A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

2.3. SENSORIAMENTO REMOTO 2.3. Energia Eletromagnética

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "2.3. SENSORIAMENTO REMOTO 2.3. Energia Eletromagnética"— Transcrição da apresentação:

1 2.3. SENSORIAMENTO REMOTO 2.3. Energia Eletromagnética
Espectro Eletromagnético Regiões mais importantes do espectro eletromagnético para o Sensoriamento Remoto

2

3 FONTES DE RADIAÇÃO Emite Radiação Eletromagnética
Resultado de suas oscilações atômicas e moleculares Geleiras, nuvens, pessoas, objetos, planetas, estrelas, culturas Temperatura superior à zero absoluto (0 K ou -273o C)

4

5 NATUREZA DA RADIAÇÃO ELETROMAGNÉTICA
MODELO CORPUSCULAR (OU QUÂNTICO) REM É CONCEBIDA COMO O RESULTADO DA EMISSÃO DE PEQUENOS PULSOS DE ENERGIA MODELO ONDULATÓRIO REM SE PROPAGA NA FORMA DE ONDAS FORMADAS PELA OSCILAÇÃO DOS CAMPOS ELÉTRICO E MAGNÉTICO

6 PROPRIEDADES DAS ONDAS
Refração: quando a onda passa de um meio menos denso para outro, mais denso, a mudança de velocidade resulta em mudança de direção. Quando uma onda encontra uma superfície de dois meios, ela se refrata e se reflete.

7

8 TEORIA ONDULATÓRIA Características Físicas:
Velocidade (V) de propagação no vácuo: 3 x108 m/s Freqüência (f): número de ondas que passam por um ponto no espaço num determinado tempo. Comprimento de onda (λ): distância entre dois pontos semelhantes da onda.

9 λ= V/f

10 REPRESENTAÇÃO DA ONDA ELETROMAGNÉTICA

11

12 Detectar radiação eletromagnética numa extensa faixa espectral
Tecnologia Atual Detectar radiação eletromagnética numa extensa faixa espectral Espectro Eletromagnético

13 ESPECTRO ELETROMAGNÉTICO
Conjunto de comprimentos de onda que compõem a REM e que pode ser dividido, didaticamente, em um certo número de regiões espectrais.

14 Fonte:http://educar.sc.usp.br/otica/luz.htm

15

16 LEIS DA RADIAÇÃO Explica as variações de intensidade da radiação eletromagnética, ao longo do espectro eletromagnético. Acima de 0 oK ou -273 oC: absorve ou emite.

17 CONCEITOS RADIOMÉTRICOS

18 IRRADIÂNCIA intensidade do fluxo radiante,
proveniente de todas as direções, que atinge uma dada superfície.

19 IRRADIÂNCIA

20 O ESPECTRO DE EMISSÃO SOLAR

21 Fluxo de radiação que deixa a superfície em
EXCITÂNCIA Fluxo de radiação que deixa a superfície em todas as direções

22 EXCITÂNCIA

23 REFLECTÂNCIA e o fluxo nele incidente.
razão entre fluxo refletido por um objeto e o fluxo nele incidente.

24 Fonte: http://educar.sc.usp.br/otica/

25 Fonte: http://educar.sc.usp.br/otica/

26 Fonte: http://educar.sc.usp.br/otica/

27 Fonte:http://educar.sc.usp.br/otica/

28 razão entre fluxo absorvido por um objeto e o fluxo nele incidente.
ABSORTÂNCIA razão entre fluxo absorvido por um objeto e o fluxo nele incidente.

29

30 razão entre fluxo transmitido por um objeto e o fluxo nele incidente.
TRANSMITÂNCIA razão entre fluxo transmitido por um objeto e o fluxo nele incidente.

31

32

33

34 Unidades de medidas da radiação eletromagnética
Angstron (1Å = metros) Nanômetro (1nm = 10-9 metros) Micrômetro (1µm = 10-6 metros) Quilohertz (1KHz = 103 Hertz) Megahertz (1Mhz = 106 Hertz) Gigahertz (1GHz = 109 Hertz)

35 REGIÕES MAIS IMPORTANTES DO ESPECTRO ELETROMAGNÉTICO PARA O SENSORIAMENTO REMOTO
:

36

37

38 EFEITOS ATMOSFÉRICOS NA PROPAGAÇÃO

39 “bandas de absorção da atmosfera”
atmosfera é opaca = não permite a passagem da radiação eletromagnética “bandas de absorção da atmosfera” atmosfera é transparente = permite a passagem da radiação eletromagnética "janelas atmosféricas"

40 ABSORÇÃO A ENERGIA DE UM FEIXE DE RADIAÇÃO ELETROMAGNÉTICA É TRANSFORMADA EM OUTRAS FORMAS DE ENERGIA. É UMA ATENUAÇÃO SELETIVA CONSTITUINTES: VAPOR D'ÁGUA, OZÔNIO, MONÓXIDO DE CARBONO

41 O ESPECTRO DE EMISSÃO SOLAR

42 RADIAÇÃO ELETROMAGNÉTICA MUDA DE DIREÇÃO.
ESPALHAMENTO RADIAÇÃO ELETROMAGNÉTICA MUDA DE DIREÇÃO. CONSTITUINTES: FUMAÇA, POEIRA, NEBLINA, NUVENS

43 Tipos de espalhamento Molecular ou Rayleigh (E = 1/λ4) Mie (E = 1/ λ2)
Não Seletivo

44

45 Regiões mais importantes do espectro eletromagnético para o sensoriamento remoto
Visível: 0,4 a 0,72 m Infravermelho Próximo: 0,72 a 1,3 m Infravermelho Médio: 1,3 a 3,0 m Infravermelho Termal: 7,0 a 15,0 m


Carregar ppt "2.3. SENSORIAMENTO REMOTO 2.3. Energia Eletromagnética"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google