A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A presença estrangeira no Período Colonial. A disputa pelas novas terras *As terras do Brasil foram alvo de inúmeras expedições – contrabando de madeira,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A presença estrangeira no Período Colonial. A disputa pelas novas terras *As terras do Brasil foram alvo de inúmeras expedições – contrabando de madeira,"— Transcrição da apresentação:

1 A presença estrangeira no Período Colonial

2 A disputa pelas novas terras *As terras do Brasil foram alvo de inúmeras expedições – contrabando de madeira, o saque das feitorias e povoamentos ou a conquista de territórios. *Os principais visitantes do território brasileiro nesse período foram franceses, ingleses e holandeses. *A presença francesa foi mais constante no nosso litoral entre os séculos XVI e XVIII. *A presença inglesa foi mais intensa no século XVI, mas restringiu-se a atos de pirataria. *As invasões holandesas foram as que mais conquistaram área e que por mais tempo permaneceram no Brasil.

3 As invasões francesas *Os franceses desafiaram abertamente os domínios portugueses estabelecidos pelo Tratado de Tordesilhas (1494). *Diante das notícias da presença de navios franceses no litoral das novas terras, o governo português organizou expedições guarda-costas. O único objetivo dos portugueses na colonização das terras brasileiras era acumular riquezas. *Durante dois séculos, portugueses e franceses disputaram as terras, as riquezas e a aliança com os índios em busca da supremacia sobre o Brasil.

4 *Em 1555 e 1567, os franceses fundaram, na Baía da Guanabara, uma Colônia chamada de França Antártica. Mais tarde acabaram sendo expulsos pelos portugueses (Mem de Sá / Estácio de Sá). *No Maranhão, uma expedição francesa fundou a França Equinocial, o que acabou originando a cidade de São Luís. Também acabaram sendo expulsos pelos portugueses.

5 As invasões holandesas *Compreender as invasões holandesas ao Brasil, em 1642 e 1630, exige conhecer alguns aspectos a respeito da política europeia. *Em 1580, Portugal e Brasil passaram ao domínio espanhol, em face de uma questão sucessória. Essa situação perdurou até 1640 e ficou conhecida como União Ibérica. *Em 1581, a Holanda iniciou uma longa luta de libertação do domínio espanhol. Em represália, o rei Filipe II determinou o fechamento de todos os portos do seu império aos barcos holandeses.

6 *Não se esqueça que os holandeses eram sócios do lucrativo comércio do açúcar. Com a atitude espanhola, tal negócio ficaria inviabilizado. *Diante dessa situação, os comerciantes holandeses decidiram invadir o nordeste açucareiro. *Em 1621, foi criada a Companhia das Índias Ocidentais, que ficou responsável pelos planos e organização das expedições ao território brasileiro. *O primeiro objetivo do ataque holandês foi a Bahia, sede da Colônia, em No entanto, a resistência dos colonos e o auxílio de uma poderosa frota luso-espanhola inviabilizaram os planos de conquista e, em 1625, os holandeses deixaram as terras brasileiras.

7 *Os dirigentes da Companhia das Índias Ocidentais não desistiram de tentar retomar o controle do comércio açucareiro. Em 1630, atacaram Pernambuco, o coração da produção do açúcar. O domínio holandês no Brasil *Vencida a resistência, os holandeses estenderam seus domínios territoriais até o Maranhão. Além disso, passaram a controlar o açúcar e tráfico de escravos. *Um dos principais responsáveis pela consolidação do domínio holandês foi Maurício de Nassau. Este, por sua vez, concedeu empréstimos aos fazendeiros, realizou obras de infra-estrutura, como drenagem de pântanos, construção de pontes, palácios e até do primeiros observatório astronômico. Também incentivou as artes/ciências, patrocinando a vinda de médicos e pintores.

8 *Nassau seria demitido em 1644 por ter se oposto às novas determinações da Companhia das Índias Ocidentais de aumentar os impostos e cobrar os empréstimos dos senhores de engenho. Em seu lugar, assumiu uma regência de três comerciantes, que revogaram todas as concessões feitas por Nassau. *A nova postura da Holanda gerou uma série de reações dos senhores de engenho, reacendendo a insatisfação contra os invasores e desencadeando um movimento de expulsão que contou com o apoio da população. Esse movimento ficou conhecido como Insurreição Pernambucana. *Foram nove anos de lutas, iniciadas com a Batalha do Monte das Tabocas. Em seguida, ocorreram as famosas Batalhas dos Guararapes. Em 1654, os holandeses se renderam, na Campina do Taborda.

9 IMPORTANTE: *Deixando o Brasil, os holandeses passaram a produzir açúcar nas Antilhas. A concorrência com o produto brasileiro provocou um aumento da oferta de açúcar na Europa e, consequentemente, uma diminuição do valor de venda do produto. A primazia acabava e a economia açucareira do Nordeste começava o seu declínio.


Carregar ppt "A presença estrangeira no Período Colonial. A disputa pelas novas terras *As terras do Brasil foram alvo de inúmeras expedições – contrabando de madeira,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google