A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Requisitos Não Funcionais Universidade Federal de Pernambuco Centro de Ciências Exatas e da Natureza Departamento de Informática Mestrado em Ciências da.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Requisitos Não Funcionais Universidade Federal de Pernambuco Centro de Ciências Exatas e da Natureza Departamento de Informática Mestrado em Ciências da."— Transcrição da apresentação:

1 Requisitos Não Funcionais Universidade Federal de Pernambuco Centro de Ciências Exatas e da Natureza Departamento de Informática Mestrado em Ciências da Computação Tópicos em Engenharia de Software 1 Alunos: Alessandro Cruvinel Machado de Araújo Javé Barbosa de Menezes Professores: Jaelson Castro Alexandre Marcos Lins de Vasconcelos

2 Conteúdo zDefinições zClassificação de NFRs zDerivando NFRs zPropostas de Derivação zSistemas Críticos zTécnicas de Representação: Chung e Júlio César Leite zFerramentas de Apoio

3 Requisitos Não Funcionais zDefinem restrições globais sobre um sistema de software. zNão estão preocupados com a funcionalidade do sistema. zColocam restrições sobre o produto em desenvolvimento e o processo de desenvolvimento. zDefinem a qualidade e os atributos do sistema.

4 Requisitos Não Funcionais Incluem: ySafety ySecurity yUsabilidade yConfiabilidade yPerformance yCustos de Desenvolvimento yCustos Operacionais yRobustês yManutenabilidade yPortabilidade youtros...

5 zNão há uma clara distinção entre FRs e NFRs, depende do nível de detalhamento. zNorma IEEE-Std : yPerformance yInterface yOperacionais yRecurso yVerificação yAceitação yDocumentação Classificação de NFRs ySegurança yPortabilidade yQualidade yConfiabilidade yManutenabilidade ySafety

6 Classificação de NFRs zBoehm (1976) - referia-se a qualidade que o software deveria exibir. zDeutsch e Willis (1988) - técnica similar zDavis (1992) - NFRs como requisitos não comportamentais. zSommerville afirmava que requisitos surgiam porque metas deviam ser alcançadas. Classificou os NFRs em: - Produto - Processo - Externos

7 Classificação de NFRs zRequisitos de Produto: yEspecificam as características do sistema ou subsistema. yAlguns podem ser formulados e facilmente quantificados (Ex. performance, capacidade). yOutros são mais difíceis de quantificar e são declarados informalmente (Ex. usabilidade).

8 Classificação de NFRs zRequisitos de Processo: yRestrições sobre o processo de desenvolvimento do sistema. yIncluem : xrestrições sobre padrões e métodos de desenvolvimento os quais devem ser seguidos. xferramentas CASE que devem ser usadas. xrelatórios de gerenciamento que devem ser providenciados.

9 Classificação de NFRs zRequisitos Externos: yRestrições sobre o produto e/ou processo. ySão derivados do ambiente no qual o sistema está instalado. yPodem ser baseados : xdomínio de informação da aplicação. xconsiderações organizacionais. xna necessidade do sistema trabalhar com outros sistemas. xsegurança e regulamentos de proteção dos dados. xaté mesmo leis naturais básicas, como por exemplo as leis da física.

10 Classificação de NFRs Requisitos de ProcessoRequisitos ExternosRequisitos de Produto Requisitos de Entrega Requisitos de Implementação Requisitos de Padrões Requisitos de Usabilidade Requisitos de Processo Requisitos de Confiabilidade Requisitos de Safety Requisitos de Capacidade Requisitos de Performance Requisitos de Eficiência Restrições Legais Restrições Econômicas Restrições de Interoperabilidade Requisitos Não Funcionais

11 Derivando NFRs zNFRs não são cobertos adequadamente pela maioria dos métodos. zMétodos existentes se baseiam sobre análise funcional e orientada a objeto que são limitados para representação de NFRs. zSuportar NFRs é muito difícil. Eles são diversos e devem ser expressos em formas específicas de um domínio.

12 Problemas P/ Expressar NFRs zQuestões importantes que contribuem para o problema de se expressar requisitos não-funcionais: yCertas restrições são relacionadas a uma solução de projeto que é desconhecida no estágio de requisitos. yOutras restrições são altamente subjetivas e só podem ser determinadas através de avaliações empíricas complexas. yRequisitos não-funcionais tendem a ser relacionados há um ou mais requisitos funcionais. Expressar requisitos funcionais e não-funcionais separadamente torna difícil a visualização destes relacionamentos. yRequisitos não-funcionais tendem a conflitar e contradizer outros requisitos não-funcionais. yNão há regras e diretrizes para determinar quando requisitos não-funcionais foram bem encontrados.

13 Propostas para Derivar NFRs zChung - método orientado a metas onde requisitos são tratados como metas potencialmente conflitantes. zDobson - modelos lógicos de NFRs derivados do ambiente organizacional. zKotonya - Framework baseado em ponto de vista que integra FRs e NFRs.

14 Propostas para Derivar NFRs zSommerville - descreve como preocupações são reduzidas em sub- preocupações e finalmente em metas. zLoucopolos e Karakostas - relacionam NFRs com metas organizacionais. Decomposição de metas em submetas e finalmente em NFRs.

15 Objetivos das Propostas zTraduzir objetivos e metas gerais em declarações referentes a propriedades mensuráveis. zSommerville e outros afirmam que NFRs devem ser objetivos e testáveis para que metas vagas não sejam confundidos com NFRs mais específicos.

16 Sistemas Críticos zA falha de sistemas críticos pode ser resultado da falha de requisitos funcionais. zMais freqüentemente a falha resulta de problemas do sistema em satisfazer algum NFR sobre sua operação. zPrincipais NFRs relevantes a sistemas críticos: yConfiabilidade yPerformance ySegurança yUsabilidade ySafety

17 Técnicas de Representação zModelo baseados em metas (framework para lidar com NFRs) - Chung zIntegrar Requisitos não funcionais na modelagem de dados - Julio Cesar e Luiz Marcio

18 Modelo Baseado em Metas zTrata os NFRs como metas zTécnica orientada a processo - trata os requisitos não funcionais durante o processo de desenvolvimento do software zConsidera alternativas para satisfazer os NFRs zRelaciona decisões de projeto a NFRs zAuxilia na detecção de conflitos

19 Framework para metas zUm requisito não funcional representa uma meta a ser atingida zConsidera um conjunto inicial de metas zRefina estas metas em sub-metas zLevanta-se alternativas para satisfação da meta zEscolhe-se uma das alternativas, justificando a escolha (argumento)

20 Informação Confidencial [Conta] Disponibilidade [Conta] Exemplo - Cartões de Crédito Segurança [Conta] Confidenciabilidade [Conta] Exatidão [Conta] Confidenciabilidade Interna [Conta] Autenticar [Conta] Password Alegação [fraude interna é frequente] meta meta satisfeita argumento nó AND

21 Metodologia para usar o Framework zAquisição de conhecimento yRelativo a um requisito não funcional específico (segurança, performance) yRelativo ao domínio da organização zDivisão do domínio em categorias, e identificação das metas importantes zVerificar razões do projeto zAplicar Framework zAvaliar se requisitos fundamentais foram realmente encontrados

22 Modelo Baseado em Metas zPontos Positivos yMantém um importante histórico do desenvolvimento yBoa detecção de conflitos e clarificação dos NFRs zPontos Negativos yEstrutura de grafos muito complexa para sistemas grandes yNão cobre os NFRs completamente - pode ser necessário usar outros métodos de decomposição

23 NFR-Assistant: um case para metas zFerramenta que incorpora a semântica e a sintaxe do framework NFR zSuporte gráfico ao modelo de metas zPossui catálogo para decomposição de metas zFacilidade para localização de metas zFacilita avaliação dos efeitos causados por uma meta

24 Integrar NFRs na modelagem de dados zIntegra NFRs ao modelo ER zFoi criado a partir da necessidade de modelar os NFRs antes da fase de projeto no ciclo de evolução do software zEnfatiza o relacionamento entre requisitos funcionais e não funcionais e seus conflitos

25 zDefine um lexicon que funciona como uma âncora entre diagramas ER e de metas zApresenta o modelo de metas do chung adaptado como forma de representar NFRs zExtende o modelo ER onde: yUm NFR (meta) é representado como uma entidade especial conectada à entidade que a originou yOs atributos do NFR são integrados à esta entidade Integrar NFRs na modelagem de dados


Carregar ppt "Requisitos Não Funcionais Universidade Federal de Pernambuco Centro de Ciências Exatas e da Natureza Departamento de Informática Mestrado em Ciências da."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google