A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Escola Secundária Alberto Sampaio 2012/2013. Definir e caraterizar Sistemas Operativos Enunciar e caraterizar as funções de um Sistema Operativo Descrever.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Escola Secundária Alberto Sampaio 2012/2013. Definir e caraterizar Sistemas Operativos Enunciar e caraterizar as funções de um Sistema Operativo Descrever."— Transcrição da apresentação:

1 Escola Secundária Alberto Sampaio 2012/2013

2 Definir e caraterizar Sistemas Operativos Enunciar e caraterizar as funções de um Sistema Operativo Descrever a evolução histórica dos Sistemas Operativos Definir e caraterizar os diferentes tipos de Sistemas Operativos Definir e caraterizar sistemas multiprocessador Definir e caraterizar sincronização e escalonamento Definir e caraterizar Sistemas Distribuídos 2 M ÓDULO 1

3 Software de suporte de um Sistema Operativo – BIOS A BIOS de um PC O chip ROMBIOS Tipos de memória BIOS POST CMOS Configuração da BIOS 3 M ÓDULO 1

4 Basic Input Output System (Sistema Básico de Entrada e Saída) É um circuito integrado de leitura e não volátil localizado na motherboard – ROMBIOS - no qual residem as instruções básicas para a iniciação do sistema que são executadas assim que a máquina é ligada. Na BIOS reside a primeira camada de software de sistema – Firmware 4 M ÓDULO 1

5 Conjunto de programas que estão armazenados em memória ROM, EPROM ou EEPROM e que não desaparecem quando o computador é desligado. Firmware está entre os conceitos de hardware e de software. A BIOS é um tipo de Firmware. 5 M ÓDULO 1

6 6 Hardware Software Firmware M ÓDULO 1

7 A BIOS é o primeiro programa a ser executado pelo computador ao ser inicializado, que permite a identificação e comunicação dos vários componentes e periféricos do PC e que são executados quando o computador é ligado. A sua principal função é preparar a máquina para que os outros programas possam ser executados. 7 M ÓDULO 1

8 É responsável pelas configurações essenciais do computador, reconhecimento do processador pela motherboard e fornecimento do acesso a vários dispositivos (disco, teclado, …). 8 M ÓDULO 1

9 ROM Read Only Memory (Memória só de leitura) As BIOS deste tipo não podem ser actualizados, uma vez que esta memória não pode ser escrita. 9 PROM Programmable Read Only Memory (Memória só de Leitura Programável) Estas memórias podem ser programadas apenas uma vez, através de dispositivos específicos. M ÓDULO 1

10 EPROM Erasable Programmable Read Only Memory (Memória só de Leitura Programável e Apagável) Estas memórias podem ser apagadas e regravadas posteriormente. Caracteriza-se pela janela pela qual se pode apagar a informação, utilizando luz ultravioleta. 10 M ÓDULO 1

11 EEPROM Electronic EPROM (Memória só de Leitura Programável e Apagável (Electronicamente) Memórias que podem ser reprogramadas electronicamente. 11 M ÓDULO 1

12 Flash ROM Memórias utilizadas atualmente para armazenar a BIOS. São um tipo moderno EEPROM. São escritas bloco a bloco (e não byte a byte como as EEPROM), sendo por isso mais rápida a reprogramação. Ocupam menos espaço e são mais baratas que as EEPROM. 12 M ÓDULO 1

13 Principais acções que a BIOS executa no arranque do computador: Teste de vários componentes de hardware (POST). Verificação das configurações personalizáveis (armazenadas no CMOS). Detecção dos dispositivos de armazenamento. Iniciar o arranque do Sistema Operativo. Passar o controlo do processador para o Sistema Operativo. 13 M ÓDULO 1

14 POST (Power-On Self Test ) Diversos testes que a BIOS realiza para garantir que os componentes de hardware (por exemplo: memória RAM, memória cache, processador, placa gráfica, o próprio chip da BIOS, …) funcionam correctamente. Exibe os detalhes dos testes feitos (ou erros que ocorrerem) no monitor, sob a forma de tabela indicando a quantidade de memória instalada, discos rígidos, drives de disquetes, de cd-rom, portas série e paralelas. 14 M ÓDULO 1

15 Os bips sonoros que se ouvem quando o computador arranca, são mensagens enviadas pelo BIOS alertando para erros que ocorram. O código dos bips depende da marca do fabricante do BIOS. 15 M ÓDULO 1

16 CMOS (Complementary Metal Oxide Semicondutor A função é armazenar os dados do setup para que estes não sejam perdidos quando se desliga a máquina Pequena quantidade de memória RAM destinada a armazenar as configurações personalizáveis da BIOS. A BIOS pode ser configurada através da BIOS Setup e essas configurações são armazenadas no CMOS. 16 M ÓDULO 1

17 Como o CMOS é uma memória volátil é necessário haver algo que lhe forneça energia para que os dados não se percam. É por isso que as motherboards têm uma bateria de lítio.. Atenção: Quando as informações se começam a perder (por exemplo a data e a hora), é chegada a altura de substituir a bateria. 17 M ÓDULO 1

18 SETUP BIOS É o programa que permite verificar/alterar as configurações do BIOS. O interface varia de fabricante para fabricante, mas as opções permitidas costumam ser semelhantes. Convém não alterar os valores predefinidos a menos que se tenha a certeza do que se está a fazer. Proteger o BIOS Setup com password poderá ser uma boa política para evitar alterações indevidas. O BIOS Setup poderá ser acedido logo no início do arranque do computador, carregando numa determinada tecla (por exemplo DEL, F1, F2, …). 18 M ÓDULO 1

19 Alguns parâmetros personalizáveis na BIOS Setup: Configuração dos discos rígidos. Sequência dos dispositivos de arranque. Velocidade do processador. Data e Hora do sistema. Definir/alterar a password para aceder ao setup. 19 M ÓDULO 1

20 20 M ÓDULO 1

21 MUITO IMPORTANTE APENAS ALTERAR AS DEFINIÇÕES QUANDO SE TEM A CERTEZA DO QUE SE ESTÁ A FAZER! Pode-se tornar ineficiente ou mesmo danificar o hardware!!! 21 M ÓDULO 1

22 Motivos para fazer um upgrade do BIOS: Corrigir bugs da versão actual do BIOS. Permitir a compatibilidade com novo hardware que surgiu no mercado. Suportar processadores mais rápidos. Suportar novas características dos Sistemas Operativos. Adicionar novas opções ao BIOS existente. Atenção: o upgrade ao BIOS não é a solução para tudo! 22 M ÓDULO 1

23 Antigamente… Como o BIOS estava numa memória ROM, a única forma de fazer o upgrade era substituir o próprio chip do BIOS. Isto era geralmente caro e não era feito muito frequentemente. Actualmente… O BIOS está numa memória Flash ROM, actualizável por software, pelo que a actualização do BIOS é agora uma tarefa bem mais fácil de realizar e bastante barata. 23 M ÓDULO 1

24 Como atualizar (processo normalmente utilizado): Verificar o fabricante da BIOS e saber o fabricante e o modelo da motherboard. Aceder ao website do fabricante da motherboard e verificar se existe um upgrade da BIOS para o modelo pretendido. Descarregar os ficheiros que forem indicados no website e ler atentamente as instruções indicadas. Copiar o upgrade para um cd (disquete) e arrancar o computador pelo cd (disquete). Esperar que a actualização seja efectuada e voltar a reiniciar o computador. 24 M ÓDULO 1

25 Atenção : Durante o upgrade, o conteúdo do BIOS é eliminado e reescrito. Nunca se deve desligar o computador enquanto esta operação é efetuada. Se o processo de atualização correr mal, o acesso ao computador poderá ficar impossibilitado. (Se bem que há motherboards que conseguem repor o BIOS que estava antes do início da atualização.) Em caso de não haver certeza do que se vai fazer, é aconselhável levar o computador a um técnico experiente. O upgrade do BIOS caso seja mal efetuado poderá trazer grandes dissabores! 25 M ÓDULO 1

26 26 Comente a seguinte frase… A actualização de um BIOS do tipo EPROM é fácil e pode ser executada por qualquer pessoa. Esta afirmação não é correcta. As memórias EPROM só podem ser apagadas submetendo-se a forte luz ultravioleta, utilizando um aparelho específico. Esta operação não é acessível a qualquer pessoa e apenas técnicos especializados (e que tenham acesso ao equipamento necessário) a podem realizar. M ÓDULO 1


Carregar ppt "Escola Secundária Alberto Sampaio 2012/2013. Definir e caraterizar Sistemas Operativos Enunciar e caraterizar as funções de um Sistema Operativo Descrever."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google