A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

COLÉGIO NOSSA SENHORA DE FÁTIMA SACRAMENTINAS FERMENTAÇÃO RESPIRAÇÃO Disciplina:Biologia 1º Ano Prof. Ivan Santos Vitória da Conquista – Bahia, Julho -

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "COLÉGIO NOSSA SENHORA DE FÁTIMA SACRAMENTINAS FERMENTAÇÃO RESPIRAÇÃO Disciplina:Biologia 1º Ano Prof. Ivan Santos Vitória da Conquista – Bahia, Julho -"— Transcrição da apresentação:

1 COLÉGIO NOSSA SENHORA DE FÁTIMA SACRAMENTINAS FERMENTAÇÃO RESPIRAÇÃO Disciplina:Biologia 1º Ano Prof. Ivan Santos Vitória da Conquista – Bahia, Julho Assuntos:

2 METABOLISMO ENERGÉTICO II Fermentação e Respiração O estudo desses dois processos será feito a partir da glicose, um dos mais importantes carboidratos de energia. FERMENTAÇÃO Fermentação Glicose degradada na ausência de O 2 substância + simples: Ácido lático = fermentação lática; Álcool etílico = fermentação alcoólica Ácido acético = fermentação acética Nesse processo há saldo de 2 moléculas de ATP

3 Tipos de fermentação e a respiração Glicose ácido lático + 2 ATP Fermentação Lática Glicose álcool etílico + CO ATP Fermentação Alcoólica Glicose ácido acético + CO ATP Fermentação Acética Glicose + O 2 CO 2 + H 2 O + 36 ou 38 ATP Respiração

4 MITOCÔNDRIACITOPLASMA Glicose (6 C) C 6 H 12 O 6 Glicose (6 C) C 6 H 12 O 6 2 CO 2 Ciclo de Krebs 4 CO 2 2 ATP H2H2 FASE ANAERÓBIAFASE AERÓBIA 6 H 2 O CADEIA RESPIRATÓRIA Saldo de 32 ou 34 ATPs 6 O 2 Piruvato (3 C) GLICÓLISE Saldo de 2 ATP Respiração em célula eucariótica

5 FERMENTAÇÃO Ocorre no citosol Glicose degradada em 2 mol de piruvato(ácido pirúvico – cada um com 3 C) Glicólise Glicólise Processo exotérmico Cada molécula de Glicose libera p/ formar 4 mol de ATP É necessário de 2 mol de ATP p/ iniciar a glicólise Saldo de 2 ATP Nesse processo há liberação de H 2 que é transportado por NAD(nicotinamida-adenina-dinucleotídeo) e FAD(flavina-adenina- dinucleotídeo) Fermentação há apenas NAD Na glicólise os H 2 liberados são captados por 2 mol de NAD 2 NADH * Esquema da glicólise

6 P ~ 6 C ~ P 3 C Piruvato Glicólise Glicose (6C) C 6 H 12 O 6 ADP ATP ADP ATP 1. Duas moléculas de ATP são utilizadas para ativar uma molécula de glicose e iniciar a reação. 3 C ~ P 2. A molécula de glicose ativada pelo ATP divide-se em duas moléculas de três carbonos. Pi NAD P ~ 3 C ~ P NADH NAD P ~ 3 C ~ P NADH 3. Incorporação de fosfato inorgânico e formação de NADH. P ~ 3 C ADP ATP P ~ 3 C ADP ATP 4. Duas moléculas de ATP são liberadas recuperando as duas utilizadas no início. ADP ATP ADP ATP 5. Liberação de duas moléculas de ATP e formação de piruvato.

7 Fermentação Lática Piruvato obtido na glicólise ácido lático pela utilização dos íons H + transp. Pelos NADH da glicólise Realizada por algumas bactérias e fungos e células do tecido muscular esquelético do corpo humano Cãibra = insuficiência de O 2 células degradam a glicose em lactato. 80% do lactato vai p/ o sangue e degrada no fígado e 20% metabolizados nas células musculares c/ restabelecimento de O 2 lactato transformado em piruvato Azedamento do leite e a produção de conservas (picles)= ferm. Lática Esquema da Fermentação Lática

8 Glicólise Fermentação Lática Glicose (6 C) C 6 H 12 O 6 ATP Piruvato (3 C) NADH Ácido lático 3 C NAD Ácido lático 3 C NAD

9 Fermentação Alcoólica Piruvato libera inicialmente 1 molécula de CO 2 = composto com 2 carbonos que é reduzido pelo NADH = álcool etílico. Ocorre principalmente em bactérias e leveduras (fungos) * Saccharomyces cerevisiae = produção de bebidas alcoólicas e de pão. Transformam açúcares do suco de uva e de malte em vinho e cerveja. * Fabricação de pão CO 2 fica armazenado em pequenas câmaras no interior da massa fazendo-a crescer. Ao assar, as paredes se enrijecem e mantêm a sua estrutura alveolar. Esquema da Fermentação Alcoólica

10 Glicólise Fermentação Alcoólica Glicose (6 C) C 6 H 12 O 6 ATP Piruvato (3 C) NADH CO 2 Álcool etílico 3 C NAD

11 Fermentação Acética É realizado por bactérias denominadas acetobactérias produzindo ácido acético + CO2. * Este tipo de fermentação é utilizado para fabricação de vinagre e provoca o azedamento de vinhos e sucos de frutas. Esquema da Fermentação Acética

12 Fermentação Acética Glicólise Glicose (6C) C 6 H 12 O 6 ATP NADH Ácido acético 3 C CO 2 NAD NADH 2 H2OH2O Ácido acético 3 C CO 2 NAD NADH 2 H2OH2O Piruvato (3 C)

13 Citosol Crista mitocondrial Mitocôndria Glicose (6 C) C 6 H 12 O 6 Total: 10 NADH 2 FADH 2 1 ATP 1 NADH Piruvato (3 C) 6 O 2 6 H 2 O 32 ou 34 ATP 6 NADH 2 FADH 2 ATP 4 CO 2 2 CO 2 2 NADH 2 acetil-CoA (2 C) Ciclo de Krebs Visão geral do processo respiratório em célula eucariótica

14 Saldo energético EtapaSalto em ATP Glicólise2 Ciclo de Krebs2 Cadeia respiratória 32 ou 34 Total36 ou 38


Carregar ppt "COLÉGIO NOSSA SENHORA DE FÁTIMA SACRAMENTINAS FERMENTAÇÃO RESPIRAÇÃO Disciplina:Biologia 1º Ano Prof. Ivan Santos Vitória da Conquista – Bahia, Julho -"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google