A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

“muito interessante, a gente não havia nem nascido ainda e continua válido para nossos dias...” “Segura aí... Até agora não mudou nada.” “Isso já em 1958”

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "“muito interessante, a gente não havia nem nascido ainda e continua válido para nossos dias...” “Segura aí... Até agora não mudou nada.” “Isso já em 1958”"— Transcrição da apresentação:

1

2 “muito interessante, a gente não havia nem nascido ainda e continua válido para nossos dias...” “Segura aí... Até agora não mudou nada.” “Isso já em 1958” “Estamos voltando ao passado.... de forma piorada!!!” “A Esperança é a reação que sempre vem, segundo a própria”

3 É certo que a música, de bom, fica a desejar. Mas a intenção aqui é mostrar que muitos fatos costumam se repetir na história, como se pode perceber pelos depoimentos que foram dados agora há pouco, por quem ouviu esse menino, Juca Chaves, em uma interpretação de sua própria autoria.

4 Juca Chaves Caixinha Obrigado!

5 A mediocridade é um fato consumado na sociedade onde o ar é depravado

6 Marido rico, burguesão despreocupado Que foi casado com mulher burra, mas bela

7 O filho dela é político ou tarado Caixinha, obrigado!

8 A situação do Brasil vai muito mal Qualquer ladrão é patente nacional

9 Um policial, quase sempre, é uma ilusão E a condução é artigo racionado

10 Porém, ladrão, isso tem pra todo o lado! Caixinha, obrigado!

11 O rock'n'roll, nesta terra é uma doença E o futebol, é o ganha-pão da imprensa

12 Vença ou não vença, o Brasil é o maioral E até da bola, nós já temos general

13 Que hoje é nome de estádio municipal Caixinha, nacional!

14 A medicina está desacreditada Penicilina, já é coisa superada

15 Tem curandeiro nesta terra pra chuchu Rio de Janeiro tá pior que Tambaú

16 E de outro lado, onde está o delegado Caixinha, obrigado!

17 Dramalhão, reunião de deputado É palavrão que só sai pra todo lado

18 Se um deputado abre a boca, é um atentado E a mãe de alguém é quem sofre toda vez

19 No fim do mês, Cento e Vinte de ordenado Caixinha, obrigado!

20 Caixinha Obrigado Juca Chaves Imagens: Internet Colaboração: Valéria Albuquerque Formatação: Clovis Lima


Carregar ppt "“muito interessante, a gente não havia nem nascido ainda e continua válido para nossos dias...” “Segura aí... Até agora não mudou nada.” “Isso já em 1958”"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google