A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Software e Serviços de TI: a indústria brasileira em perspectiva Volume 2, 2012.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Software e Serviços de TI: a indústria brasileira em perspectiva Volume 2, 2012."— Transcrição da apresentação:

1 Software e Serviços de TI: a indústria brasileira em perspectiva Volume 2, 2012

2 A Indústria Brasileira de Software e Serviços de Informática (IBSS) é formada pelo Conjunto de empresas que tem no desenvolvimento e comercialização de software e serviços de TI a sua principal fonte de receita. No entanto, admite-se que as atividades de software e serviços de TI estão presentes nos mais diversos setores, como elos em outras cadeias. Definições

3 A IBSS é um subconjunto das atividades de software e serviços de TI desenvolvidas no Brasil. Diferencia-se assim, exportações da IBSS das exportações Brasileiras de Software. Denominamos produção secundária (ou NIBSS) o desenvolvimento de software e serviços de TI que ocorre fora da IBSS. IBSS e atividades de software e serviços de TI

4 A IBSS é composta por atividades com profundas diferenças no que diz respeito: – ao Conteúdo Tecnológico; –à Intensidade e Qualificação da Mão-de-Obra requerida; –à dinâmica Competitiva. Heterogeneidade

5 Software Serviços TI Customizável Não customizável Sw sob encomenda Consultoria TI Suporte TI Tratamento dados Informações na internet Reparação equipamentos IBSS Setor TI Hardware Componentes eletrônicos Equips de info Aparelhos recepção, reprodução Mídias virgens, magnéticas e ópticas Comércio atac. Telecom Equips. comunicação Serviços de telecom Comércio atac. A IBSS no contexto TIC Setor TIC

6 IBSS na CNAE Software sob encomenda Software customizável Software não customizável Consultoria em TI Suporte técnico, manutenção e outros serv. TI Tratamento dados, provedores de serviços de aplicação e de hospedagem na internet Portais, provedores de conteúdo e serviços informação na internet Reparação e manutenção computadores e periféricos Reparação e manutenção equipamentos de comunicação

7 IBSS: Empresas, receita líquida e RH Empresas Receita líquida (R$)* Pessoas ocupadas 51,3 mil57,5 mil 59,9 mil Pessoas assalariadas 37,1 bi 46,1 bi 52,1 bi 61,1 bi 297 mil 376 mil431 mil ,2% a.a ,1% a.a ,8% a.a. 198 mil 282 mil 335 mil 436 mil * Crescimento médio real, ano-base ,3% a.a. Fonte: Observatório SOFTEX, a partir tabelas especiais PAS/IBGE, anos diversos. 67,1 mil 493 mil 73,0 mil 71,6 bi 598 mil 510 mil

8 IBSS: Distribuição assalariados por faixa de SM e atividade principal, 2011 SW ENCO SW CUSTOM SW NCUSTOM CONS TI SUPO TEC TR_DADOS HOSPEDAGEM MAN COMP MAN EQ COMUNIC PORTAIS INTERNET De 0,5 a 2,00 SM De 2,01 a 4,00 SM De 4,01 a 7,00 SM De 7,01 a 10,00 SM De 10,01 a 15,00 SM Mais de 15,00 SM

9 IBSS: Distribuição assalariados por escolaridade e atividade principal, 2011 SW ENCO SW CUSTOM SW NCUSTOM CONS TI SUPO TEC TR_DADOS HOSPEDAGEM MAN COMP MAN EQ COMUNIC PORTAIS INTERNET Funda- mental Médio incompleto Médio completo Superior incompleto Superior completo Pós gradução

10 20 ou + PO por atividade Reparação equipto. comunicação Reparação computadores Portais e serviços informação internet Tratamento dados e aplicação internet Suporte técnico TI Consultoria TI Sw não customizável Sw customizável Sw encomenda R$ 43,3 bi

11 IBSS: Participação R50 na receita Fonte: Elaboração Observatório SOFTEX, a partir tabelas especiais PAS/IBGE, 2007 e R50 = R$ 22,8 bilhões 2007 R4 R8 R12 R30 R50 18,9% 25,8% 29,8% 41,1% 47,0% Valores deflacionados pelo IGP-DI, ano-base 2010 R50 = R$ 22,3 bilhões 2008 R4 R8 R12 R30 R50 18,1% 24,0% 27,6% 37,7% 42,9%

12 R50 na receita, por atividade Fonte: Elaboração Observatório SOFTEX, a partir tabelas especiais PAS/IBGE, 2007 e R$ 5,2 bilhões Sw sob encomenda 60,5%58,4% R$ 9,7 bilhões Sw customizável 78,8% 82,1% R$ 2,2 bilhões Sw não customizável 64,4% 62,5% R$ 6,4 bilhões Consultoria em TI 73,8% 61,0% R$ 2,2 bilhões Suporte técnico TI 52,2% 53,2% R$ 4,8 bilhões Tratamento de dados 63,8% 54,8% Em mil R$, valores 2010

13 R50: Crescimento e participação na RL 6201: Sw sob encomenda; 6202: Sw customizável; 6203: Sw não customizável; 6204: Consultoria TI; 6209: Suporte técnico; 6311: Tratamento de dados; 6319: Serv. info. na internet; 9511: Reparação computadores; 9512: Rep. equip. comunicação Para a grande maioria das atividades, cai a participação das R50 na receita. Exceções: 6202 e 6209.

14 R50: Crescimento e participação PO 6201: Sw sob encomenda; 6202: Sw customizável; 6203: Sw não customizável; 6204: Consultoria TI; 6209: Suporte técnico; 6311: Tratamento de dados; 6319: Serv. info. na internet; 9511: Reparação computadores; 9512: Rep. equip. comunicação Para a grande maioria das atividades, aumenta a participação das R50 no número de pessoas ocupadas. Destaques: 6201 e 6202

15 R50: Crescimento RL e PO 6201: Sw sob encomenda; 6202: Sw customizável; 6203: Sw não customizável; 6204: Consultoria TI; 6209: Suporte técnico; 6311: Tratamento de dados; 6319: Serv. info. na internet; 9511: Reparação computadores; 9512: Rep. equip. comunicação G1 G2 G3 G1: cresce PO, apesar da queda na receita. Destaque: 6201 G2: crescimento PO superior ao crescimento da receita G3: crescimento da receita superior ao crescimento no número de PO Queda na receita

16 IBSS: Média da receita por empresa e por porte Fonte: Elaboração Observatório SOFTEX, a partir tabelas especiais PAS/IBGE, anos diversos. Em mil R$ por empresa, valores deflacionados pelo IGP-DI, ano-base 2010 Posicionamento Tx. Méd. Cr. 1ª a 4ª ,3 5ª a 8ª ,2 9ª a 12ª ,0 13ª a 30ª ,5 31ª a 50ª ,5 Outras 20 ou ,5 19 ou ,5

17 RL por empresa, por atividade Em mil R$ por empresa, valores deflacionados pelo IGP-DI, ano-base ª a 4ª 5ª a 8ª 9ª a 12ª 13ª a 30ª 31ª a 50ª 20 ou + 19 ou Sw sob encomenda 6202 Sw customizável 6203 Sw não customizável 6204 Consultoria em TI Crescimento período ,4% (média da IBSS no período) Crescimento período < 7,4%

18 RL por empresa, por atividade Em mil R$ por empresa, valores deflacionados pelo IGP-DI, ano-base ª a 4ª 5ª a 8ª 9ª a 12ª 13ª a 30ª 31ª a 50ª 20 ou + 19 ou Tratamento de dados e serviços de aplicação 6319 Portais e provedores de conteúdo internet 9511 Reparação computadores 6209 Suporte técnico Crescimento período ,4% (média da IBSS no período) Crescimento período < 7,4%

19 Tx. Cr. ( ): 10,9% a.a IBSS 20 ou + PO: número de empresas

20 Média receita líquida por empresa Em milhões R$ por empresa, valores 2010 Participação no total da receita líquida IBSS 20 ou + PO: participação receita 82,4% 82,3% 84,5% 82,5% 78,5% 74,3% 76,6% 23,3 19,6 20,1 19,1 19,8 18,7 Fonte: Elaboração Observatório SOFTEX, a partir tabelas especiais PAS/IBGE, anos diversos.

21 IBSS 20 ou + PO: receita e empresas 6201: Sw sob encomenda; 6202: Sw customizável; 6203: Sw não customizável; 6204: Consultoria TI; 6209: Suporte técnico; 6311: Tratamento de dados; 6319: Serv. info. na internet; 9511: Reparação computadores; 9512: Rep. equip. comunicação G1 G2 G3

22 20 ou + PO: receita e PO 6201: Sw sob encomenda; 6202: Sw customizável; 6203: Sw não customizável; 6204: Consultoria TI; 6209: Suporte técnico; 6311: Tratamento de dados; 6319: Serv. info. na internet; 9511: Reparação computadores; 9512: Rep. equip. comunicação Em parte significativa das atividades, cresce mais o número de pessoas ocupadas que o montante em receita.

23 20 ou + PO: PO e empresas 6201: Sw sob encomenda; 6202: Sw customizável; 6203: Sw não customizável; 6204: Consultoria TI; 6209: Suporte técnico; 6311: Tratamento de dados; 6319: Serv. info. na internet; 9511: Reparação computadores; 9512: Rep. equip. comunicação G1 G2 Período recente (2007 a 2009): G1: Número de PO cresce mais que o número de empresas. G2: Número de PO cresce apesar da queda no número de empresas G3: Número de PO cai apesar do crescimento do número de empresas G4: Número de PO cai mais que o número de empresas. G3 G4

24 Considerações finais IBSS vem se reorientando ao longo dos anos, com mudanças na composição do conjunto de empresas com 20 ou mais pessoas ocupadas. A que se deve essa reorientação? Qual o impacto desta reorientação para a IBSS? Pequenas e médias parecem ter obtido melhor desempenho no período 2007 a Esse ganho de desempenho continuará ocorrendo? Tendências verificadas no período 2007 e 2008 podem ser esperadas para o futuro ou são resultados pontuais da crise? Substituição da forma de contratação da mão de obra explica o crescimento elevado de número de pessoas ocupadas na IBSS com 20 ou mais PO, mesmo com queda de receita?

25

26 Apoio: SEPIN/MCTI FINEP José Eduardo Roselino Cooperação técnica: IBGE Obrigado!


Carregar ppt "Software e Serviços de TI: a indústria brasileira em perspectiva Volume 2, 2012."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google