A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

INSTRUMENTAÇÃO CIRÚRGICA Arthur Aguiar Cirurgião Pediátrico 14.05.11.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "INSTRUMENTAÇÃO CIRÚRGICA Arthur Aguiar Cirurgião Pediátrico 14.05.11."— Transcrição da apresentação:

1 INSTRUMENTAÇÃO CIRÚRGICA Arthur Aguiar Cirurgião Pediátrico

2 Instrumentação Cirúrgica CONSIDERAÇÕES GERAIS Aço inoxidável Forma: visualizar, manobrar, diagnosticar e manipular Alto custo São classificados de acordo com o tempo operatório no qual são utilizados

3 Instrumentação Cirúrgica INSTRUMENTAIS DE DIÉRESE Figura 2: Lâminas de bisturi Figura 1: Cabo de bisturi nº 3 e 4 Fonte: UME Fonte:

4 Instrumentação Cirúrgica INSTRUMENTAIS DE DIÉRESE Figura 3: Empunhadura em caneta Figura 4: Empunhadura em arco de violino Fonte: UME

5 Instrumentação Cirúrgica INSTRUMENTAIS DE DIÉRESE Figura 5: Tesouras de Metzenbaum (A) e Mayo (B) Fonte: cal.vet.upenn.edu

6 Instrumentação Cirúrgica INSTRUMENTAIS DE DIÉRESE Figura 6: tesouras pontiaguda, romba e mista Fonte: UME

7 Instrumentação Cirúrgica INSTRUMENTAIS DE DIÉRESE Figura 7: Empunhadura de tesoura Fonte: UME

8 Instrumentação Cirúrgica INSTRUMENTAIS DE PREENSÃO Figura 8: Pinça anatômica Figura 9: Pinça dente de rato Fonte: produtos

9 Instrumentação Cirúrgica INSTRUMENTAIS DE PREENSÃO Figura 10: Pinça adson com ranhuras Figura 11: Pinça adson com dente Fonte: produtos

10 Instrumentação Cirúrgica INSTRUMENTAIS DE PREENSÃO Figura 12: Empunhadura de pinça anatômica Fonte: UME

11 Instrumentação Cirúrgica INSTRUMENTAIS DE HEMOSTASIA Figura 17: Pinças Hemostáticas Figura 18: Pinças Hemostáticas reta e curva Fonte: UME

12 Instrumentação Cirúrgica INSTRUMENTAIS DE HEMOSTASIA Figura 19: Pinças de Kelly e Crile Fonte: UME

13 Instrumentação Cirúrgica INSTRUMENTAIS DE HEMOSTASIA Figura 20: Pinça de Halsted Figura 21: Pinças de halsted e kelly Fonte: UME

14 Instrumentação Cirúrgica INSTRUMENTAIS DE HEMOSTASIA Figura 22: Pinça Mixter Figura 23: Pinça de Köcher Fonte: produtos Fonte: br

15 Instrumentação Cirúrgica INSTRUMENTAIS DE HEMOSTASIA Figura 24: Empunhadura de pinça hemostática Fonte: UME

16 Instrumentação Cirúrgica INSTRUMENTAIS DE AFASTAMENTO –Dinâmicos Figura 13: Afastador de farabeuf Figura 14: Afastador de doyen Fonte: produtos

17 Instrumentação Cirúrgica INSTRUMENTAIS DE AFASTAMENTO –Estáticos Figura 15: Afastador de FinochiettoFigura 16: Afastador de Gosset Fonte: produtos

18 Instrumentação Cirúrgica INSTRUMENTAIS ESPECIALIZADO –Têm finalidades específicas nos tempos operatórias principais –Dependem da cirurgia Figura 25: Pinça de BackausFigura 26: Pinça de Allis Fonte: produtos

19 Instrumentação Cirúrgica INSTRUMENTAIS DE SÍNTESE Figura 27: Porta-agulha de Mayo-hegar Figura 28: Porta-agulha de Mathieu Fonte: produtos

20 Instrumentação Cirúrgica INSTRUMENTAIS DE SÍNTESE Figura 29: Empunhadura de porta-agulha de mayo-hegar Fonte: UME

21 Instrumentação Cirúrgica ARRUMAÇÃO NA MESA DE INSTRUMENTAIS DiéresePreensão Hemostasia AfastamentoEspecialSíntese

22 Instrumentação Cirúrgica ARRUMAÇÃO DA MESA DE INSTRUMENTAIS CIR1º A 2º A INST

23 Gestos que falam

24 BISTURI O cirurgião manterá os dedos da mão direita semifletidos e juntos, fazendo dois ou três movimentos pendulares. PINÇA ANATÔMICA Com os três últimos dedos semifletidos, enquanto que o indicador e polegar repetem movimentos de aproximação e separação.

25 TESORA Com os dedos indicador e médio estendidos, fazendo movimentos repetidos de aproximação e separação. KELLY Com o anular e o mínimo fletidos, enquanto o polegar, indicador e médio são estendidos mais ou menos paralelos

26 ALLIS - BABCOCK São pedidos com os três últimos dedos fletidos contra a palma da mão e o polegar e indicador em meia flexão, como que puxando um gatilho. BACKHAUS Pede-se com a mão fechada e o polegar entre o indicador e o médio (sinal da figa).

27 PORTA-AGULHAS Pede-se com os quatro últimos dedos juntos e semifletidos e o polegar parcialmente fletido no lado oposto, executando a mão pequenos movimentos de rotação. GOSSET Pede-se este afastador com os dedos médio e indicador de ambas as mão semifletidose com os demais dedos completamente fletidos sobre a palma da mão,fazendo um movimento de afastar que imita os ramos do Gosset. VALVA DE DOYEN Pede-se com os dedos juntos, estiradose em ângulo de 90º sobre o resto da mão.

28 FARABEUF Solicitado com o dedo indicador semifletido e os demais completamente fletidos. FIO EM CARRETEL Pede-se com a mão estendida e msupinação (palma para cima) e a ponta dos dedos fletida.

29 FIO SOLTO Pede-se com a mão em pronação (palma para baixo) e dedos semifletidos. COMPRESSA Pedem-se cm a mão estendida em supinação e os dedos juntos.


Carregar ppt "INSTRUMENTAÇÃO CIRÚRGICA Arthur Aguiar Cirurgião Pediátrico 14.05.11."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google