A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 Conceitos básicos sobre TIC Significado: Significado: Tratamento ou processamento da informação utilizando meios automáticos, nomeadamente o computador.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 Conceitos básicos sobre TIC Significado: Significado: Tratamento ou processamento da informação utilizando meios automáticos, nomeadamente o computador."— Transcrição da apresentação:

1 1 Conceitos básicos sobre TIC Significado: Significado: Tratamento ou processamento da informação utilizando meios automáticos, nomeadamente o computador. Informação + Automática Informática Origem da palavra Informática

2 2 Das TI às TIC Tecnologias da Informação são os processos de tratamento e controlo da informação, baseados em meios eletrónicos Tecnologias da Informação e Comunicação são os processos de tratamento e controlo da informação, articulados com os processos de transmissão da informação

3 3 Dados e Informação Dados são representações codificadas de factos ou eventos, objectos, pessoas ou outros tipos de entidades. Informação é o conjunto de dados, devidamente organizados e ordenados, a fim de terem significado.

4 4 Informação Toda a informação que existe sob a forma digital, à qual podemos aceder através de um computador. Informação Digital Na Web, toda a informação, quer seja texto, sons ou imagens, encontra-se em formato digital.

5 5 Áreas das TIC • Robótica • CAD/CAM • Telecomunicação • Telemática  Informática  Burótica Controlo e Automação Comunicação Tratamento Áreas das Tecnologias de Informação e Comunicação

6 6 Informática - Significa o tratamento, ou processamento, da informação utilizando meios automáticos, nomeadamente o computador ou sistemas informáticos (computador e outros dispositivos associados). Burótica – Designa a aplicação de meios informáticos no tratamento e circulação da informação em escritórios ou gabinetes administrativos. Actualmente também se utiliza com alguma frequência a expressão escritório electrónico. Áreas das TIC Tratamento

7 7 Telemática – Caracteriza-se pela conjugação de meios informáticos (computadores, modems, etc.) com meios de comunicação à distância (linhas telefónicas, satélites, etc.) Áreas das TIC Comunicação Telecomunicação – Consiste num serviço de comunicação à distância que envolve a integração de sistemas tais como: televisão, vídeo, linhas telefónicas, satélites, etc.

8 8 Áreas das TIC Controlo e Automação Robótica– A robótica é a área que estuda o desenvolvimento de sistemas electromecânicos (robôs) nos quais intervêm meios e processos informáticos. A utilização destes dispositivos é de grande importância sempre que é necessário realizar tarefas com o máximo de eficiência e precisão ou aceder a lugares onde a presença humana se torna difícil, arriscada e até mesmo impossível. As Tecnologias de Controlo e Automação caracterizam-se pela intervenção de meios informáticos no controlo de mecanismos e processos industriais.

9 Áreas das TIC Controlo e Automação CAD (Computer Assisted Design) Projecto ou desenho realizado com a utilização de computadores e softwares específicos. CAM (Computer Aided Manufactoring) Sistemas de fabrico controlados por computador.

10 Os sistemas informáticos são constituídos por: Hardware Todos os dispositivos físicos que constituem um sistema informático. Software Conjunto de programas de computador, ou seja, instruções que são capazes de fazer funcionar o hardware, sob intervenção mais ou menos interactiva dos utilizadores. Estrutura de um sistema Informático

11 11 Estrutura de um sistema Informático

12 12 Interior de um computador Placa principal (Motherboard) Conectores das placas de expansão Fonte de alimentação Conectores on board Unidades (Drives) Cabos eléctricos Placas de expansão Estrutura de um sistema Informático

13 13 O Hardware é responsável por : Estrutura de um sistema Informático • Receção dos dados a serem processados • Processar a informação • Armazenar a informação • Permite a visualização e obtenção da informação

14 14 Dispositivos de entrada (Input) Memória ou dispositivos de armazenamento Unidade Central de Processamento (CPU) Dispositivos de saída (Output) Estrutura de um sistema Informático Os dados são introduzidos através dos dispositivos de entrada (input) Em seguida são enviados para a unidade central de processamento Os novos dados, depois de processados, são enviados para os periféricos de saída (output).

15 15 Placa Principal ou Placa-mãe ou Motherboard Estrutura de um sistema Informático

16 Placa Principal ou Placa-mãe ou Motherboard Slots para Memória Slots para Memória Suporte para Processador Suporte para Processador Saídas Slots de Expansão Slots de Expansão

17 17 Processador ou Unidade Central de Processamento (CPU) Estrutura de um sistema Informático É o componente fundamental de um sistema informático. A sua velocidade mede-se em Mhz Composto por: Unidade de Controlo (UC) – determina e controla as operações a efetuar Unidade Lógica e Aritmética (ULA) – é responsável pela execução de todas as operações aritméticas Registos – armazenam, temporariamente, os dados com que a ULA efetua as operações

18 18 A evolução dos Processadores Intel1.5 a 2 GhzPentium 4 AMD650 MhzK7 Intel400 Mhz a 1 GhzPentium III Intel, AMD33 a 700 MhzPentium III, K6 III Intel, AMD233 a 300 MhzPentium II, K6 II Intel, AMD150 a 230 MhzPentium MMX, K6 Cyrix, AMD100 a 200 Mhz6x86 Cyrix, AMD100 a 166 Mhz5x86 Intel75 a 200 MhzPentium Intel, Cyrix, AMD33 a 100 Mhz486 Intel, Cyrix, AMD25 a 33 Mhz386 Intel, Cyrix, AMD16 a 33 Mhz286 Intel16 Mhz8088 (PC AT) Intel7 Mhz8086 (PC TX) FabricanteRelógio/ClockModelo da CPU

19 19 Memórias É na memória que são armazenados os dados para processamento, os dados intermédios, os resultados finais e até mesmo o programa que, num dado momento, está a ser executado, determinando assim o processamento É importante distinguir dois tipos de memórias: 1.Memória principal (central ou primária) 2.Memória secundária (auxiliar ou de massa)

20 20 1. Memórias primárias (principais ou centrais) São memórias absolutamente indispensáveis ao funcionamento do sistema informático. Memórias 1.1- RAM - A memória de acesso aleatório (Random Acess Memory) é a forma mais comum de memória de um computador. É volátil pois o seu conteúdo desaparece quando o computador fica sem energia elétrica.

21 21 Memórias 1.2. ROM - Estrutura de memória permanente que só pode ser lida. Memória só de leitura, Read Only Memory, que é um dos constituintes essências de um computador. Não perde o seu conteúdo quando se desliga o sistema e onde constam os programas essenciais, os quais nem o computador pode apagar.

22 22 Memórias 1.3. Cache - Utilizada para o armazenamento dos dados mais requisitados pelo processador, evitando, assim, ler ou escrever directamente na memória RAM. A cache interna é uma memória de acesso bastante rápido, que se coloca entre a memória principal (RAM) e o processador. Contudo, a sua capacidade de armazenamento é, normalmente, reduzida.

23 23 Barramento ou bus é o conjunto de fios condutores situados na motherboard por onde circulam os dados entre a CPU, a memória RAM e as placas de expansão de periféricos. Engloba três tipos de canais: bus de endereços bus de dados bus de controlo Estrutura básica de um sistema informático

24 Periféricos Processador Barramento ou Bus Memórias Periféricos Placa principal CPU ou Processador ALU Aquisição Descodificação Controlo Registos Bus Memórias Estrutura de um sistema Informático

25 25 2. Memórias secundárias (auxiliares, externas ou de massa) São suportes de armazenamento de informação que interessa guardar antes e/ou depois das actividades de processamento. Estrutura básica de um sistema informático Discos rígidos Bandas magnéticas e Tapes

26 26 2. Memórias secundárias (auxiliares, externas ou de massa) Estrutura básica de um sistema informático Disquetes Discos ópticos CD (Compact Disc) CD-ROM (leitura) CD-R (gravável) CD-RW (regravável) DVD (Digital Versatile Disc) DVD-ROM DVD-R DVD-RAM(RW)

27 27 Discos Sólidos Estrutura básica de um sistema informático Bastante divulgados, utilizam-se como um disco mas são compostos por circuitos integrados. São rápidos e muito pequenos. Actualmente existem sob a forma de porta-chaves, caneta e até relógio, e permitem transportar um volume considerável de informação (128 MB,256 MB, 512 MB, 1Gb...). Ligam-se à porta USB (Universal Serial Bus) do computador. 2. Memórias secundárias, auxiliares, externas ou de massa

28 28 Dispositivos de entrada e de saída Um dispositivo de entrada é um sistema que permite introduzir dados do exterior num sistema informático. Um dispositivo de saída é um sistema que permite ao computador disponibilizar informação para o exterior, para que a possamos utilizar. Existem dispositivos de: Entrada Saída Entrada e saída

29 29 Dispositivos de entrada Os dispositivos ou periféricos de entrada convertem a informação introduzida pelo utilizador em sequências próprias de bits, capazes de serem interpretados pelo processador. Teclado Rato Joystick Microfone Scanner Leitor de Código de Barras Câmara Digital

30 30 Dispositivos de saída É através dos dispositivos ou periféricos de saída que os dados processados pelo processador são transmitidos para o exterior. Monitor Video-Projector Monitor Impressora Plotterr Colunas

31 31 Dispositivos de entrada e saída Os dispositivos, ou periféricos, de entrada e saída tanto permitem efetuar a entrada como a saída de dados. Ou seja, são dispositivos capazes de canalizar informação do exterior para o interior do computador e vice-versa. Drives Modems Placa de rede Touch Screen

32 32 EntradaSaídaEntrada/Saída Exemplo de dispositivos de entrada e de saída

33 Tipos de Software e Programas de Aplicações Informáticas Software: Programas escritos em diversas linguagens de programação que determinam a actividade e o comportamento de um sistema informático desde os dados a serem processados até ao funcionamento de um periférico. Para que o hardware funcione, é necessário algo que o faça funcionar…

34 34 Software de aplicação: Programas usados pelos utilizadores para a realização de algumas tarefas. Ex: Processadores de texto, editores de imagens, jogos, etc. Software de sistema: Conjunto de programas fundamentais para o funcionamento do computador: Sistema Operativo. Ex: Ms-Dos, Windows 95, Windows 98, Windows ME, Windows Xp, Windows NT, Windows 2000, Unix, Linux, etc. Tipos de software Tipos de Software e Programas de Aplicações Informáticas

35 35 S.O. em ambiente gráfico e modo de texto Sistema Windows Windows Windows Windows Windows Windows Windows etc.

36 36 As diferenças…

37 37 Ícones Ambiente de Trabalho Botão Iniciar Barra de Iniciação Rápida Barra de Tarefas Barra de Idiomas Área de Estado (mostra recursos activos no sistema) Barra Lateral

38 38 S.O. em ambiente Gráfico Barra de endereço Barra de Ferramentas

39 39 Windows  O Microsoft Windows é, então, um sistema operativo de ambiente gráfico que trabalha mediante janelas que agrupam a informação;  Essas janelas contêm ícones:  Ficheiros  Pastas  Atalhos

40 40 Pastas e Ficheiros

41 41 Pastas e Ficheiros  Pastas Local onde podemos guardar ficheiros e outras pastas, de forma organizada.  Ficheiros São unidades de informação reconhecidas pelo sistema operativo e identificadas por uma designação. Toda a informação é armazenada sob a forma de ficheiros.

42 Atalhos  Atalho ou Shortcut : Ícone colocado na área de trabalho de um computador, que quando accionado pelo apontador do rato, permite o acesso imediato ao programa que representa. É representado por uma seta no canto inferior esquerdo do ícone.

43 43 As caixas de diálogo  São janelas que nos permitem comunicar com o computador.

44 44 Acessórios Em Acessórios podemos encontrar programas instalados com o próprio Windows, permitindo visualizar ficheiros e pastas e efetuar trabalhos como processamento de texto, desenhos, manutenção do sistema, etc.

45 45  Criação de Pasta  Criação de Atalhos  Executar Programas  Obter Ajuda  Copiar e mover pastas e ficheiros  Renomear pastas e ficheiros  Eliminar pastas e ficheiros Operações básicas do Sistema Operativo

46 46 Os acessórios  Calculadora A Calculadora em modo “padrão” e modo “cientifico

47 47 Os acessórios  Paint O Paint é um programa de desenho e pintura que cria ficheiros de imagem (do tipo bitmap).

48 48 Os acessórios  Bloco de Notas O Bloco de Notas é um editor de texto básico que pode ser utilizado para criar documentos simples.

49 49 Os acessórios  WordPad O WordPad é uma ferramenta usada para criação e edição de documentos de texto, mas que possui mais algumas funcionalidades que o Bloco de Notas.


Carregar ppt "1 Conceitos básicos sobre TIC Significado: Significado: Tratamento ou processamento da informação utilizando meios automáticos, nomeadamente o computador."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google