A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 Breves dados estatísticos sobre a realidade da mobilidade humana.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 Breves dados estatísticos sobre a realidade da mobilidade humana."— Transcrição da apresentação:

1 1 Breves dados estatísticos sobre a realidade da mobilidade humana

2 2 Ano 2001

3 3 Ano 2000

4 4

5 5 + de 300 mil Hoje: + de 2 milhões Dados de 2000

6 6 Emigração * Segundo um relatório de 2008 da Organização Internacional para as Migrações (OIM), Atualmente há mais de 200 milhões de migrantes internacionais no mundo, dos quais 25 milhões são latino-americanos. * Uma grande quantidade deles emigrou aos Estados Unidos, - onde atualmente existem 12 milhões de imigrantes de origem mexicana, a metade dos quais (residem em situação irregular) - existem mais 5 milhões de latino-americanos (centro-americanos e sul-americanos) e do Caribe. * Outra parcela importante desses latino-americanas/os emigrou para a Europa. Calcula-se que a meados de 2007 residiam aproximadamente 3 milhões na União Européia, um número importante registrado nos últimos cinco anos. * A Espanha é o país que mais recebeu latino-americanos, calcula-se que vivem mais de 1 milhão de equatorianos, bem como milhares de colombianos, argentinos e bolivianos.

7 7 No cenário mundial, é possível dividir os emigrantes em 2 grupos Voluntários e Forçados O 1º grupo, majoritário, é formado pelos que se dirigem a outros países em busca de trabalho, estudo ou para se ajuntar a familiares. O 2º grupo é composto dos que têm de deixar o país de origem em virtude de desastres ambientais, conflitos ou perseguições: são os refugiados. Segundo o Relatório de desenvolvimento humano de 2009, realizado pelo PNUD, - cerca de 195 milhões de pessoas vivem fora do país de origem; - os EUA é o país que mais possui hab.de outras nacionalidades, em torno de 39 milhões de pessoas. - do total de imigrantes no mundo, em torno de 14,2 milhões são refugiados. Estima-se que, em 2010, 60% das migrações ocorram entre países em desenvolvimento. Mas os países desenvolvidos ainda são o destino de muitos imigrantes. Obs.: Sob grande pressão migratória, as nações - como EUA,Canadá, Japão, Austrália e as da Europa Ocidental - tomam medidas para restringir a entrada maciça de imigrantes. Estes, aceitam refugiados e parentes de imigrantes já estabelecidos, mas tentam evitar a mão de obra desqualificada. Buscam, ainda, atrair profissionais mais qualificados de cada área, o que provoca a fuga de cérebros dos países em desenvolvimento. Almanaque Abril 2010 Página 125

8 8 Brasileiros no Exterior: Dados do Ministério das Relações Exteriores de 2008 revelam que existem aproximadamente cinco milhões de brasileiros vivendo fora do País. Onde estão? - Estados Unidos e Canadá: ; - Europa: América Latina: Japão: África: Outros países:

9 9 Emigrante volta e remessa cai 34% Retorno de brasileiros em razão da melhora da economia local e crise em países ricos reduzem envio de recursos. Segundo o BID (Banco Inter-americano de desenvolvimento) os brasileiros mandaram 34% menos dinheiro que em 2008, ou US$ 4,7 bilhões, o segundo maior montante na região, só atrás do México. Motivo do retorno: - Os brasileiros começaram a retornar antes da crise e dois destinos dos brasileiros (EUA e Japão) enfrentam uma das piores crises econômicas da história. - No Japão, o governo ofereceu incentivos para que os migrantes retornassem aos seus países. O Brasil, além de receber menos dinheiro do exterior, está se tornando um pólo de atração para os trabalhadores estrangeiros. No ano passado, os imigrantes (bolivianos, paraguaios, chineses, entre outros) enviaram US$ 669 milhões para seus países de origem, o maior montante histórico e 7% mais em em B8 Dinheiro, 05 de março de 2010

10 10

11 11 BRASIL É A 8ª MAIOR ECONOMIA

12 12 Países mais populosos do mundo: CHINA habitantes Pop. urbana: 44,04% Pop. Rural: 55,96% ÍNDIA habitantes Pop.urbana: 29,76% Pop. Rural: 70,24% EEUU habitantes Pop. Urbana: 82,01% Pop. Rural : 17,99% INDONÉSIA habitantes Pop. Urbana: 52,63% Pop. Rural: 47,37% BRASIL habitantes Pop. Urbana: 86,12% Pop. Rural: 13,88% Obs.: dos 5 países do mundo com maior população, o Brasil tem a maior taxa de Pop. Urbana e a menor taxa de Pop. Rural. ttp://radiomigrantes.blogspot.com/2010/01/remessas-do-trabalho-de-estrangeiros.html Fonte:

13 13

14 14 Refugiados

15 15 Refugiado(a) O termo refugiado refere-se ao indivíduo que é alvo de discriminação e violência devido à sua etnia, raça, crença religiosa ou política. "Toda a pessoa que, devido a fundados temores de ser perseguido por motivos de raça, religião, nacionalidade, pertença a determinado grupo social ou opiniões políticas, se encontre fora do país de sua nacionalidade e não possa ou, por causa de ditos temores, não queira valer-se da proteção de tal país. Assim o define o art. 1-A da Convenção de Genebra sobre o Estatuto dos Refugiados, de 1951 e seu protocolo de Segundo a legislação brasileira, é, também, considerada refugiada "a pessoa que, devido a grave e generalizada violação de direitos humanos, é obrigada e deixar seu país de nacionalidade para buscar refúgio em outro país" (Lei 9474/97, artigo 1º, inciso III). O termo "refugiado" vem sendo também associado à pessoa ou grupos que deixam seu país forçados, embora não necessariamente "perseguidos", por fome, desemprego, questões raciais, étnicas, desordem política interna do país, motivos religiosos, e buscam segurança ou perspectivas de vida e sobrevivência em outros países.

16 16 A ONU informou o número de refugiados A ONU informou que o número de refugiados em todo o mundo - era de 42 milhões no final do ano passado, cerca de 700 mil a menos do que em Destes, 16 milhões estão fora dos seus países, enquanto 26 milhões permanecem como refugiados em seus países de origem. Quase 6 milhões de refugiados vivem sem qualquer perspectiva de solução imediata para os seus problemas. Ainda segundo as Nações Unidas, as crises atuais no Paquistão e no Sri Lanka já elevaram o total deles para mais de 44 milhões ONU/ 17/06/2009

17 17 TRÁFICO HUMANO

18 18

19 19 Rota de tráfico de mulheres, crianças e adolescentes

20 20 Tráfico Humano Ano: 2002

21 21 Rotas do tráfico de mulheres

22 22 BRASIL

23 23 Migração na década de 1990

24 24 Migração na década de 2000

25 25 Cresce a Pop.Urbana no mundo

26 26

27 27 Migração interna no país Migração dentro da própria Região !

28 28 Principais municípios receptores de imigrantes do MERCOSUL Brasil / 2000

29 29 PRESENÇA DE IMIGRANTES.

30 30 Fonte: Polícia Federal, 07/10/2008 IMIGRAÇÃO NO BRASIL

31 31 Nas fronteiras do Brasil com os países vizinhos, assiste-se diariamente a um intenso vaivém de pessoas, um fluxo e refluxo marcado por tensões e conflitos, mas também por novas formas de encontro e solidariedade.

32 32 Cidades como Foz do Iguaçu-PR (Brasil, Paraguai e Argentina ), Corumbá-MS (Brasil- Paraguai e Bolívia), Uruguaiana-RS,(Brasil-Argentina) Tabatinga-AM (Brasil, Colombia,Perú), etc. são cenários desse formigueiro humano, onde se mesclam rostos, culturas, moedas, línguas, interesses comerciais. Constituem hoje um dos retratos mais vivos da economia globalizada, com a livre circulação de capital, mercadorias, serviços e pessoas,... e ao mesmo tempo, abrem espaços para a ação do crime organizado e para o contrabando e o tráfico de drogas, armas e seres humanos. Segundo dados da Organização Internacional do trabalho(OIT), o lucro anual produzido com o tráfico de pessoas chega a 31,6 bilhões de dólares.

33 33 Veja o que acontece: A ) Suriname - Garimpo cobre 80% do país. Há prostituição e tráfico de mulheres. A língua que mais cresce é o português. Há Bairros só de brasileiros. A mineração artesanal do ouro cresceu. Há 15 a 18 mil brasileiros vivendo no país. São faladas 14 línguas. O território é menor que o estado do Paraná. Folha de São Paulo A7 30 de dezembro de Mundo B) Os pobres não são estúpidos ao migrarem para as cidades Ao migrarem do campo para as cidades, tendência mundial, que muitos analistas vêem como irreversível, fazem isso após avaliarem suas condições de vida em áreas rurais e compararem com o que encontrarão nas cidades. Folha de e S.Paulo / 29/03/2010

34 34 Migração no Brasil Atualmente, cerca de 700 mil estrangeiros vivem no país, dos quais 70,3% na região sudeste, segundo o IBGE. Os dados indicam que, em 2008, o Brasil tinha 19,7 milhões de migrantes. O maior grupo nesse contingente foi o de nordestinos, com 10,5 milhões, ou 53,4% do total. O segundo grupo que mais migrou nasceu no sudeste (20,5% do total de migrante) e se dirigiu, na maioria, para o centro-oeste (35,8%).

35 35 Modificação das correntes migratórias internas Os movimentos estão mais intensos dentro dos próprios estados ou regiões de origem do migrante. Contribui para isso certa descentralização da atividade industrial no país (antes fortemente concentrada no Sudeste e em regiões metropolitanas). O surgimento de pólos de desenvolvimento em diversos estados e fora das grandes capitais, o que atrai mão de obra para vários pontos do território brasileiro. Esta tendência tem sido mais forte no Nordeste e no Sul. Se em décadas passadas essas regiões apresentavam alto índice de evasão da população, o crescimento econômico de suas cidades num período recente provoca a diminuição de emigrantes e o retorno dos que saíram. Fonte: Pnad 2008

36 36 Movimentos no Estado:. falta de indústrias, principalmente jovens menores de 20 anos.. Perímetro urbano taxas.. Estudos. Estradas,Comunicação, esquecimento dos governos,...

37 37 Para a região metropolitana e serra Movimentos migratórios CIRCULARIDADE

38 38

39 39

40 40

41 41

42 42 O Roteiro dos Migrantes

43 43 Migração para o Litoral Norte De onde vieram? Por que? Cidades que mais cresceram?

44 44 MARÉ DE ATRAÇÕES O que leva tanta gente para o Litoral Norte: * Bons negócios * Localização estratégica * Oportunidade de emprego * Mercado promissor * Mais segurança * Tem diversão * Pólo moveleiro

45 45 1. Porto Alegre ha 2. Caxias do Sul Pelotas Canoas Gravataí Santa Maria Viamão Novo Hamburgo Alvorada São Leopoldo Dados do RS, 2009

46 46 As migrações alargam o conceito de pátria para além das fronteiras nacionais, fazendo do mundo a pátria dos homens. (Scalabrini)

47 47 Discípulos e missionários para os migrantes. Mãos à obra Estarei convosco até o fim dos tempos. Jesus

48 48 Centro de Estudos Migratórios Província Cristo Rei Rua Castro Alves, Porto Alegre-RS 051xx Porto Alegre, maio de 2010 Centro de Estudos Migratórios Província Cristo Rei Rua Castro Alves, Porto Alegre-RS 051xx Porto Alegre, maio de 2010

49 49 Desafios: Desafios que as migrações passam para os movimentos sociais: 1º Acolhida. Tanto na saída como na chegada. Os migrantes passam por um processo muitas vezes traumático de ruptura. 2º Resgatar a história e a cultura dos migrantes. 3º A luta pelos direitos do migrante. 4º Uma presença nos locais de saída e de chegada dos migrantes. 5º Universo urbano. Uma nova mentalidade, uma nova linguagem, um novo jeito de ser, uma nova cultura. Pastoral urbana, não é pastoral da cidade, e sim a busca de respostas evangélicas para os desafios desta nova mentalidade, a qual se encontra tanto nas ruas, praças,sítios, fazendas... 6º Pastoral dos migrantes. As estruturas eclesiais, tanto do ponto de vista geográfico quanto burocrático,... Áreas fechadas e autônomas, diretamente dependentes do centro romano ou diocesano. Os migrantes, em seu constante vaievém, desconhecem fronteiras de dioceses e paróquias. O desafio, neste caso, é criar mecanismos pastorais que possam acompanhar de forma dinâmica e ágil o movimento migratório, independentemente dos limites territoriais. Estamos falando de uma igreja mais aberta e acolhedora aos que se encontram espalhados pelos caminhos. Por vezes, temos a sensação de que as portas de entrada aos sacramentos estão fechadas para os mal casados e para os que se encontram fora de casa. Quem sabe, equipes volantes, missões populares,... Na perspectiva de responder ao desafio da mobilidade humana em suas mais diferentes formas.


Carregar ppt "1 Breves dados estatísticos sobre a realidade da mobilidade humana."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google