A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Lição 13 para o dia 27 de Dezembro de 2008. 1º Passo:Um juízo universal que se está realizando atualmente. 2º Passo:Na Segunda Vinda ocorrerá a separação.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Lição 13 para o dia 27 de Dezembro de 2008. 1º Passo:Um juízo universal que se está realizando atualmente. 2º Passo:Na Segunda Vinda ocorrerá a separação."— Transcrição da apresentação:

1 Lição 13 para o dia 27 de Dezembro de 2008

2 1º Passo:Um juízo universal que se está realizando atualmente. 2º Passo:Na Segunda Vinda ocorrerá a separação entre os salvos e os perdidos. 3º Passo:Durante o milênio os santos vão julgar. 4º Passo:Na Terceira Vinda os condenados serão julgados. 5º Passo:O mal será totalmente erradicado. 6º Passo:O universo será restaurado a sua perfeita e original harmonia. Deus consegue a harmonia universal erradicando o mal através de juízo justo que é revisado por todas as partes interessadas e finalmente executado.

3 Segundo Daniel 7: 9-14, 21-22, e Daniel 8: 12-14, o juízo começa ao final do período profético dos anos em Este juízo será concluído pouco antes da Segunda Vinda de Jesus. Segundo Daniel 7: 9-14, 21-22, e Daniel 8: 12-14, o juízo começa ao final do período profético dos anos em Este juízo será concluído pouco antes da Segunda Vinda de Jesus.

4 Quando esteja concluída a obra do juízo investigativo, também, será decidida a sorte de todos, para a vida ou para a morte. O tempo de graça terminará pouco antes de que o Senhor apareça nas nuvens do céu. Ao olhar até esse tempo, Cristo declara em Apocalipse: Vi anjos que voavam rapidamente de um lado para outro do céu. Um anjo com o tinteiro de escrivão na cintura regressou da terra e comunicou a Jesus que havia cumprido sua tarefa, e que os santos estavam selados e numerados. Então vi a Jesus, que havia estado oficializando diante da arca que continha os Dez Mandamentos, e quando virou o incensário. Então levantou as mãos e em voz alta exclamou: Consumado está. E toda a hoste angelical depositou as suas coroas, quando Jesus formulou esta solene declaração: "O que é injusto continue a praticar injustiça; e o que é justo, continue na pratica da justiça; e o que é santo, continue a santificar-se. Eis que venho sem demora, e comigo está o galardão para recompensar a cada um segundo suas obras." (Apocalipse 22: 11-12) E.G.W. (Conflito dos Séculos, Cap. 29, pg. 545) E.G.W. (A historia da redenção, Cap. 59, pg. 422)

5 O Pai, o Juiz, o Ancião de Dias. O Filho, como advogado e juiz. Os santos anjos. Os mundos não caídos.

6 A culpa e a inocência de cada pessoa. Porque Deus há de trazer toda obra a Juízo, junto com toda coisa oculta, quer sejam, boas, quer sejam malas (Eclesiastes, 12: 14) Deus não perdoou aos anjos quando pecaram, mas os lançou no inferno, sendo colocados em abismo de trevas, guardando-os para o juízo (II Pedro, 2: 4 NVI) que seja reconhecido justo em tua palavra e tido por puro em teu juízo (Salmos 51: 4) A culpa dos anjos caídos. A justiça de Deus em seu trato com o pecado.

7 Na Segunda Vinda de Cristo, já se há decidido quem está salvo e quem está condenado. Eis que venho sem demora, e comigo está o galardão para recompensar a cada um segundo suas obras (Apocalipse, 22: 12)

8 Seremos transformados em um corpo glorioso e imortal. Nosso ser será removido da presença do mal em todas as suas formas. Subiremos ao céu com Jesus. Podemos estar fisicamente junto a nosso Salvador. Viveremos durante mil anos nas moradas celestiais que Jesus está preparando para nós. Então aparecerá o sinal do Filho do Homem no céu, e então se lamentarão todas as tribos da terra, e verão ao Filho do Homem vindo sobre as nuvens do céu com poder e grande glória. E enviará os seus anjos com grande voz de trombeta e reunirão os seus escolhidos, dos quatro ventos, desde uma a outra extremidade dos céus. (Mateus, 24: 30-31)

9 Serão destruídos pelo resplendor de sua Vinda. Então os que não obedeceram ao Evangelho serão mortos com o sopro de sua boca e destruídos com pelo resplendor de sua vinda (II Tessalonicences 2:8). Assim como aconteceu ao antigo Israel, os maus se destruíram a si mesmos, e perecerão vítimas de sua iniqüidade. Devido a sua vida pecaminosa os homens se hão apartado tanto do Senhor e tanto há degenerado sua natureza com o mal, que a manifestação da glória do Senhor é para eles um fogo consumidor. E.G.W. (O Conflito dos Séculos, Cap. 1, pg. 41)

10 Ficaram sozinhos na terra desolada por mil anos. Vi um anjo que desceu do céu, com a chave do abismo, e uma grande cadeia na mão. E prendeu ao dragão, a antiga serpente, que é o diabo e Satanás, e lhe aprisionou por mil anos; e lhe arrojou ao abismo, e lhe encerrou, e pôs seu selo sobre ele, para que não enganasse mais as nações, até que fossem cumpridos os mil anos; e depois disso deve ser solto por um pouco de tempo (Apocalipse, 20: 1-3)

11

12 Até que veio o Ancião de dias, e fez justiça aos santos do Altíssimo; e chegou o tempo, e os santos receberam o reino (Daniel, 7: 22) E Jesus lhes disse: De certo vos digo que na regeneração, quando o Filho do Homem se sente em sua glória, vós os que me seguistes, também vos sentareis sobre doze tronos, para julgar as doze tribos de Israel (Mateus, 19: 28) Ou não sabeis que os santos hão de julgar ao mundo? E se o mundo há de ser julgado por vós, sois acaso indignos de julgar as coisas mínimas? (I Coríntios, 6: 2) E vi tronos, e se sentaram sobre eles os que receberam capacidade de julgar, e vi as almas dos que foram decapitados por causa do testemunho de Jesus e pela Palavra de Deus, os que não haviam adorado a besta nem a sua imagem, e que não receberam a marca em suas frontes, nem em suas mãos; e viveram e reinaram com Cristo por mil anos (Apocalipse, 20: 4)

13 Para que não fique nenhuma dúvida entre os salvos com respeito à justiça divina. Depois vi tronos, e vi que Jesus e os redimidos se sentavam neles, e que os santos reinavam como reis e sacerdotes de Deus. Cristo, junto com o seu povo, julgou aos ímpios mortos, comparando suas ações com o livro de estatutos, a Palavra de Deus e analisando cada caso segundo o que havia feito no corpo. Depois sentenciaram aos ímpios a pena que deviam sofrer de acordo com suas obras, a que ficou escrita diante dos seus nomes no livro da morte. Também o diabo e seus anjos foram julgados por Jesus e pelos santos. O castigo de Satanás deve ser muito maior que o daqueles a quem enganou. Seu sofrimento será tão grande que não se poderá estabelecer comparação alguma com o deles. Depois que pereçam todos os que ele enganou, o inimigo continuará vivendo para sofrer por muito tempo mais. E.G.W. (A História da Redenção, Cap. 63, pg. 436)

14 A destruição do pecado na Segunda Vinda deixará os pecadores sem possibilidade de defender-se diante da justiça de Deus. Satanás e os pecadores devem entender e aceitar o veredicto do juízo. A destruição do pecado na Segunda Vinda deixará os pecadores sem possibilidade de defender-se diante da justiça de Deus. Satanás e os pecadores devem entender e aceitar o veredicto do juízo.

15 Este será por mil anos o lar de Satanás e dos seus anjos maus. Ali estará confinado para recorrer a destruída superfície da terra, e para avaliar as conseqüências de sua rebelião contra a lei de Deus. Durante mil anos poderá gozar do fruto da maldição que há produzido. Sem poder sair da terra, não terá o privilégio de ir a outros planetas para tentar e incomodar aos que não hão caído. Durante esse tempo Satanás sofrerá muito. Desde a caída, seus maus comportamentos hão estado em constante exercício. Mas então será privado de seu poder e abandonado para reflexionar sobre o papel que há desempenhado, e para sentir com temor e tremor seu espantoso futuro, quando terá que sofrer por todo o mal que levou a cabo, e ser castigado por todos os pecados que cometeu. E.G.W. (A História da Redenção. Cap. 63, pg ) A Satanás e a seus anjos lhe são concedido um tempo de reflexão para assumir as conseqüências dos seus atos no grande conflito e aceitar a justiça do veredicto divino. Isto contribuirá a reconciliação do Universo.

16 E vi um grande trono branco e al que estava sentado nele, diante do qual fugiram a terra e o céu, e nenhum lugar se encontrou para eles. E vi aos mortos, grandes e pequenos, de pé diante de Deus, os livros foram abertos, e outro livro foi aberto, o qual é o livro da vida, e foram julgados os mortos pelas coisas que estavam escritas nos livros, segundo as suas obras. E o mar entregou os seus mortos que haviam nele; e a morte e o inferno foram lançados no lago de fogo. Esta é segunda morte. E o que não foi encontrado escrito no livro da vida foi lançado no lago de fogo Apocalipse, 20: Cada pecador será julgado por suas obras, segundo os pensamentos de seu próprio coração. Ninguém poderá alegar inocência diante destas acusações. Todos reconhecerão que o veredicto é justo.

17

18 Diante de mim se dobrará todo joelho, e toda língua me confessará (Isaías, 45: 23) Para que em nome de Jesus se dobre todo joelho dos que estão nos céus, na terra e debaixo da terra (Filipenses, 2: 10) Quando os santos anjos, os mundo não caídos, os salvos, Satanás, os anjos caídos e os que não hão sido redimidos hajam compreendido e aceitado a justa sentença do juízo divino, se cumprirá a Palavra escrita:

19 Que pensais contra Jeová? Ele exterminará por completo, não se levantará por dos vezes o mal na terra! (Naum, 1: 9) Com a destruição dos ímpios ficará definitivamente erradicado o pecado para nunca mais voltará a ressurgir.

20

21 Quando terminou o juízo dos ímpios mortos, ao final do milênio, Jesus saiu da cidade seguido pelos santos e uma comitiva de anjos. Desceu sobre uma grande montanha que, tão logo ele pousou os pés nela, foi dividida convertendo-se em uma extensa planície. Então levantamos os olhos e vimos a grande e formosa cidade com doze colunas e doze portas, três em cada lado, e um anjo em cada uma.Exclamamos: A cidade! A grande cidade! Está descendo do céu, de Deus. E baixou com todo o seu esplendor e deslumbrante glória, e se assentou na vasta planície que Jesus havia preparado para ela. E.G.W. (A História da Redenção, Cap. 63, pg )

22 A cruz de Cristo será a ciência e o canto dos redimidos durante toda a eternidade. Em Cristo glorificado contemplarão ao Cristo crucificado. Nunca esquecerão Aquele cujo poder criou os mundos inumeráveis e os sustenta através da imensidade do espaço, o Amado de Deus, a Majestade do céu, Aquele a quem os querubins e os serafins resplandecentes se deleitam em adorar, se humilhou para levantar ao homem caído que levou culpa e o opróbrio do pecado, e sentiu o ocultar-se do rosto de seu Pai, até que a maldição de um mundo perdido quebrantou seu coração e lhe arrancou a vida na cruz do Calvário… E.G.W. (Deus nos cuida, 31 de Dezembro)

23 …O fato de que o Criador de todos os mundos, o Árbitro de todos os destinos, deixou sua glória e se humilhou por amor ao homem, despertará eternamente a admiração do universo. Quando as nações dos salvos olhem ao seu Redentor e vejam a glória do Pai brilhar no seu rosto; quando contemplem seu trono, que é desde a eternidade até a eternidade, e saibam que seu reino não terá fim, então prorromperão em um cântico de júbilo: «Digno é o Cordeiro que foi imolado, e nos há redimido para Deus com seu próprio e precioso sangue!». E.G.W. (Deus nos cuida, 31 de Dezembro)

24

25


Carregar ppt "Lição 13 para o dia 27 de Dezembro de 2008. 1º Passo:Um juízo universal que se está realizando atualmente. 2º Passo:Na Segunda Vinda ocorrerá a separação."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google