A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

São Paulo, 11 de agosto de 2005. REUNIÃO COM ANALISTAS E PROFISSIONAIS DE INVESTIMENTOS REUNIÃO COM ANALISTAS E PROFISSIONAIS DE INVESTIMENTOS Apresentação:

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "São Paulo, 11 de agosto de 2005. REUNIÃO COM ANALISTAS E PROFISSIONAIS DE INVESTIMENTOS REUNIÃO COM ANALISTAS E PROFISSIONAIS DE INVESTIMENTOS Apresentação:"— Transcrição da apresentação:

1 São Paulo, 11 de agosto de REUNIÃO COM ANALISTAS E PROFISSIONAIS DE INVESTIMENTOS REUNIÃO COM ANALISTAS E PROFISSIONAIS DE INVESTIMENTOS Apresentação: Sr. José Rubens de La Rosa Sr. Carlos Zignani Sr. José Antonio Valiati Sr. João Luiz Borsoi

2 Parte I Visão Geral Parte II Visão Setorial Parte III Desempenho Operacional Parte IV Visão do 2º Sem Parte VDesempenho das Ações Parte VI Corporação Marcopolo AGENDA:AGENDA:

3 Parte I: VISÃO GERAL Parte I: VISÃO GERAL

4 A EMPRESA

5 Tecnologia Linha completa de produtos; Design próprio; Processos/sistemas produtivos. Comercialização/Logística Presença Global: diversificação de mercados; Produtos customizados. Custos competitivos Verticalização; Recursos humanos/treinamento; Economias de escala. continua... 5 ESTRATÉGIA DE ATUAÇÃO

6 Rentabilidade Geração de valor Governança Corporativa Nível II Tag along Direito de voto aos preferencialistas Câmara de arbitragem Resultados: últimos 5 anos (1999/2004) Aumento receitas: 3,5 vezes Aumento produção: 2,9 vezes Aumento resultados: 8,4 vezes Valorização da ação: 3,2 vezes 6

7 ESTRUTURA NO MUNDO Caxias do Sul Fundaçãoagosto de 1949 Localização Caxias do Sul-RS Área construída total m ² Área total m ² Capacidade de produção (Brasil) 70 un/dia Capacidade de produção (todo o grupo) 110 un/dia Colaboradores (junho/05) Representantes de vendasBrasil 25 Exterior 32 Volare 64 7

8 MARCOPOLO S.A. Unidades: Ana Rech e Planalto Caxias do Sul - RS CIFERAL S.A Duque de Caxias - RJ MARCOPOLO Portugal POLOMEX México MVC São José dos Pinhais- PR MARCOPOLO África do Sul MARCOPOLO Argentina MARCOPOLO Colômbia POLOPLAST México MVC CAXIAS DO SUL Unidade: Caxias do Sul - RS MVC Catalão - GO 8 ESTRUTURA CORPORATIVA

9 HISTÓRIAHISTÓRIA

10 Fundação da Nicola & Cia Ltda, em Caxias do Sul - RS Primeira exportação para COPSA - Uruguai Alteração da razão social para Marcopolo S.A. Carrocerias e Ônibus Estréia das ações na BOVESPA 1949 Aquisição da Eliziário, e Porto Alegre - RS Inauguração da Unidade Ana Rech pelo Presidente da República do Brasil, Sr. João Figueiredo CRONOLOGIACRONOLOGIA 1987 Introdução das técnicas japonesas de produção continua... 10

11 Inauguração da MVC Componentes Plásticos, em São José dos Pinhais - PR Certificação ISO Venda de tecnologia à Dyna - México 50° aniversário da Marcopolo S.A Inauguração da Escola de Formação Profissional Marcopolo Constituição da Marcopolo Indústria de Carrocerias, em Coimbra - Portugal Aquisição da Ciferal, Duque de Caxias - RJ Constituição da Polomex S.A. de CV, em Águas Calientes - México Produção do ônibus Constituição da Marcopolo Latinoamerica em Rio Cuarto - Córdoba Argentina Lançamento do Minibus Volare CRONOLOGIACRONOLOGIA continua... 11

12 Constituição das empresas Superpolo, em Bogotá - Colômbia e Marcopolo South Africa, em Pietesburg - África do Sul 2000 Adesão ao Nível 2 de Governança Corporativa da Bovespa. Inauguração da nova linha de montagem da Unidade de Ana Rech pelo Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva Instituição do CEMEC - Centro Marcopolo de Educação Corporativa Início do projeto de transferência de tecnologia com a cidade de Chaugzson - China 55 anos de fundação da empresa, consolidando uma organização com 8 fábricas no segmento ônibus, 5 fábricas de produtos plásticos, mais de 10,000 colaboradores, e rede de comercialização e pós-vendas presente nos 5 continentes Lançamento da linha de ônibus rodoviários Geração 6 Transferência das instalações da Marcopolo South Africa para Johanesburgo Transferência das instalações da Polomex S/A de CV para Monterrey Lançamento da Casa Prática, pela MVC e do ônibus Citmax, pela Ciferal Recebimento do Troféu Busbuilder of the year 2004, na Busworld, em Kortrijk - Bélgica CRONOLOGIACRONOLOGIA 12

13 Parte II: VISÃO SETORIAL Parte II: VISÃO SETORIAL

14 DEMANDA DO MERCADO MUNDIAL

15 A produção é de aproximadamente 214 mil unidades/ano; Indústria pulverizada: grande número de pequenos fabricantes; O crescimento da demanda está concentrada em regiões: em desenvolvimento; com alta densidade demográfica. Mercados de primeiro mundo apresentam indústria madura; Ex: EUA, Europa. Regiões com forte crescimento populacional tendem a demandar transporte coletivo. Ex: China, Índia, Rússia, Paquistão, Tailândia, Indonésia; Movimentos de renovação de frota são grandes impulsionadores de demanda. Ex: América Latina, Oriente Médio e África do Sul. 15

16 MERCADO MUNDIAL DE ÔNIBUS (UNIÃO EUROPÉIA) EUROPA OCIDENTAL 2000 = = AUSTRÁLIA E PACÍFICO 2000 = = E.U.A / CANADÁ 2000 = = MÉXICO 2000 = = CHINA 2000 = = COREA DO SUL 2000 = = JAPÃO 2000 = = AMÉRICA CENTRAL E SUL / CARIBE 2000 = = EUROPA ORIENTAL E ÍNDIA 2000 = = R E S U M O 2000 = = Marcopolo tem cerca de 5 a 6% do mercado Mundial ÁFRICA 2000 = = SUDESTE ÁSIA (FAR EAST) 2000 = = Fonte: Daimler Chrysler

17 20,6% PRODUÇÃO BRASILEIRA DE CARROCERIAS PARA ÔNIBUS (em UF’s) E MERCADO EXTERNO (em %) Fonte: Simefre 17

18 MARCOPOLO: PRESENÇA MUNDIAL E PART. NA PRODUÇÃO BRASILEIRA MARCOPOLO: PRESENÇA MUNDIAL E PART. NA PRODUÇÃO BRASILEIRA

19 MERCADOS: PRESENÇA MUNDIAL

20 PARTICIPAÇÃO NA PRODUÇÃO BRASILEIRA (em %) Fonte: Simefre 20 (*) Irizar, Maxibus, Neobus.

21 Parte III: DESEMPENHOOPERACIONAL DESEMPENHOOPERACIONAL

22 DESTAQUES (em R$ milhões) 22 CONSOLIDADO

23 DESEMPENHO DO 2T ,0 23 9,3% -4,6%

24 ,0 24 DESEMPENHO DO 2T05 10,7% -11,0%

25 Composição da Receita LíquidaRelação das Receitas no Brasil e ME 2T05 2T04 2T05 2T04 25 DESEMPENHO DO TRIMESTRE

26 26 DESEMPENHO DO 2T05

27 27 DESEMPENHO DO 2T05 56,9% -6,7%

28 28 DESEMPENHO DO 2T05 30,0 -2,8%

29 Parte IV: VISÃO DO 2º SEM Parte IV: VISÃO DO 2º SEM. 2005

30 Parte V: DESEMPENHO DAS AÇÕES Parte V: DESEMPENHO DAS AÇÕES

31 DISTRIBUIÇÃO DAS AÇÕES ORDINÁRIAS Controladores: 31 em 30/06/2005

32 DISTRIBUIÇÃO DAS AÇÕES PREFERENCIAIS Controladores: 32 em 30/06/2005

33 DESEMPENHO DAS AÇÕES 33

34 DIVIDENDOS/JUROS S/CAPITAL PRÓPRIO (em R$ milhões) (Controladora) 34 PAY OUT MÉDIO: 45,0%

35 Parte VI: CORPORAÇÃOMARCOPOLO CORPORAÇÃOMARCOPOLO

36 NOSSASFÁBRICASNOSSASFÁBRICAS

37 MARCOPOLO - UNIDADE PLANALTO Caxias do Sul - RS - Brasil 37

38 MARCOPOLO - UNIDADE ANA RECH Caxias do Sul - RS - Brasil 38

39 CIFERAL INDÚSTRIA DE ÔNIBUS LTDA. Duque de Caxias - RJ - Brasil 39

40 MARCOPOLO INDÚSTRIA DE CARROÇARIAS S.A. Coimbra - Portugal 40

41 Monterrey - México POLOMEX S.A. DE C.V. 41

42 Johannesburg - África do Sul MARCOPOLO SOUTH AFRICA (PTY) LTD. 42

43 Bogotá - Colômbia SUPERPOLO S.A. 43

44 Changzhou - China TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGIA 44

45 São José dos Pinhais - PR - Brasil MVC SÃO JOSÉ DOS PINHAIS 45

46 Catalão - GO - Brasil MVC CATALÃO 46

47 MVC CAXIAS DO SUL Caxias do Sul - RS - Brasil 47

48 MVC MÉXICO Monterrey - México 48

49 NOSSOSPRODUTOSNOSSOSPRODUTOS

50 50 Paradiso 1800 DD Viaggio 1050

51 51 Andare Class Viale DD Sunny

52 52 Torino Bi-articulado Senior

53 53 GranViale Transantiago

54 54 Citmax Volare W8

55 55 Casa Prática PROCESSO RTM - Calha de ar condicionadoComponentes para máquinas agrícolas

56 ANEXOSANEXOS

57 CONSOLIDADO BALANÇO PATRIMONIAL (em R$ milhões) (pela Legislação Societária) (pela Legislação Societária) BALANÇO PATRIMONIAL (em R$ milhões) (pela Legislação Societária) (pela Legislação Societária) 57

58 CONSOLIDADO DEMONSTRATIVO DE RESULTADOS (em R$ milhões) (pela Legislação Societária) DEMONSTRATIVO DE RESULTADOS (em R$ milhões) (pela Legislação Societária) 58

59 59 EMPRÉSTIMOSEMPRÉSTIMOS CONSOLIDADO

60 RELAÇÕES COM INVESTIDORES Diretor de Relações com Investidores Sr. Carlos Zignani Fone: (54) Gerente de Relações com Investidores Sr. João Luiz Borsoi Fone: (54)

61 Observações: Esta apresentação contém informações futuras. Tais informações não são apenas fatos históricos, mas refletem os desejos e as expectativas da direção da Companhia. As palavras antecipa, deseja, espera, prevê, pretende, planeja, prediz, projeta, almeja e similares, pretendem identificar afirmações que, necessariamente, envolvem riscos conhecidos e desconhecidos. Riscos conhecidos incluem incertezas, que não são limitadas ao impacto da competitividade dos preços e serviços, aceitação dos serviços no mercado, transições de serviço da Companhia e seus competidores, aprovação regulamentar, moeda, flutuação da moeda, mudanças no mix de serviços oferecidos e outros riscos descritos nos relatórios da Companhia. Esta apresentação está atualizada até a presente data e a Marcopolo não se obriga a atualizá-la mediante novas informações e/ou acontecimentos futuros. 61

62


Carregar ppt "São Paulo, 11 de agosto de 2005. REUNIÃO COM ANALISTAS E PROFISSIONAIS DE INVESTIMENTOS REUNIÃO COM ANALISTAS E PROFISSIONAIS DE INVESTIMENTOS Apresentação:"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google