A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

UTILIZAÇÃO DE SOFTWARES ANTI-VÍRUS - Fábio Luís de Souza - Lourenço Wiemes - Nice Wajszcyk UFSC / CED / CURSO DE BIBLIOTECONOMIA Disciplina: Recuperação.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "UTILIZAÇÃO DE SOFTWARES ANTI-VÍRUS - Fábio Luís de Souza - Lourenço Wiemes - Nice Wajszcyk UFSC / CED / CURSO DE BIBLIOTECONOMIA Disciplina: Recuperação."— Transcrição da apresentação:

1 UTILIZAÇÃO DE SOFTWARES ANTI-VÍRUS - Fábio Luís de Souza - Lourenço Wiemes - Nice Wajszcyk UFSC / CED / CURSO DE BIBLIOTECONOMIA Disciplina: Recuperação da Informação Profa. Úrsula Blattmann

2 Ameaças híbridas / vírus O que são vírus? Códigos maliciosos que afetam computadores e outros equipamentos digitais. Termo correto malware junção de malicious e software, isto é, software maléfico.

3 História dos vírus A história dos vírus remonta ao final da década de 40. Eram disseminados por jogos pirateados. No fim de 1983, o primeiro vírus experimental documentado começou a ser desenvolvido pelo engenheiro elétrico norte- americano Fred Cohen. Até hoje, Cohen é considerado o "pai dos vírus de computador". O primeiro vírus para MS-DOS, batizado de "Brain", surgiu em , os vírus começaram a causar dores de cabeça reais para administradores de sistema. Os Macintosh passaram a ser atacados em 1988, pelo vírus MacMag. O primeiro "worm" para Internet, também foi lançado nesse ano, paralisando muitos computadores. Os EUA criaram o primeiro CERT (Computer Emergency Response Team), centro de resposta rápida a incidentes desse tipo.

4 História dos vírus Golpes por meio de programas começaram a circular em No mesmo ano em que surgiu o primeiro livro sobre criação de vírus e o primeiro fórum de trocas de arquivos e informações sobre vírus. Em 1990, a Norton lançou seu antivírus. Em 1995, com o lançamento próximo do Windows 95, as empresas antivírus receavam perder mercado, já que a maioria dos vírus era voltada para o DOS. Surgiam os vírus de macro, que infectavam documentos do Word. No ano seguinte já existiam vírus desenvolvidos especificamente para arquivos do Windows 95 e Excel. Também surgia o primeiro vírus para Linux.

5 História dos vírus Em 2000, aconteceram os primeiros ataques distribuídos de negação de serviços sérios, que paralisaram sites como Yahoo! e Amazon. O worm LoveLetter, que no Brasil ficou conhecido como "I Love You. No mesmo ano surgem os primeiros códigos maléficos para Palmtops, para sistemas de telefonia integrados à Internet, para sistema de arquivos do Windows NT e para a linguagem de programação PHP. Os primeiros vírus a infectar tanto sistemas Windows quanto Linux foram lançados em Em 2003, as técnicas de programação aliaram-se de forma intensiva à engenharia social nos chamados "phishing scams". O ano de 2004 seguiu a tendência, com o aumento drástico de ataques de "phishing", geralmente associados a cavalos- de-tróia.

6 Os sete pecados capitais do 1) Curiosidade 2) Desleixo 3) Obsolescência 4) Promiscuidade 5) Credulidade 6) Desatenção 7) Ingenuidade Linux é mais seguro do que o Windows? Sim e não. A palavra-chave é atualização.

7 Existem atualmente 14 categorias de vírus de computador. Veja a seguir quais são os tipos de vírus e suas características: TipoCaracterística Arquivo Vírus que anexa ou associa seu código a um arquivo. Geralmente, esse tipo de praga adiciona o código a um arquivo de programa normal ou sobrescreve o arquivo. Ele costuma infectar arquivos executáveis do Windows, especialmente.com e.exe, e não age diretamente sobre arquivos de dados. Para que seu poder destrutivo tenha efeito, é necessário que os arquivos contaminados sejam executados. Alarme falso Não causa dano real ao computador, mas consome tempo de conexão à Internet ao levar o usuário a enviar o alarme para o maior número de pessoas possível. Se enquadra na categoria de vírus-boato e cartas-corrente.vírus-boato e cartas-corrente

8 TipoCaracterística Backdoor Como o próprio nome diz, é um vírus que permitem que hackers controlem o micro infectado pela "porta de trás". Normalmente, os backdoors vêm embutidos em arquivos recebidos por ou baixados da rede. Ao executar o arquivo, o usuário libera o vírus, que abre uma porta da máquina para que o autor do programa passe a controlar a máquina de modo completo ou restrito. Boot Vírus que se infecta na área de inicialização dos disquetes e de discos rígidos. Essa área é onde se encontram arquivos essenciais ao sistema. Os vírus de boot costumam ter alto poder de destruição, impedindo, inclusive, que o usuário entre no micro. Cavalo de Tróia ou Trojan São programas aparentemente inofensivos que trazem embutidos um outro programa (o vírus) maligno.

9 TipoCaracterística Encriptados Tipo recente que, por estarem codificados, dificultam a ação dos antivírus. Hoax Vírus boato. Mensagens que geralmente chegam por alertando o usuário sobre um vírus mirabolante, altamente destrutivo. Veja também: O que são hoaxes.O que são hoaxes Macro Tipo de vírus que infecta as macros (códigos executáveis utilizados em processadores de texto e planilhas de cálculo para automatizar tarefas) de documentos, desabilitando funções como Salvar, Fechar e Sair. Multipartite Vírus que infecta registro mestre de inicialização, trilhas de boot e arquivos Mutante Vírus programado para dificultar a detecção por antivírus. Ele se altera a cada execução do arquivo contaminado Polimórfico Variação mais inteligente do vírus mutante. Ele tenta difiultar a ação dos antivírus ao mudar sua estrutura interna ou suas técnicas de codificação.

10 TipoCaracterística ProgramaInfectam somente arquivos executáveis, impedindo, muitas vezes, que o usuário ligue o micro. Script Vírus programado para executar comandos sem a interação do usuário. Há duas categorias de vírus script: a VB, baseada na linguagem de programação, e a JS, baseada em JavaScript. O vírus script pode vir embutido em imagens e em arquivos com extensões estranhas, como.vbs.doc, vbs.xls ou js.jpg Stealth Vírus "invisível" que usa uma ou mais ténicas para evitar detecção. O stealth pode redirecionar indicadores do sistema de modo a infectar um arquivo sem necessariamente alterar o arquivo infectado.

11

12 Antivírus - Conceitos Os antivírus são softwares projetados para detectar e eliminar vírus de computador. (wikipédia)wikipédia Antivírus é um software responsável pela detecção, desinfecção e remoção de pragas digitais como vírus, trojans (cavalos de tróia), worms e qualquer outro tipo de código malicioso, não se limitando somente aos vírus como o nome sugere. Alguns antivírus também removem adwares e spywares, tarefa antes reservada apenas aos anti- spywares. (www.linhadefensiva.com.br)www.linhadefensiva.com.br

13 Como funciona um Anti-vírus? O antivírus funciona com um banco de dados chamado de lista de definição. Essa lista contém informações para que o antivírus consiga identificar quais arquivos são bons e quais são maliciosos. Em outras palavras, para que ele consiga detectar um vírus, é necessário que esse vírus esteja na lista definição. Esse é o motivo pelo qual os antivírus requerem atualização constante: para detectar os vírus mais recentes, a lista de definição precisa ser a mais nova possível. As companhias antivírus capturam os vírus que estão circulando na rede e também recebem exemplares de seus usuários para atualizar a sua lista de definição.

14 Dentre as medidas preventivas que podem ser adotadas para evitar a contaminação por vírus, recomendamos: Evitar programas de origem desconhecida (cópias piratas); Utilizar programas originais ou reproduções de procedência oficial; Restringir o acesso de operadores não autorizados, por meio de softwares de segurança; Evite utilizar os comandos DEL ou ERASE para limpar disquetes, dê preferência ao FORMAT; Recomendações para evitar a contaminação

15 Não permitir acesso aos micros por pessoas desconhecidas ou funcionários demissionários; Procure manter a sala onde estão os equipamentos fechados à chave; Caso empreste disquetes, faça uma cópia antes e formate-os se recebê-los de volta, ou não os receba de volta; Manter sempre uma cópia de segurança das informações, de acordo com o ciclo de atualização; Sempre atualizar o antivírus que estiver instalado no computador, senão ele não vai servir de nada. A maioria deles já faz automaticamente, bastando estar conectado à internet.

16 Avast! Home Edition => Um dos melhores anti-vírus gratuitos para proteger o seu computador das diferentes ameaças do mundo virtual. => Segundo a Revista Info, ele é o melhor. => avast! Home – Gratuíto = Freeware => avast! 4 Professional Edition - Preço: US$ 39,95

17 AVG Anti-Vírus => É um excelente antivírus, gratuito para uso doméstico. => AVG Professional - Preço: R$ 68,90 = licença para 1 ano.

18 Norton AntiVirus – da symantec => Preço: US$ 49,95 – É possível instalar um teste que expira em 15 dias gratuitamente.

19 Fontes Noite/WebHome Noite/WebHome antispyware antispyware home.html home.html


Carregar ppt "UTILIZAÇÃO DE SOFTWARES ANTI-VÍRUS - Fábio Luís de Souza - Lourenço Wiemes - Nice Wajszcyk UFSC / CED / CURSO DE BIBLIOTECONOMIA Disciplina: Recuperação."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google