A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O homem sofre mais pela posse do supérfluo do que pela carência justa das coisas. O homem sofre mais pela posse do supérfluo do que pela carência justa.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O homem sofre mais pela posse do supérfluo do que pela carência justa das coisas. O homem sofre mais pela posse do supérfluo do que pela carência justa."— Transcrição da apresentação:

1

2

3 O homem sofre mais pela posse do supérfluo do que pela carência justa das coisas. O homem sofre mais pela posse do supérfluo do que pela carência justa das coisas.

4 Se a ambição impulsiona o progresso material, pode causar muitos danos à alma. Se a ambição impulsiona o progresso material, pode causar muitos danos à alma.

5 Para viver, o homem não carece possuir além do necessário. Para viver, o homem não carece possuir além do necessário.

6 Quando extrapola, começa, então, para ele o sofrimento oriundo do excessivo apego aos bens materiais. Quando extrapola, começa, então, para ele o sofrimento oriundo do excessivo apego aos bens materiais.

7 Quem não desse ao corpo além do indispensável teria tempo de sobra para cuidar do espírito. Quem não desse ao corpo além do indispensável teria tempo de sobra para cuidar do espírito.

8 O problema é que a maioria vive em função do ter e não do ser. O problema é que a maioria vive em função do ter e não do ser.

9 A vida dos homens que se notabilizaram no campo da sabedoria e da espiritualidade era uma vida simples voltada para os valores imperecíveis, imutáveis. A vida dos homens que se notabilizaram no campo da sabedoria e da espiritualidade era uma vida simples voltada para os valores imperecíveis, imutáveis.

10 Quem se aflige pelo que não tem não sabe viver com alegria, nada tendo e tudo possuindo. Quem se aflige pelo que não tem não sabe viver com alegria, nada tendo e tudo possuindo. Irmão José.

11

12

13 Pelo espírito: Irmão José./ Médium: Carlos A. Baccelli. Livro: Vigiai e Orai. Editora: Didier. Música: Claire de Lune./ Zamfir./ Serenade D´amour. Formatação: Arquivos: Fora da caridade não há salvação. Leia Kardec.


Carregar ppt "O homem sofre mais pela posse do supérfluo do que pela carência justa das coisas. O homem sofre mais pela posse do supérfluo do que pela carência justa."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google