A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O POR-DO-SOL IZABEL SADALLA GRISPINO A tardinha cai, O sol em seus derradeiros lampejos, Invocando o som de um sonoro realejo, Se esconde languidamente.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O POR-DO-SOL IZABEL SADALLA GRISPINO A tardinha cai, O sol em seus derradeiros lampejos, Invocando o som de um sonoro realejo, Se esconde languidamente."— Transcrição da apresentação:

1

2 O POR-DO-SOL IZABEL SADALLA GRISPINO

3 A tardinha cai, O sol em seus derradeiros lampejos, Invocando o som de um sonoro realejo, Se esconde languidamente no horizonte, Fazendo renascer, no outro hemisfério do planeta, A aurora radiante.

4 Surge o crepúsculo, O orvalho em pingos minúsculos, Momento em que a natureza descansa, Separando o dia da noite, Intermediando a luz e a escuridão, Propiciando a meditação.

5 As brisas sussurram sentindo o sol partir, As aves se preparam para dormir, Os pássaros voam em revoada, As galinhas se amontoam nos poleiros, A juriti emite seu último canto, Momento místico do entardecer, doce encanto!

6 Fim do pôr-do-sol, No aveludado céu surge o arrebol, Vem a noite, tudo escurece, É hora do homem se recolher, Buscar na família seu aconchego, Estabelecer com a alma feliz apego

7 Na manhã seguinte, o esplendor de outra alvorada, Novas esperanças na luz de um novo dia, A alegria das aves que voltam em passarada, Os sentimentos se renovam, há no ar um novo brilho; Como tudo é perfeito na natureza! Como tudo conduz com a beleza!

8 Autora do texto: Izabel Sadalla Grispino Formatação: Francisco Graciano Grispino


Carregar ppt "O POR-DO-SOL IZABEL SADALLA GRISPINO A tardinha cai, O sol em seus derradeiros lampejos, Invocando o som de um sonoro realejo, Se esconde languidamente."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google