A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Era uma vez uma história de uma filha E de um Pai.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Era uma vez uma história de uma filha E de um Pai."— Transcrição da apresentação:

1

2

3 Era uma vez uma história de uma filha

4 E de um Pai.

5 E um imenso abismo cortando bem ao meio da história. Tão grande e profundo que separava o pai da filha e a filha, do pai.

6 Ninguém nunca soube quando e por que o abismo cortou ao meio esta história.

7 Mas isso não importa. Como eu já disse, essa é a história de uma filha e de um pai. O abismo apenas cortou ao meio a história.

8 Apesar de separados há muito tempo, tanto o pai como a filha queriam se ver.

9 Mas seus olhos não alcançavam um ao outro. Só restava então, para eles, enxergar com os olhos da imaginação.

10 O pai imaginava a filha já crescida, sorrindo linda. A filha imaginava o pai forte, sorrindo de braços abertos

11 O pai e a filha sonhavam separados como seria estarem juntos novamente: O abraço que dariam, a música que dançariam e todas as coisas guardadas que iriam dizer um ao outro. Coisas guardadas em todo esse tempo de abismo.

12 O pai sempre gritava. A filha sempre repetia.

13 Era um tal de um chamar pelo outro... Mas eles nunca conseguiam se ouvir. O abismo impedia.

14 Tudo terminava sempre igual. E sem conseguirem se entender, eles choravam, lágrimas de amor perdido.

15 O pai passava a maior parte do tempo construindo pontes que, no final, caiam no abismo.

16 A filha passava a maior parte do tempo treinando saltos à distância para saltar o abismo, mas o máximo que conseguia era tropeçar, cair e se machucar.

17 O pai tinha medo do abismo. A filha tinha medo do abismo também.

18 O pai e a filha passavam dias seguidos, noites inteiras, olhando para o fundo do abismo,

19 imaginando os monstros terríveis e fantasmas assustadores que podiam morar lá em baixo. Talvez alguns crocodilos, cobras e lagartos.

20 Com o passar do tempo, o pai desistiu de construir pontes que caiam e a filha desistiu de treinar saltos que mais eram pulinhos.

21 O pai e a filha agora suspiravam, desanimados, à beira do abismo. Vencidos por ele. Era de dar dó...

22 Uma história desta terminar cortada bem no meio. Ah, que dó... Que tristeza... Que abismo!!!

23 Mas espera aí! Filha e pai separados, abismo à parte, esta é a história de uma filha e de um pai.

24 O abismo apenas cortou a história ao meio.

25 Então, o suspiro de desânimo se fez inspiração e coragem para enfrentar todos os perigos do fundo do abismo.

26 Pai e filha saltaram sorrindo, mergulhando de braços abertos nas profundezas do abismo.

27 E lá no fundo, finalmente, se encontraram sem monstros nem lagartos.

28 Encontraram sim, meia dúzia de histórias perdidas, outras dez não terminadas, quatro lembranças que pareciam esquecidas, cinco palavras engasgadas.

29 E um pedido. Um único pedido. Um pedido de amor.

30 E juntando estas coisas, fizeram um longo fio dourado do passado, presente e futuro que os ajudou a escalar o abismo.

31 Enfim, pronta esta história, costurada na medida certa, ficou assim:

32 Era uma vez uma filha e um pai. O pai da filha, a filha do pai. Alfaiates de suas próprias vidas.

33 Fim. FIM?


Carregar ppt "Era uma vez uma história de uma filha E de um Pai."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google