A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Computação Gráfica Teórica Centro Universitário da FEI Curso de Ciência da Computação Prof. Paulo Sérgio Rodrigues www.fei.edu.br/~psergio.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Computação Gráfica Teórica Centro Universitário da FEI Curso de Ciência da Computação Prof. Paulo Sérgio Rodrigues www.fei.edu.br/~psergio."— Transcrição da apresentação:

1 Computação Gráfica Teórica Centro Universitário da FEI Curso de Ciência da Computação Prof. Paulo Sérgio Rodrigues

2 Computação Gráfica Teórica Introdução à Computação Gráfica: Fundamentos

3 Computação Gráfica Teórica Definição: A computação gráfica pode ser entendida como o conjunto de algoritmos, técnicas e metodologias para o tratamento e a representação gráfica de informações através da criação, armazenamento e manipulação de desenhos, utilizando computadores e periféricos gráficos. Em termos de aplicação, ela pode ser dividida atualmente nas seguintes áreas:

4 Computação Gráfica Teórica Como se divide a Computação Gráfica? Síntese de Imagens

5 Computação Gráfica Teórica O que é um Modelo? Pode ser uma Equação:

6 Computação Gráfica Teórica O que é um Modelo? Pod ser em forma de Malha wireframe com preenchimento com iluminação

7 Computação Gráfica Teórica O que é um uma Malha? É basicamente um arquivo com de um grafo com regras de conexão

8 Computação Gráfica Teórica Como se divide a Computação Gráfica? Síntese de Imagens

9 Computação Gráfica Teórica Como se divide a Computação Gráfica? Síntese de Imagens

10 Computação Gráfica Teórica Síntese de Imagens

11 Computação Gráfica Teórica A Síntese de Imagens envolve: Estrutura de Dados: Memória principal, secundária, barramento e CPU Volume Rendering Textura Iluminação Displaying

12 Computação Gráfica Teórica A Síntese de Imagens envolve:

13 Computação Gráfica Teórica A Síntese de Imagens envolve: Volume Rendering

14 Computação Gráfica Teórica A Síntese de Imagens envolve: Escolha de Faces a serem Exibidas

15 Computação Gráfica Teórica A Síntese de Imagens envolve: Escolha de Faces a serem Exibidas

16 Computação Gráfica Teórica A Síntese de Imagens envolve: Escolha de Faces a serem Exibidas

17 Computação Gráfica Teórica A Síntese de Imagens envolve: Escolha de Faces a serem Exibidas

18 Computação Gráfica Teórica A Síntese de Imagens envolve: Escolha de Faces a serem Exibidas

19 Computação Gráfica Teórica A Síntese de Imagens envolve: Escolha de Faces a serem Exibidas

20 Computação Gráfica Teórica A Síntese de Imagens envolve: Escolha de Faces a serem Exibidas

21 Computação Gráfica Teórica A Síntese de Imagens envolve: Escolha de Faces a serem Exibidas

22 Computação Gráfica Teórica A Síntese de Imagens envolve: Escolha de Faces a serem Exibidas

23 Computação Gráfica Teórica A Síntese de Imagens envolve: Escolha de Faces a serem Exibidas

24 Computação Gráfica Teórica A Síntese de Imagens envolve: Visualização de Grandes Massas de Dados: Visualização Científica

25 Computação Gráfica Teórica A Síntese de Imagens envolve: Visualização de Grandes Massas de Dados: Visualização Científica

26 Computação Gráfica Teórica A Síntese de Imagens envolve: Visualização de Grandes Massas de Dados: Visualização Científica

27 Defeito por acidente Defeito Genético Defeito por patologia: câncer de maxilar Computação Gráfica Teórica A Síntese de Imagens: Aplicações: Área Médica: reconstrução Crâniofacial

28 1 -Tomografia 2 - Agrupamento 3 – Reconstrução 3D 4 – Modelagem Computação Gráfica Teórica A Síntese de Imagens: Aplicações: Área Médica: reconstrução Crâniofacial

29 Computação Gráfica Teórica A Síntese de Imagens: Aplicações: Área Médica: reconstrução Crâniofacial

30 Defeito adquirido Vista lateral Diversas vistas da prótese construída Diversas vistas da prótese Pós-operatório Computação Gráfica Teórica A Síntese de Imagens: Aplicações: Área Médica: reconstrução Crâniofacial

31 Modelo Gráfico Máquina de Prototipagem Modelo Físico Construído Computação Gráfica Teórica A Síntese de Imagens: Aplicações: Área Médica: reconstrução Crâniofacial Prototipagem Rápida

32 ab cd Computação Gráfica Teórica A Síntese de Imagens: Aplicações: Área Médica: reconstrução Crâniofacial

33 Computação Gráfica Teórica A Síntese de Imagens: Aplicações: Área Médica: reconstrução Crâniofacial

34 Computação Gráfica Teórica A Síntese de Imagens: Aplicações: Área Médica: reconstrução Crâniofacial

35 Computação Gráfica Teórica A Síntese de Imagens: Aplicações: Área GIS

36 Computação Gráfica Teórica A Síntese de Imagens: Aplicações: Simulações: Sistemas de Partículas

37 Computação Gráfica Teórica A Síntese de Imagens: Aplicações: Simulações: Sistemas de Partículas

38 Computação Gráfica Teórica A Síntese de Imagens: Aplicações: Simulações: Sistemas de Partículas

39 Computação Gráfica Teórica A Síntese de Imagens: Aplicações: Simulações: Sistemas de Partículas

40 Computação Gráfica Teórica A Síntese de Imagens: Aplicações: Simulações: Sistemas de Partículas

41 Computação Gráfica Teórica A Síntese de Imagens: Aplicações: Simulações: Sistemas de Partículas

42 Computação Gráfica Teórica A Síntese de Imagens: Aplicações: Simulações: Sistemas de Partículas

43 Computação Gráfica Teórica A Síntese de Imagens: Aplicações: Simulações: Sistemas de Partículas

44 Computação Gráfica Teórica A Síntese de Imagens: Aplicações: Realidade Aumentada

45 Computação Gráfica Teórica

46 Computação Gráfica: Regras da Disciplina

47 Como é tradição na FEI, serão realizadas duas provas teóricas: P1 e P2, cuja média, denominada nota teórica NT, será dada por NT = (P1 + P2)/2. Se NT < 5.0, então o aluno terá direito a P3. Nesse caso, a P3 substitui a P1 ou P2, na melhor situação para o aluno. Computação Gráfica Teórica e Prática

48 Regras da Disciplina Nota de Laboratório: NL Haverá uma prova de laboratório (PL)com data: dia 24 de Maio!! Haverá também notas de participação (NP) por dia frequentado em Laboratório. Cada dia frequentado, com as tarefas cumpridas, o aluno receberá até 1 ponto. Para ficar com nota máxima, NP = 10, o aluno deverá atingir 8 pontos, feito regra de três para as notas intermediárias entre 0 e 8. Ex: um aluno que atingiu 4 pontos, ficará com NP = 5.0, e um aluno que atingiu 6 pontos, ficará com NP = 7.5. Finalmente, a nota final de laboratório será NL = (PL + NP)/2. Computação Gráfica Teórica e Prática

49 Regras da Disciplina (Conti..) Se NL >= 5.0, então a Notal Final de Laboratório, denominada NFL = NL. Se NL < 5.0, o aluno terá direito a P3 de Laboratório, denominada P3L, e a NFL = P3L. Finalmente, a Nota Final da Disciplina, denominada NFD, é composta como: Computação Gráfica Teórica e Prática

50 Bibliografia OpenGL: uma abordagem prática e objetiva Marcelo Cohen Isabel Harb mansur Editora novatec

51 Bibliografia OpenGL: programming Guide Seventh Edition Dave Shreiner Editora Addison Wesley Melhor Comprar a Vesão 3.1, Sétima Edição

52 Bibliografia Computação Gráfica Teoria e Prática Aura Conci Campus


Carregar ppt "Computação Gráfica Teórica Centro Universitário da FEI Curso de Ciência da Computação Prof. Paulo Sérgio Rodrigues www.fei.edu.br/~psergio."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google