A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Conceitos Básicos de Acústica Para Sistemas de Forro e Parede Conceitos básicos de acústica para sistemas de forro e parede – 2005 [G – ABP – Vendas –

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Conceitos Básicos de Acústica Para Sistemas de Forro e Parede Conceitos básicos de acústica para sistemas de forro e parede – 2005 [G – ABP – Vendas –"— Transcrição da apresentação:

1 Conceitos Básicos de Acústica Para Sistemas de Forro e Parede Conceitos básicos de acústica para sistemas de forro e parede – 2005 [G – ABP – Vendas – Treinamento – Apresentações do CES – Conceitos básicos de acústica – 2005]

2 – 2 – 2 Revisar os termos e conceitos de acústica. Identificar aplicações práticas destas informações. Explicar o que perguntar quando você for apresentado a novos produtos. Discutir recursos de aprendizagem adicionais. Introdução ao Seminário de Acústica

3 – 3 – 3 Pesquisas Independentes Confirmam Que o Ruído: Reduz a eficiência dos funcionários. Aumenta os níveis de estresse. Reduz a satisfação dos funcionários. É citado pelos funcionários como o principal problema que afeta a produtividade. Fonte: Estudo sobre acústica ASID/Yankelovich Então Por Que Devo Aprender Sobre Acústica?

4 – 4 – 4 Pesquisas independentes Confirmam Que o Ruído: É o principal problema nos ambientes em quase um terço dos sistemas de educação dos EUA. Leva os alunos a perderem um terço da comunicação verbal em sala. Interfere na compreensão do discurso. Fonte: Coalizão para acústica em sala de aula Então Por Que Devo Aprender Sobre Acústica?

5 – 5 – 5 Ruído Escritórios: Telas de computador mais amplas (de 13" a 17") refletem mais ruído da fala, conferências em vídeo e computadores ativados por voz acrescentam ruído de fala ao plano aberto. Escolas: 28% das escolas dos EUA citam o ruído como o principal problema. O esforço para conter o ruído leva os professores à fadiga vocal, e prejudica a aprendizagem geral para todos os alunos. Além disso, as crianças mais jovens com infecções no ouvido médio costumam experimentam perda auditiva significativa. Centros médicos: As regulamentações do HIPAA que entraram em vigor em abril de 2003 solicitam que "garantias razoáveis " sejam tomadas para proteger as informações eletrônicas, escritas e orais do paciente. Ruído: Tendências por Aplicação

6 – 6 – 6 Ginásios. Salas multi-uso (escola, igreja, centro comunitário). Refeitórios. Salas de aula. Centros médicos: salas para exames, consultórios. Escritórios em plano aberto e privados. Áreas ou Locais Com Problemas Acústicos

7 – 7 – 7 Diferentes Requisitos de Desempenho por Espaço Áreas ou Locais Com Problemas Acústicos Espaços fechados. Distração limitada para o aprendizado. Conversas privadas: administração. Espaços fechados. Necessidades de durabilidade: outros requisitos do forro. Controle acústico geral. Espaços amplos (saguões e cafeterias). Áreas normalmente ativas. Controle acústico geral.

8 – 8 – 8 Conceitos Básicos de Fala e Audição: Volume (Nível) 120 dB 100 dB 80 dB 60 dB 40 dB 29 dB 0 dB Ensurdecedor Muito alto Alto Moderado Baixo Muito baixo Avião Prensa tipográfica Cafeteria barulhenta Conversa (fala) Residência tranquila Sussurro Limiar da audição

9 – 9 – 9 Frequência (Hz) *As vibrações abaixo de 20 Hz não são audíveis, mas pode ser sentidas. Referência: E. H. Berger et al (eds.), Manual de ruído e da conservação auditiva, Associação Americana de Higiene, Akron, Ohio. piano ,00020*32,00020,000 amplitude auditiva de um jovem amplitude auditiva de um idoso vogais FALA consoantes C-média estéreo de alta fidelidade piano Conceitos Básicos de Fala e Audição: Altura (Frequência)

10 – 10 – 10 litúrgica sinfonia ópera auditório igrejas auditório multi-propósito pequeno teatro sala de conferência sala de aula Música Conversa e Música Conversa Diretrizes do Desempenho Acústico por Espaço Tempo de Reverberação O tempo que leva para o som parar de circular em uma sala após sua fonte cessar

11 – 11 – 11 Uso pretendido para a sala. Se houver assentos, de que tipo será o assento. Quantas pessoas ocuparão o espaço. Tamanho de cada superfície (paredes, pisos e forro). Material atual do qual cada superfície é feita, ou coberta. Valores de absorção para o material da superfície. Material desejado para o projeto (identificar as restrições orçamentárias). Cálculos do Tempo de Reverberação Informações Necessárias Para o Cálculo de Reverberação

12 – 12 – 12 Materiais Forros Paredes 1)Absorção0,90 ou 90% 2) Reflexão0,10 ou 10% 3) Transmissão0,10 ou 10% Quando o Som Atinge Uma Superfície 100% 10% Reflexão Transmissão Absorção 80%

13 – 13 – 13 Reflexão Absorção Coeficiente de absorção Absorção em % Material: absorvente Absorção de Som

14 – 14 – 14 Tratamentos: Espumas, materiais fibrosos, tábuas perfuradas. Acabamentos: Tecidos: verdadeiros ou sintéticos. Películas: sólidas, perfuradas. Painéis perfurados de metal ou madeira. Aplicações: Distribuídos por todo o espaço (não concentrados em uma determinada área). Que Materiais São Bons Para a Absorção de Som?

15 – 15 – 15 Indica a capacidade de uma superfície de absorver o som de todos os ângulos em um espaço fechado. Expressa por um número entre 0,00 e 1,00. Quanto maior for o número, melhor a superfície atua como um absorvente. Conceitos Acústicos: Absorção de Som Coeficiente de redução de ruído (NRC)

16 – 16 – 16 Forro acústico de alto desempenhoNRC 0,80 a 1,00 Paredes acústicas de alto desempenhoNRC 0,60 a 0,85 Forro acústico típicoNRC 0,50 a 0,75 Carpete comercialNRC 0,20 a 0,25 Painel de parede de gesso de 1/2"NRC 0,05 Parede de concretoNRC 0,00 NRC Típico Para Materiais Acústicos Índice de NRC dos Produtos de Forro Típicos

17 – 17 – 17 Métodos de Montagem do Material: Paredes Método A: O material pode ser instalado diretamente em uma superfície existente da parede. Método D: Uma cavidade de ar é criada entre uma parede existente e o tratamento da parede; o que costuma melhorar a absorção do som em um ambiente Métodos de montagem por ASTM E 795. Dois Tipos de Práticas de Instalação de Teste: A e D

18 – 18 – 18 Medida do ruído da fala refletida que passa sobre a parte superior dos sistemas de mobiliário em estações de trabalho adjacentes. Quanto maior for o número, melhor. AC igual a/ou maior que 200 é melhor para áreas em plano aberto. Conceitos acústicos: Absorção de Som Classe de Articulação (AC)

19 – 19 – 19 Céu aberto (limite teórico)AC 240 Fibra de vidro de alto desempenhoAC 210 a 190 Fibra mineral de alto desempenhoAC 180 a 170 Fibra mineral padrãoAC 160 a 140 Gesso/vidroAC 120 Índice de AC do Sistema de Forro AC Típico Para Produtos de Forro

20 – 20 – 20 Absorção de Som: Comparando AV e NRC Forros de Fibra Mineral de AC Alto Versus NRCAlto [NRC equivalente 0,70]

21 – 21 – 21 Considerações Acústicas Adicionais Absorção de Som: Design e Layout do Espaço A altura doforro pode ter influência sobre a absorção de som. Forros altos: um percurso maior para o som percorrer. Forros baixos: o desempenho do forro é fundamental. Tratamento acústico localizado pode afetar drasticamente os espaços com estrutura exposta. Desafio para o mascaramento de som uniforme em áreas de plano aberto. O forro com nuvem acústica absorve o som nas áreas necessárias. Luminárias e outros dispositivos no plano do forro As luminárias pendentes são a melhor opção.

22 – 22 – 22 Materiais Forros Paredes 1)Absorção0,90 ou 90% 2) Reflexão0,10 ou 10% 3) Transmissão0,10 ou 10% Perda de Tansmissão 100% 10% Reflexão Transmissão Absorção 80%

23 – 23 – 23 Mede a capacidade do forro embloquear o som de uma sala para a outra (salas que compartilham o mesmo forro). Quanto maior for o número, melhor. Forros com CAC de 35 ou maior são comuns em escritórios fechados. Conceitos Acústicos: Perda de Transmissão Classe de Atenuação do Forro(CAC)

24 – 24 – 24 Painel de fibra mineral de alto desempenhoCAC de 40 Painel de fibra mineral típicoCAC de 35 Painel de fibra de vidrio com revestimento acústico CAC de 25 Fibra de vidro sem revestimento acústicoCAC de 15 CAC dos Forros Típicos

25 – 25 – 25 Conceitos Acústicos: Perda de Transmissão Mede a capacidade de uma parede em bloquear o som de um lado de um ambiente para o outro. Quanto maior for o número, melhor. Uma parede com um STC igual a/ou maior que 55 é considerada de alto desempenho. Classe de Transmissão de Som (STC)

26 – 26 – 26 Alicerces de metal padrão com duas camadasSTC 50 a 54 GWB de 1/2" com isolamento R-11 Alicerces de metal padrão com GWB de 1/2"STC 45 a 49 com isolamento R-11 Alicerces de metal padrão com GWB de 1/2"STC 35 a 39 STC das Paredes Tipicas

27 – 27 – 27 Aonde Mais o Som é Transmitido de/para Uma Sala Típica Moldura da porta. Tomadas elétricas. Luminárias de forro. Difusores de ar. Aspersores. Transmissão de Som

28 – 28 – 28 Teoria em Prática Processo de Design Acústico em Três Etapas 1. Compreender a necessidade acústica básica. 2. Aplicar a estratégia acústica correta. 3. Escolher os materiais acústicos apropriados. Aplicando o que Você Aprendeu

29 – 29 – 29 Tamanho: 324m² (27m x 12m) Altura do Forro: 3,65m Paredes: Bloco de concreto para a laje. Piso: Piso vinílico. forro atual: Painel de fibra mineral de 625 x 1250 x 16mm " em uma grade de barra em T de 24mm(NRC de 0,55). Necessidade acústica: Reduzir o ruído no ginásio e tornar o espaço menos ativo. O tempo de reverberação atual é de 93 segundos – muito barulhento para a compreensão da fala. 1º caso de estudo: Ginário de educação física

30 – 30 – 30 1.Necessidade Reduzir o ruído no ginásio e tornar o espaço acústica: menos ativo. Reduzir o tempo de reverberação de 93 segundos para.60 segundos (40% de melhora). 2.Estratégia Acústica Melhora absorção de som do forro. : 3.Material: Apropriada Instalar forro de fibra de vidro 625 x 1250 x 25mm. Painéis com NRC = 0,95. 4.Resultados: Reverberação reduzida para 57 segundos. Soluções e Resultados do Desempenho Acústico Ginásio de Educação Física

31 – 31 – 31 Tamanho:12m2 (4 x 3m Altura do Forro: 3,5m Forro/Paredes: Atualmente feita de gesso. Piso: Piso vinílico de 3mm Necessidade acústica: Reduzir o ruído no ambiente impedir a intrusão de ruído nos espaços adjacentes (o tempo de reverberação atual é de 2,11 segundos). Estratégia acústica: Melhorar a absorção de som do forro e da parede; Melhorar o bloqueio de som através da parede adjacente. Área de equipamentos mecânicos (fotocopiadora, fax, etc.) 2º Estudio de Caso: Sala de Trabalho no Computador

32 – 32 – 32 Instalar forro suspenso de NRC 0,50. Tempo de reverberação =.74 segundos. Redução de som = significativa e perceptível. Instalarforro suspenso de NRC 0,50 e painéis de parede acústica de 19mm resvestidos em tecido de fibra mineral em uma parede longa Tempo de reverberação = 0,43 segundos. Redução de som = grande redução perceptível de ruído. Isolamento melhorado = a classificação de STC agora é 43 (era 38). Instalar forro suspenso de NRC 0,70. Tempo de reverberação = 0,58 segundos. Redução de som = redução significativa na altura do som. Escolher os Materiais Acústicos Apropriados Soluções e Resultados do Desempenho Acústico

33 – 33 – 33 Exemplo 1: Piscina Exercícios aAcústicos Tamanho: 324m² (27 x12m) Altura do Forro: 7,5m Paredes:Bloco de concreto. Laje:Bloco de concreto. Forro atual: Laje de metal exposta.

34 – 34 – 34 Processo de design acústico em três etapas 1.Necessidade acústica básica. As paredes e a laje ao redor da piscina são em bloco de concreto. Reduzir o ruído total no espaço. 2. Aplique a estratégia acústica: Forro com NRC alto. Forro que pode resistir à umidade e a produtos químicos. 3. Escolha os materiais acústicos: Forro com base em cerâmica de NRC 0,55 Grade resistente à ferrugem e à corrosão. Exemplo 1: Piscina Exercício da Piscina

35 – 35 – 35 Exemplo 2: Sala Multiplo-Uso Exercícios Acústicos Tamanho: 360m² (24 x15m) Altura do forro: 5,5m Paredes:Paredes de bloco selado. Piso:Piso resistente. Forro atual: Laje metálica exposta. Utilizações:Cafeteria, Ginásio, Salão de Reuniões.

36 – 36 – 36 Processo de design acústico em três etapas 1.Necessidade acústica básica. Reduzir o ruído no espaço. Reduzir o som transmitido aos espaços adjacentes. 2. Aplique a estratégia acústica: Forro com NRC e CAC altos. Material da parede com STC alto. 3. Escolha os materiais acústicos: Forros que podem resistir aos fatores externos. Potencial para segurar grampos e impedir o deslocamento. Exemplo 2: Sala Múltiplo-Uso Exercício da Sala Múltiplo-Uso

37 – 37 – 37 Todos os grandes fabricantes gerenciam instalações acústicas aprovadas pela NVLAP - para propósitos de testes internos. Sempre baseie a sua seleção de produtos em forros com desempenho acústico classificado pela UL. Isso garantirá que o forro cumpra ou exceda os valores publicados. Alguns fabricantes classificarm o desempenho de NRC e CAC apenas por meio da UL em seus forros de fibra mineral. Avaliação de Um Produto Acústico

38 – 38 – 38 Mais cursos do CES do AIA disponíveis: 1.Acústica em sala(s) de aula 2.Privacidade da conversa (fala) no design de escritórios 3.Privacidade da conversa (fala) em centros médicos 4.Estratégias de design acústico para paredes Recursos Adicionais

39 – 39 – 39 Por quê o conhecimento da acústica é importante em muitos espaços de escritório, educação e saúde. Coeficiente de redução de ruído (NRC) e classe de articulação (AC) como as principais medidas de absorção de som. Classe de transmissão de som (STC) e classe de atenuação do forro (CAC) como as principais medidas de transmissão de som. O processo básico de três etapas para aplicações adequadas de forros e paredes acústicas. Resumo Revisamos:


Carregar ppt "Conceitos Básicos de Acústica Para Sistemas de Forro e Parede Conceitos básicos de acústica para sistemas de forro e parede – 2005 [G – ABP – Vendas –"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google