A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 Origem da palavra informática Em 1957, o cientista da computação alemão Karl Steinbuch publicou um jornal chamado Informatica: Informationsverarbeitung.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 Origem da palavra informática Em 1957, o cientista da computação alemão Karl Steinbuch publicou um jornal chamado Informatica: Informationsverarbeitung."— Transcrição da apresentação:

1 1 Origem da palavra informática Em 1957, o cientista da computação alemão Karl Steinbuch publicou um jornal chamado Informatica: Informationsverarbeitung ("Informática: processamento de informação"). A palavra portuguesa é derivada do francês informatique, vocábulo criado por Philippe Dreyfus, em 1962, a partir do radical do verbo francês informer, por analogia com mathématique, électronique, etc. Em português, há profissionais da área que também consideram que a palavra informática seja formada pela junção das palavras informação + automática. Pode dizer-se que informática é a ciência que estuda o processamento automático da informação por meio do Computador.

2 2 Informática É a ciência que estuda o processamento automático da informação por meio do Computador Chama-se genericamente informática ao conjunto das ciências da informação, estando incluídas neste grupo: a ciência da computação, a teoria da informação, o processo de cálculo, a análise numérica e os métodos teóricos da representação dos conhecimentos e de modelagem dos problemas. No Brasil é habitualmente usado para referir especificamente o processo de tratamento da informação por meio de máquinas eletrônicas definidas como computadores

3 3 NOCÕES DE INFORMÁTICA válvulas transistores chip

4 4 Microprocessador Arquitetura interna de um microprocessador dedicado para processamento de imagens de ressonância magnética, a fotografia foi aumentada 600 vezes, sob luz ultravioleta para se enxergar os detalhes

5 5 A História dos Computadores do ENIAC ao PC A Primeira Geração

6 – MARK I - Computador analógico do MIT Máquina eletromecânica com relés e instruções introduzidas por meio de fita de papel perfurada – ENIAC – Computador analógico da Univ. da Pensilvânia Era mil vezes mais rápido do que qualquer máquina anterior, e tinha o dobro do tamanho do Mark I. Encheu 40 gabinetes com 100 mil componentes, incluindo cerca de 17 mil válvulas eletrônicas. Pesava 27 toneladas e media 5,50 x 24,40 m e consumia 150 kW. Apesar de seus inúmeros ventiladores, a temperatura ambiente chegava às vezes aos 67 ºC O ENIAC

7 – EDVAC – Computador eletrônico da Moore School 1º máquina eletrônica de processamento de dados com programa armazenado, Que usava a lógica matemática ou álgebra de Boole. O EDVAC – UNIVAC – Computador eletrônico Vendido junto com dispositivo impressor chamado UNIPRINTER. Criada a 1º linguagem pela IBM – O Fortran O UNIVAC

8 8 A História dos Computadores do ENIAC ao PC Da Segunda à Quinta Geração

9 AC Ábaco 1647 Pascal adições Joseph Teares Babbage ABC 1672 Leibniz Multiplicação e divisão 1847 George Boole Álgebra booleana 1614 John Napier Logatítimo neperiano 1890 Hollerith Cartões perfurados 1924 = IBM 1938 Shannon Teoria da Informação 1944 Harvard MARK I ENIAC Evolução Histórica 1947 Transistores

10 AC Ábaco 1647 Pascal adições Joseph Teares Babbage ABC 1672 Leibniz Multiplicação e divisão 1847 George Boole Álgebra booleana 1614 John Napier Logatítimo neperiano 1890 Hollerith Cartões perfurados 1924 = IBM 1938 Shannon Teoria da Informação 1944 Harvard MARK I ENIAC Evolução Histórica 1947 Transistores UNIVAC a 1957 Fortran 1960 IBM a 1970 ARPANET 1971 CHIP PROGRAMÁVEL 4004 INTEL – Ted Hoff 1963 BASIC Kemenim e Kurtz 1976 a 1977 APPLE II

11 AC Evolução Histórica a a a 1977 APPLE II a 1991 WWW -> INTERNET 1992 A 1993 MOSAIC

12 12

13 13 2º Geração: – IBM 1401 BURROUGHS B200 IBM 650 3º Geração: – BURROUGHS B2500 IBM 360 BURROUGS B3500 4º Geração (PCs Comerciais): 1977 – Apple TK 40 – Prológica (IBM) TK 80 TK-82 TK – PC -XT /4 - PC -AT-286 –Apple-Lisa PC -AT-386 PC -AT-486 PC – AT-486 DX 66/100 5º Geração (Até hoje): – Pentium – Pentium II / AMD K – Pentium III / Athlon – Pentium IV / AMD Duron – Core 2 Duo / Athlon 64 X2

14 14 ESTRUTURA DE UM COMPUTADOR CPU Unidades de entrada Unidades de saída Unidade central de armazenamento Unidades externas de armazenamento Desktop Notebook

15 15 TIPOS DE COMPUTADORES Palmtop Desktop e Workstation Notebook ou Laptop Mainframe Supercomputador

16 16 Bit & Byte O microprocessador percebe apenas sinais elétricos, distinguindo-os em dois níveis de voltagem: nível alto, H" nível baixo, L Assim, qualquer comunicação é reduzida a esses dois sinais, associando-se: H com o bit 1 e L com o bit 0.

17 17 Bit & Byte Os dados de um computador são medidos em bits e bytes. - Cada valor do código binário foi denominado "bit" (binary digit), que é a menor unidade de informação. - Cada conjunto de 8 bits forma o byte, o qual corresponde a um caracter, seguindo o código binário. Quando se fala em bytes, não se pensa na base 10, mas em uma estrutura fundamentada no código binário, ou seja, na base 2, nos dois modos que o computador detecta, geralmente chamados de 0 e 1. Assim, quando queremos um quilo de bytes, deve-se elevar essa base a algum número inteiro, até conseguir atingir a milhar. Mas não há número inteiro possível que atinja exatamente o valor Então, ao elevar-se a base 2 à décima potência, chega-se a Assim temos: 1 KB = 1024 bytes

18 18 Como calcular números binários Para resolver este impasse, o interpretador do processador usa o código ASCII para a conversão entre sistema binário e sistema decimal. Quando teclamos a letra A, o microprocessador entende, porque Internamente houve a conversão Esse grupo de 8 unidades tem valores que vão dobrando, começando com a primeira da direita, que seria 1. A segunda seria 2; a terceira, 4 ; a quarta, 8, e assim por diante, até a oitava, que seria igual a 128, ou seja, sempre potências de 2. Como conseguir o valor 65 com elas? Verificar se o primeiro valor (128) "cabe dentro" do número. Se couber atribui-se o código 1, se não couber atribui-se código 0. Repetir para os demais valores (64, 32, 16...) até chegar ao 1. A somatória dos valores que tem código 1 deve ser igual ao valor do número: valor código ValorCódigo binário A = Portanto: ValorCódigo binário G =

19 19 Linguagens de programação Linguagens históricas ALGOL - Assembly - B - BASIC - BCPL - Clipper - COBOL - CPL - Forth - Fortran - Icon - PL/I - Simula - Smalltalk - SNOBOL 4 Linguagens acadêmicas Icon - Pascal - PORTUGOL - Prolog - Haskell - Lisp - Logo - OCaml Linguagens proprietárias ABAP - AWK - C# - Cω - COBOL - ColdFusion - Delphi - Eiffel - Logic Basic - SQL - Visual Basic Linguagens não- proprietárias Ada - C - C++ - Forth - Fortran - Lisp - Pascal - Smalltalk Linguagens livres Euphoria - Icon - Java - JavaScript - Lua - MUMPS - Perl - PHP - PORTUGOL - Python - R - Ruby - Shell script - Tcl - Unicon Linguagens esotéricas Befunge - brainfuck - FALSE - Gammaplex - INTERCAL - L00P - Malbolge - PATH - SNUSP - Unlambda - Whitespace

20 20 BASIC BASIC (acrônimo para Beginners All-purpose Symbolic Instruction Code), é uma linguagem de programação, criada com fins didáticos, pelos professores John G. Kemeny e T. Kurtz em 1963 no Dartmouth College.linguagem de programaçãoJohn G. KemenyT. Kurtz1963Dartmouth College BASIC também é o nome genérico dado a uma grande família de linguagens de programação derivadas do BASIC original. Provavelmente existem mais variações de BASIC do que de qualquer outra linguagem de programação. É quase sem sentido comparar o BASIC original com versões atuais, principalmente o Visual Basic, tendo em vista as grandes modificações existentes na linguagem.Visual Basic

21 21 In 1975, MITS released Altair BASIC, developed by college drop-outs Bill Gates and Paul Allen as the company Micro-SoftAltair BASICBill GatesPaul AllenMicro-Soft

22 22 HARDWARE SOFTWARE USUÁRIO

23 23 HARDWARE

24 24 HARDWARE – SãoTodos os componentes físicos de um computador SOFTWARE – São todos os PROGRAMAS, ROTINAS E INSTRUÇÕES que permitem ao computador executar tarefas USUÁRIO – Pessoas que utilizam o hardware e os softwares com objetivo de executar tarefas, colher e ordenar informações e obter o resultado pretendido

25 25 Placa Mãe – Main Board

26 26 OFF BOARD OS HARDWARES DE UM DESKTOP COM PLACA MÃE OFF BOARD + Gabinete Fonte Placa Mãe CPU Memória PL Rede PL Vídeo PL Som PL Modem HD CD / DVD + Cooler Drive 3 1/2

27 27 ON BOARD OS HARDWARES DE UM DESKTOP COM PLACA MÃE ON BOARD + Gabinete Fonte Placa Mãe CPU Memória HD CD / DVD + Cooler Drive 3,1/2 Interno ou externo

28 28 TIPOS DE MEMÓRIAS ROM (Read Only - Memory) ou FIRMWARE Chip programado com dados específicos e somente de leitura RAM (Random Access Memory): É a memória de trabalho do computador que apaga sem energia EPROM ( Erasable Programmable Read-only Memory): Chip de leitura que pode ser apagado CMOS (Complementary Metal Oxide Semiconductor): É uma pequena parte da memória que armazena as configurações da BIOS e a data/hora. A informação é mantida por uma bateria. EEPROM (Electrically-Erasable Programmable Read-Only Memory ): Memórias externas que permitem gravar e apagar dados. Podem ser do tipo Pen Drive (Flash Memory) usadas em computadores, ou do tipo cartão (Memory Stick) usadas em câmeras fotográficas ou Celulares.

29 29 TIPOS DE MEMÓRIAS RAM DDR 3 EDO/SIMMSDRAMDIMMDDRDDR2DDR3 100 Mhz133 Mhz400 Mhz800 Mhz1600 Mhz PC286PC386/486PentiumPentium IIIPentium IVCore 2 Duo

30 30 TIPOS DE INTERFACES PORTAS DE COMUNICAÇÃO SERIAL PARALELA PS2 USB TIPOS DE INTERFACES CONEXÃO DE PERIFÉRICOS IDE / ATA SCSI SATA

31 31 PORTAS VIRTUAIS DE COMUNICAÇÃO (Tecnologia sem fio - wireless) INFRARED (IrDA) Velocidade máxima de 115 Kbps Alcance máximo de 1 metro (bi-direcional) BLUETOOTH Velocidade máxima de 1 Mbps Alcance máximo de 10 metros WI-FI Velocidade máxima de 128 Mbps Alcance máximo de 100 metros WIRELESS (SEM FIO) Velocidade máxima de 512 Mbps Alcance máximo de 200 metros Banda dupla - 2,4Ghz OU 5Ghz

32 32 TIPOS DE INTERFACES - BARRAMENTO (PLACAS) ISA VESA PCI AGP (exclusiva para vídeo)

33 33 PLACA MÃE COM BARRAMENTO ISA, PCI E AGP

34 34 PLACA MÃE COM SOM, VÍDEO, REDE E MODEM ON BOARD som Rede ethernet USB Vídeo modem Porta LPT - impressora

35 35 PERIFÉRICOS DO COMPUTADOR 1 - DE ENTRADA (INPUT): TECLADO Mouse Scanner Webcam Joystick 2 – DE SAÍDA (OUTPUT): MONITOR Impressora LCD CRT Cristal Líquido Mesa Digitalizadora Projetor Multimídia Caixas de som microfone

36 36 PERIFÉRICOS DO COMPUTADOR DISQUETE (A) HD / Winchester (C) CD / DVD Obs.: Também conhecidos como mídias de armazenamento 3 - DE ENTRADA / SAÍDA: ZIP DRIVE PEN DRIVE FITA DAT

37 37 SOFTWARES EXISTEM VARIOS TIPOS DE SOFTWARE, MAS BASICAMENTE DIVIDIDOS EM 2 CATEGORIAS: SOFTWARES DE BASE (SISTEMA OPERACIONAL): MS-DOS, OS/2 (IBM), MAC OS (MACINTOCH), FAMÍLIA WINDOWS (WIN 3.1, WIN NT, WIN 2OOO, WIN 95, WIN 98, WIN ME, WIN XP, WIN VISTA), UNIX (LINUX) SOFTWARES APLICATIVOS: - PROCESSADORES DE TEXTO (WORD, WORDPERFECT), - PLANILHAS DE CÁLCULO (EXCEL, LOTUS, QUATTRO PRO), - BANCO DE DADOS (ACCESS, DBASE, PARADOX, APPROACH), - EDITORAÇÃO / DESKTOP PUBLISHER (PUBLISHER, PAGEMAKER), - PROGRAMAS GRÁFICOS (CORELDRAW, PHOTOSHOP), - JOGOS ELETRÔNICOS, - APLICATIVOS ESPECÍFICOS (PROG. CÁLCULO DE SEGUROS).

38 38 SOFTWARES SISTEMA OPERACIONAL: Programa mais importante do computador, responsável pelo gerenciamento de todos os recursos do hardware. Os principais sistemas operacionais, são: WINDOWS (Microsoft) Última versão = VISTA MAC OS X (Apple) Última versão = LEOPARD (10) LINUX (Software grátis) Última versão = UBUNTU 8.04

39 39 O QUE É O SISTEMA OPERACIONAL? Interface entre os programas e o equipamento. Conjunto de procedimentos internos, visando: -Gestão (controle) de espaço de memória; -Supervisão de entradas e saídas de dados; -Organização e carregamento de programas; -Criação, cópia, recuperação e eliminação de arquivos; -Gestão de todo o sistema. Ainda permite ter atualizada a data e hora da última modificação dos arquivos, partilhar um disco rígido, programar a execução automática de comandos, mandar imprimir arquivos, entre outras funções. É CARREGADO NA MEMÓRIA RAM, ASSIM QUE O COMPUTADOR É LIGADO. O QUE É O BOOT ? É o processo no qual o computador, ao ser ligado procura pelo sistema operacional, aciona e testa os circuitos do computador, inclusive a contagem de memória. Se tudo estiver em ordem o SO é carregado, e logo após os drivers e os programas auxiliares.

40 40 BIOS – BASIC INPUT / OUTPUT SYSTEMS (Sistema básico de entrada/saída) Chip com conjunto de programas e controladores que permitem iniciar o equipamento e que atua como interface entre o SO e o Hardware do computador (chipset / processador). Fabricantes de Bios: AWARD – AMI – PHOENIX POST – POWER ON SELF TEST (Auto checagem de ligação) Elemento principal da Bios, que ao ligar o PC executa rotina de verificar o Funcionamento dos principais elementos do sistema. - Detecta dispositivos plug & Play - Executa testes na memória RAM - Testa o funcionamento do teclado - Procura o SO na unidade de armazenamento - Devolve o controle do PC Chip ROM da BIOS CPU SO

41 41 SEQUENCIA DO POST E CÓDIGOS DE ERROS Chip ROM da BIOS

42 42 GENERALIDADES SOBRE ARQUIVOS CONTABIL O Sistema Operacional armazena as informações e programas sob a forma de arquivo. O arquivo é um conjunto de dados que contém uma informação organizada e estruturada. Para cada arquivo armazenado é atribuído um nome que deve ser diferente Dos nomes de outros arquivos. Os nomes dos arquivos são divididos em duas partes: - Antes do ponto: quem cria o arquivo lhe confere um nome,que pode ser renomeado a qualquer momento. - Depois do ponto: define o seu formato e informa qual programa pode abrir aquele arquivo. EXE. NomeExtensão (3 à 4)

43 43 O conjunto de caracteres disponível para a formação do nome do arquivo são: -Letras de a a z ou A a Z -Algarismos de 0 a 9 -Símbolos: $, &, !, %, (, ), -, {, }, _ Existe um conjunto de nomes que não devem ser usados como nome e extensão, pois são reservados ao Sistema Operacional, e se referem a dispositivos periféricos: CONConsole (monitor e teclado) AUX ou COM1Primeira porta serial COM2Segunda porta serial LPT1 ou PRNPrimeira porta paralela (impressora) LPT2Segunda porta paralela

44 44 RELAÇÃO DE ALGUMAS EXTENSÕES DE ARQUIVOS arjArquivo compactado exeArquivo executável (programa) cdrArquivo de imagem vetorizada do Corel Draw bmpArquivo de bitmap do windows (imagem) docArquivo texto do Microsoft Word xlsPlanilha do Microsoft Excel wavArquivo de áudio sem compressão txtArquivo de texto co pouca formatação ttfArquivo de fonte (true type font) tifArquivo de imagem sem compressão scrProtetores de tela do windows mpegArquivo de vídeo jpegArquivo de imagem padrão bitmap compactado

45 45 SITE QUE INDICA QUAL PROGRAMA ABRE O ARQUIVO BASTA DIGITAR A EXTENSÃO

46 46 ARQUIVOS IMPORTANTES DO SISTEMA OPERACIONAL - WINDOWS Copiar = [Ctrl] CColar = [Ctrl] V Recortar = [Ctrl] XDesfazer = [Ctrl] Z Refazer = [Ctrl] Y Selecionar Tudo = [Ctrl] A ALGUMAS TECLAS DE ATALHO DO WINDOWS Outras maneiras de copiar / mover: Para copiar / mover um objeto entre as janelas pode-se, também, arrastar o objeto, ou seja, selecioná-lo e manter o botão direito do mouse pressionado. Note que quando se chega ao lugar onde se quer copiar ou mover, o botão deve ser solto.

47 47 ARQUIVOS IMPORTANTES DO SISTEMA OPERACIONAL - WINDOWS EXPLORER – É o gerenciador de arquivos e pastas do Windows. O explorer.exe é o shell padrão do sistema, responsável pela criação do menu INICIAR e da área de trabalho. É um arquivo necessário para que o sistema funcione. Para acessar as funções utiliza-se o mouse ou pressiona-se a tecla Alt + a letra que estiver sublinhada.

48 48 ARQUIVOS IMPORTANTES DO SISTEMA OPERACIONAL - WINDOWS DEFRAG – É o desfragmentador de arquivos do Windows. O defrag.exe é o programa que encontra os pedaços de um mesmo arquivo espalhados pelo HD, os reorganiza em um bloco contínuo, o que facilita o processo de leitura dos dados. É RECOMENDADO EXECUTÁ-LO PERIODICAMENTE

49 49 ARQUIVOS IMPORTANTES DO SISTEMA OPERACIONAL - WINDOWS MSCONFIG – Utilitário de configuração do Windows, utilizado para controlar o que é carregado junto com o Sistema Operacional.

50 50 SOFTWARES APLICATIVOS – PACOTE OFFICE DA MICROSOFT WORD – EDITOR DE TEXTO

51 51 SOFTWARES APLICATIVOS – PACOTE OFFICE DA MICROSOFT WORD – TECLAS DE ATALHO

52 52 SOFTWARES APLICATIVOS – PACOTE OFFICE DA MICROSOFT EXCEL – PLANILHA ELETRÔNICA

53 53 SOFTWARES APLICATIVOS – PACOTE OFFICE DA MICROSOFT EXCEL – TECLAS DE ATALHO

54 54 SOFTWARES APLICATIVOS – PACOTE OFFICE DA MICROSOFT ACCESS – BANCO DE DADOS

55 55 SOFTWARES APLICATIVOS – PACOTE OFFICE DA MICROSOFT ACCESS – TECLAS DE ATALHO

56 56 OUTROS SOFTWARES UTILITÁRIOS (Alguns são indispensáveis de se possuir no computador) COMPACTADOR DE ARQUIVOS – Ex.: Winzip (Winzip International)

57 57 OUTROS SOFTWARES UTILITÁRIOS (Alguns são indispensáveis de se possuir no computador) LEITOR DE IMAGEM – Ex.: ACDSee (ACD Systems)

58 58 OUTROS SOFTWARES UTILITÁRIOS (Alguns são indispensáveis de se possuir no computador) LEITOR DE SOM / VÍDEO – Ex.: KM Player (Free Software foundation)

59 59 OUTROS SOFTWARES UTILITÁRIOS (Alguns são indispensáveis de se possuir no computador) LEITOR DE PDF – Ex.: Adobe Acrobat Reader (Adobe)

60 60 OUTROS SOFTWARES UTILITÁRIOS (Alguns são indispensáveis de se possuir no computador) ACELERADOR DE DOWNLOADS – Ex.: Dap (Speedbit)

61 61 OUTROS SOFTWARES UTILITÁRIOS (Alguns são indispensáveis de se possuir no computador) GRAVADOR CD / DVD – Ex.: Nero (Ahead)

62 62 OUTROS SOFTWARES UTILITÁRIOS (Alguns são indispensáveis de se possuir no computador) ANTIVÍRUS – Ex.: Avast! (Alwil) FIREWALL – Ex.: O do Windows XP Professional IMPOSSÍVEL NAVEGAR NA INTERNET SEM ANTIVÍRUS E FIREWALL

63 63 OUTROS SOFTWARES UTILITÁRIOS (Alguns são indispensáveis de se possuir no computador) ANTI ADWARE E SPYWARE – Ex.: Adware (Lavasoft)

64 64 INTERNET A WWW (WORLD WIDE WEB) 1 – O QUE É A INTERNET ? Rede mundial de computadores conectados entre si, e que podem trocar informações entre eles.

65 65 INTERNET A WWW (WORLD WIDE WEB) 2 – COMO COMEÇOU A INTERNET ? NO FINAL DE 1.960, QUANDO O DEPARTAMENTO DE DEFESA DOS ESTADOS UNIDOS PROJETOU UMA REDE BASEADA NO PROTOCOLO TCP / IP PARA SE COMUNICAR, CASO A REDE NACIONAL EXISTENTE FALHASSE OU SOFRESSE ATAQUE INIMIGO. NO FINAL DE FOI EXTENDIDA A UNIVESIDADES E ORGANIZAÇÕES DE PESQUISA. EM FINALIZOU-SE O USO MILITARISTA E INICIOU-SE O USO CULTURAL E ACADEMICO, ABRINDO-SE A REDE AO USO PRIVADO, DA FORMA COMO HOJE A CONHECEMOS.

66 66 INTERNET A WWW (WORLD WIDE WEB) 3 – QUEM CONTROLA A INTERNET ? A INTERNET NÃO É CONTROLADA POR NENHUMA PESSOA OU ORGANIZAÇÃO. NÃO HÁ UM PRESIDENTE OU ESCRITÓRIO CENTRAL NO MUNDO. A SUA ORGANIZAÇÃO É DESENVOLVIDA PELOS ADMINISTRADORES DE CADA REDE.

67 67 INTERNET A WWW (WORLD WIDE WEB) 4 – O QUE É POSSÍVEL FAZER NA INTERNET ? ENVIAR MENSAGEM ELETRÔNICA, CONVERSAR COM PESSOAS NO MUNDO INTEIRO BAIXAR E ENVIAR ARQUIVOS,...

68 68 INTERNET A WWW (WORLD WIDE WEB) 5 – O QUE É ESTAR CONECTADO À INTERNET ? SIGNIFICA TER UMA CONTA EM UM COMPUTADOR SERVIDOR QUE ESTEJA CONECTADO A UMA INSTITUIÇÃO OU EMPRESA.

69 69 INTERNET A WWW (WORLD WIDE WEB) 6 – QUAIS OS MEIOS DE CONEXÃO À INTERNET ? MODEM (DIAL-UP) LINHA DISCADA VIA TELEFONE MÁXIMO: 56 Kbps OBS:Necessita linha telefônica CABLEMODEM (ADSL) (virtua) (ajato) (sky) BANDA LARGA VIA TV À CABO ou SATÉLITE (24 hs) MÁXIMO: 100 Mbps obs: NECESSITA CABO CONECTADO SPEED (TELEFÔNICA (ADSL) OU OUTRAS COMPANHIAS TELEFÔNICAS BANDA LARGA VIA LINHA TELEFÔNICA (24 hs) MÁXIMO: 100 Mbps. Obs:Necessita linha telefônica CARTÃO PCMCIA (WIRELESS) BANDA LARGA WIRELESS P/ NOTEBOOKs MÁXIMO: 8 Mbps Obs: NÃO NECESSITA DE LINHA TELEFÔNICA OU CABO FÍSICO

70 70 INTERNET A WWW (WORLD WIDE WEB) 7 – O QUE É INTRANET ? É O USO DA TECNOLOGIA DA WWW NO AMBIENTE PRIVATIVO DAS EMPRESAS. AO INVÉS DE CIRCULAR PUBLICAMENTE PARA O MUNDO, AS INFORMAÇÕES SÃO ACESSÍVEIS APENAS AS PESSOAS AUTORIZADAS A CONSULTÁ-LAS.

71 71 INTERNET A WWW (WORLD WIDE WEB) 8 – A INTRANET PODE SE CONECTAR A INTERNET ? SIM, UTILIZANDO-SE DE ROTEADORES, HUBS OU SWITCHES. LAN: REDE LOCAL / WAN: REDE LOCAL C/ ACESSO À INTERNET

72 72 INTERNET A WWW (WORLD WIDE WEB) 9 – OS ENDEREÇOS DA WEB CADA SITE OCUPA UM ESPAÇO NA REDE E TEM UM ENDEREÇO ÚNICO. ESTE ENDEREÇO É A URL – UNIFORM RESOURCE LOCATION (LOCALIZADOR DE RECURSOS UNIFORMES)

73 73 INTERNET A WWW (WORLD WIDE WEB) 10 – ALGUMAS EXTENSÕES E DOMÍNIOS DA WEB EXTENSÃOPAÍSDOMÍNIOTIPO DE SITE.arArgentina.comEntidade comercial.caCanadá.eduInstituição educativa.dkDinamarca.govInstituição governamental.esEspanha.netAdministradores de redes.ukReino Unido.milOrganismos militares.mxMéxico.medInstituições médicas.frFrança.orgOrganizações não governamentais

74 74 INTERNET A WWW (WORLD WIDE WEB) 11 – COMO BUSCAR INFORMAÇÃO NA WEB ? TODOS OS DIAS SURGEM MILHÕES DE NOVOS SITES E FICA DIFÍCIL ENCONTRAR A INFORMAÇÃO CORRETA. BUSCA-SE ATRAVÉS DOS MECANISMOS DE BUSCA: SITES QUE RASTEJAM NA INTERNET A INFORMAÇÃO SOLICITADA FUNCIONAM COM A LÓGICA INPUT / OUTPUT: VOCÊ INSERE A PALAVRA-CHAVE E O MECANISMO PROCESSA OS DADOS E EM SEGUNDOS DEVOLVE OS LINKS DE SITES RELACIONADOS AO ASSUNTO ALGUNS SITES DE BUSCA:

75 75 INTERNET A WWW (WORLD WIDE WEB) 12 – BUSCA SELETIVA – USO DE TIPS

76 76 INTERNET A WWW (WORLD WIDE WEB) 13 – OS NAVEGADORES (BROWSERS) PROGRAMAS UTILIZADOS PARA NAVEGAR NA INTERNET INTERNET EXPLORER, NETSCAPE, FIREFOX, OPERA, SAFARI (MAC)

77 77 INTERNET A WWW (WORLD WIDE WEB) 14 – PLUG-INS, ACTIVE X E JAVASCRIPT PLUG-INS: PROGRAMA QUE ACRESCENTA NOVA CAPACIDADE A OUTRO JAVASCRIPT: LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO QUE CAPACITA RECURSOS DE MULTIMÍDIA, FORMULÁRIOS E OUTROS ACTIVE X: ARQUIVO CRIADO PELA MICROSOFT E QUE POSSUI CÓDIGO DE PROGRAMA E REALIZA AÇÕES. É UTILIZADO LARGAMENTE EM PÁGINAS DINÂMICAS

78 78 INTERNET A WWW (WORLD WIDE WEB) 15 – CORREIO ELETRÔNICO – UM DOS SERVIÇOS MAIS UTILIZADOS NA INTERNET ENVIA E RECEBE MENSAGENS E ARQUIVOS DE TODO TIPO A MENSAGEM ATINGE O DESTINO EM MINUTOS OU HORAS CADA USUÁRIO TEM UM ENDEREÇO ELETRÔNICO ÚNICO

79 79 INTERNET A WWW (WORLD WIDE WEB) 16 – SOFTWARES DE CORREIO ELETRÔNICO OUTLOOK, OUTLOOK EXPRESS, EUDORA, THUNDERBIRD

80 80 INTERNET A WWW (WORLD WIDE WEB) 17 – SITES INTERNACIONAIS PARA BAIXAR PROGRAMAS TUCOWS: JUMBO: DOWNLOAD.COM: 18 – SITES NACIONAIS PARA BAIXAR PROGRAMAS BAIXAKI: UBBI: SUPERDOWNLOADS:

81 81 INTERNET A WWW (WORLD WIDE WEB) 19 – PORTAL PORTAL É UM SITE QUE FUNCIONA COMO CENTRO AGLOMERADOR E DISTRIBUIDOR DE CONTEÚDO. OFERECE NOTÍCIAS, COMPRAS, CHAT, DIVERSÃO, DOWNLOADS E MUITO MAIS. 20 – PRINCIPAIS PORTAIS NACIONAIS UOL: TERRA: IG:

82 82 INTERNET A WWW (WORLD WIDE WEB) 21 – AMEAÇAS VIRTUAIS DA INTERNET COOKIES: É UMA INFORMAÇÃO QUE OS SITES ENVIAM AOS NAVEGADORES. NA VISITA POSTERIOR O NAVEGADOR REENVIA OS DADOS PARA O SERVIDOR DONO DO COOKIE. É UMA INVASÃO DA PRIVACIDADE. ADWARES: TRAZEM PARA A TELA DO USUÁRIO PROPAGANDA INDESEJADA, QUASE SEMPRE DE CONTEÚDO PORNOGRÁFICO. ALTERAM O REGISTRO DO WINDOWS E SE ESCONDEM DOS ANTIVÍRUS. SPYWARES: RECOLHEM INFORMAÇÕES DO USUÁRIO E A TRANSMITE SEM O SEU CONHECIMENTO. PODE ROUBAR DADOS CONFIDENCIAIS. ALTERAM O REGISTRO DO WINDOWS E SE ESCONDEM DOS ANTIVÍRUS. VÍRUS: SÃO PROGRAMAS ALTAMENTE SOFISTICADOS E DESENVOLVIDOS EM LINGUAGENS ESPECÍFICAS DE PROGRAMAÇÃO PARA INFECTAR E ALTERAR SISTEMAS DE MANEIRA ADVERSA E MALICIOSA.

83 83 INTERNET A WWW (WORLD WIDE WEB) 22 – O FUTURO SOFTWARES GRÁTIS; VOIP (VOZ SOBRE IP); INTERNET DE ALTÍSSIMA VELOCIDADE (+ 30 Mbps) WEB 2.0

84 84 PARA FINALIZAR - UM POUCO DE INFORMATIQUÊS DOWNLOADBaixar arquivo através da internet UPLOADEnviar arquivo através da internet PLUGINSProgramas que funcionam anexados a outros BETAPrograma ainda em desenvolvimento UPDATEAtualização de um programa Correio eletrônico CHATRecurso para que 2 ou as pessoas conversem online NEWGROUPRecurso de coordenação de grupos de discução ADWAREPrograma gratuito mas que exibe publicidade FREEWAREPrograma de distribuição livre (custo zero) SHAREWARECópia de avaliação com prazo para uso TRIALPrograma de demonstração que funciona por 30 dias DEMOPrograma de demonstração (versão curta) SPAMEnvio de informações não solicitadas SPYWAREPrograma que recolhe informação sem autorização


Carregar ppt "1 Origem da palavra informática Em 1957, o cientista da computação alemão Karl Steinbuch publicou um jornal chamado Informatica: Informationsverarbeitung."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google