A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A organização do Estado brasileiro - BLOG: 1 A.N. Constituinte Projeto inicial vetado pelo Imperador.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A organização do Estado brasileiro - BLOG: 1 A.N. Constituinte Projeto inicial vetado pelo Imperador."— Transcrição da apresentação:

1 A organização do Estado brasileiro - BLOG: 1 A.N. Constituinte Projeto inicial vetado pelo Imperador (golpe do Imperador na aristocracia rural) Manteve o modelo de Estado que já funcionava desde a assunção de D. Pedro I Debate: centralização ou descentralização ?

2 Centralização ou Descentralização? - BLOG: 2 Descentraliza ção Centralização D. Pedro I forte e base colonial (PP) Inglaterra Elites urbanas Parlamento prevaleceria Aristocracia rural brasileira (PB)

3 A Constituição de 1824 (a Constituição da mandioca) - BLOG: 3 Outorgada Voto: censitário; descoberto*; analfabetos; 25 anos; Só homens. Eleitores de paróquia e de província (1º e 2 graus) Eleições indiretas Senado (vitalício e lista tríplice) * Monarquia hereditária; *Estado Unitário*; * 04 Poderes Catolicismo: religião oficial; - Padroado

4 $$$$$$$$$$$ do Império - BLOG: 4

5 Quinhentos reis* (500$00) (mantive a grafia original) - BLOG: 5

6 Cinco mil reis (5$000) - BLOG: 6

7 200$00 - BLOG: 7

8 Cem mil reis (100$000) - BLOG: 8

9 Reação ao governo de D. Pedro I (a situação da província de Pernambuco) - BLOG: 9 PE Cri$e Maço- naria Tradição de luta Tributa- ção pesada

10 A situação da província de Pernambuco: continuação - BLOG: 10 Rivalidades entre a aristocracia local e comerciantes lusos xenofobia Imperador troca o governador da província estopim Confederação do Equador

11 A Confederação do Equador BLOG: 11

12 A Confederação do Equador – 1824 (continuação) - BLOG: 12 ganhou esse nome em referência à proximidade do centro do conflito com a linha do Equador PE – CE – PB - RN Ideologia liberal X Centralismo do Imperador Caráter popular, urbano e apoiado pela intelectualidade Durou de julho a novembro de 1824

13 A Confederação do Equador – 1824 (continuação) - BLOG: 13 Convocação de uma A.N.C. Abolição do tráfico de escravos Organização de milícias populares Repressão do Império – fuga dos líderes – assume Frei Caneca. Projeto de nova Constituição (de caráter liberal)

14 A economia no I Reinado - BLOG: 14 Manutenção das bases coloniais •Tráfico de escravos sob ameaça: •Tratados de 1810 e B. C. deficitária •Açúcar: crise agravada; •Algodão em queda: concorrência dos EUA. Início da cafeicultura •Províncias do RJ e SP; •Alto consumo na Europa e nos EUA; •Baixa concorrência no mercado externo.

15 Sinais de crise no Império - BLOG: 15 •Destaques: Cipriano Barata e Líbero Badaró; •Governo reage: dificulta importações e censura os jornais. A oposição da Imprensa •Guerra da Cisplatina – atual Uruguai – acordo em 1828; •Gastos com a guerra pioram a cri$e. Política externa •O $ do Brasil usado para depor D. Miguel; •A Noite das Garrafadas – março de A sucessão portuguesa: D. João VI morre em 1826.

16 Os bastidores da sucessão portuguesa (1826 a 1831) - BLOG: 16 D. Miguel Destituiu a filha de D. Pedro, anulou a Constituição e assumiu o trono Apoiado pela Santa Aliança (pró-Absolutismo) D. Pedro I Apoiado pela Inglaterra Liberais lusos se exilaram no Brasil e articularam a derrubada de D. Miguel

17 A abdicação de D. Pedro I (arranjo político →Monarquia mantida) - BLOG: 17 D. Pedro I Cri$e Política externa frágil “Golpe” na aristocracia Impopularidade


Carregar ppt "A organização do Estado brasileiro - BLOG: 1 A.N. Constituinte Projeto inicial vetado pelo Imperador."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google