A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Ordenação de Dados em Memória BASEADO NA APRESENTAÇÃO DE Prof. Ronaldo S. Mello INE5384 - Estruturas de Dados UFSC-CTC-INE.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Ordenação de Dados em Memória BASEADO NA APRESENTAÇÃO DE Prof. Ronaldo S. Mello INE5384 - Estruturas de Dados UFSC-CTC-INE."— Transcrição da apresentação:

1 Ordenação de Dados em Memória BASEADO NA APRESENTAÇÃO DE Prof. Ronaldo S. Mello INE Estruturas de Dados UFSC-CTC-INE

2 Ordenação de Dados Processo bastante utilizado na computação de uma estrutura de dados Dados ordenados garantem uma melhor performance de pesquisa a uma ED –busca seqüencial evita a varredura completa de uma lista de dados –busca binária só é possível se os dados estão ordenados apresenta baixa complexidade

3 Compromisso A complexidade da ordenação da ED não deve exceder a complexidade da computação a ser feita na ED sem o processo de ordenação Exemplo: deseja-se realizar uma única pesquisa a um vetor –busca seqüencial O(n) –ordenação O(n log n) –Não vale a pena ordenar!

4 Considerações Dados estão mantidos em um vetor Elemento do vetor –objeto que possui um atributo chave que deve ser mantido ordenado Um método troca(x,y) realiza a troca dos elementos presentes nas posições x e y do vetor Para fins de exemplo, números inteiros serão utilizados como elementos

5 Métodos de Ordenação Ordenação por troca –BubbleSort (método da bolha) –QuickSort (método da troca e partição) Ordenação por inserção –InsertionSort (método da inserção direta) –BinaryInsertionSort (método da inserção direta binária) Ordenação por seleção –SelectionSort (método da seleção direta) –HeapSort (método da seleção em árvore) Outros métodos –MergeSort (método da intercalação) –BucketSort (método da distribuição de chave)

6 Métodos de Ordenação Simples São três –BubbleSort –InsertionSort –SelectionSort Características –fácil implementação –alta complexidade –comparações ocorrem sempre entre posições adjacentes do vetor

7 Revisão de Somatória Propriedade 1 (P1) Propriedade 2 (P2) i = 1 n n (n + 1) i = 2 i = 1 n i = k i = 1 n i k

8 SelectionSort SelectionSort é um método simples de seleção –ordena através de sucessivas seleções do elemento de menor valor em um segmento não- ordenado e seu posicionamento no final de um segmento ordenado e2e2 e5e5 e8e8...e6e6 e2e2 e5e5 e6e6 e8e8 troca

9 Ordenação por Seleção Característica particular –realiza uma busca seqüencial pelo menor valor no segmento não-ordenado a cada iteração Simulação de funcionamento

10 Seleção - Complexidade Para qualquer caso a V: n-1 comparações 2 a V: n-2 comparações... (n-1) a V: 1 comparação i = 1 n - 1 i (n - 1) n = 2 O(n 2 ) troca

11 Seleção - Implementação void Ordenação_por_Seleção(tipo vet[], int qtpos) { int fim, i, posmaior; tipo aux; fim=qtpos -1; /* inic todo vetor está desordenado */ while (fim>0) /* qdo fim=0,a parte desord tem1 elem, logo, está ordenado*/ { posmaior=Escolhe_maior (vet,fim); if (posmaior!= fim) /* se o maior já está na ultpos da parte desord. nada há a fazer */ { aux=vet[fim]; vet[fim]=vet[posmaior]; vet[posmaior]=aux, } fim - -; }}

12 Seleção - Implementação int Escolhe_maior(tipo v[], int upt) { /* Acessa cada posição da parte desordenada do vetor,procurando onde está maior valor*/ int pM,i; pM=0; for(i=1;i<=up;i++) { if (v[i]>v[pM]) pM=i; } return ( pM) }

13 Bolha BubbleSort é um método simples de troca –ordena através de sucessivas trocas entre pares de elementos do vetor Características –realiza varreduras no vetor, trocando pares adjacentes de elementos sempre que o próximo elemento for menor que o anterior –após uma varredura, o maior elemento está corretamente posicionado no vetor e não precisa mais ser comparado após a i-ésima varredura, os i maiores elementos estão ordenados

14 Bolha Simulação de funcionamento

15 Bolha - Complexidade Para um vetor de n elementos, n – 1 varreduras são feitas para acertar todos os elementos n = início: a V: n – 1 comparações 2 a V: n – 2 comparações... (n-2) a V: 2 comparações (n-1) a V: 1 comparação fim:

16 Bolha - Complexidade Definida pelo número de comparações envolvendo a quantidade de dados do vetor Número de comparações: (n - 1) + (n – 2) Complexidade (para qualquer caso): i = 1 n - 1 i (n - 1) n = 2 O(n 2 )

17 Bolha - Implementação void Bolha(tipo vet[], int qtpos) { int ultroca,fimdesord,ultroca; tipo aux; for(fimdesord=qtpos-1;fimdesord>0;fimdesord=ultroca) { ultroca=0; for(i=0;ivet[i+1]) { aux=vet[i]; vet[i]=vet[i+1]; vet[i+1]=aux; ultroca=i; /* guarda onde realizou a última troca pois a parte antecessora a esta posição no vetor pode ter ficado desordenada */ }

18 Ordenação por Inserção InsertionSort é um método simples de inserção Características do método de inserção –considera dois segmentos (sub-vetores) no vetor: ordenado (aumenta) e não-ordenado (diminui) –ordena através da inserção de um elemento por vez (primeiro elemento) do segmento não- ordenado no segmento ordenado, na sua posição correta

19 Método de Inserção e5e5 e9e9...e8e8 e2e2 segmento ordenadosegmento não-ordenado e5e5 e8e8 e9e9...e2e2 Inicialmente, o segmento ordenado contém apenas o primeiro elemento do vetor

20 InsertionSort realiza uma busca seqüencial no segmento ordenado para inserir corretamente um elemento do segmento não-ordenado nesta busca, realiza trocas entre elementos adjacentes para ir acertando a posição do elemento a ser inserido e5e5 e9e9 e8e8...e2e2 e5e5 e8e8 e9e9 e2e2

21 InsertionSort Simulação de funcionamento

22 InsertionSort - Complexidade Pior caso: vetor totalmente desordenado n = início: 1 a V: 1 comparação 2 a V: 2 comparações... (n-2) a V: n-2 comparações (n-1) a V: n-1 comparações i = 1 n - 1 i (n - 1) n = 2 O(n 2 )

23 InsertionSort - Complexidade Melhor caso: vetor já ordenado n = início: 1 a V: 1 comparação 2 a V: 1 comparação... (n-2) a V: 1 comparação (n-1) a V: 1 comparação n - 1 O(n)

24 InsertionSort X BubbleSort Melhor casoPior caso InsertionSortO(n)O(n 2 ) BubbleSortO(n 2 )

25 Comparação Melhor casoPior caso InsertionSortO(n)O(n 2 ) BubbleSortO(n 2 ) SelectionSortO(n 2 )

26 Exercícios Faça um programa que gerencie uma agenda de telefones. O programa deve ser capaz de armazenar as informações para até 100 pessoas. A agenda deve conter o nome e o telefone de cada pessoa, devendo ser possível realizar as seguintes operações: consulta de um telefone, inclusão de um novo telefone; alteração do número de um telefone já cadastrado; exclusão de um telefone; impressão dos telefones cadastrados; ordenação por nome; consulta a partir do nome de uma pessoa; armazenamento dos dados em um arquivo(escreve_tudo) e recuperação dos dados do arquivo (le_tudo). A rotina de consulta de um telefone obtido o nome, quando o mesmo não está cadastrado deve perguntar ao usuário se o mesmo deve ser incluído. a) faça uma função chamada le_tudo() que pergunta o nome do arquivo que contém a agenda. Se o mesmo existir, leia as informações do arquivo. A função retorna a quantidade de registros lidos. Se o arquivo não existe, a função retorna 0 (zero). O nome perguntado deve ser mantido b) faça uma função chamada escreve_tudo() que escreva tudo no arquivo cujo nome é o mesmo da rotina de leitura.. c) faça uma função para cada tarefa que o programa realiza. Obs;O programa deverá avisar ao usuário sempre que não puder realizar as alterações. Faça cada tarefa e teste- Comece pela le_tudo, a seguir faça a inclusão e a escreve_tudo. Não se esqueça de fazer a função main().


Carregar ppt "Ordenação de Dados em Memória BASEADO NA APRESENTAÇÃO DE Prof. Ronaldo S. Mello INE5384 - Estruturas de Dados UFSC-CTC-INE."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google