A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Plano do Legado da Cidade para Copa 2014 e Jogos Olímpicos e Paraolímpicos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Plano do Legado da Cidade para Copa 2014 e Jogos Olímpicos e Paraolímpicos."— Transcrição da apresentação:

1 Plano do Legado da Cidade para Copa 2014 e Jogos Olímpicos e Paraolímpicos

2 Visão “ Os Jogos Olímpicos devem servir à cidade. Mais do que organizar o evento em si, queremos tornar o Rio um lugar melhor para seus moradores e visitantes, com mudanças estruturais em transporte, infraestrutura urbana, meio ambiente e desenvolvimento social."

3 Diretrizes na atuação da Prefeitura Antecipar as transformações urbanas, ambientais e sociais necessárias na cidade Promover a cidade nacional e internacionalmente, e atrair novos investimentos Trabalhar de forma integrada com todos os níveis governamentais e com os Comitês Organizadores Promover a participação da sociedade no desenvolvimento e na implementação do Plano do Legado Estimular comportamentos cidadãos e o sentimento de pertencimento da população através de campanhas educativas e atividades nos setores de educação, cultura, saúde e esporte

4 Governança dos Jogos Rio 2016 Comitê Olímpico Internacional (COI) Comitê Organizador Rio 2016 Governo Federal Autoridade Pública Olímpica (APO) Governo do Estado Casa Civil Prefeitura Empresa Olímpica Municipal Comitê Olímpico Brasileiro (COB) Definição da matriz e responsabilidade e monitoramento da execução dos projetos. Planejamento e execução dos projetos de acordo com responsabilidades de cada nível de governo. Preparação da delegação brasileira. Organização dos Jogos Definição das diretrizes e monitoramento do projeto Comitê Paraolímpico Internacional (CPI) Comitê Paraolímpico Brasileiro (CPB) Preparação da delegação Brasileira. Definição das diretrizes e monitoramento do projeto

5 EQUIPE DEDICADA ao Projeto Olímpico da Prefeitura AGILIDADE na execução dos projetos com processos paralelos à rotina da Prefeitura TRANSPARÊNCIA na execução orçamentária Empresa Olímpica Municipal

6 Governança Conselho do Legado da Cidade Empresa Olímpica Municipal Comitê Executivo Apresentar os projetos da cidade e receber sugestões Promover a participação da sociedade Periodicidade: trimestral Participantes: - Prefeito - Secretários Municipais - Casa Civil do Estado - Comitês organizadores da Copa e Jogos Olímpicos - 8 representantes da sociedade Analisar oportunidades Solucionar entraves dos projetos Periodicidade: mensal Participantes: Secretários Municipais - Casa Civil - Obras - Transportes - Meio Ambiente - Urbanismo - Conservação - Habitação

7 Agenda dos Grandes Eventos

8 Planejamento e priorização dos projetos Início das intervenções com maiores prazos de execução Transcarioca Transoeste Porto Maravilha Morar Carioca Saneamento da Bacia do Rio Marangá Vila dos Atletas Aprovação e ajustes essenciais da proposta original da candidatura Rio 2016 Transferência de equipamentos e vilas para a região portuária Aprovação do pacote legislativo Incentivos fiscais e urbanísticos para a construção de novos hotéis na cidade Incentivos fiscais para os comitês organizadores Copa 2014 e Rio 2016 Criação de estrutura dedicada: I-RIO 2014 / 2016 Prioridades da Prefeitura em 2010

9 O Plano de Legado da Cidade está dividido em quatro áreas Transportes 16 projetos Infraestrutura Urbana e Instalações 37 projetos Desenvolvimento Social e Operações 20 projetos Meio Ambiente 24 projetos Total de Projetos Municipais : 97 projetos

10 O Rio em Novo sistema intermodal implantado, com integração entre os corredores expressos (BRTS), trens, barcas e metrôs - Aumento do uso de transportes de alta capacidade de 16% para 50% - Região portuária revitalizada - 4 regiões olímpicas requalificadas, com total acessibilidade (2 Milhões de moradores beneficiados) - Sistemas lagunares recuperados - 24 milhões de árvores (Estado) - Mais 700 mil pessoas com acesso a saneamento (AP5) - Rede cicloviária da cidade duplicada (+150 KM) - Redução de 16% da emissão de GEE até Todas as favelas da cidade urbanizadas (até 2020) -100 mil novas unidades residenciais construídas e legalizadas - Ensino de inglês universalizado na rede municipal - Pratica do esporte difundida em toda rede pública de ensino Transportes Infraestrutura Urbana Meio Ambiente Desenvolvimento Social

11 PRINCIPAIS PROJETOS ▪ TRANSCARIOCA ▪ TRANSOESTE ▪ TRANSOLÍMPICA ▪ TRANSBRASIL ▪ VLT DO CENTRO TRANSPORTES

12 Início das desapropriações Confirmação do Financiamento pelo BNDES Licitação da obra Início das obras Dez/2009 Nov/2010 Abr/2011 Mar/ 2011 Corredor de ônibus expresso e articulado (BRT), ligando a Barra da Tijuca ao aeroporto internacional Tom Jobim, passando por diversos bairros da Zona Norte (39 km) Início das obras Explosão inicial do túnel da Grota Funda Conclusão da construção Finalização do projeto básico Licitação Início das Obras Projeto Básico Concluído Corredor de ônibus expresso e articulado (BRT), ligando Barra da Tijuca a Santa Cruz, incluindo o túnel da Grota Funda e a duplicação da Av. das Américas (56 km) Corredor de ônibus expresso e articulado (BRT), ligando o Recreio dos Bandeirantes a Deodoro, contemplando a construção de seis faixas para automóveis (26 km) Sistema de Veículo Leve Sobre Trilhos na área Central e Zona Portuária em um percurso de 15 Km Ago/2010 Set/2010 Jul/2012 Out2011 Jan/2012 Abr/2012 Jul/2011 Descrição MarcoData Status dos Projetos Prioritários - Transportes Transcarioca Transoeste Transolímpica Transbrasil VLT do Porto Corredor de ônibus expresso e articulado (BRT) ao longo da Av. Brasil, ligando o centro da cidade a Deodoro. (20 km). * Projeção

13 BRT Transoeste

14 Descrição Transcarioca Transoeste Transolímpica BRTs ESTAÇÕES DE CONEXÃO BRT-Railway BRT-Railway- Bus BRT- BRT BRT- Metro Airport Trevo das Margaridas (via Dutra) Transbrasil Corredores de BRT Bus Rapid Transit Transoeste Transcarioca Transbrasil Transolímpica

15 VLT Centro

16 Infraestrutura de Transporte N Cruise Ships Phase 1 Phase 2 to Ferry Station to Santos Dumont Airport LRT new road system BRT Transbrasil Supervia Metro Bus Station Bus Terminals

17 PRINCIPAIS PROJETOS ▪ PORTO MARAVILHA ▪ ENTORNO DO MARACANÃ ▪ ENTORNO DO ENGENHÃO ▪ SAMBÓDROMO / ENTORNO ▪ PARQUE OLÍMPICO / ENTORNO ▪ PLANO DE HOTÉIS ▪ VILAS OLÍMPICAS ▪ CENTRO DE OPERAÇÕES RIO INFRAESTRUTURA URBANA

18 Porto Olímpico Área proposta para Equipamento operacional Área proposta para acomodações quartos Navios de cruzeiro quartos

19 Sambódromo

20 Parque dos Atletas

21 Centro de Operações Inaugurado em dezembro de Reúne cerca de 30 órgãos municipais para operar o dia a dia da cidade, planejar grandes eventos e atuar em situações de emergência. São 400 profissionais trabalhando em três turnos Funciona 24h por dia e sete dias por semana, antecipando soluções e minimizando as ocorrências. A Sala de Controle possui o maior telão da América Latina, com 80 metros quadrados. No local, mais de 70 controladores monitoram a cidade em tempo integral.

22 Potencial de Crescimento da rede Hoteleira Somente Ocupações Hoteleiras: Hotel, Apart-Hotel, Motel-Hotel Existentes (Mai/11) Construção ou Reforma Projetos Lincenciados Projeção Dez/13 Crescimento: 26,9% Rio Business: Official Agency of Rio de Janeiro City Hall, responsible for attracting and facilitating inward investment

23 Acomodações Olimpíadas 10,6 8,6 27,8 47,0 Vila de Mídia (Porto) Navios Cruzeiros Sub-total Quartos de Hotéis Rio Business: Official Agency of Rio de Janeiro City Hall, responsible for attracting and facilitating inward investment 19,2 Compromisso COI 2016

24 Incentivos Urbanísticos e Fiscais para expansão da rede hoteleira  Cria novas regiões para o uso de hotelaria, como as avenidas das Américas, Ayrton Senna, Salvador Allende, e os bairros do Alto da Boa Vista, Guaratiba, Ilha do Governador e Flamengo  Define áreas específicas na Região Portuária e no Centro para construção de hotéis-residência Urbanístico Fiscais  Remissão de dividas de IPTU Isenção de IPTU durante obras Imóveis adquiridos até 31/12/2012 Imóveis com “habite-se” até 31/12/2015  Isenção ITBI Operações de compra e venda de imóveis destinados à atividade hoteleira até 31/12/2012  Redução de ISS (alíquota a 0,5%) Serviços prestados para a construção ou reconversão em empreendimentos hoteleiros até 31/12/2015

25 Principais Redes que estão investindo Todas as grandes redes (existentes ou não na cidade) estão com projetos de expansão da rede existente ou de entrada no mercado carioca, abaixo as redes que possuem projetos em execução Após a aprovação da LC 108/2010 (pacote Olímpico) deram entrada na SMU 5 projetos de licenciamento que totalizam novos quartos.

26 Início das obras da fase 1 Assinatura contrato PPP Início das obras – fase 2 Leilão da Cepacs Divulgação do Resultado do Concurso do Porto Olímpico Requalifacação da infraestrutura urbana de toda a Região Portuária Aprovação da operação interligada na Câmara Municipal Inicio das obras de duplicação das arquibancadas Implosão da cervejaria Conclusão estimada Projeto básico concluido Início obras estimado Revitalização da região do entorno do Sambódromo, incluindo a retomada do projeto original de Oscar Niemeyer Requalificação urbana do entorno do complexo esportivo e integração com a Quinta da Boa Vista Mai/2011 Set/2011 Mar/2010 Nov/2010 Jun/2011 Jun 2011 Nov/2010 Mar/2011 Jun/2011 Dez/2011 Descrição MarcoData Status dos Projetos Prioritários – Infraestrutura urbana Porto Maravilha Sambódromo e Entorno Entorno do Maracanã

27 Início da obras do viaduto da Abolição Decreto de controle das obras a licenciar na área Publicação do projeto de alinhamento para alargamento das ruas Aprovação do pacote de incentivos para novos investimentos em hotéis na cidade Conclusão do Concurso Público do projeto “Porto Olímpico” Vila Deodoro – pronta Início das obras da Vila dos Atletas Início das obras de duplicação da Av. Ayrton Senna Conclusão das obras do Parque dos Atletas Resultado do Concurso do Parque Olímpico Rio 2016 Plano de ação para aumento da oferta de hotelaria na cidade Viabilização das vilas residenciais necessárias para acomodar atletas e das vilas de mídia e árbitros Projeto de requalificação urbana e melhorias nos acessos ao estádio Melhorias nas vias de acesso e construção de infraestrutura do Parque Olímpico Mar/2011 Maio/2011 Jun/2010 Ago/2011 Nov/2010 Jun/2011 Out/2011 Entorno do Engenhão Parque Olímpico e Entorno Plano de Acomodações Descrição MarcoData Status dos Projetos Prioritários – Infraestrutura urbana

28 PRINCIPAIS PROJETOS ▪ REABILITAÇÃO AMBIENTAL DA BAIXADA DE JACAREPAGUÁ ▪ REFLORESTAMENTO ▪ EXPANSÃO DA REDE CICLOVIÁRIA ▪ CENTRO DE TRATAMENTO DE RESÍDUOS ▪ SANEAMENTO DA BACIA DO RIO MARANGÁ MEIO AMBIENTE

29 Descrição MarcoData Status dos Projetos Prioritários – Meio ambiente Reabilitação Ambiental de Jacarepaguá Reflorestamento Expansão da rede cicloviária Recuperação ambiental do ecossistema lagunar da região de Jacarepaguá. A Fase 1 compreende obras de drenagem em 15 rios. As Fases 2 e 3 compreendem a canalização de 26 rios. Fev/2011 Jul/2011 Conclusão da Licitação do Fase 1 Obras iniciadas Programa de reflorestamento e recuperação da cobertura vegetal do município com objetivo de redução de emissões dos gases do efeito estufa. realizado por meio de mutirão e contratos terceirizados. em mais de 30 comunidades. Dez/2012 Abr/2011 Jan/2011 Previsão de plantio de hec. Conclusão de 130 hectares Assinatura do contrato para serviços terceirizados para reflorestamento de 192 hectares Início das obras de expansão das ciclovias da Zona Sul e da Zona Oeste Reforma, readequação e expansão da rede cicloviária visando consolidar a bicicleta como modal de transporte. Out/2010

30 Status dos Projetos Prioritários – Meio ambiente Saneamento da bacia do rio Marangá Descrição MarcoData Projeto Básico concluído Obtenção da Licença Prévia Previsão de início Coleta e tratamento de esgotos sanitários da bacia do rio Marangá, abrangendo os bairros de Deodoro, Vila Militar, Magalhâes Bastos, Padre Miguel, Realengo e Bangu. Estima-se que o Projeto deverá atender cerca de habitantes até Dez/2008 Jul/2011 Out/2011 Proteção do Sistema Lagunar de Jacarepaguá Inauguração da UTR Arroio Fundo Previsão de Licitação da UTR Arroio Pavuna Previsão de início de obras da UTR Arroio Pavuna Implantação de 5 Unidades de Tratamento de Rio – UTRs, nos rios das Pedras, Arroio Pavuna, Anil, Pavuninha e Arroio Fundo, com expectativa de redução de 90% de poluição do Sistema Lagunar.Capacidade de tratamento de litros por segundo. Dez/2010 Set/2011 Out/2011 Centro de Tratamento de Resíduos de Seropédica Construção de um Centro de Tratamento de Resíduos (CTR) em Seropédica, como parte do sistema integrado de gestão dos resíduos sólidos da cidade, de acordo com as mais modernas tecnologias da engenharia sanitária e ambiental. O Projeto, de ampla abrangência socioambiental, deverá substituir os aterros de Gramacho e Gericinó. Abr/ anos Ago/2011 Conclusão das obras e início de funcionamento Prazo de concessão Previsão de início da transferências dos resíduos da ETR Caju para Seropédica

31 Centro de Tratamento de Resíduos de Seropédica

32 PRINCIPAIS PROJETOS ▪ MORAR CARIOCA ▪ RIO CRIANÇA GLOBAL ▪ RIO EM FORMA OLÍMPICO ▪ GINÁSIO EXPERIMENTAL OLÍMPICO DESENVOLVIMENTO SOCIAL

33 Lançamento do programa Primeiras obras de urbanização (Morro da Coroa e São José dos Operários) Resultado do concurso público do IAB para seleção de 40 escritórios de arquitetura Publicação/Decreto Aula inaugural (180 mil alunos do 1º ao 3º ano) 239 mil alunos do 1º ao 4º ano Lançamento do programa 244 núcleos esportivos comunitários em funcionamento Jul/2010 Ago/2010 Dez/2010 Out/2009 Set/2010 Dez/2011 Out/2009 Jan/2011 Programa de urbanização e integração dos serviços públicos nas favelas da cidade Universalização do ensino da língua inglesa na rede municipal Programa de fomento à prática esportiva de qualidade e gratuita em as áreas públicas, ao alcance de todos cidadãos, num raio de 2 Km. Descrição MarcoData Status dos Projetos Prioritários – Desenvolvimento social Morar Carioca Rio Criança Global Rio em Forma Olímpico Lançamento do programa Início das atividades da primeira unidade Jun/2011 Fev/2012 Programa de de educação. Alunos com aptidões esportivas poderão desenvolver seu potencial sem abrir mão de uma educação de excelência Ginásio Experimental Olímpico

34 Ginásio Experimental Olímpico - GEO Objetivo é integrar educação e esporte de uma maneira inédita no Brasil. Os alunos terão treinamento esportivo de qualidade, sem deixar os estudos de lado. O GEO terá esportes tradicionais no Brasil, como Basquete, Vôlei, Handebol, Natação, Atletismo e Judô, e outros em desenvolvimento, como Ginástica Rítmica, Tênis de Mesa, Rugby e Badminton. Não tem o propósito único de formar atletas para os Jogos Olímpicos Rio É um legado dos Jogos para a formação contínua de esportistas e cidadãos. Inicialmente, terá quatro unidades. O primeiro GEO será em Santa Teresa, receberá o nome do ex- presidente do COI, Juan Antonio Samaranch; e começa a funcionar em 2012.

35 Plano Municipal de Integração de Assentamentos Precários Informais O MORAR CARIOCA tem como objetivo promover a integração das favelas à cidade em três vertentes: - Urbanização - Conservação - Controle do uso do solo Objetivo: todas as comunidades urbanizadas até 2020 Status: R$ 2 bilhões assegurados (mais de 140 mil domicílios)

36 Orçamento 2011 – Projetos Olímpicos TransCarioca TransOeste Porto Maravilha Fase 1 Porto Maravilha Fase 2 Entorno do Jõao Havelange Sistema de Saneamento da AP5 Reabilitação Ambiental de Jacarepaguá Reflorestamento Expansão da rede cicloviária Morar Carioca Rio Criança Global Rio em Forma Olímpico R$ 480 milhões R$ 359 milhões R$ 184 milhões R$ 600 milhões* R$ 28 milhões R$ 142 milhões R$ 147 milhões R$ 15 milhões R$ 32 milhões R$ 11 milhões R$ 597 milhões R$ 15 milhões Plano de Acessibilidade R$ 1 milhão Time Rio R$ 4,5 milhões Total: * Recursos previstos na Operação Urbana Consorciada - CEPACs R$ bilhões Parque dos Atletas R$ 40 milhões

37 Site Transparência Olímpica  Divulgar as ações da Cidade na preparação para a Copa do Mundo de 2014 e Jogos Olímpicos de Conteúdo  Detalhamento de todos os projetos olímpicos;  Legadômetro;  Interação com a imprensa, comunidade e formadores de opinião.

38 Site Cidade Olímpica Plataforma de comunicação do registro e acompanhamento das transformações urbanas e sociais na cidade do Rio de Janeiro, na preparação para a Copa de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016.

39 Plano do Legado da Cidade para Copa 2014 e Jogos Olímpicos e Paraolímpicos


Carregar ppt "Plano do Legado da Cidade para Copa 2014 e Jogos Olímpicos e Paraolímpicos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google