A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Diz uma lenda referente à pintura da Santa Ceia, ou Última Ceia de Jesus com seus Apóstolos:

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Diz uma lenda referente à pintura da Santa Ceia, ou Última Ceia de Jesus com seus Apóstolos:"— Transcrição da apresentação:

1

2

3 Diz uma lenda referente à pintura da Santa Ceia, ou Última Ceia de Jesus com seus Apóstolos:

4 Ao conceber este quadro, Leonardo da Vinci deparou-se com uma grande dificuldade: precisava pintar o bem - na imagem de Jesus, e o mal - na figura de Judas, o amigo que resolvera traí-lo durante o jantar.

5 Interrompeu o trabalho no meio, até que conseguisse encontrar os modelos ideais.

6 Certo dia, enquanto assistia a um coral, viu em um dos rapazes a imagem perfeita de Cristo. Convidou-o para o seu ateliê, e reproduziu seus traços em estudos e esboços.

7 Passaram-se três anos. A Última Ceia estava quase pronta, mas Da Vinci ainda não havia encontrado o modelo ideal de Judas.

8 O cardeal, responsável pela igreja, começou a pressioná-lo, exigindo que terminasse logo o mural.

9 Depois de muitos dias procurando, o pintor finalmente encontrou um jovem prematuramente envelhecido, bêbado, esfarrapado, atirado na sarjeta. Imediatamente, pediu aos seus assistentes que o levassem até a igreja.

10 Da Vinci copiava as linhas da impiedade, do pecado, do egoísmo, tão bem delineadas na face do mendigo, que mal conseguia parar em pé.

11 Quando terminou, o jovem - já um pouco refeito da bebedeira – abriu os olhos e notou a pintura à sua frente. E disse, numa mistura de espanto e tristeza: - Eu já vi esse quadro antes! - Quando? Perguntou, surpreso, Da Vinci

12 Há três anos atrás, antes de eu perder tudo o que tinha, numa época em que eu cantava num coro, tinha uma vida cheia de sonhos e o artista me convidou para posar como modelo para a face de Jesus.

13 O Bem e o Mal têm a mesma face; tudo depende apenas da época em que cruzam o caminho de cada ser humano.

14 t Com base neste princípio, ensina-nos a Doutrina Espírita que o preconceito deve ser combatido, por ser fruto do orgulho.

15 Que a caridade nos impõe o dever de sermos benevolentes com todas as criaturas, na condição de irmãos.

16 O Evangelho Segundo o Espiritismo, Capítulo VII, item 11, falando-nos do orgulho e da humildade, afirma: a humildade é virtude muito esquecida entre vós encarnados...

17 ... Entretanto, sem humildade, podeis ser caridosos com o vosso próximo?... Sem humildade, apenas vos adornais de virtudes que não possuís...

18 O orgulho é o terrível adversário da humildade... Julgais que Deus vos distingue pelos corpos?... Vossas roupas são diferentes... o rico veste púrpura, enquanto o pobre vive em andrajos...

19 ... Mas despi-vos ambos: que diferença haverá entre vós? A nobreza do sangue direis; a química, porém, ainda nenhuma diferença descobriu entre o sangue de um grão-senhor e o de um mendigo...

20 ...Quem vos garante que também vós já não tenhais sido miseráveis e desgraçados quanto ele?

21 E prossegue o Espírito Lacordaire em suas considerações, que têm por fim exortar-nos à indulgência, combatendo o orgulho e exercitando a humildade...

22 ...por considerar que, segundo a Lei de Causa e Efeito, através da Reencarnação, aquele que hoje bate à nossa porta, na condição de pedinte...

23 ... talvez tenha sido um ente muito amado em outras vidas. Além disso, ninguém sabe o que lhe reserva o futuro.

24 Portanto, cientes dessas verdades, VIVAMOS O DIA DE HOJE, bem como todos os dias que nos restam na Terra, plantando a boa semente...

25 ... e combatendo o bom combate, caminhando para Jesus, na condição de FILHOS DE DEUS, destinados a evoluir até o INFINITO.

26 Então, VIVA O DIA DE HOJE, com toda a grandeza de um ser especial! VOCÊ É FILHO DE DEUS!


Carregar ppt "Diz uma lenda referente à pintura da Santa Ceia, ou Última Ceia de Jesus com seus Apóstolos:"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google