A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Informática Aplicada à Gestão (2013/14) UBI - Dep. de Informática 21 Hardware e Software Hardware: A parte física do computador –Monitor, teclado, caixa,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Informática Aplicada à Gestão (2013/14) UBI - Dep. de Informática 21 Hardware e Software Hardware: A parte física do computador –Monitor, teclado, caixa,"— Transcrição da apresentação:

1 Informática Aplicada à Gestão (2013/14) UBI - Dep. de Informática 21 Hardware e Software Hardware: A parte física do computador –Monitor, teclado, caixa, impressoras, etc.. Software: A parte lógica do computador - é a informação que é armazenada e processada –Programas: Processadores de texto, jogos, etc. –Dados: Tabelas numéricas, textos, imagens, etc.

2 Informática Aplicada à Gestão (2013/14) UBI - Dep. de Informática 22 CPU RAM ROM Armazenamento Secundário Teclado Impressora Monitor Colunas (som) Rato Rede Hardware de um computador:

3 Informática Aplicada à Gestão (2013/14) UBI - Dep. de Informática 23 Motherboard: Placa mãe do sistema Onde se colocam e ligam os componentes principais (é onde estão o processador e as memórias ROM e RAM) Inclui circuitos integrados para gerir as comunicações com os discos, as imagens no écran, o som, etc. Determina o que pode ou não ser utilizado Nos computadores convencionais (fixos) permite adicio- nar placas de expansão através de ranhuras (slots)

4 Informática Aplicada à Gestão (2013/14) UBI - Dep. de Informática 24 CPU: Unidade Central de Processamento Elemento do computador que realiza o processamento central. Realiza/executa as operações indicadas pelos programas que estão a correr (a ser executados) Esses programas podem ser programas do utilizador ou programas do sistema A execução de programas do sistema (de que o utilizador usualmente não se apercebe) faz a gestão do conjunto de subsistemas do computador

5 Informática Aplicada à Gestão (2013/14) UBI - Dep. de Informática 25 Memórias: Dispositivos físicos que armazenam os dados e os programas. As mais rápidas e "próximas" do processador são as: ROM e RAM. ROM - Read Only Memory: Armazena os programas base para gerir o arranque do sistema. RAM - Random Access Memory: Armazena os programas que estão a correr, e os seus dados. Apaga-se (fica vazia) quando o computador é desligado. (Existem várias tecnologias: DRAM, SRAM, EDO RAM…)

6 Informática Aplicada à Gestão (2013/14) UBI - Dep. de Informática 26 Os sistemas de armazenamento secundário tambem são memórias. Os discos rígidos (ainda) são os principais dispositivos de armazena- mento secundário. Outros dispositivos incluem os CDs, DVDs, cartões de memória, pens, etc.. E, recentemente, os "discos" flash, solid-state drive (SSD): O conteúdo deste tipo de sistemas de armazenamento não é apagado quando se desliga o computador. É neles que se vão armazenando (arquivando) os vários programas e dados que interessam aos utilizadores.

7 Informática Aplicada à Gestão (2013/14) UBI - Dep. de Informática 27 Nos microcomputadores fixos, as placas de expansão: Permitem acrescentar funcionalidades ao sistema Encaixam-se nos slots existentes nas motherboards Exemplos: –Placas de som, placas de vídeo, modems internos, placas de rede, etc. (Nos portáteis não há espaço para essas coisas, mas é usualmente possível acrescentar memória, e trocar alguns componentes…)

8 Informática Aplicada à Gestão (2013/14) UBI - Dep. de Informática 28 Os dispositivos periféricos associados aos computadores servem principalmente para que este possa comunicar com o exterior. Entre estes dispositivos, os mais comuns e mais necessários nos computadores pessoais são o teclado e o écran e, em seguida, os ratos e as impressoras. Outros dispositivos acessórios incluem os scanners, modems, routers, ou outros dispositivos de ligação a redes, câmaras de imagem, microfones, sensores variados (temperatura, voltagem, etc.), dispositivos de armazenamento externos… Por definição estes dispositivos periféricos são externos em relação à caixa do computador, mas por vezes as suas funções podem ser executadas por acessórios montados dentro dessa caixa...

9 Informática Aplicada à Gestão (2013/14) UBI - Dep. de Informática 29 Software Programas do sistema (Sistema operativo, drivers, …) Programas de nível intermédio (Gestores de ficheiros, linguagens de programação, …) Programas de aplicação/alto nível (Editores de texto, de imagem, jogos, folhas de cálculo, programas dedicados, …) Dados: Usualmente não existem isoladamente, mas estão associados a programas de aplicação (como editores de texto, folhas de cálculo ou bases de dados).

10 Informática Aplicada à Gestão (2013/14) UBI - Dep. de Informática 30 Existe informação analógica e digital: Analógica: Contínua. Entre qualquer par de valores, pode tomar um conjunto infinito de valores diferentes. Exemplos: Peso, tempo. Digital: Descontínua (discreta). Só pode tomar um número limitado de valores diferentes. Exemplos: Descrição de situações com um número limitado de estados (como o facto de uma lâmpada estar ligada ou desligada), codificações humanas (caracteres num texto, etc.). (Na maioria dos casos, a informação digital resulta da transformação e simplificação de informação analógica. Exemplo: O tempo é contínuo mas existem relógios digitais.)

11 Informática Aplicada à Gestão (2013/14) UBI - Dep. de Informática 31 Os computadores só manipulam informação digital. No caso dos computadores actuais, toda a informação tem de ser codificada para um código binário (só com 2 estados possíveis). Para o hardware do computador é mais fácil distingir 2 estados do que 3, 4, ou mais. (Por exemplo: Um transístor pode estar ligado ou desligado, e isso já distingue dois estados, sem ser necessário avaliar coisas como ligado a 2/3...) Usualmente esses dois estados são descritos com 0 e 1. Assim, para representar números decimais, ou letras, ou fotografias, ou videos, ou programas, ou páginas de web, etc., são usadas sequências mais ou menos longas de zeros e uns.

12 Informática Aplicada à Gestão (2013/14) UBI - Dep. de Informática 32 Quantidade de informação: A quantidade de informação mais reduzida que se pode ter é apenas um elemento de uma sequência de zeros ou uns. A esse elemento isolado chama-se um bit. Assim, um bit pode tomar dois estados possíveis: 0 ou 1. (Dois bits já podem representar 4 estados possíveis: 00, 01, 10 ou 11.) Uma sequência de 8 bits chama-se Byte, e já pode tomar 2 8 (ou seja 256) estados possíveis. Um KiloByte (KB) deveria ter 1000 Bytes, mas representa 1024 (=2 10 ) Um MegaByte (MB) deveria ter de Bytes... Um GigaByte (GB) deveria ter de Bytes, etc....

13 Informática Aplicada à Gestão (2013/14) UBI - Dep. de Informática 33 Para representar uma letra é comum ser usado 1 Byte (8 bits), ou 2 Bytes. Uma mensagem de correio electrónico comum usa cerca de 5 KB. Um livro só com texto usa cerca de 200 a 500 KB. Uma fotografia comum pode usar cerca de 200 KB a 5 MB. Um programa de aplicação normal pode usar algo como 500 MB. Um filme pode usar algo como 10 GB. Um microprocessador actual opera de cada vez com 32 ou 64 bits. A memória RAM de um PC actual vulgar é 2 a 8 GB. Um disco duro actual tem entre 200 GB e 3 TB.


Carregar ppt "Informática Aplicada à Gestão (2013/14) UBI - Dep. de Informática 21 Hardware e Software Hardware: A parte física do computador –Monitor, teclado, caixa,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google