A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Leonardo Pratavieira Déo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Leonardo Pratavieira Déo."— Transcrição da apresentação:

1

2

3 Leonardo Pratavieira Déo

4 Marte é o planeta que mais vezes foi alvo de missões espaciais

5 Distância média entre a Terra e o Sol – 150 milhões de Km Distância média entre Marte e o Sol – 220 milhões de Km Menor distância média entre a Terra e Marte – 70 milhões de Km

6 Tipos de sondas de passagem orbital robôs

7 1960 até 2008 Russos 19 missões com 4 sucessos NASA 17 missões com 10 sucessos ESA (Observatório Espacial Europeu) 2 missões com 1 sucesso Japão 1 missão com 0 sucessos Total de 39 missões, com uma taxa de sucesso de 38%...e uma pilha de lata velha a poluir a superfície do nosso planeta vizinho

8 Mariner 4

9 1º sucesso 1965 NASA sonda de passagem 22 imagens 1% superfície. Saída: 28 de Novembro de Passagem por Marte: 14 de julho de Final de suas operações: 20 de Dezembro de 1967.

10

11 Viking 1 e 2

12 1975 NASA duas sondas na superfície do planeta 1400 imagens Viking 1 – Saída: 20 de agosto de 1975 Aterrissagem: 20 de julho de 1976 Viking 1: cessou em 13 de novembro de Viking 2 - Saída: 9 de setembro de 1975 Aterrissagem: 3 de setembro de 1976 Viking 2: cessou em 11 de abril de 1980

13 Imagens da Viking 1

14

15 Imagens da Viking 2

16 Phoenix

17

18 Saída: 4 de agosto de 2007 Aterrissagem: 26 de maio de 2008 Operações na superfície: aproximadamente três meses.

19 Dimensões Com os dois painéis solares abertos, a sonda tem cinco metros de largura e 1,52 metros de comprimento, pesa 350 kg, correspondendo 55 a instrumentos científicos. A missão encontra pela frente ambientes com temperaturas entre 73 e 33 graus negativos.

20 No link abaixo encontram-se duas animações. Uma com os principais componentes da sonda e outra que ilustra como é feita a comunicação com a Terra. phoenix1.htmhttp://ciencia.hsw.uol.com.br/sonda- phoenix1.htm

21 2001 Mars Odyssey

22 Saída: 7 de abril de 2001 Chegada: 24 de outubro de 2001 entrou em órbita Cessou missão primária: 24 de agosto de 2004

23 A sonda Phoenix utilizou o módulo de aterrissagem que tinha-se a intenção de ser utilizado pela sonda Mars Surveyor 2001 antes de seu cancelamento. O pouso da sonda no planeta realizou-se aproximadamente na latitude norte de 68º.

24

25 Mars Global Surveyor

26 Saída: 7 de novembro de 1996 Chegada: 12 de setembro de 1997 entrou em órbita Cessou: 22 de novembro de 2006

27 O objetivo da sonda é procurar água na região próxima ao pólo norte de Marte onde no dia 20 de junho encontrou evidências de água congelada.

28 O aterrissador é dotado de um braço mecânico destinado a coletar amostras de solos, para análises químicas e geológicas. O comprimento do braço robótico é 2,35 metros, e as amostras de solo coletadas são despejadas em outros instrumentos para análises.

29 O braço robótico é capaz de fazer escavações de 0,5 metro de profundidade, com a finalidade de obter amostras de misturas de solo e de gelo.

30 Câmera do Braço Robótico

31

32

33 Câmera espectroscópica de superfície

34

35 Esta câmera fornece imagens: Espectroscópicas de alta resolução com o objetivo de estudar a geologia ou atmosfera do local. Imagens panorâmicas do ártico marciano. Situada no topo da sonda a uma altura de 2 metros do solo, e simula o que um ser humano enxergaria se lá estivesse.

36

37 Emissor e analisador térmico de gases (TEGA)

38

39 Decomposição da Luz Luz Branca Prisma Espectro contínuo Sólido aquecido Prisma Espectro de linhas Gás Hidrogênio Prisma Gás Hélio Espectro de linhas

40 Catálogo de espectros HHeLi Contínuo Fe....

41 Câmera de descida em Marte (MARDI)

42

43

44 Analisador microscópico, eletroquímico e de condutividade (MECA)

45 Dissolve pequenas quantidades de solo em água, para determinar seu pH, além da abundância de minerais tais como o magnésio e os cátions de sódio ou de cloretos, brometo e ânions de sulfatos, bem como o do oxigênio e dióxido de carbono dissolvido. Tais análises ajudam a determinar a origem do solo e a sua mineralogia.

46 No dia 26 de junho a sonda realizou o primeiro teste do solo marciano pelo MECA. Foram concluídos 80% do teste eletroquímico, porém os cientistas já diagnosticaram a presença de componentes de sais como magnésio, sódio, potássio e cloretos, além de um solo muito alcalino (pH entre 8 e 9)

47 A presença de componentes de alguns sais é a maior evidencia de água até o momento.

48 O composição do solo analisado é bem parecida com a do solo dos vales na Antártida.

49

50 Estação Meteorológica (MET)

51

52 Ramon de Paula Formação: Graduado em Engenharia Eletrônica e Mestre e Doutor em Engenharia Nuclear.

53 Animação

54 Referências Sites: nix/main/index.htmlhttp://www.nasa.gov/mission_pages/phoe nix/main/index.html phoenix1.htmhttp://ciencia.hsw.uol.com.br/sonda- phoenix1.htm

55

56 Contato:


Carregar ppt "Leonardo Pratavieira Déo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google