A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

© Departamento de Ciência da Computação - UFMG Gerênciamento de Redes de Telecomunicações (e de Computadores)

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "© Departamento de Ciência da Computação - UFMG Gerênciamento de Redes de Telecomunicações (e de Computadores)"— Transcrição da apresentação:

1 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Gerênciamento de Redes de Telecomunicações (e de Computadores)

2 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Curso Especialização em Redes de Telecomunicação Disciplina: Gerênciamento de Redes Professor: Claudionor N. Coelho Jr. –Experiência do Professor

3 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Programa do Curso 1.Introdução e motivação ao gerenciamento de redes 2.Áreas funcionais de gerenciamento. Domínios de gerenciamento 3.Arquiteturas, sistemas e plataformas de gerenciamento 4.Representação de dados 5.Modelagem da informação 6.Padronização em gerenciamento 7.Paradigmas de gerenciamento: OSI, Internet, TMN

4 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Programa do Curso 8.Estudo de Casos: –Sistema Integrado de Supervisão (SIS) Gerência integrada de redes de telecomunicações Caracterização do problema de gerenciamento Visão geral do SIS O SIS na planta da Telemar

5 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Avaliação do Curso

6 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Avaliação Serão feitas avaliações em cada aula, totalizando os 100 pontos –Introdução a gerência de redes –Introdução a gerência de redes15 ptos –Seminário de sistemas de gerência30 ptos –Gerência Internet, TMN e OSI –Trabalho prático sobre TMN, OSI, etc…20 ptos –Estudo de casos: SIS –Estudo de casos: gerência de equipamentos –Trabalho final35 ptos

7 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Bibliografia Internet –www.iec.orgwww.iec.org –www.google.comwww.google.com –www.yahoo.comwww.yahoo.com OLIVEIRA, Mauro; FRANKLIN, Miguel; NASCIMENTO, Adriano; VIDAL, Marcelo. Introdução à Gerência de Redes ATM. CEFET-CE, Fortaleza, Internet STALLINGS, William. SNMP, SNMPv2, and CMIP: The Practical Guide to Network Management Standards. Addison-Wesley, 1993, 625p. Internet FREEMAN, Roger; Telecommunication System Engineering, Third Edition, Internet PERKINS, David; McGINNIS, Evan; Understanding SNMP MIBs, 1997.

8 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Introdução

9 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Demanda dos Serviços de Telecomunicação Controle de uma alta variedade de equipamentos vindos de diferentes fornecedores Confiabilidade e qualidade de serviço Segurança Baixos preços

10 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Benefícios da Gerência de Redes Melhoria da qualidade de serviço Aumento da receita Redução de custos Aumento da segurança

11 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Gerenciamento de Redes É o processo de gerenciamento de redes de telecomunicações ou de dados complexas para maximizar sua eficiência e produtividade. Envolve o planejamento, a organização, a monitoração, a contabilização, a segurança e o controle de atividades e recursos físicos e lógicos.

12 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Rede de Comunicação e Elemento de Rede Uma Rede de Comunicação consiste do conjunto de tecnologias e sistemas relacionados com: –Telecomunicações; –Comunicação de dados; –Comunicação entre computadores. Redes de comunicação existem para o transporte de informação, na forma de voz, dados, imagens, etc.

13 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Rede de Comunicação e Elemento de Rede São constituídas de Elementos de Rede ou Network Elements - NE Um Elemento de Rede geralmente é constituído de uma coleção de equipamentos interconectados a distâncias bem pequenas, menores que poucos metros Um computador/central/multiplexador pode ser considerado um Elemento de Rede

14 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Redes de Gerenciamento Redes de gerenciamento, consideradas no sentido amplo, são responsáveis pela –Operação; –Administração; –Manutenção; –Provisionamento; –Gerenciamento. de uma rede de comunicação em ambiente multi-fornecedores.

15 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Redes de Gerenciamento No passado: –Redes de gerenciamento eram consideradas apenas como redes de suporte. No presente: –Redes de gerenciamento têm de ser consideradas como parceiras estratégicas das redes de serviço. –Devem ser usadas para se conseguir vantagens competitivas.

16 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Relacionamento Redes de Gerenciamento e Redes de (Tele)comunicação OS Data Communications Network Switch Transmission Systems Switch Transmission Systems Telecomunications Network WS TMN

17 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Redes de Gerenciamento e Redes de (Tele)comunicação Podem ter Sobreposição OIM: Operations Interface Module GNE: Gateway NE INE: Intermediate NE DTF: Digital Transmission Facility EOC: Embedded Operations Channel OS-1OS-2 OS-M OIM GNE OIM INE OIM END-NE OS-Access Network Backbone DCN Embedded EOC Subnetwork

18 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Características das Redes de Gerenciamento Provêem uma linguagem padronizada de comunicação Suportam ambientes multi-fornecedores Possibilitam visões fim-a-fim através da gerência integrada

19 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Necessidades de Gerenciamento Provisionamento e teste. Coleta e análise de dados (desempenho, tráfego, tarifação). Coleta e análise de alarmes. Localização de falhas. Reconfiguração e controle de cliente. Carga de software - versões. Recuperação de estado de rede. Alocação dinâmica de banda e capacidade

20 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Organização em Áreas Gerenciadas Segundo o ITU-T, na recomendação M3100, o sistema de telecomunicações é composto das seguintes áreas, para efeito de gerenciamento: Rede de Comutação Telefônica Redes de Comunicações Móveis Redes Comutadas de Dados Rede Inteligente

21 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Organização em Áreas Gerenciadas Rede de Sinalização por Canal Comum #7 Rede Digital de Serviços Integrados de Faixa Estreita (RDSI-FE) Rede Digital de Serviços Integrados de Faixa Larga (RDSI-FL) Redes e Circuitos Dedicados Reconfiguráveis Rede de Gerência de Telecomunicações (TMN - Telecommunication Management Network)

22 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Organização em Áreas Gerenciadas Telecomunicações Móveis Internacionais (Celular 3 a geração) Rede de Acesso e Equipamentos Terminais Rede de Transporte (Transmissão) Infra-estrutura

23 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Funções de Gerenciamento Funções básicas –Funções de gerenciamento –Funções de comunicação –Funções de planejamento Funções avançadas –Gerenciamento de serviços –Recuperação de rede –Configuração e controle de cliente –Gerenciamento de recursos de banda

24 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Áreas Funcionais de Gerenciamento São definidas cinco áreas funcionais, pelos grupos e entidades de padronização: –Falhas –Configuração –Segurança –Desempenho –Contabilização

25 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Áreas Funcionais de Gerenciamento OSI Specific Management Functional Areas (SMFAs) Fault Management Security Management Performance Management Configuration Management Accounting Management Network Manager

26 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Áreas Funcionais de Gerenciamento Management Functions Exchange Transmission Systems Transmission Systems Exchange Data Communication Network Operation Systems Operation Systems Operation Systems Work Station TMN Configuration Accounting Performance Security Fault

27 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Gerenciamento de Falhas É o processo de localização de problemas ou falhas na rede ou em seus elementos. Envolve os seguintes passos: –Descoberta do problema; –Isolamento do problema; –Resolução do problema. Geralmente é a primeira área tratada no gerenciamento.

28 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Gerenciamento de Falhas Pode ser organizada também da seguinte forma: –Alarm surveillance (análise, filtragem, correlação) –Localização da falha; –Correção e teste.

29 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Gerenciamento de Falhas An effective fault management tool can help the network engineer isolate a problem that results from a failed device on the data network Data Center Device Data network User Remote system

30 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Gerenciamento de Configuração É o processo de identificar e configurar dispositivos críticos que controlam o comportamento da rede. Inclui o provisionamento de recursos e o provisionamento de serviços. –Provisionamento de recursos: disponibilização em tempo de recursos para satisfazer as demandas do serviço esperado. –Provisionamento de serviços: instalação de serviços para o usuário final.

31 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Gerenciamento de Configuração Identifica, exercita controle, coleta e provê dados para a rede com o propósito de –preparar para, –inicializar, –começar, –providenciar a operação e término de serviços

32 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Gerenciamento de Configuração Outros itens pelos quais se pode descrever o gerenciamento de configuração: Provisionamento Relatório de status Instalação Inicialização Inventário/almoxarifado Backup e restauração

33 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Gerenciamento de Configuração A configuration management tool can help the network engineer determine which software versions are installed on the data network. Configuration management information Bridge name Corporate 1 Site 23 Site 62 Corporate 8 * Software version A B A *

34 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Gerenciamento de Segurança É o processo de controlar o acesso à informação e aos dispositivos da rede. Deve proteger ambos a rede gerenciada e o sistema de gerenciamento contra abusos intencionais ou acidentais, acesso não autorizado e perda de comunicação. Deve haver macanismos flexíveis de segurança para acomodar uma faixa ampla de privilégios e direitos, resultantes da variedade de modos de acesso dos sistemas de operação que precisam ser administrados independentemente.

35 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Gerenciamento de Segurança Provê o suporte para o gerenciamento de: Controle de acesso a recursos Facilidades de autorização Criptografia e gerenciamento de chaves criptográficas Autenticação de origem e destino Registros ou logs de segurança (p/ auditorias)

36 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Gerenciamento de Segurança A secutity management tool allows the network engineer to monitor which computers the users on the terminal server are attempting to access Data Network Payroll mainframes Terminal server Engineering computers

37 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Gerenciamento de Desempenho Endereça os processos que garantem a utilização mais eficiente dos recursos da rede e sua habilidade para atingir os objetivos do nível de serviço. Avalia e reporta o comportamento dos recursos da rede Garante o desempenho de pico e a prestação dos serviços de voz, dados ou vídeo.

38 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Gerenciamento de Desempenho Envolve a medição do desempenho de software, hardware e meios de comunicação da rede: –Vazão geral –Porcentagens de utilização –Taxas de erros –Tempos de resposta –Qualidade de serviço

39 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Gerenciamento de Desempenho A performance management tool can help the network engineer find a link utilization problem between the source and destination machines. Destination Source Link with high utilization

40 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Tráfego Médio de um Enlace Max In:15.8 kB/s (12.4%) Average In: B/s (6.7%) Current In:14.5 kB/s (11.4%) Max Out:15.9 kB/s (12.5%) Average Out: B/s (6.2%) Current Out: B/s (3.6%) Max In:15.1 kB/s (11.8%) Average In: B/s (7.8%) Current In:11.1 kB/s (8.7%) Max Out:15.9 kB/s (12.4%) Average Out: B/s (4.9%) Current Out: B/s (5.4%)

41 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Gerenciamento de Contabilização É a área que processa e manipula os registros de utilização de recursos e serviços. Gera relatórios de cobrança para todos serviços prestados. Estabelece preços e identifica custos do uso de serviços e recursos da rede. Envolve a descoberta da utilização dos recursos por indivíduos ou grupos, para garantir que os usuários tenham recursos suficientes. Possibilita a combinação de custos onde múltiplos recursos são utilizados para atender a um propósito único.

42 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Gerenciamento de Contabilização An account management tool can help the network engineer determine the dominant file server user. Accounting management information __Account__ Admin Finance Documentation Sales * % Network traffic 8% 4% 48% 6% * # clients * File server

43 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Áreas Funcionais Requisitos para gerenciamento Fault Management Detecting and reporting faults Provide mechanisms to allow users to log events and errors, including the specification of logging-filter settings (logging criteria), initialization and stopping of logging, and specification of information to be logged. Define events to be reported, start and stop times for monitoring, and treshold levels when a notification should be given. Diagnosing faults Activate predefined tests to determine the location of faults and test network components before they are put online. Collect and analyze test data. Request fault-related data, such as dumps and status information. Correcting faults Change resource attribute values, take resources down, and put resources back on-line. Request reconfiguration of parts of the network.

44 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Áreas Funcionais Requisitos para gerenciamento Defining resources and attributes Specify resources and the attributes associated with a resource. Specify the range and type of values to witch the attributes can be set. Setting and modifying attribute values Set and modify values of resource attributes. Load predefined default attributes and set clocks. Defining and modifying relationships Specify relationships among network resources. Add, delete, and modify relationships on-line. Examining attibute values and relationships Locally or remotely examine attributes associated with resources and relationships among resources. Keep track of configuration changes Distributing software throughout the network Provide mechanisms to examine, update, and manage different versions of software and routing information. Initializing and terminating network operations Provide facilities to initialize and close down network or subnetwork operation. Verifying users authorization Provide the ability to specify the hierarchy of authorization for performing various configuration functions and the methods used for assigning and validating various levels of authorization Reporting configuration status Notify users of changes in resources and in relationships among resources. The managing system must be able to inform the agent system under what conditions and where configuration-change notifications are to be sent. Users must be able to access configuration reports. Configuration Management

45 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Áreas Funcionais Requisitos para gerenciamento Security Management Controlling access to resources Grant or restrict access to the entire network or selected critical parts. Archiving and retrieving security information Gather and store appropriate information Managing and controlling the encryption process Encrypt security-management communication. Facilitate the user encryption process.

46 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Áreas Funcionais Requisitos para gerenciamento Performance Management Monitoring performance Monitor performance-related events, measures and resources. Specify start and stop times for monitoring. Specify statistical measures to be generated. Tuning and controlling performance Provide mechanisms to execute predefined performance tests and collect test results to diagnose performance problems and determine performance-tuning strategy. Change resource allocation and modify attributes to improve performance. Evaluating performance tuning Keep track of tunning results in terms of user-specified criteria. Reporting on performance monitoring, tuning and tracking Generate notifications of abnormal performance changes. Testing capacity and special conditions Run tests to determine the potential efects of additional network loading.

47 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Áreas Funcionais Requisitos para gerenciamento Accounting Management Recording and generating accounting information Specify the schedule for collecting accounting information. Record and/or collect user- distinguishable accounting information and generate accounting messages. Specifying accounting information to be collected Specify what information is to be collected. Controlling the storage of and access to accounting information Provide standard procedures for retrieving and storing accounting information and standard ways to name archived files. Control access to accounting information. Reporting accounting information Report the degree of resource usage and resource-usage charges at a user-specified level. Setting and modifying accounting limits Read, set, and change accounting limits for various groups of users. Change priorities assigned to network users for access to network resources. Defining accounting metrics Define standard metrics and accounting information units

48 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Áreas Funcionais Requisitos para gerenciamento Customer Planning Configuration Management Fault Management Performance Management Accounting Management Service Request Order Status Service Status Trouble Report Service Bill/Payment Material Management Workforce Management Interfaces Suppliers Network Equipment Forecast OrdersEquipment Delivery & Installation Requisition Status NE Configuration Data Service Data TestingAlarms Network Controls Oms (Traffic) AMA To Material Resource Provisioning Trouble Management Service Provisioning Dispatch

49 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Domínios de Gerenciamento O gerenciamento pode também ser classificado do ponto de vista de domínios: –Elemento de rede –Rede –Serviço –Negócio

50 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Domínios de Gerenciamento Cada domínio foi motivado por necessidades específicas do negócio. Cada um trata do gerenciamento de dispositivos e recursos físicos ou lógicos específicos. A integração desses domínios em um sistema comum de gerenciamento leva à necessidade de plataformas de gerenciamento.

51 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Domínios de Gerenciamento Business Management (B-OSF) Enterprise view Goal setting, finance, budgeting Product and human resource planning Service Management (S-OSF) Contacts with customers and service providers Service orders, complaints, and biling Quality of service Network Management (N-OSF) Network support of all services End-to-end network view of all Nes and link Vendor Independent View

52 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Domínios de Gerenciamento Element Management (E-OSF) View of NE subset, individually or collectively as a subnetwork Mediation Network Elements Network resource functionality Vendor Dependent View

53 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Service Management: Back Office Business Management: Business Systems & Processes Customer Resource Management processes (Order, tracking, care, billing) Front Office Sub-Network Management : End-End Traffic Sub-Network Traffic Paths Element Management: Control of Network Elements internal connections Network Management: Complete Network provisioning across multiple technology, multiple vendors Regional Management Center ATM/IP Transmission Transmission Access Network Elements

54 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Enterprise Application Integration Bus OSS Solution – Functional Architecture Integrated OSS Solution OSS Layer Networks Elements Sub-Network Management Systems Planning Open Interfaces Network Modelling Fault Management Provisioning Performance Data Collector Billing Mediation BSS Layer Customer Care Sales and Marketing ERP, Operations, Finance Billing Customer Self- Provisioning Workflow Management Sales / Order Entry Performance Management Inventory Management

55 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Sistemas de Gerenciamento de Redes Arquiteturas Plataformas Aplicações

56 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Sistemas de Gerenciamento de Redes Sistemas de Gerenciamento são: –componentes de hardware –aplicações de software –procedimentos usados para monitorar, controlar, operar, coordenar, planejar, provisionar, administrar, relatar e contabilizar os recursos de redes e sistemas computacionais, os quais possibilitam que a comunicação aconteça.

57 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Sistemas de Gerenciamento de Redes Sistemas de Gerenciamento Corporativos são sistemas que provêem o gerenciamento de redes heterogêneas e sistemas computacionais –multi-fornecedores –multi-protocolos –multi-tecnologias

58 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Sistemas de Gerenciamento de Redes Rede de Gerenciamento de Telecomunicações ou Telecommunication Management Network (TMN) –representa o conceito de uma arquitetura funcional em camadas, interfaces padronizadas e mensagens –requeridas para: gerenciar recursos de telecomunicações prover suporte para atividades de gerenciamento associadas com as redes de telecomunicações

59 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Sistemas de Gerenciamento de Redes O conceito TMN é um exemplo vivo da tentativa do mundo industrial das telecomunicações de prover um ambiente padronizado de gerenciamento para redes de telecomunicações muito grandes, complexas e diversificadas.

60 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Sistemas de Gerenciamento

61 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Sistemas de Gerenciamento

62 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Sistemas de Gerenciamento Which vendor? Message format? Meaning of fields?

63 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Sistemas de Gerenciamento Vendor ID is standardized Message format is standardized Meaning of fields is standardized

64 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Arquiteturas de Gerenciamento de Redes Centralizadas Hierárquicas Distribuídas

65 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Arquiteturas de Gerenciamento de Redes Não há a melhor Depende do ambiente, do porte, etc Às vezes são reflexos da estrutura organizacional CENTRALIZADA DISTRIBUÍDASHIERÁRQUICAS

66 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Arquitetura Centralizada Centro de Gerência: –Para todos os alertas e eventos da rede gerenciada –Para toda a informação da rede –Para acesso a todas as aplicações de gerenciamento Numa arquitetura centralizada, um gerenciamento único é responsável por todas as tarefas em todos os dispositivos.

67 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Arquitetura Centralizada

68 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Arquitetura Hierárquica Não depende de um sistema único Há distribuição de tarefas Monitoração distribuída pela rede Armazenamento centralizado da informação Os usuários executam consultas localmente Os usuários usam um servidor para armazenamento

69 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Arquitetura Hierárquica

70 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Arquitetura Distribuída Centralizada + Hierárquica Múltiplas plataformas parceiras, cooperantes Localização única para info de rede e eventos Localização única para acesso a aplicações Independência de sistema único Distribuição das tarefas de gerenciamento Distribuição da monitoração Multiplos sistemas com bancos de dados completos

71 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Arquitetura Distribuída

72 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Plataformas de Gerenciamento A funcionalidade básica inclui: –Uma interface gráfica (GUI) –Mapas da rede gerenciada (topologia) –Sistema de gerenciamento de banco de dados (SGBD) –Métodos padronizados de consultar dispositivos –Sistemas de menus sob medida –Registro ou log de eventos

73 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Plataformas de Gerenciamento Adicionalmente: –Ferramentas gráficas –Interface de programação de aplicação (API - Aplication Program Interface) –Mecanismos de segurança do próprio sistema

74 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Plataformas de Gerenciamento As funções básicas de uma plataforma devem possibilitar ao engenheiro de rede ou operador executar as atividades em todas as áreas funcionais Exemplo: um engenheiro de rede ao produzir um gráfico de utilização de um enlace: –Decide quais informações são necessárias de cada componente da rede –Obtém os dados utilizando a plataforma (fazendo consultas) –Submete os dados a algum aplicativo, como uma planilha ou pacote gráfico

75 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Plataformas de Gerenciamento

76 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Plataformas de Gerenciamento Management application Management application Common interface Software platform Common function Common function Platform-based Applications Share of Access of Common Functions

77 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Plataformas de Gerenciamento Management application Management application Management application Middleware platform Common interface General-purpose platform Computer platform

78 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Plataformas de Gerenciamento Algumas plataformas existentes no mercado: –SunNet Manager - (SUN Microsystems) –HP OpenView - (Hewlett Packard) –IBM NetView/ (IBM) –Bull ISM - (Bull Systems) –DEC TEMIP - (DEC) –SIS - (Telemig)

79 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Aplicações de Gerenciamento Auxiliam no gerenciamento dos dispositivos Possibilitam a interpretação da informação coletada Algumas características –Objetivam um gerenciamento efetivo da planta –Possibilitam visões diferenciadas do mesmo dado –Devem se integrar às plataformas via APIs –Devem residir em múltiplas plataformas (desejável)

80 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Sistemas de Gerenciamento: Prática Para se escolher um sistema de gerenciamento, alguns passos são importantes: Levantamento dos dispositivos e recursos a gerenciar Priorização das áreas funcionais Definição dos domínios de gerenciamento Levantamento e estudo das aplicações a utilizar Escolha da plataforma Escolha das aplicações

81 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Modelagem de Informação A necessidade do entendimento comum da informação trocada entre: –sistemas computacionais –processos de software –sistemas de bancos de dados É a chave do sucesso da comunicação (para efeitos de gerenciamento)

82 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Modelagem de Informação O gerenciamento de redes é uma aplicação distribuída Necessita de modelagem da informação trocada –Tanto para equipamentos simples de redes, como roteadores, pontes, etc –Quanto para equipamentos e sistemas mais complexos, como centrais de comutação, sistemas de transporte de telecomunicações, etc

83 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Modelagem de Informação Princípio fundamental válido para ambas as abordagens: –Modelar a informação através de uma interface de comunicação, de modo que RECEPTOR e TRANSMISSOR interpretem a informação da mesma maneira

84 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Definição de um Template de Objeto Properties supplier name serial number equipment type card active state alarm status assigned phone number Representation string yes/no critical (0)/clear (1) numeric string SEMÂNTICA SINTAXE

85 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Definição de um Objeto Específico supplier name serial number equipment type card active state alarm status assigned phone number ADC cu ISDN Channel Card yes clear (1)

86 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Transferindo Informação de Gerenciamento Paradigma baseado em Mensagens Paradigma baseado em Objetos

87 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Paradigma Baseado em Mensagens Mensagens contém informação Usualmente cadeias de carecteres Ex: –TL1 : Transaction Language 1 – Bellcore –MML (ITU Z.300) : Man Machine Language

88 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Paradigma Baseado em Mensagens Baseados em posição Baseados em tags e valores ^^^RDBKN35672^ ^05:46:20 *C^101^REPT^ALM^T1 ^^^101:CR,T,SA,FEND,,261,259 ENT-LI:267943:143: :OE= ,MC=1P, CHT=FL,PIC=123

89 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Paradigma Baseado em Objetos Application in manager role PERFORMING OPERATIONS EMITTING NOTIFICATIONS Application in agent role

90 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Componentes de um Sistema de Gerência de Redes Agente: processo agente ou agente de gerenciamento –Reporta-se ao gerente Processo de gerenciamento: –Dirige as operações dos agentes Base de Informação de Gerenciamento (MIB): –Estrutura e conteúdo da informação de gerenciamento

91 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Definição de Classe de Objeto Gerenciado Um objeto gerenciado representa os aspectos de gerenciamento de um recurso Uma classe de objetos gerenciados definem as propriedades que são comuns para diferentes recursos –Placa de rede –Sistema computacional

92 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Definição de Classe de Objetos Gerenciados Uma classe de objetos gerenciados define um esquema um template com propriedades compartilhadas por objetos gerenciados que são instâncias dessa classe

93 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Exemplo de Classe de Objeto vs. Instância Equipment ID = SCNU 1 Vendor = ADC Location = New York Type = Controller State = enabled Equipment ID = CXMU 2 Vendor = ADC Location = New Orleans Type = Processor State = disabled Circuit Equipment ID Vendor Location Type State Manager Agent

94 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Objetos Gerenciados Pacotes mandatórios Pacotes condicionais

95 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Objetos Gerenciados Hardware –Estações de trabalho, roteadores, comutadores, PBXs, HUBs, pontes Software –Algoritmos de roteamento, rotinas de gerenciamento de espaço

96 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Identificação de Objetos

97 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Identificação de Objetos root ccitt(0) iso(1) org(3) dod(6) internet(1) mgmt(2) mib(1) experimental(3) private(4) enterprises(1) snmpv2(6) joint-iso-ccitt(2) = enterprises

98 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Padronização de Gerenciamento (TMN) M.3010 – Principles for a TMN M.3020 – TMN Interface Specification Methodology M.3100 – Generic Network Information Model M.3180 – Catalogue of TMN Management Information M.3200 – TMN Management Services M.3300 – TMN Management Capabilities Presented at the F Interface M.3400 – TMN Management Functions

99 © Departamento de Ciência da Computação - UFMG Padronização de Gerenciamento T1 NM Forum ATM Forum SIF : SONET Interoperability Forum TINA – Consortium EURESCOM ETSI


Carregar ppt "© Departamento de Ciência da Computação - UFMG Gerênciamento de Redes de Telecomunicações (e de Computadores)"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google