A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 UNIDADE 5 FENÔMENOS DE EFEITOS INTELIGENTES AULA 22 Psicofonia.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 UNIDADE 5 FENÔMENOS DE EFEITOS INTELIGENTES AULA 22 Psicofonia."— Transcrição da apresentação:

1 1 UNIDADE 5 FENÔMENOS DE EFEITOS INTELIGENTES AULA 22 Psicofonia

2 2

3 3 Psicofonia psico – alma fono – som

4 4 Psicofonia é a comunicação mediúnica por meio da fala

5 5 Vantagens e desvantagens

6 6 Vantagens

7 7 “Permite o diálogo direto, vivo e dinâmico com os Espíritos.” Therezinha Oliveira

8 8 Facilita o atendimento dos que precisam de ajuda ou esclarecimento

9 9 Desvantagens

10 10 É preciso mais atenção para avaliar a qualidade e o valor da comunicação

11 11 É mais difícil provar a identidade do comunicante

12 12 Não conseguimos reproduzir posteriormente, a não ser que seja gravado

13 13 Grau de Consciência

14 14 “O médium pode guardar maior ou menor grau de consciência cerebral, conforme maior ou menor seja a exteriorização do seu perispírito.” Therezinha Oliveira

15 15 Consciente

16 16 De cada 80 médiuns psicofônicos, em média, 50 são conscientes

17 17 O médium tem conhecimento do que o Espírito irá falar, antes da psicofonia

18 18 “ Há exteriorização do perispírito do médium (alguns centímetros) e uma corrente nervosa liga o cérebro perispiritual do médium ao do Espírito comunicante.” Therezinha Oliveira Como ocorre o transe

19 19 “ O Espírito emite o pensamento e procura influir sobre o aparelho fonador do médium.” Therezinha Oliveira Como ocorre o transe

20 20 “ O médium sente essa influência e capta o pensamento do Espírito comunicante na origem, antes de falar, e pode transmiti-lo ou não.” Therezinha Oliveira Como ocorre o transe

21 21 “ Se concorda em falar, transmite a ideia conforme a entende e usando seu próprio estilo, vocabulário e construção de frases.” Therezinha Oliveira Como ocorre o transe

22 22 Como vantagem o médium pode avaliar a comunicação antes de transmiti-la ou não e controlar o fenômeno

23 23 O médium deve ser fiel à mensagem, interferindo o mínimo possível

24 24 Semiconsciente

25 25 De cada 80 médiuns psicofônicos, em média, 28 são semiconscientes

26 26 “O médium toma consciência do que o Espírito está falando por seu intermédio, no instante em que as palavras são formadas.” Therezinha Oliveira

27 27 “ É maior a exteriorização perispiritual do médium, e o comunicante, assim, tem maior atuação sobre o mundo sensório, conseguindo ver, ouvir e falar melhor, no seu próprio estilo.” Therezinha Oliveira Como ocorre o transe

28 28 “ Enquanto a mensagem é recebida, o médium sabe o que está falando, sente o padrão vibratório e a intenção do comunicante, podendo controlar e interferir.” Therezinha Oliveira Como ocorre o transe

29 29 “ Ao terminar a manifestação, provavelmente só recordará do início e do final da mensagem e, vagamente, do tema abordado.” Therezinha Oliveira Como ocorre o transe

30 30 O médium deverá com o exercício da mediunidade esforçar-se por diminuir a sua interferência na comunicação

31 31 Inconsciente

32 32 De cada 80 médiuns psicofônicos, em média, 2 são inconscientes

33 33 Há uma maior inconsciência do médium no transe mediúnico

34 34 “ Exteriorização completa do perispírito do médium, seu cérebro perispiritual fica sem ligação com o cérebro físico.” Therezinha Oliveira Como ocorre o transe

35 35 “ Há perda provisória do contato com os centros motores da vida cerebral.” Therezinha Oliveira Como ocorre o transe

36 36 “ Atuação mais direta do comunicante sobre o organismo mediúnico.” Therezinha Oliveira Como ocorre o transe

37 37 “ A mensagem é transmitida sem que o médium guarde consciência cerebral dela.” Therezinha Oliveira Como ocorre o transe

38 38 O médium está consciente em Espírito Como ocorre o transe

39 39 “ Ao recobrar a consciência, geralmente o médium nada ou bem pouco recordará.” Therezinha Oliveira Como ocorre o transe

40 40 “ Será uma sensação vaga, como um sonho pouco nítido.” Therezinha Oliveira Como ocorre o transe

41 41 Vantagem Maior liberdade do Espírito de se manifestar (gestos, entonação da voz e atitudes)

42 42 Desvantagem Ter atitudes desaconselháveis (gritos, pancadas, agressividade)

43 43 Desvantagem Poderá ficar na dependência dos Espíritos inferiores

44 44 Lembre-se de que o médium é responsável pela conduta da comunicação mediúnica

45 45 “Quando a educação mediúnica é deficiente ou viciosa, o intercâmbio é dificultado.” Therezinha Oliveira

46 46 “O grau de consciência na mediunidade de psicofonia pode modificar-se com o tempo, de inconsciente para semiconsciente e consciente, ou vice-versa.” Therezinha Oliveira

47 47

48 48 4ª FASE ENVOLVIMENTO

49 49 Objetivo

50 50 “Permite ao médium avaliar a natureza do comunicante por meio de seu campo mental, para exercer controle sobre a comunicação.” Therezinha Oliveira

51 51 O médium deve evitar a comunicação quando esta não for conveniente

52 52 “O exercício persistente e cuidadoso através das fases desenvolve o autocontrole.” Therezinha Oliveira

53 53 Como ocorre

54 54 “O guia mediúnico atuará sobre a mente do médium, sobrepondo-lhe os pensamentos.” Therezinha Oliveira

55 55 “Em seguida, envolverá mais profundamente o seu períspirito, ativando o centro de força coronário.” Therezinha Oliveira

56 56 “Conforme a região ativada do cérebro, a mediunidade será de vidência, de psicofonia, de psicografia, de audição.” Therezinha Oliveira

57 57 “O médium é sempre responsável pela boa ordem do desempenho mediúnico.” Therezinha Oliveira

58 58 O que posso sentir?

59 59 Distanciamento do corpo Pulsação e respiração aceleradas Interferência mental Alteração da vontade Percepção mental da situação do Espírito

60 60 PREPARANDO-SE PARA O EXERCÍCIO

61 61 BIBLIOGRAFIA Oliveira, Therezinha: Mediunidade. 13.ed.Campinas, SP: Allan Kardec, Nilson, Teddy e Oliveira, Therezinha: Orientação Mediúnica. Campinas, SP: Centro Espírita “Allan Kardec” - Dep. Editorial, CRÉDITOS Pesquisa e Elaboração: Aníbal Jorge Oliveira Albuquerque Direção de Arte: Weyne Vasconcelos Revisão: José Roberto Alves de Albuquerque Colaboradores: Antônio Alfredo de Sousa Monteiro, Antônio Lisboa Teles da Rosa, Regina Célia Mesquita Gondim, Sônia Ponte


Carregar ppt "1 UNIDADE 5 FENÔMENOS DE EFEITOS INTELIGENTES AULA 22 Psicofonia."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google