A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Projeto Lagoa Viva Lagoa Central Município de Lagoa Santa Laboratório de Gestão Ambiental, ICB, UFMG Turma de Ecologia Energética 2007 Orientadores: Profs.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Projeto Lagoa Viva Lagoa Central Município de Lagoa Santa Laboratório de Gestão Ambiental, ICB, UFMG Turma de Ecologia Energética 2007 Orientadores: Profs."— Transcrição da apresentação:

1 Projeto Lagoa Viva Lagoa Central Município de Lagoa Santa Laboratório de Gestão Ambiental, ICB, UFMG Turma de Ecologia Energética 2007 Orientadores: Profs. Ricardo M. Pinto Coelho & Dr. José F. Bezerra Neto ICB – UFMG Dezembro de 2007

2 Estudos Realizados Uma coleta para estudos limnológicos e batimétricos em 25/10/2007 Coleta de coordenadas de pontos controle na orla da lagoa em 26/10/2007 Coleta de amostras para estudos de plâncton em 09/11/2007

3 Lagoa Santa - Localização

4 A lagoa central é um lago cárstico natural, que vem sofrendo uma série de modificações e impactos causados pelo homem que levaram à total extinção da comunidade de macrófitas, alterações significativas na comunidade planctônica e a uma grande extinção de espécies nativas de peixes. Todas essas modificações levaram a uma grande depreciação da qualidade de água do ambiente.

5

6

7 Limnologia Geral Lagoa Santa Novembro 2007

8 Sonda multiparâmetros YSI 556 que é capaz de medir uma série de variáveis ligadas a limnologia básica da água. A sonda é dotada de data logger e pode coletar milhares de dados em uma única excursão diurna ao ambiente de estudo.

9 Ponto 1 C DateTimeTempSpCondDO ConcpH M/D/YCmS/cmmg/L 25/10/ :0225,270,1567,928,53 25/10/ :0225,330,1567,898,56 25/10/ :0225,330,1567,878,56 25/10/ :0325,020,1578,058,5 25/10/ :0324,760,1578,148,42 25/10/ :0324,630,1588,258,33 25/10/ :0324,580,1588,168,28 25/10/ :0324,550,1588,288,24 25/10/ :0324,540,1588,268,21 25/10/ :0424,510,1588,198,13 25/10/ :0424,480,1598,268,06 25/10/ :0424,410,168,227,96 25/10/ :0424,340,168,247,88 25/10/ :0424,170,1648,387,72 25/10/ :0424,030,1658,437,62 Superfície Fundo 7,0 (m)

10 DateTime//TempSpCondDO ConcpH M/D/YCmS/cmmg/L 25/10/ :4125,560,167,828,34 25/10/ :4125,130,1588,18,49 25/10/ :4125,590,1567,818,6 25/10/ :4225,720,1557,88,6 25/10/ :4225,270,1568,048,55 25/10/ :4224,990,1578,28,5 25/10/ :4224,870,1578,278,47 25/10/ :4224,830,1578,228,45 25/10/ :4224,790,1588,148,43 25/10/ :4324,770,1588,178,41 25/10/ :4324,760,1578,248,38 25/10/ :4324,750,1578,218,37 25/10/ :4324,740,1578,198,34 25/10/ :4324,740,1578,168,33 25/10/ :4324,730,1578,228,34 25/10/ :4424,730,1578,28,34 25/10/ :4424,590,1588,38,24 25/10/ :4424,480,1598,348,18 25/10/ :4424,420,1598,48,12 25/10/ :4424,380,1598,48,09 25/10/ :4424,340,168,518,03 25/10/ :4524,290,1618,537,96 25/10/ :4523,960,1658,737,82 25/10/ :4523,710,1678,857,73 Ponto 2 C Superfície Fundo 7,0 (m)

11 DateTimeTempSpCondDO ConcpH M/D/YCmS/cmmg/L 25/10/ :3924,460,1628,038,31 25/10/ :3925,770,1577,48,59 25/10/ :3926,230,1577,218,64 25/10/ :3926,370,1567,178,65 25/10/ :4026,310,1567,28,67 25/10/ :4026,230,1567,298,69 25/10/ :4025,860,1557,488,68 25/10/ :4025,620,1557,578,67 25/10/ :4025,520,1557,648,66 25/10/ :4025,480,1557,78,66 25/10/ :4125,380,1567,668,62 25/10/ :4125,30,1557,758,59 25/10/ :4125,240,1567,88,57 25/10/ :4125,20,1557,858,56 25/10/ :4125,10,1567,98,52 25/10/ :4125,020,1567,968,5 25/10/ :4224,990,1567,868,48 25/10/ :4224,970,1577,868,47 25/10/ :4224,960,1567,848,47 25/10/ :4224,960,1567,98,46 25/10/ :4224,940,1567,858,45 25/10/ :4224,920,1567,898,44 25/10/ :4324,920,1567,948,43 25/10/ :4324,90,1567,968,41 25/10/ :4324,890,1577,968,4 25/10/ :4324,880,1568,018,4 25/10/ :4324,880,1568,048,39 25/10/ :4324,870,1578,068,38 25/10/ :4424,860,1577,968,39 25/10/ :4424,860,1577,898,39 25/10/ :4424,850,1577,868,39 25/10/ :4424,850,1577,858,37 Ponto 3 C

12 Amônio

13 Populações muito densas de peixes podem alterar as concentrações de amônio em Lagoa Santa.

14 Fósforo Total

15 Nitritos

16 Projeto Ecologia Energética Planilha de Campo Local: Lagoa Santa Data: 25 / 10 / 07 Ponto Coordenadas UTM Hora Tempo Secchi (m) ARQ YSI 556 pH Turbidez (NTU) Ch-a (µg/L) Fósforo total (µg/L) XY 1A :26Nublado0,70LG 1A8,0913,662,7713,80 1B :58Parc. nubl.0,67LG 1B8,1410,813,9613,98 1C :07Parc. nubl.0,65LG 1C8,1512,203,5615,29 2A :16Parc. nubl.0,70LG 2A8,2012,882,7715,41 2B :29Parc. nubl.0,68LG 2B8,2011,332,3813,73 2C :43Parc. nubl.0,68LG 2C8,0310,921,9814,17 3A :16Nublado0,63LG 3A8,2210,854,0913,42 3B :34Nublado0,63LG 3B8,2415,753,4314,98 3C :45Nublado0,60LG 3C8,2714,754,6229,12 4A :58Nublado0,67LG 4A8,1711,383,7015,29 4B :02Nublado0,70LG 4B8,169,983,8313,49 4C :09Nublado0,61LG 4C8,2011,703,0414,91

17 Estudos de Limnologia Radiação Solar (PAR) e UV Lagoa Santa, MG

18 Sonda UV Biosphaerical Inc., San Diego, CA, USA que é capaz de medir a penetração da luz em diferentes comprimentos de onde (PAR= nm) e três comprimentos de onda na região do UV (305 nm, 320 nm e 340 nm)

19 LoggerLight version /25/2007 5:25:50 PM rapid sampling mode. Time is number of seconds past midnight of 10/25/2007 Warning: probe Edz305nmcalibrated 3/27/2006 This is identified by tag a Probe S/N BIC2104P1051calibrated 3/27/2006 with 2 picAD channels and 6 high resolution AD channels. This is identified by tag a Cal Date3/27/2006 Tag AddressaaaaAa TimeEdz305nmEdz320nmEdz340nmEdzPARWater TempDepth 62754,680, , , ,366425,782950, ,910, , , ,017925,76370, ,120, , , ,749525,79090, ,360, , , ,49825,778980, ,320, , , ,131825,694140, ,560, , , ,55825,678830, ,80, , , ,402825,67970, ,040, , , ,802625,639420, ,280, ,180283, ,784225,619030, ,520, , , ,465725,606330, ,760, , , ,994125,605980, , , , ,453325,578180, ,240, , , ,127325,593090, ,490, , , ,006925,577390, ,720, , , ,084525,572460, ,96 0, , , ,025325,56590, Dados de penetração da luz em Lagoa Santa

20 Estudos de Batimetria Lagoa Santa Novembro de 2007

21 Ecobatímetro Sonarlight OHMEX e D-GPS geodésico TechGeo GTRA

22 D-GPS geodésico Trimble 132 que permite um pós-processamento em tempo real sem necessidade de um processo longo processo de pós-processamento dos dados em laboratório

23 Uso em campo do DGPS geodésico Tech Geo (Reservatório de Furnas)

24 Tomada de pontos controle na orla da lagoa

25 Rota da embarcação para tomada de profundidades

26

27 Volume = 7,04 x 10 6 metros cúbicos

28 Área = 1,69 x 10 6 metros quadrados ou 169 hectares

29 Profundidade média = 4,16 metros

30 Perímetro= 6380 metros

31 Profundidade relativa = 0,5 %

32 Comprimento máximo efetivo= 2134 metros

33 Largura máxima efetiva= 1586 metros

34 Índice de desenvolvimento de margem = 1,37

35 Índice de desenvolvimento de volume = 1,71

36 Largura média = 793 metros

37 Declividade média = 0,99 %

38

39

40

41 Profundidade máxima = 7,3 metros

42 Recuperação da Lagoa Santa O que devemos fazer? Estudos de batimetria e de limnologia física Monitoramento intensivo da qualidade de água Identificar as fontes pontuais e difusas de poluição Identificar e quantificar todos os impactos ambientais existentes Propor um zoneamento ecológico do ambiente Propor um plano de manejo e recuperação da lagoa


Carregar ppt "Projeto Lagoa Viva Lagoa Central Município de Lagoa Santa Laboratório de Gestão Ambiental, ICB, UFMG Turma de Ecologia Energética 2007 Orientadores: Profs."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google