A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Hibernate: Consultas Francisco do Nascimento PSC - Programação de Softwares Corporativos UNIBRATEC, outubro de 2008.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Hibernate: Consultas Francisco do Nascimento PSC - Programação de Softwares Corporativos UNIBRATEC, outubro de 2008."— Transcrição da apresentação:

1 Hibernate: Consultas Francisco do Nascimento PSC - Programação de Softwares Corporativos UNIBRATEC, outubro de 2008

2 2 Consultas Umas das partes mais interessantes do acesso a dados Consultas complexas podem levar um bom tempo para serem escritas e podem ter considerável impacto na performance da aplicação Consultas são escritas utilizando conceitos de orientação a objetos Objetos no lugar de tabelas Propriedades no lugar de colunas Experiência em SQL não é desprezada

3 3 Consultas Podem ser feitas de três maneiras Hibernate Query Language (HQL) Criteria API e Query by Example Utilizando SQL

4 4 Consultas: Exemplos // Através de HQL session.createQuery("from Category c where c.name like 'Laptop%'"); // Utilizando-se Criteria session.createCriteria(Category.class).add( Restrictions.like("name", "Laptop%")); // Através de SQL session.createSQLQuery( "select * from cad.CATEGORY where name_category like 'Laptop%'");

5 5 Consultas Envolve alguns passos Criar a consulta com as restrições necessárias Adicionar parâmetros à consulta Executar a consulta e recuperar o resultado A forma de execução da consulta e obtenção dos dados pode ser configurada

6 6 Criando a Consulta Query query = session.createQuery("from User"); Criteria criteria = session.createCriteria(User.class); Objetos Query e Criteria são obtidos através do Session org.hibernate.Query org.hibernate.Criteria

7 7 Adicionando Parâmetros à Consulta Parâmetros não devem ser adicionados na própria String da consulta "from Item i where i.description like '" + search + "'" Parâmetros podem ser adicionados através de sua posição ou de seu nome

8 8 Adicionando Parâmetros pelo Nome String queryString = "from Item item where item.description like :search"; Query q = session.createQuery(queryString).setString("search", searchString); String queryString = "from Item item" + " where item.description like :search" + " and item.date > :minDate"; Query q = session.createQuery(queryString).setString("search", searchString).setDate("minDate", mDate); Nome do parâmetro é precedido de : O valores são adicionados através de métodos sets

9 9 Adicionando Parâmetros pela Posição String queryString = "from Item item" + " where item.description like ?" + " and item.date > ?"; Query q = session.createQuery(queryString).setString(0, searchString).setDate(1, minDate); A consulta contém ? para indicar a existência de alguma parâmetro Os valores também são adicionado através de métodos sets

10 10 Executando a Consulta Se mais de um objeto pode ser retornado, chama-se o método list() List list = query.list(); Se somente um objeto pode ser retornado, chama-se o método uniqueResult() User user = (User) query.uniqueResult(); O método retorna null se nenhum objeto for encontrado Se a consulta retornar mais de um objetos, a exceção NonUniqueResultException é lançada

11 11 Executando a Consulta Query query = session.createQuery("from User"); List list = query.list(); for (User user : list) { System.out.println(user.getName()); } Query query2 = session.createQuery( "from User user where user.name =:name").setString("name", "SUNSP"); User user = (User) query2.uniqueResult(); System.out.println(user.getName());

12 12 Consultas Básicas A consulta mais simples tem somente a cláusula FROM from Item Para se referenciar as propriedades de uma entidade, um ALIAS deve ser criado from Item as item from Item item Palavra chave as é opcional A consulta não é case-sensitive FROM Item AS item também pode ser utilizada

13 13 Consultas Polimórficas Consultas podem ser escritas utilizando polimorfismo from Pessoa Retorna todas as entidades que herdam de Pessoa Aluno Professor

14 14 Restrições Geralmente não se quer trazer todo o conteúdo da tabela Restrições devem ser adicionadas para restringir os objetos retornados HQL também utiliza-se a cláusula WHERE As restrições são feitas sobre propriedades da entidade

15 15 Restrições Literais e condições podem ser incluídos Utiliza-se aspas simples para literais do tipo String from Usuario u where u. = from Item i where i.ativo = true Comparações podem ser realizadas from Produto p where p.quantidade between 1 and 10 from Produto p where p.quantidade > 100 from Usuario u where u. in

16 16 Operador LIKE pode ser utilizado % representa qualquer seqüência de caracteres _ (Under_Score) representa qualquer caractere from Usuario u where u.nome like 'G%' Negação pode ser utilizada from Usuario u where u.nome not like '%Foo B%' Operadores lógicos e parênteses from Usuario user where user.nome like 'G%' and user.sobrenome like 'K%' Comparações

17 17 Comparações Operadores lógicos e parênteses from Usuario u where (u.nome like 'G%' and u.sobrenome like 'K%' ) or u. in ) Coleções "from Venda d where d.itens is not empty"

18 18 Comparações Funções podem ser chamadas a partir do HQL HQL permite a chamada de funções SQL na cláusula WHERE Funções podem ser definidas pelo usuário Depende do suporte do banco de dados Funções UPPER() e LOWER() "from Usuario u where lower(u. ) = Função SIZE() from Venda v where size(v.itens) > 3 E muitas outras...

19 19 Comparações Outras funções CONCAT(s1, s2) SUBSTRING(s, offset, length) Offset começa a partir de 1 TRIM( [[BOTH|LEADING|TRAILING] s) "from Item i where TRIM(BOTH i.name) = 'Computador'" LENGTH(s) LOCATE(search, s, offset) Procura a localização de uma substring dentro de uma string

20 20 Comparações Outras funções CURRENT_DATE(), CURRENT_TIME(), CURRENT_TIMESTAMP() Valores retornados são referentes ao SGBD SECOND(d), MINUTE(d), HOUR(d), DAY(d), MONTH(d), YEAR(d) Extraem os valores de um argumento temporal

21 21 Ordenando o Resultado A Cláusula ORDER BY é utilizada para ordenar o resultado "from Usuario u order by u.nome" Ordem ascendente ou descendente Utiliza-se asc ou desc from Usuario u order by u.login desc Ordenando por mais de uma propriedade from Usuario u order by u.sobrenome asc, u.nome asc

22 22 Junções A habilidade de realizar junções é uma das principais forças do modelo relacional Permite selecionar diferentes objetos associados e coleções em uma única consulta

23 23 Inner Join Contém somente os registros que estão relacionados com o outro lado da junção Contém somente os Itens que possuem Bids

24 24 (left) Outer Join Retorna todos os Itens Dados de Bid são preenchidos com NULL se não houver uma correspondência

25 25 Junção com HQL Coluna de junção não precisar ser informada na consulta Informação é extraída do mapeamento É necessário ser informado somente o nome da associação Nome do atributo que referencia a classe ou coleção de classes Joins podem ser executados de duas maneiras Join implícitos na Associação Join especificado na cláusula FROM

26 26 Join Implícito na Associação O Join é realizado através da associação entre duas entidades Exemplo: from Bid bid where bid.item.description like '%Foo%' Bid é associado a Item através do atributo item Hibernate sabe que a associação está mapeada a partir da chave estrangeira ITEM_ID da tabela BID Joins implícitos são sempre realizados através de associações many-to-one ou one-to-one

27 27 Join Implícito na Associação Múltiplos joins são possíveis from Bid bid where bid.item.category.name like 'Laptop%'

28 28 Join especificado na Cláusula FROM Joins podem ser especificados explicitamente na cláusula FROM Exemplo "select i from Item i join i.bids b where b.amount > 10" Aliases devem ser especificados na cláusula FROM e utilizados na cláusula WHERE Cláusula SELECT é utilizada para que somente Itens sejam retornados

29 29 Join especificado na Cláusula FROM Na consulta, um Item pode ser retornado mais de uma vez Uma para cada Bid associado Somente uma instância é utilizada A consulta possui o mesmo formato para associações many-to-one e one-to-one

30 30 Outer Joins Para a utilização de Outer Joins utiliza-se a cláusula LEFT JOIN LEFT OUTER JOIN e RIGHT OUTER JOIN também podem ser utilizados A cláusula WITH é utilizada para adicionar restrições "select i from Item i left join i.bids b with b.amount >= 9" Itens que não possuem Bids também são retornados

31 31 Comparando Identificadores Entidades também podem ser adicionadas como parâmetros de uma consulta Query query = session.createQuery("from Item i where i.seller = :seller"); query.setEntity("seller", user);

32 HQL Consultas não precisam aparecer no código Na verdade, muitas vezes é melhor que não apareçam Podem ficar nos metadados e serem chamadas pelo nome Usa-se o método getNamedQuery() Mas antes, ela precisa ser declarada em algum arquivo de mapeamento ou anotada em alguma entidade List clientes = session.getNamedQuery(findClienteByName).setString(nome, nome),list()

33 NamedQueries com Annotation package name = "findItemsByDescription", query = "select i from Item i where i.description like :desc" = "ITEM") public class Item {... }

34 Paginando o resultado Query query = session.createQuery("from User u order by u.name asc"); query.setFirstResult(5); query.setMaxResults(10);

35 Instanciação dinâmica select new Aluno( a.id, a.nome, a.idade, a.curso ) from Aluno a where a.curso is not null group by a.nome


Carregar ppt "Hibernate: Consultas Francisco do Nascimento PSC - Programação de Softwares Corporativos UNIBRATEC, outubro de 2008."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google