A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 Janeiro 2013. 1. APRESENTAÇÃO DA EMPRESA 2 1.1 Introdução 1.2 Âmbito dos Serviços 1.3 Domínio de Atividade.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 Janeiro 2013. 1. APRESENTAÇÃO DA EMPRESA 2 1.1 Introdução 1.2 Âmbito dos Serviços 1.3 Domínio de Atividade."— Transcrição da apresentação:

1 1 Janeiro 2013

2 1. APRESENTAÇÃO DA EMPRESA Introdução 1.2 Âmbito dos Serviços 1.3 Domínio de Atividade

3 3 A NORAQUA foi fundada em 1981 e resultou da congregação dos esforços que, em separado, os seus sócios fundadores, licenciados em Engenharia Civil, vinham a desenvolver no âmbito de estudos e projetos na área do Saneamento Básico e ainda da crescente necessidade, por todos sentida, de um superior valor acrescentado nos estudos, através da introdução de novas valências. Atualmente está em curso na empresa o processo de implementação da certificação de sistema de gestão de qualidade, segundo a norma ISO 9001: Introdução

4 4 1.2 Âmbito dos Serviços Estudos de Base Estudos de viabilidade Planos Diretores Projetos Assessoria Técnica à construção Gestão e fiscalização de empreendimentos Estudos de reabilitação de obras

5 5 1.3 Domínio de Atividade 1 - H IDRÁULICA E R ECURSOS H ÍDRICOS Avaliação de Recursos Hídricos Regularização Fluvial Estudos Hidrológicos Estudos de Cheias Diques de defesa contra Cheias Aproveitamento de fins múltiplos (mini-hídricas) Planos de Bacias Hidrográficas Projeto de Obras Hidráulicas Projeto de Infraestruturas de hidráulica agrícola

6 6 1.3 Domínio de Actividade 2 - H IDRÁULICA U RBANA Planos diretores de Saneamento Básico (Abastecimento de Água e Drenagem de Águas Residuais) Projetos de abastecimento de água: captações, estações de tratamento, adução, reservatórios e redes de distribuição Projetos de drenagem de águas residuais domésticas e industriais incluindo: redes de coletores, intercetores, sistemas elevatórios, estações de tratamento de águas residuais domésticas e industriais (ETAR e ETARI), emissários submarinos Projetos de drenagem de águas pluviais Estudos de caracterização de efluentes domésticos e industriais Estudos de diagnóstico de infraestruturas existentes

7 7 1.3 Domínio de Atividade 3 - A MBIENTE Estudos de Impacto Ambiental Controle de Poluição 4 – I NSTALAÇÕES P REDIAIS Redes de Água e Esgotos Segurança contra Incêndio Redes de Gás Reutilização de Águas Usadas

8 2. PORTFÓLIO Planos Gerais 2.2 Hidráulica Urbana 2.3 Estações de Tratamento 2.4 Instalações Prediais

9 9 2.1 Planos Gerais P LANOS D IRETORES PARA A CRIAÇÃO DOS S ISTEMAS M ULTIMUNICIPAIS EM B AIXA DE A BASTECIMENTO DE Á GUA E DE S ANEAMENTO DO N ORTE, C ENTRO E S UL (em consórcio) DATA 2007/2008 D ESCRIÇÃO GERAL Diagnóstico dos sistemas de abastecimento e de saneamento de águas residuais, análise global dos sistemas e soluções propostas, estimativas de custos, faseamento dos investimentos P OPULAÇÃO ABRANGIDA 74 Municípios, envolvendo uma população de cerca de habitantes

10 Planos Gerais R EVISÃO DO E STUDO T ÉCNICO G ERAL DO S ISTEMA M ULTIMUNICIPAL DE A BASTECIMENTO DE Á GUA E DE S ANEAMENTO DO V ALE DO A VE (em consórcio) V OLUME II - S UBSISTEMAS DE Á GUAS R ESIDUAIS DATA 2007 D ESCRIÇÃO GERAL Revisão dos elementos de base, análise crítica da solução preliminar e o estabelecimento de alternativas, estudo de soluções alternativas, descrição geral da solução proposta e estimativa dos custos associados e um plano de desenvolvimento P OPULAÇÃO ABRANGIDA habitantes

11 Planos Gerais A PROFUNDAMENTO DO E STUDO DE V IABILIDADE T ÉCNICO -E CONÓMICA PARA A R EGIÃO DO V ALE DO S OUSA I NTEGRADO NO S ISTEMA M ULTIMUNICIPAL DO G RANDE P ORTO, ABRANGENDO OS M UNICÍPIOS DE A MARANTE, A ROUCA, C ASTELO DE P AIVA, C INFÃES, F ELGUEIRAS, L OUSADA, P AÇOS DE F ERREIRA, P AREDES E P ENAFIEL (em consórcio) DATA 2005 D ESCRIÇÃO GERAL O estudo pretendeu dar resposta, de uma forma integrada, aos problemas do abastecimento de água, e à rejeição, transporte e tratamento dos esgotos domésticos e industriais P OPULAÇÃO ABRANGIDA habitantes I NVESTIMENTO AA – 134 milhões de euros; AR milhões de euros Amarante Felgueiras Lousada Paredes Penafiel Arouca Cinfães Castelo de Paiva Paços de Ferreira

12 Hidráulica Urbana CONDUTA ADUTORA JOVIM-NOVA SINTRA DATA 2007 D ONO DE O BRA Águas do Douro e Paiva, S.A. D ESCRIÇÃO Projeto de Execução da nova conduta adutora Jovim- Nova Sintra (DN900); assistência técnica; capacidade de transporte: 940 l/s VALOR GLOBAL EXTENSÃO 11.5 km

13 Hidráulica Urbana CONDUTA ADUTORA PEDROUÇOS- NOGUEIRA II DATA 2006 D ONO DE O BRA Águas do Douro e Paiva, S.A. D ESCRIÇÃO Projeto de Execução da nova conduta adutora Pedrouços-Nogueira II (DN700); assistência técnica VALOR GLOBAL EXTENSÃO 8.5 km

14 Hidráulica Urbana REDES DE ABASTECIMENTO ÁGUA À CIDADE DE CHAVES DATA 2008 D ONO DE O BRA Câmara Municipal de Chaves D ESCRIÇÃO Projeto de Execução de diversas manchas da Rede de Distribuição de Água (dn110 e dn200) da cidade de Chaves; assistência técnica VALOR GLOBAL EXTENSÃO 46.4 km

15 Hidráulica Urbana DATA Desde 1981 D ONO DE O BRA Câmara Municipal de Espinho D ESCRIÇÃO Projeto de Execução da Rede de Distribuição de Água (DN60 a DN350) de diversas localidades do concelho de Espinho; Projeto de Execução de diversos Reservatórios; assistência técnica EXTENSÃO 61 km REDES DE ABASTECIMENTO ÁGUA NO CONCELHO DE ESPINHO

16 Hidráulica Urbana DATA 1997 D ONO DE O BRA Águas do Douro e Paiva, S.A. D ESCRIÇÃO Projeto de Execução da Ampliação do Reservatório de Pedrouços (Maia); suporte em fase de concurso; assistência técnica VALOR GLOBAL C APACIDADE m 3 AMPLIAÇÃO DO RESERVATÓRIO DE PEDROUÇOS

17 2.2 Hidráulica Urbana 17 PLANO DIRETOR DE ÁGUAS PLUVIAIS DA CIDADE DE ESPINHO E ZONAS LIMÍTROFES DATA 1993 D ESCRIÇÃO GERAL Delimitação das bacias de drenagem da cidade para efeitos de Plano Diretor e definição de estratégias e parâmetros para a implantação de uma rede de drenagem de águas pluviais P OPULAÇÃO ABRANGIDA habitantes

18 2.2 Hidráulica Urbana 18 REDES DE DRENAGEM DE ÁGUAS PLUVIAIS DA CIDADE DE ESPINHO E ZONAS LIMÍTROFES DATA 2000 D ESCRIÇÃO GERAL Projeto de execução para a instalação de cerca de 50 km de redes de drenagem de águas pluviais, com diâmetros nominais variando entre o DN 315 e o DN 1500 P OPULAÇÃO ABRANGIDA habitantes

19 2.2 Hidráulica Urbana 19 REDES DE DRENAGEM DE ÁGUAS PLUVIAIS DA GAFANHA DA NAZARÉ DATA 2011 D ESCRIÇÃO GERAL Projeto de execução para a instalação de cerca de 22 km de redes de drenagem de águas pluviais, com tubagem de diâmetros nominais variando entre o DN 315 e o DN1500 e box-culvert com 1.0 x 2.0m P OPULAÇÃO ABRANGIDA habitantes I NVESTIMENTO PREVISTO 7.4 milhões de euros

20 2.2 Hidráulica Urbana 20 REDES DE DRENAGEM DE ÁGUAS PLUVIAIS DA CIDADE DE VILA DO CONDE DATA 2005/2011 D ESCRIÇÃO GERAL Projeto de execução para a instalação de cerca de 15.7 km de redes de drenagem de águas pluviais, com tubagem de diâmetros nominais variando entre o DN 315 e o DN1500 e box-culvert com 1. 5 x 2.0m I NVESTIMENTO PREVISTO 4.85 milhões de euros

21 Estações de Tratamento ETAR DE GRAMIDO DATA 1989 DONO DE OBRA : Serviços Municipalizados de Gondomar SERVIÇO PRESTADO : Projeto de execução P OPULAÇÃO ABRANGIDA habitantes equivalentes C APACIDADE : m3/d

22 Estações de Tratamento ETAR DOS MOSTEIROS DATA 2002 DONO DE OBRA : Serviços Municipalizados de Ponta Delgada SERVIÇO PRESTADO : Projeto de execução VALOR GLOBAL : P OPULAÇÃO ABRANGIDA habitantes equivalentes C APACIDADE : 763 m3/d

23 Estações de Tratamento ETAR DE S. SILVESTRE DATA 2007 DONO DE OBRA : Empreiteiros CASAIS / Águas do Mondego, S.A. SERVIÇO PRESTADO : Projeto de execução VALOR GLOBAL : P OPULAÇÃO ABRANGIDA habitantes equivalentes C APACIDADE : m3/d

24 Estações de Tratamento ETAR DO SOUSA DATA 2011 DONO DE OBRA : DST / Águas do Noroeste, S.A. SERVIÇO PRESTADO : Projeto de Execução (construção civil) VALOR GLOBAL : P OPULAÇÃO ABRANGIDA habitantes equivalentes C APACIDADE : m3/d

25 Estações de Tratamento ETA DE PADRASTOS DATA 1991 DONO DE OBRA : Câmara Municipal de Vale de Cambra SERVIÇO PRESTADO : Projeto de execução VALOR GLOBAL : P OPULAÇÃO ABRANGIDA habitantes equivalentes C APACIDADE : m3/d

26 Estações de Tratamento ETA DA QUEIMADELA DATA 1996/2005 DONO DE OBRA : Câmara Municipal de Fafe / Águas do Noroeste, S.A. SERVIÇO PRESTADO : Projeto de execução VALOR GLOBAL : / P OPULAÇÃO ABRANGIDA Cerca de habitantes C APACIDADE : m3/d

27 2.4 Instalações Prediais 27 DATA 2005 REQUERENTE: MAROPE DESCRIÇÃO DA OBRA: Remodelação / ampliação de um Hotel constituído por 405 quartos, Health Club, Restaurantes, Piscina interior e exterior e diversas zonas comuns de apoio às atividades de lazer e de serviços do hotel. CARACTERÍSTICAS: Nº pisos: 35, sendo 5 enterrados TRABALHOS REALIZADOS: - Rede de Abastecimento de Água - Rede de Combate a Incêndio - Rede de Drenagem de Águas Residuais - Rede de Drenagem de Águas Pluviais VALOR DOS TRABALHOS: HOTEL SHERATON LISBOA

28 2.4 Instalações Prediais 28 HOTEL CROWN PLAZA (VILAMOURA BEACH) DATA REQUERENTE: MAROPE DESCRIÇÃO DA OBRA: Remodelação / ampliação de um Hotel constituído por 330 quartos, Health Club, Restaurantes, Piscina interior e exterior e diversas zonas comuns de apoio às atividades de lazer e de serviços do hotel. CARACTERÍSTICAS: Nº pisos: 14, sendo 1 enterrado TRABALHOS REALIZADOS: - Rede de Abastecimento de Água - Rede de Combate a Incêndio - Rede de Drenagem de Águas Residuais - Rede de Drenagem de Águas Pluviais VALOR DOS TRABALHOS:

29 2.4 Instalações Prediais 29 HIPERMERCADOS CONTINENTE E AFINS DATA REQUERENTE: SONAE, MC. DESCRIÇÃO DA OBRA: Construção, remodelação e ampliação de cerca de 145 Lojas Continente, Continente Modelo e Continente Bom Dia, espalhadas por todo o País. TRABALHOS REALIZADOS: - Rede de Abastecimento de Água - Rede de Combate a Incêndio - Rede de Drenagem de Águas Residuais - Rede de Drenagem de Águas Pluviais

30 2.4 Instalações Prediais 30 CENTRO COMERCIAL DAS ANTAS (DOLCE VITA PORTO) DATA 2001 REQUERENTE: AMORIM IMOBILIÁRIA, S.A. DESCRIÇÃO DA OBRA: Empreendimento constituído pelo Centro Comercial que inclui cerca de 130 lojas e 1695 lugares de estacionamento, por um edifício de Habitação e por um Hotel CARACTERÍSTICAS: Centro Comercial Área: m 2 Nº pisos: 7, sendo 2 enterrados Edifício de Habitação Nº fogos: 300 Hotel Nº quartos: 120 TRABALHOS REALIZADOS: - Rede de Abastecimento de Água - Rede de Combate a Incêndio - Rede de Drenagem de Águas Residuais - Rede de Drenagem de Águas Pluviais VALOR DOS TRABALHOS:

31 Porto, Portugal


Carregar ppt "1 Janeiro 2013. 1. APRESENTAÇÃO DA EMPRESA 2 1.1 Introdução 1.2 Âmbito dos Serviços 1.3 Domínio de Atividade."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google