A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 1 MÁSCARAS Exemplos de 3 posições relativas de prédio fronteiro paralelo à fachada do prédio em estudo, para um ponto A.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 1 MÁSCARAS Exemplos de 3 posições relativas de prédio fronteiro paralelo à fachada do prédio em estudo, para um ponto A."— Transcrição da apresentação:

1 GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 1 MÁSCARAS Exemplos de 3 posições relativas de prédio fronteiro paralelo à fachada do prédio em estudo, para um ponto A

2 GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 2 Linhas horizontais paralelas ao plano da fachada, medidas por meio do ângulo, a partir do plano horizontal que passa pelo ponto de referência A Linhas verticais, fronteiras ao plano da fachada, medidas por meio do ângulo, a partir do plano normal à fachada, que passa pelo ponto de referência A Linhas horizontais perpendiculares ao plano da fachada, medidas por meio do ângulo, da esquerda ou da direita – e e d – a partir do plano horizontal que passa pelo ponto de referência A

3 GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 3 Como determinar, numa elevação/corte os ângulos de mascaramento tipo g, à esquerda ou à direita do ponto de referência A da fachada em questão.

4 GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 4 Ângulos de mascaramento determinados pelas linhas vertical à esquerda – e – a horizontal perpendicular ao plano da fachada e à esquerda - e

5 GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 5 Exemplo de quebra-sol horizontal, mostrando os limites dados por linhas horizontais paralela ao prédio e perpendiculares ao prédio. Mas, essas linhas, que determinam os ângulos a, b e g, também podem pertencer a elementos do próprio prédio, como as placas quebra-sol, por exemplo.

6 GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 6 Exemplos de brise-soleil vertical à esquerda e vertical à direita, para mostrar os limites representados pelas linhas verticais e horizontais perpendiculares ao prédio.

7 GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 7 Plantas e cortes mostrando o efeito do distanciamento dos pontos com relação à normal ao ponto A, da aresta do prédio fronteiro na obstrução causada

8 GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 8 Construção dos ângulos do gráfico auxiliar para traçado de máscaras

9 GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 9 Transferidor de ângulos da esquerda e da direita – e e d

10 GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 10 Gráfico Auxiliar para o Traçado de Máscaras Juntando os transferidores de ângulos e, tem-se o seguinte:

11 GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 11 Janela com quebra-sol horizontal para explicar ângulos e e d

12 GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 12 Transferidor de ângulos e e d, em projeção estereográfica

13 GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 13 Gráfico Auxiliar para o Traçado de Máscaras, contendo, e

14 GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 14 Gráfico Auxiliar para Traçado de Máscaras 360 o

15 GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 15 TRAÇADO DE MÁSCARAS DE OBSTRUÇÕES EXTERNAS Máscara produzida por um prédio fronteiro para observador no ponto A

16 GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 16 Máscara produzida por 2 prédios fronteiros para observador no ponto A

17 GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 17 Máscara produzida por 3 prédios, p/ observador no ponto O

18 GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 18 O efeito do mascaramento do conjunto da figura anterior em Recife, fachada norte

19 GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 19 Idem, para fachada leste

20 GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 20 O efeito do mascaramento do mesmo conjunto em Pelotas, RS, fachada norte

21 GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 21 Idem, fachada leste

22 GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 22 Máscaras produzidas pelos prédios 1,2 e 3, para observador no ponto O1 EFEITO DE MASCARAMENTO PARA DIVERSOS PONTOS DA FACHADA

23 GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 23 Máscaras produzidas pelos prédios 1,2 e 3, para observador no ponto O2

24 GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 24 Máscaras produzidas pelos prédios 1,2 e 3, para observador no ponto O3

25 GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 25 Máscaras produzidas pelos prédios 1,2 e 3, para observador no ponto O4

26 GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 26 Máscara produzida por um prédio, considerando a janela inteira de um compartimento

27 GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 27 MÁSCARA – PRAÇA Praça, em planta e cortes, com ângulos e determinados

28 GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 28 Máscara das edificações representadas por edifícios situados no contorno de uma praça, com observador no centro

29 GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 29 Máscara de brise-soleil horizontal TRAÇADO DE MÁSCARAS DE ELEMENTOS DA PRÓPRIA CONSTRUÇÃO BRISE-SOLEIL HORIZONTAL

30 GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 30 Máscara de brise horizontal mais curto que o da figura anterior no lado direito do observador

31 GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 31 Brise horizontal mais curto que o anterior no lado direito do observador, aponto de terminar na mesma prumada que o umbral

32 GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 32 Brise horizontal com os 2 lados terminando nas mesmas prumadas dos 2 umbrais

33 GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 33 Brise horizontal com lado direito = 1 o exemplo e lado esquerdo bem mais ampliado

34 GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 34 Brises horizontais que têm a mesma máscara que o do 1 o exemplo

35 GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 35 Mais 2 exemplos de brises horizontais com a mesma máscara que o do 1 o exemplo

36 GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 36 Brise horizontal com a mesma máscara de eficiência total que o 1 o exemplo, mas sem zona de eficiência nula

37 GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 37 Brises horizontais com a mesma máscara, e também sem zona de eficiência nula

38 GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 38 Máscara de um brise horizontal infinito

39 GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 39 Maquete mostrando como construir um quebra-sol horizontal que funcione como infinito

40 GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 40 Máscara de brise-soleil vertical à esquerda da janela BRISE-SOLEIL VERTICAL

41 GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 41 Máscara de brise-soleil vertical à direita da janela

42 GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 42 Máscara de brise-soleil vertical mais alto que o primeiro apresentado

43 GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 43 Máscara de brise vertical mais baixo que o primeiro apresentado

44 GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 44 Máscara de brise-soleil vertical da altura da janela

45 GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 45 Subdividindo o brise vertical, para trabalhar com elemento de menor dimensão – Exemplo 1

46 GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 46 Subdividindo o brise vertical, para trabalhar com elemento de menor dimensão – Exemplo 2

47 GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 47 Subdividindo o brise vertical, para trabalhar com elemento de menor dimensão e completando com um brise na outro umbral, para obter simetria – Exemplo

48 GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 48 Brise-soleil vertical infinito

49 GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 49 Máscara de uma composição brise-soleil horizontal e vertical – caixa regular COMPOSIÇÃO QUEBRA-SOL HORIZONTAL E VERTICAL

50 GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 50 Máscara de uma composição brise-soleil horizontal e vertical, sendo a placa do umbral direito mais estreita

51 GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 51 Máscara de uma composição brise-soleil horizontal e vertical, sendo a placa horizontal mais larga que as verticais

52 GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 52 Máscara de uma composição brise-soleil horizontal e vertical, sendo a placa horizontal mais estreita que as verticais

53 GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 53 Máscara de uma composição brise-soleil horizontal e vertical oblíquas ao plano da fachada

54 GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 54 Máscara de uma composição de placas subdivididas, porém mantendo os mesmos ângulos que os da caixa regular

55 GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 55 Máscara de uma composição brise-soleil horizontal e vertical de forma irregular

56 GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 56 Máscara de brise-soleil composto de uma placa vertical esquerda e uma placa horizontal infinita

57 GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 57 Máscara proporcionada por partes do próprio edifício, para janela de um segmento de fachada

58 GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 58 Máscara proporcionada por partes do próprio edifício; caso de um poço, janela em um dos lados – 1 o e 3 o pavimentos


Carregar ppt "GEOMETRIA DA INSOLAÇÃO – AULA 3 1 MÁSCARAS Exemplos de 3 posições relativas de prédio fronteiro paralelo à fachada do prédio em estudo, para um ponto A."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google