A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

TRATAMENTO TÉRMICO Tratamento Térmico: É o conjunto de operações de aquecimento e resfriamento a que são submetidos os aços, sob condições controladas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "TRATAMENTO TÉRMICO Tratamento Térmico: É o conjunto de operações de aquecimento e resfriamento a que são submetidos os aços, sob condições controladas."— Transcrição da apresentação:

1 TRATAMENTO TÉRMICO Tratamento Térmico: É o conjunto de operações de aquecimento e resfriamento a que são submetidos os aços, sob condições controladas de temperatura, tempo, atmosfera e velocidade de esfriamento, com o objetivo de alterar as suas propriedades ou conferir-lhes característicos determinados.

2 TRATAMENTO TÉRMICO  Principais Objetivos:  Remoção de tensões internas ( oriundas de esfriamento desigual, trabalho mecânico ou outra causa);  Aumento ou diminuição da dureza;  Aumento da resistência mecânica;  Melhora da ductibilidade;  Melhora da usinabilidade;  Melhora da resistência ao desgaste;  Melhora da propriedade de corte;  Melhora da resistência a corrosão;  Melhora da resistência ao calor;  Modificação das propriedades elétricas e magnéticas.

3 TRATAMENTO TÉRMICO  Fatores de Influência nos tratamentos térmicos:  AQUECIMENTO  Velocidade de Aquecimento  Temperatura de Aquecimento  TEMPO DE PERMANÊNCIA À TEMPERATURA DE AQUECIMENTO  RESFRIAMENTO  Ambiente do Forno Ar Óleo Água Salmoura  ATMOSFERA DO FORNO

4 TRATAMENTO TÉRMICO  ATMOSFERA DO FORNO  Nos tratamentos térmicos dos aços, deve-se evitar dois fenômenos mais comuns e que podem causar sérios aborrecimentos:  OXIDAÇÃO CASCA DE ÓXIDO  2Fe + O 2 2FeO provocada pelo Oxigênio  Fe + CO 2 FeO + CO 2 provocado pelo anidrido carbônico  Fe + H 2 O FeO + H 2 provocado pelo vapor de água

5 TRATAMENTO TÉRMICO  DESCARBONETAÇÃO Oxidação preferencial do Carbono 2C + O 2 2CO C + CO 2 2CO C + 2H 2 CH 4

6 TRATAMENTO TÉRMICO  RECOZIMENTO PLENO  Objetivos:  Remover tensões internas devidas aos tratamentos mecânicos a frio ou a quente;  Diminuir a dureza para melhorar a usinabilidade do aço;  Alterar as propriedades mecânicas como resistência, ductilidade, etc  Modificar os característicos elétricos e magnéticos;  Ajustar o tamanho de grão;  Regularizar a textura bruta de fusão  Remover gases;  Produzir uma microestrutura definida;  Eliminar enfim os efeitos de quaisquer tratamentos térmicos ou mecânicos a que o aço tiver sido anteriormente submetido.

7 TRATAMENTO TÉRMICO  RECOZIMENTO PLENO

8 TRATAMENTO TÉRMICO  RECOZIMENTO ISOTÉRMICO Para peças grandes, o recozimento isotérmico não é vantajoso sobre o pleno, visto que a velocidade de resfriamento no centro da peça de grande secção pode ser tão baixa que torna impossível o seu rápido resfriamento à temperatura de transformação.

9 TRATAMENTO TÉRMICO  Recozimento para alivio de tensões:  Consiste no aquecimento do aço a temperaturas abaixo da zona crítica. O objetivo é alivio de tensões originadas durante a solidificação ou produzidas em operações de transformação mecânica a frio, como estampagem profunda, ou em operações corte por chama, soldagem ou usinagem.

10 TRATAMENTO TÉRMICO

11  NORMALIZAÇÃO  OBJETIVO  A NORMALIZAÇÃO VISA REFINAR A GRANULAÇÃO GROSSEIRA DE PEÇA DE AÇO FUNDIDO PRINCIPALMENTE.  E COM O MESMO OBJETIVO, A NORMALIZAÇÃO É APLICADA EM PEÇAS DEPOIS DE LAMINADAS E FORJADAS.  A NORMALIZAÇÃO É AINDA USADA COMO TRATAMENTO PRELIMINAR À TÊMPERA E REVENIDO, JUSTAMENTE PARA PRODUZIR ESTRUTURA MAIS UNIFORME DO QUE A OBTIDA POR LAMINAÇÃO, POR EXEMPLO, ALÉM DE REDUZIR A TENDÊNCIA AO EMPENAMENTO E FACILITAR A SOLUÇÃO DE CARBONETOS E ELEMENTOS DE LIGA.

12 TRATAMENTO TÉRMICO  NORMALIZAÇÃO

13 TRATAMENTO TÉRMICO  TÊMPERA E REVENIDO  Objetivo: É a obtenção da estrutura martensítica, portanto:  Aumento do Limite de resistência à tração;  Aumento da dureza.  Redução da ductilidade  Redução da tenacidade  Aparecimento de apreciáveis tensões internas.

14 TRATAMENTO TÉRMICO  A ALTA DUREZA DA MARTENSITA É ATRIBUÍDO AOS SEGUINTES FATORES:  DISTORÇÃO DO RETICULADO  ELEVADAS TENSÕES INTERNAS  TAMANHO DE GRÃO MUITO PEQUENO

15 TRATAMENTO TÉRMICO  TÊMPERA E REVENIDO

16 TRATAMENTO TÉRMICO  REVENIDO  É O TRATAMENTO TÉRMICO QUE NORMALMENTE SEMPRE ACOMPANHA A TÊMPERA, POIS ELIMINA A MAIORIA DOS INCONVENIENTES PRODUZIDOS POR ESTA; ALÉM DE ALIVIAR AS TENSÕES INTERNAS, CORRIGE AS EXCESSIVAS DUREZA E FRAGILIDADE DO MATERIAL, AUMENTANDO SUA DUCTILIDADE E RESISTÊNCIA AO CHOQUE.

17 TRATAMENTO TÉRMICO  REVENIDO


Carregar ppt "TRATAMENTO TÉRMICO Tratamento Térmico: É o conjunto de operações de aquecimento e resfriamento a que são submetidos os aços, sob condições controladas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google