A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Metabolismo Energético Celular Reações químicas entre moléculas reagentes dão origem ao produto. Reações endergônicas: precisam receber energia. Ganha.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Metabolismo Energético Celular Reações químicas entre moléculas reagentes dão origem ao produto. Reações endergônicas: precisam receber energia. Ganha."— Transcrição da apresentação:

1 Metabolismo Energético Celular Reações químicas entre moléculas reagentes dão origem ao produto. Reações endergônicas: precisam receber energia. Ganha mais P Ex.: fotossíntese e quimiossítese Reações exergônicas: perda de P. Funcionamento do ATP como moeda energética.

2 Fotossíntese Principal processo autotrófico realizado por seres clorofilados. Fórmula básica: 6 CO H 2 O luz e clorofila C 6 H 12 O O H 2 O

3 Etapas da Fotossíntese Acontecem duas etapas: Fotoquímica: Necessidade de luz Química: NÃO utiliza a luz, mas pode ocorrer na presença da mesma.

4 Etapa Fotoquímica ou Reações de Claro Acontece em dois conjuntos básicos: Fotofosforilação: adição de fosfato (P) em presença de luz. A energia luminosa capitada pela clorofila é transferida em forma de energia química para o ATP: 18 ADP + 18 P 18 ATP

5 Fotólise da água: quebra de moléculas de água sobre ação da luz, com participação de enzimas localizadas nos tilacóides. Ação do NADP originando NADPH 2 + H + : 12 H 2 O + NADP + 12 NADPH + 12 H

6 Etapa Química ou Reações de Escuro Participação do CO 2, que recebe H transportado pelo NADP (NADPH) provenientes da fotólise da água formando carboidratos.

7 Quimiossíntese Processo em que a energia utilizada provem da oxidação de substancias inorgânicas. Bactérias quiossintetizantes: Ferrobacterias: oxidação de compostos de Fe + nitrobacterias: oxidação de íons amônio (NH 3 ) ou de íons nitritos (NO 2 - )

8 Respiração Anaeróbia Somente acontece na ausência de O 2 em bactérias desnitrificantes do solo. Ex.: ciclo no nitrogênio

9 Fermentação Processo anaeróbio de síntese de ATP Seres anaeróbios facultativos realizam fermentação na ausência de O 2 e respiração aeróbica na presença de O 2. A fermentação a glicose é degradada parcialmente na ausência de O 2 em substancias como: acido lático e álcool etílico.

10 Fermentação lática Piruvato é transformado em acido lático pela utilização de íons de H transportados pelo NADH. Em seres humanos ocorrem mediante atividades físicas intensas com insuficiência de O 2.

11 Fermentação alcoólica A molécula de piruvato (3C) sofre redução de carbono pelo NADH originando etanol (2C) liberando CO 2. Ocorre em bactérias e leveduras


Carregar ppt "Metabolismo Energético Celular Reações químicas entre moléculas reagentes dão origem ao produto. Reações endergônicas: precisam receber energia. Ganha."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google