A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

República do Café III Aula 19. Hermes da Fonseca (1910 – 1914) Revolta da Chibata – RJ Marinheiros se revoltam contra os maus tratos – castigos físicos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "República do Café III Aula 19. Hermes da Fonseca (1910 – 1914) Revolta da Chibata – RJ Marinheiros se revoltam contra os maus tratos – castigos físicos."— Transcrição da apresentação:

1 República do Café III Aula 19

2 Hermes da Fonseca (1910 – 1914) Revolta da Chibata – RJ Marinheiros se revoltam contra os maus tratos – castigos físicos Líder: João Cândido

3 Contestado Revolta ocorrida numa região de disputa entre PR e SC Miséria, messianismo religioso e luta pela terra José Maria Luta contra os fazendeiros

4 O Cangaço

5

6 Venceslau Brás ( ) Imigrantes europeusConde Matarazzo

7 Greve de 1917 Operários (1932) Tarsila do Amaral Grevistas

8 Epitácio Pessoa (1919 – 1922) Execução de obras públicas ( contra a seca e ferrovias ) Criação da UFRJ Lei de repressão ao anarquismo (preocupado com o movimento operário)

9 1922 – Fundadores do PCB De pé da esquerda: Manoel Cendon, Joaquim Barbosa, Astrojildo Pereira, João da Costa Pimenta, Luis Peres e José Elias da Silva; sentados, da esquerda para a direita: Hermogênio Silva, Abílio de Nequete e Cristiano Cordeiro

10 Semana de Arte Moderna 1922 Operários (Tarsila do Amaral 1933) Teatro Municipal de São Paulo

11 1922 Episódio dos 18 do Forte de Copacabana – Marco inicial do movimento tenentista no Brasil - Tentativa de impedir a posse do presidente Artur Bernardes 05/07/1922

12 22/07/1924 – Rebelião Paulista (1924): Tenentes tomam o poder de São Paulo, liderados por Isidoro Dias Lopes, por 22 dias, até a reorganização das tropas federais. Fogem para o Paraná onde se encontram com outro grupo de tenentes vindos do RS, liderados por Luís Carlos Prestes.

13 Coluna Prestes + ou - 25 mil km

14 O fim da República Velha: Governo Washington Luís Manifestações de diversos setores abalam o poder do governo. – Movimento operário. – Movimento tenentista. A Revolução de 30: – Crise de 29 abala poder econômico dos cafeicultores. – Governo não tem como valorizar artificialmente o café. – Rompimento do pacto do café-com-leite: era a vez de MG indicar o candidato, porém, SP indica o paulista Júlio Prestes para a sucessão do presidente Washington Luís.

15 – MG + RS + PB formam a ALIANÇA LIBERAL com os candidatos Getúlio Vargas (RS) e João Pessoa (PB) para presidente e vice, respectivamente. – Aliança liberal recebe apoio de alguns tenentes e classe média urbana, além de várias outras oligarquias dissidentes. – Júlio Prestes vence eleição fraudulenta. – Protestos contra o resultado das urnas tomam conta do país.

16 – João Pessoa é assassinado na PB. – Agitação popular aumenta. – Exército resolve depor o então presidente Washington Luís antes mesmo da posse de Júlio Prestes e entregar a presidência ao comandante em chefe da revolta, Getúlio Vargas.


Carregar ppt "República do Café III Aula 19. Hermes da Fonseca (1910 – 1914) Revolta da Chibata – RJ Marinheiros se revoltam contra os maus tratos – castigos físicos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google