A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Obtenção, transformação e utilização da energia necessária para a vida. Gustavo Gastão Davanzo Biologia Frente 1

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Obtenção, transformação e utilização da energia necessária para a vida. Gustavo Gastão Davanzo Biologia Frente 1"— Transcrição da apresentação:

1 Obtenção, transformação e utilização da energia necessária para a vida. Gustavo Gastão Davanzo Biologia Frente 1

2 Principais processos: Liberação de energia contida nos alimentos orgânicos: Respiração aeróbia Respiração anaeróbia (fermentação); Produção de matéria orgânica a partir de substâncias inorgânicas: Fotossíntese Quimiossíntese

3 Energia liberada A degradação da glicose na fermentação e respiração, ocorre aos poucos, por uma série de reações sucessivas que liberam energia, sendo capturada na forma de ATP. Cada etapa é catalisada por um enzima (diminuindo a energia de ativação);

4 Fermentação O saldo energético da fermentação é de 2 ATP a cada glicose fermentada.

5 Fermentação Existem outros tipos de fermentação: Ex: fermentação láctica no músculo – quando a quantidade de O 2 não é suficiente os músculos produzem ácido láctico como resíduo final, porém sem a liberação de CO 2 – FADIGA MUSCULAR.

6 Respiração aeróbia Glicólise: ocorre no hialoplasma

7 Respiração aeróbia Ciclo de Krebs: acido pirúvico acetil-Coa que sofre descarboxilações (saída de CO2) e desidrogenações (saída de hidrogênio). Ocorre na mitocôndria.

8 Respiração aeróbia Cadeia respiratória: NADH 2 e FADH 2 : trazem hidrogênio para substâncias intermediárias (citocromos) que levam seus elétrons até o O 2. Em cada uma dessas etapas, um pouco de energia é liberada, e captada pelo ADP + Pi ATP (fosforilação oxidativa).

9 Respiração aeróbia – balanço energético

10 De onde vem a respiração?

11 Fermentação x Respiração

12 Fotossíntese

13 Somente realizada por organismos com pigmentos fotossintéticos (captam a energia solar): essencialmente clorofila (a, b, c e d) Cada tipo de clorofila utiliza preferencialmente certo comprimento de onda.

14 Fotossíntese Existem bactérias fotossintetizantes que possuem bacterioclorofila, absorve ondas infravermelho. Algumas cianobactérias (Reino Monera) possuem clorofila A – assim como os eucariontes (indício da origem dos cloroplastos a partir de simbiose mutualística de eucariontes com cianobactérias).

15 Etapas da fotossíntese Fase de claro: dependente de luz e clorofila Fotólise da água: O 2 liberado e H 2 capturado. Fotofosforilação:

16 Etapas da fotossíntese Fase de escuro: não dependente de luz ou de clorofila. Porém precisa do H 2 e do ATP (depende indiretamente da luz). 6CO H 2 + ATP C 6 H 12 O H 2 O Equação geral: 1ª Etapa: 12H 2 O + luz + clorofila 12 H 2 + 6O 2 2ª Etapa: 12 H 2 + 6CO 2 C 6 H 12 O 6 + 6H 2 O + 6O 2 Soma: ?

17 Resumo Fotossíntese

18 Fatores limitantes da fotossíntese [CO2]: aproximadamente 0,03% na atmosfera; Intensidade luminosa: até ser atingido o nível de saturação; Quantidade de água: plantas de regiões secas tem a água como fator limitante; Temperatura ambiente: acima de 45ºC a atividade enzimática é muito baixa;

19 Ponto de compensação luminoso Organismos clorofilados, quando iluminados fazem fotossíntese e respiram.

20 Quimiossíntese Realizada apenas por certas bactérias. Obtêm energia para a síntese de carboidratos ´da oxidação de substâncias inorgânicas, como: Enxofre – sulfobactérias Ferro – ferrobactérias Nitrogênio – nitrobactérias

21 Obrigado!


Carregar ppt "Obtenção, transformação e utilização da energia necessária para a vida. Gustavo Gastão Davanzo Biologia Frente 1"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google