A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Exercícios de Revisão Redes de Computadores Edgard Jamhour SSL, VPN PPTP e IPsec.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Exercícios de Revisão Redes de Computadores Edgard Jamhour SSL, VPN PPTP e IPsec."— Transcrição da apresentação:

1 Exercícios de Revisão Redes de Computadores Edgard Jamhour SSL, VPN PPTP e IPsec

2 Auxilio para as questões 1 e 2 Criptografia Assimétrica: (ou de chave Pública) - Usa chaves diferentes para criptografar (pública) e descriptografar (privada) uma mensagem. - É unidirecional: a segurança só existe quando se criptografa com a chave pública e descriptografa com a chave privada. - É lento, pois utiliza operações complexas com números primos. - Para uma chave de tamanho N, o espaço de chaves (EC 512 bits) - Exemplo: RSA Criptografia Simétrica: (ou de chave Secreta) - Usa chaves iguais para criptografar e descriptografar uma mensagem. - É bidirecional: a segurança só existe se a chave for conhecida pelo par de usuários envolvidos na comunicação. - É rápido, pois utiliza operações simples e é projetado para criptografar grandes volumes de dados (e.g., páginas Web). - Para uma chave de tamanho N, o espaço de chaves (EC = 2 N ), por isso pode usar chaves menores, entre 128 e 256 bits. - Exemplo: DES, 3DES, AES, RC4

3 Auxilio para as questões 1 e 2 Algoritmo de Hashing: - Gera um código de tamanho fixo (pequeno) que independe do tamanho da mensagem denominado DIGEST. - Não podem haver duas mensagens diferentes que gerem o mesmo DIGEST. - É utilizado para verificar a integridade da mensagem, isto é, se a mensagem recebida é idêntica aquela transmitida. - Exemplo: SHA1, MD5 Algoritmo de Assinatura Digital: - Similar ao Hashing, gera um código de tamanho fixo (pequeno) que independe do tamanho da mensagem denominado assinatura digital. - A assinatura digital depende do conteúdo da mensagem, mas também do valor de uma chave de criptografia utilizado. - É utilizado para verificar a integridade da mensagem e a identidade do transmissor. - As assinaturas de chave pública combinam algoritmos de hashing e criptografia (isto é, a assinatura digital é um DIGEST criptografado com uma chave PRIVADA). -Exemplo: RSA/MD5, RSA/SHA1.

4 Exercício 1: Relacione FUNÇÃOALGORITMO ( ) Utiliza chaves diferentes para criptografa e descriptografar as informações ( ) Também chamado de algoritmo de chave secreta ( ) Permite verificar apenas integridade de uma mensagem, isto é, se a mensagem recebida é idêntica a que foi gerada pelo transmissor. ( ) Para uma dada mensagem, gera um código único, de tamanho fixo, que independe do tamanho da mensagem. ( ) Permite verificar a integridade e a identidade do transmissor de uma mensagem. ( ) É unidirecional, isto é, as chaves para criptografar informações de A para B e de B para A são diferentes. ( ) O espaço de chaves é aproximadamente 2^ N, onde N é o tamanho da chave. 1. Criptografia Assimétrica 2. Criptografia Simétrica 3. Hashing 4. Assinatura Digital 5. Alternativas 4 e 5 6. Nenhuma das anteriores

5 Exercício 2: Indique as afirmações verdadeiras ( ) Algoritmos de criptografia assimétricos, como o RSA, são geralmente mais lentos que os simétricos, pois utilizam operações complexas com números primos. ( ) É possível determinar o valor da chave privada a partir da chave pública. ( ) A criptografia simétrica usa chaves maiores que a criptografia assimétrica, a fim de oferecer o mesmo nível de proteção contra ações de descriptografia do tipo força-bruta. ( ) Uma boa prática de segurança consiste em utilizar chaves de sessão, isto é, trocar de chave periodicamente, a fim de evitar que muitos dados sejam protegidos com a mesma chave. ( ) É possível recuperar o conteúdo de uma mensagem realizando uma operação sobre o digest gerado por algoritmos de hashing do tipo MD5 ou SHA..

6 Auxilio para a questão 3 Geração do Certificado Digital (off-line) 1.Gera-se um par de chaves assimétrico: chave privada do servidor e chave pública do servidor. 2.O CSR (Certificate Server Request) é gerado combinando a chave pública do servidor com sua identidade. 3.O certificado digital é gerado assinando-se o CSR com a chave privada da CA (autoridade certificadora) Estabelecimento da Sessão SSL (on-line) 1.O servidor envia o certificado digital para o cliente. 2.O cliente valida a assinatura do certificado digital usando a chave pública da CA. 3.O cliente gera uma chave secreta aleatória (também conhecida com chave de sessão) e a criptografa com a chave pública do servidor extraída do certificado digital. 4.O cliente envia a chave secreta criptografada para o servidor. 5.No servidor, a chave secreta recebida do cliente é descriptografada usando a chave privada do servidor. Comunicação entre cliente e servidor (on-line) 6. Cliente e servidor trocam dados de forma direcional utilizado a chave secreta aleatória.

7 Exercício 3: Relacione as ações do SSL/TLS FUNÇÃOALGORITMO ( ) Assinar um CSR e transformá-lo em um certificado digital. ( ) Criptografar a chave de sessão gerada pelo navegador Web (cliente). ( ) Criptografar os dados transmitidos do cliente para o servidor Web. ( ) Criptografar os dados transmitidos do servidor para o cliente Web. ( ) Descriptografar a chave de sessão enviada do cliente para o Servidor Web. ( ) Verificar a validade de um certificado digital emitido por uma autoridade certificadora. 1.Chave privada do servidor Web 2.Chave privada da autoridade certificadora 3.Chave pública do servidor Web 4.Chave pública da autoridade certificadora 5.Chave secreta gerada pelo cliente 6.Chave pública do cliente 7.Chave privada do cliente 8.Nenhuma das anteriores

8 Auxílio a questão 4 HTTPTELNET SSL IP POP HTTPsTELNETsPOPs Sockets TCP/UPD Camada de enlace Camada física Protegido pelo SSL/TLS Não Protegido pelo SSL/TLS

9 Exercício 4 Indique na figura abaixo o formato de um pacote transmitido em SSL de um cliente para um servidor Web numa rede externa, relacionando os campos com a coluna ao lado. Além do número, coloque também um x nos campos criptografados. início do quadro fim do quadro 1.MAC do cliente 2.MAC do roteador 3.MAC do servidor 4.FCS 5.IP do cliente 6.IP do servidor 7.IP do roteador 8.Porta TCP origem > Porta TCP destindo Porta TCP destino HTTP 12.Dados FCS MAC destino MAC origem IP origem IP destino Porta origem Porta destino Aplicacao Dados Fecho MAC

10 Auxílio ao Exercício 5: Comunicação PPTP IPN2 IPN1 SERVIDOR PPTP IPVPN1IPVPN2 IPN2IPN1IPVPN2IPVPN3 CLIENTE IPN1IPN3 IPVPN2IPVPN3 IPN3 IPVPN3 CLIENTE Tunel Pool de Endereços Privados IPVPN1 IPVPN2... IPVPN10 GRE IPs do Tunel

11 Exercício 5 Indique a seqüência completa de quadros/pacotes criados para enviar um pacote de A para C numa comunicação PPTP já estabelecida com o servidor B (indique os endereços MAC e IP apenas) (cliente PPTP A) (cliente PPTP C) (servidor PPTP B) a b c d ef g Tabela de alocação de endereços: até

12 Exercício 6 PacoteMAC Destino MAC Origem IP Tunel Origem IP Tunel Destino GRE/ PPP IP OrigemIP DestinoDADOS 1GRE/ PPP DADOS 2GRE/ PPP DADOS 3GRE/ PPP DADOS 4GRE/ PPP DADOS ( ) b c d ef g ( ) ( ) a tunel Roteador Altera apenas MAC Roteador Altera apenas MAC Servidor PPTP Altera IP do Tunel Os endereços IP de origem e destino nunca são alterados

13 Exercício 6: Marque as Afirmações Verdadeiras ( ) O IPsec pode operar através de dois protocolos distintos, o ESP e AH. O ESP permite fazer autenticação e criptografia dos pacotes e o AH apenas autenticação. ( ) O IPsec pode trabalhar no modo túnel ou no modo transporte. O modo transporte apenas adiciona os campos ESP ou AH no cabeçalho do pacote, sem criar um novo cabeçalho IP. O modo túnel inclui um novo cabeçalho IP, mas não adiciona os campos do ESP ou AH. ( ) O SSL permite criptografar apenas o protocolo de aplicação dos pacotes. As camadas inferiores não podem ser protegidas. ( ) VPN é a denominação de técnicas que fazem tunelamento de pacotes, isto é, encapsulam o pacote original no campo de dados de um novo pacote a fim de oferecer maior proteção aos dados transportados. ( ) As VPNs, como o PPTP e o IPsec em modo túnel, permite criptografar todos os campos de um pacote (camada de rede, transporte e aplicação).

14 Auxilio a Questão 7: AH e Modo Túnel e Modo Transporte IPTCP/UDPDADOS IPTCP/UDPDADOSAH IPTCP/UDPDADOSAHIP IPv4 IPv4 com autenticação IPv4 com autenticação e tunelamento Especifica os Gateways nas Pontas do Tunnel Especifica os Computadores IP Normal Modo Transporte Modo Tunel

15 Exercício 8 Considere o cenário abaixo, onde os computadores A e C estabelecem uma comunicação segura IPsec do tipo AH em modo transporte A a bc ef g C

16 Exercício 8: Relacione as Colunas ( ) Formato do pacote enviado de A para C entre o computador A e o Roteador 1 (flecha 2). ( ) Formato do pacote enviado de A para C entre o Roteador 1 e o Roteador 2 (flecha 3). ( ) Formato do pacote enviado de A para C entre o Roteador 2 e o Computador C (flecha 3). 1.Mac b: Mac a : : : AH: TCP/UDP: Dados 2.Mac b: Mac a : AH: : : TCP/UDP: Dados 3.Mac b: Mac a : : : AH: TCP/UDP: Dados 4.Mac e: Mac c : : : AH: TCP/UDP: Dados 5.Mac g: Mac f : : : AH: TCP/UDP: Dados 6.Mac e: Mac c : : : AH: TCP/UDP: Dados a ---- b c ---- e f----g 11

17 Auxílio a Questão 8: ESP IPSec : Tunel e Transporte TCP UDP DADOSESP HEADER ESP TRAILER ESP AUTH criptografado autenticado TCP UDP DADOSIP TCP UDP DADOSESP HEADER ESP TRAILER ESP AUTH criptografado autenticado IP MODO TRANSPORTE MODO TUNNEL

18 Exercício 8 Considere o cenário abaixo, onde existe uma conexão do tipo IPsec em modo túnel entre os roteadores 1 e A a bc ef g C Tunel IPsec ESP

19 Exercício 8: Relacione as Colunas ( ) Formato do pacote enviado de A para C entre o computador A e o Roteador 1 (flecha 2). ( ) Formato do pacote enviado de A para C entre o Roteador 1 e o Roteador 2 (flecha 3). ( ) Formato do pacote enviado de A para C entre o Roteador 2 e o Computador C (flecha 3). 1.b: a : : : tcp/udp: dados 2.e: c : : : tcp/udp: dados 3.g: f : : : tcp/udp: dados 4.e: c : : : esph: tcp/udp: dados: espt: espa 5.e: c : : : esph: : : tcp/udp: dados: espt: espa 6.e: c : : : esph: : : tcp/udp: dados: espt: espa a b c e f g


Carregar ppt "Exercícios de Revisão Redes de Computadores Edgard Jamhour SSL, VPN PPTP e IPsec."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google