A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Interpretações do Brasil Lembrando a aula anterior: Qual era a questão central de Nina Rodrigues? Na opinião de Nina Rodrigues, qual deveria ser o papel.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Interpretações do Brasil Lembrando a aula anterior: Qual era a questão central de Nina Rodrigues? Na opinião de Nina Rodrigues, qual deveria ser o papel."— Transcrição da apresentação:

1 Interpretações do Brasil Lembrando a aula anterior: Qual era a questão central de Nina Rodrigues? Na opinião de Nina Rodrigues, qual deveria ser o papel e a responsabilidade Jurídica dos brancos, dos índios e dos negros na condução da sociedade Brasileira? O que o autor pensava sobre a imagem de um Brasil Mestiço?

2 Interpretações do Brasil Contexto de época 1914/1918 – 1ª guerra mundial => fim da Belle Époque e do discurso otimista 1917 – Revolução Russa (derrubada do regime czarista) 1920 – Publicação de Populações Meridionais do Brasil, de Oliveira Vianna 1922 – Semana de Arte Moderna em São Paulo – Fundação do Partido Comunista (PCB), congresso em Niterói – Exposição do Centenário da Independência do Brasil no RJ (demolição do Morro do Castelo e criação do Museu Hist. Nacional) – Marcha dos fascistas sobre Roma, Mussolini toma o poder na Itália 1928 – Marcos do Modernismo: Revista Antropofágica (Oswald de Andrade), lançamento de Macunaíma (Mário de Andrade) e pintura de O Abaporu (Tarcila do Amaral) 1929 – Crise econômica Mundial 1930 – Revolução de Outubro – ascensão de Getúlio Vargas

3 Interpretações do Brasil Francisco José Oliveira Vianna (1883, Saquarema-1951, Niterói) Descende da oligarquia rural Bacharel pela Faculdade de Direito do Rio de Janeiro (1905), aos 22 anos Além de jurista, atuou como professor, escritor, historiador e sociólogo Foi um dos principais teóricos do pensamento autoritário no Brasil, conhecido por seu engajamento com a máquina estatal pós-30 (junto com Cassiano Ricardo, Rodrigo de Mello Franco e Francisco Campos) Reconhecimento como intelectual com Populações Meridionais do Brasil, publicado em 1920, pela Editora Monteiro Lobato Torna-se sócio do IHGB em 1926 e entra para o serviço público (integra um grupo de intelectuais que discute as questões do Brasil e as razões para o atraso nacional)

4 Interpretações do Brasil Francisco José Oliveira Vianna (1883, Saquarema-1951, Niterói) Em 1932 torna-se Consultor Jurídico do Ministério do Trabalho Indústria e Comércio, onde fica até 1940 => principal formulador da política sindical e social do Governo Vargas Torna-se Ministro do Tribunal de Contas da União em 1940 e fica no cargo até sua morte em 1951 Torna-se membro da ABL em 1940 É um dos intelectuais que apóiam a Constituição de 1937 outorgada por Vargas e a implementação do Estado Novo

5 Interpretações do Brasil Francisco José Oliveira Vianna (1883, Saquarema-1951, Niterói) Principais idéias: O atraso do Brasil: => a dificuldade em se construir formas de sociabilidade modernas deve-se ao distanciamento entre o Brasil real e o Brasil legal (das instituições), por isso a população brasileira é desorganizada e o Brasil não tornou-se uma nação => peso a questão racial (Brasil majoritariamente formado por negros e pardos) => branqueamento desejável ( através da imigração) a fim de dotar a população brasileira capaz do projeto de construção da nação => poderia ser vencido pela intervenção do Estado, que integraria as diversas organizações sociais, como as associações profissionais, a fim de permitir o florescimento do modelo liberal (autoritarismo instrumental, cf Wanderley Guilherme dos Santos) No Brasil, a democracia seria alcançada por meios autoritários=> => a favor de um conservadorismo modernizante, que possibilitasse a fundação de uma verdadeira nação

6 Oliveira Vianna retrata um país a se realizar, que deveria ser construído de cima para baixo: [...] somos ainda um povo em fase elementar de integração social; temos uma estrutura extremamente fragmentária, dispersa, pulverizada em miríades de pequenos grupos patriarcais, que cobrem por inteiro o nosso território. (O Idealismo da Constituição, 1939, p. 65) Interpretações do Brasil Fontes: GOMES, Angela de Castro. Oliveira Vianna: Um Statemaker na Alameda de São Boaventura. In: BOTELHO, André e SCHWARZ, Lilia. Um Enigma chamado Brasil. 29 intérpretes e um país. SP, Cia das Letras, CARVALHO, José Murilo de. A utopia de Oliveira Vianna. In:Estudos Históricos. Rio de Janeiro, volume 4, No 7, FAUSTO, Boris. O pensamento autoritário no Brasil. Rio de Janeiro, Jorge Zahar Ed., 2001.

7 Interpretações do Brasil Portinari, Borracha, afresco, 1938, Pal á cio Gustavo Capanema, RJ. Oliveira Vianna Debate alunos A evolução da raça. In: Evolução do Povo brasileiro


Carregar ppt "Interpretações do Brasil Lembrando a aula anterior: Qual era a questão central de Nina Rodrigues? Na opinião de Nina Rodrigues, qual deveria ser o papel."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google