A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

FOTOSSÍNTESE E RESPIRAÇÃO A equação da respiração é, na verdade, a equação da fotossíntese ao contrário, sob condições aeróbias. O oxigênio é tanto o.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "FOTOSSÍNTESE E RESPIRAÇÃO A equação da respiração é, na verdade, a equação da fotossíntese ao contrário, sob condições aeróbias. O oxigênio é tanto o."— Transcrição da apresentação:

1

2 FOTOSSÍNTESE E RESPIRAÇÃO A equação da respiração é, na verdade, a equação da fotossíntese ao contrário, sob condições aeróbias. O oxigênio é tanto o doador ou aceptor de elétrons, dependendo da direção observada na reação. Geralmente, a fermentação é a respiração sob condições anaeróbias. Embora haja exceções a cada regra, este é um modo básico e geral em relação a como se observa o uso de carboidratos para geração de energia para a célula.

3 FOTOSSÍNTESE Basicamente, a fotossíntese é uma reação com dois reagentes e dois produtos: Gás carbônico + água dão origem a glicose + oxigênio. Esta reação ocorre com consumo energético. RESPIRAÇÃO É um processo aeróbio (fosforilação oxidativa). O processo básico é o contrário da fotossíntese, invertendo-se os produtos e os reagentes: oxigênio + glicose dão origem a gás carbônico + água (em forma de vapor). Ocorre consumo energético.

4 FERMENTAÇÃO É um processo anaeróbio. Basicamente, temos uma reação do tipo: Glicose + outros aceptores de elétros dão origem ao piruvato. Temos, então, os seguintes tipos de fermentação: Fermentação ácida homolática: Piruvato dá origem ao ácido lático. Ocorre, por exemplo, em lactobacilos e estreptococos. Fermentação alcoólica: Piruvato dá origem a álcool etílico. Ocorre em leveduras. É o processo que se dá, por exemplo, na fermentação da cerveja e vinho.

5 Fermentação ácida mista: Piruvato pode converter- se em acetil Co-A, ácido fórmico ou ácido lático; estes, por sua vez, podem dar origem ao ácido succínico, álcool etílico, ácido acético, água + gás carbônico ou ácido lático. Como exemplo, temos as bactérias do trato intestinal. Fermentação do butileno-glicol: Piruvato converte- se em acetona e esta, em 2,3 butileno-glicol. Ocorre em gêneros como Enterobacter, Bacillus e Pseudomonas.

6 Respiração anaeróbia com íons inorgânicos: Há três tipos básicos de respiração anaeróbia, processo realizado principalmente por bactérias: REDUTORES DE SULFATO: São bactérias obrigatoriamente anaeróbias; transformam sulfato em sulfito (sulfato + hidrogênio originam sulfito e água) REDUTORES DE NITRATO: São bactérias facultativamente anaeróbias, i.e., podem sobreviver usando respiração aeróbia e meios fermentativos. O processo também é conhecido como denitrificação. Nitrato + hidrogênio dão origem a nitrogênio + água.

7 BACTÉRIAS ORIGINÁRIAS DE METANO: estas bactérias são encontradas nos sistemas digestivos de animais ruminantes como os bovídeos (bois e búfalos) e os cervídeos (cervos, veados e antílopes). O processo básico envolve gás carbônico + hidrogênio, que dão origem ao metano + água. CONCLUSÕES FINAIS A respiração é o contrário da fotossíntese. Em ambos os processos, há consumo energético. A fermentação é um processo anaeróbio. Geralmente é realizado por bactérias.


Carregar ppt "FOTOSSÍNTESE E RESPIRAÇÃO A equação da respiração é, na verdade, a equação da fotossíntese ao contrário, sob condições aeróbias. O oxigênio é tanto o."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google