso-ventralmente. Vida livre ou parasitas(20%). Surge o sistema excretor.

3 Triblásticos, acelomados e protostômios. Surge a simetria bilateral – cefalização, ventre e dorso.

4 Planárias possuem pele mucosa com a superfície ventral ciliada, o que facilita o movimento. Respiração cutânea. - algumas espécies são anaeróbias. Ausência de sistema circulatório. (justifica seu pequeno tamanho)

5 Digestão Sistema digestivo incompleto. - digestão extra e intracelular - intestino ramificado - tênia não possui tubo digestivo Obs.: A faringe é lançada para fora do corpo através da boca. Ao entrar em contato com alimento libera enzimas digestoras

6

7 Excreção Realizada por células- flama ou solenócitos Principal excreta: amônia Obs.: apesar da presença de células flama boa parte da excreção é feita por simples difusão através da pele.

8 Coordenação Sistema nervoso ganglionar ventral Início de uma centralização Células sensoriais: aurículas

9

10 Reprodução Assexuada – Fragmentação ou regeneração ( pedaços de até 10% do tamanho do animal podem originar um novo ser) Sexuada – Monóicos ou dióicos – Fecundação interna (cópula) – Desenvolvimento direto (planárias) ou indireto (parasitas) Obs.: Ciclos reprodutivos complexos – com presença de hospedeiros.

11

12

13 Classificação Turbellaria – aquáticos e de vida livre. - ex.: planária Trematoda – parasitas com ventosas de fixação. - Não possuem epiderme ciliada. -Maioria das espécies monóicas. Ex.: Fasciola hepatica – Caramujo Limneidae Schistosoma mansoni – Caramujo Bionphalaria Cestoda – parasitas com corpo formado por segmentos. - existem 5000 espécies (todas endoparasitas intestinais) - Ex.: Tênia

14

15

16

17 Barriga dágua ou esquistossomose Agente causador – Schistosoma mansoni Ciclo cutâneo-fecal (heteróxeno) - Homem (HD) - Caramujo Biomphalaria (HI)

18 espinhos dióicos

19 Sintomas Problemas no fígado, baço e intestino; Diarréias, dores abdominais e emagrecimento; Hepatomegalia e esplenomegalia; Ascite (acúmulo de liquido no interior do abdome) Dermatites cercarianas e coceiras.

20 Ascite

21 Dermatite Cercariana

22 Ciclo

23 Apresentam espinham que causam coceira

24 Profilaxia Tratamento de doentes; Melhoria das condições sócio-econômicas; Utilização de redes de esgoto ou fossas sanitárias; Educação sanitária (higiene); Combate ao caramujo (moluscocidas ou controle biológico); Evitar contato com lagoas contaminadas.

25 Teníase (solitária) Agente causador – Taenia solium e Taenia saginata (Porco) (boi) Ciclo oral-fecal (heteróxeno) - Homem (HD) - Porco ou boi (HI) Corpo da tênia divide-se em três partes: Escoléx, região de estrobilação e proglótides

26

27 Sintomas Dor abdominal, dor de cabeça; Diarréia, flatulência, aumento ou perda do apetite; Fraqueza e palidez.

28 Ciclo

29

30 Profilaxia Tratamento de doentes; Higiene; Saneamento básico; Inspeção de carnes em abatedouros; Consumo de carnes suínas ou bovinas e seus derivados bem cozidos.

31 Cisticercose Causador – cisticerco ( larva da tênia do porco). Ciclo oral-fecal – Homem atua como hospedeiro intermediário. Contaminação – ingestão de ovos de Taenia solium. O cisticerco pode alojar-se nos olhos, músculos, pele ou cérebro, podendo ser fatal. Profilaxia – higiene e saneamento básico.

32

33

34


Carregar ppt "Biologia 2 Cap.15 e 16 – Platelmintos Prof.: Samuel Bitu."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google