A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

3. Estruturas de controle Centro Federal de Educação Tecnológica da Paraíba Coordenação de Informática Professor: Lafayette B. Melo LINGUAGEM C.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "3. Estruturas de controle Centro Federal de Educação Tecnológica da Paraíba Coordenação de Informática Professor: Lafayette B. Melo LINGUAGEM C."— Transcrição da apresentação:

1 3. Estruturas de controle Centro Federal de Educação Tecnológica da Paraíba Coordenação de Informática Professor: Lafayette B. Melo LINGUAGEM C

2 3. Estruturas de controle TÓPICOS 1. Introdução à Linguagem C 2. Operadores e Expressões 3. Estruturas de Controle 4. Entrada e Saída 5. Matrizes e strings 6. Funções 7. Ponteiros 8. Estruturas e Uniões 9. Arquivos Texto 10. Arquivos Binários

3 3. Estruturas de controle Os comandos de controle de fluxo são utilizados para definir o fluxo de execução do programa e podem ser agrupados em comandos de laço e de decisão Veremos então: –Comandos de decisão If e if – else switch Comandos de laço for while do-while goto 3. Estruturas de controle

4 O que são –Os comandos de Controle de Fluxo são utilizados para definir o fluxo de execução do programa –Podem ser agrupados nos comandos if, switch, while, for, do- while e goto IF –Sintaxe: if (condição) comando; else comando; –Apenas um dos comandos, o associado ao if ou o associado ao else será executado

5 3. Estruturas de controle Programa com if - número mágico main() { int magico,adivinha; randomize(); magico = random (100); printf (Adivinhe o numero!); scanf (%d,&adivinha); if (adivinha == magico) printf (Ok, voce acertou!); else printf (Voce errou!!); }

6 3. Estruturas de controle –If aninhado: if objeto de um else ou de outro if –if (x)if (x) { if (y) printf (ola!);if (y) printf (ola); else printf (oi!);} else printf (oi!); –Escada if-else-if if (condição) comando; else if (condição) comando; else if (condição) comando;...

7 3. Estruturas de controle Programa modificação de número mágico if (adivinha == magico) { printf (Ok, voce acertou!\n); printf (%d e o numero magico\n); } else if (adivinha > magico) printf (valor alto!\n); else printf (valor baixo!\n);

8 3. Estruturas de controle –Expressões Condicionais: em C o fato de não se utilizar nas condições do If apenas operadores lógicos ou de atribuiçao pode se resultar em ganho Programa divisão do primeiro pelo segundo número main() { int a, b; printf (digite dois numeros: ); scanf (%d%d,&a,&b); if (b) printf (%d\n,a/b); else printf (não divido por zero\n); }

9 3. Estruturas de controle Note que: int num; if (num != 0)… if (num == 0)… for (i = 0; string[i] != \0; i++) EQUIVALE A int num; if (num)… if (!num)… for (i = 0; string[i]; i++)

10 3. Estruturas de controle SWITCH - substitui a escada if-else-if –O computador testa uma variável sucessivamente contra uma lista de valores. Sintaxe: switch (variável) { case constante1 : sequência de comandos break; case constante2: sequência de comandos break;... default: sequência de comandos } O switch só testa constantes! Não pode haver 2 constantes case com valores iguais no mesmo switch!

11 3. Estruturas de controle Programa switch de menu...char ch; printf (1. Verificar erros \n); printf (2. Corrigir erros \n); printf (3. Exibir erros \n); printf (4. Outra opção \n); ch = getchar(); switch (ch) { case 1: verficar(); break; case 2: corrigir(); break; case 3: exibir(); break; default: printf(nenhuma opção escolhida); }

12 3. Estruturas de controle Programa de saída int t; for (t=0;t<10;t++) switch (t) { case 1: printf (Agora); break; case 2: printf (é); case 3: case 4: printf (hora ); printf ( de ir embora! \n); case 5: case 6: printf (vamos... ); break; case 7: case 8: case 9: printf (-); };

13 3. Estruturas de controle Programa de switch aninhado switch (x) { case 1: switch (y) { case 0: printf(erro na divisão); break; case 1: processa (x,y); } case 2:... –Obs.: Loops - permitem que o computador repita um conjunto de instruções até que alcance uma certa condição

14 3. Estruturas de controle FOR - faz o incremento um número determinado de vezes e de acordo com determinadas condições. Sintaxe: –for (inicialização; condição; incremento) comando Programa exemplo simples main() { int x; for (x=1;x<=100;x++) printf (%d,x); }

15 3. Estruturas de controle Programa exemplo de decremento main() { int x; for (x=100;x>0;x--) printf (%s,x); } Programa exemplo de atribuição main() { int x; for (x=0;x<=100;x=x+5) printf (%d,x); }

16 3. Estruturas de controle Cuidado com a condição falsa !!! x=10; for (y=10;y!=x;++y) printf (%d,y); printf (%d,y); Programa variação com duas variáveis de controle main() { int x,y; for (x=0,y=0;x+y<100;++x,y++) printf (%d,x+y); }

17 3. Estruturas de controle Programa com condições como expressões válidas em c main() { int i, j, resposta; char feito = ; for (i=1;i<100 && feito != N;i++) { for (j=1;j<10;j++) { printf (quanto e %d + %d?,i,j); scanf (%d,&resposta); if (resposta != i+j) printf (Errado\n); else printf (Certo \n); } printf(mais? ); feito = getche(); }

18 3. Estruturas de controle Variação de expressões válidas em c em qualquer lugar do for main() { int t; for (prompt();t=readnum();prompt()) sqrnum(t); } prompt() { printf (digite um inteiro: ); } readnum() { int t; scanf(%d,&t); return t; } sqrnum(num) int num; { printf(%d\n,num*num); }

19 3. Estruturas de controle For sem todas as expressões for (x=0;x!=123;) Loop infinito for (;;) printf (este loop rodará para sempre\n); Saindo de um Loop for (;;) { ch = getche(); if (ch == A) break; } printf (voce digitou um A); Loop sem corpo (retardo) for (t=0;t < ALGUM_VALOR;t++);

20 3. Estruturas de controle WHILE - enquanto uma condição ocorre repete. Sintaxe: while (condição) comando; Exemplo simples espera_por_char() { char ch; ch = \0; while (ch != A) ch = getche(); }

21 3. Estruturas de controle Condições separadas-1 variável como expressão condicional funcao1() { int trab; trab = 1; while (trab) { trab = process1(); if (trab) trab = process2(); if (trab) trab = process3(); }

22 3. Estruturas de controle Exemplo simples main() { char str[255]; printf(digite uma sequencia: ); gets (str); center (strlen(str)); printf(str); } center(len) int len; { len = (80 - len)/2; while (len>0) { printf( ); len--; }

23 3. Estruturas de controle DO-WHILE - repete algo enquanto uma condição ocorre. Sintaxe: do { comando; } while (condição); Exemplo simples main() { int num; do { scanf (%d,&num); } while (num < 100); O do-while é muito usado para rotina seleção de menu!!!

24 3. Estruturas de controle Programa - número mágico outra versão main() { int magico,adivinha, tentativas=0; randomize(); magico = random (100); do { printf(adivinhe: ); scanf (%d,&adivinha); if (adivinha == magico) { printf (** acertou **); printf (%d e o numero magico\n,magico); } else if (adivinha> magico) printf (valor alto); else printf (valor baixo); tentativas++; } while (adivinha != magico); printf (voce tentou %d vezes\n,tentativas); }

25 3. Estruturas de controle Loops aninhados - exemplo das 4 potências de 1 a 9 main() { int i, j, k, temp; printf (i i^2 i^3 i^4 i^5\n); for (i=1;i<10;i++) { for (j=1;j<5;j++) { temp = 1; for (k=0;k

26 3. Estruturas de controle Uso de break e continue int t; for (t=0;t<100;t++) { printf (%d,t); if (t==10) break; } int x; for (x=0;x<100;x++) { if (x%2) continue; printf (%d,x); } Uso de rótulos e goto


Carregar ppt "3. Estruturas de controle Centro Federal de Educação Tecnológica da Paraíba Coordenação de Informática Professor: Lafayette B. Melo LINGUAGEM C."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google