A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

MUSEU HISTÓRICO DO EXÉRCITO E FORTE DE COPACABANA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "MUSEU HISTÓRICO DO EXÉRCITO E FORTE DE COPACABANA."— Transcrição da apresentação:

1

2 MUSEU HISTÓRICO DO EXÉRCITO E FORTE DE COPACABANA

3 Histórico Organograma Conclusão SUMÁRIO Projetos Atividades no Ano do Centenário

4 HISTÓRICO

5 Fortificação Em 1763, a transferência da Capital do Brasil para a cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro provocou a necessidade de serem reforçadas as defesas da Baía de Guanabara, por fortificações de artilharia.

6 Entretanto, foi somente em 1908, que teve início a instalação do Forte na Ponta da Igrejinha, no promontório que separa as praias hoje conhecidas como Ipanema e Copacabana. HISTÓRICO

7 A fortificação foi construída entre 1908 e Podemos dividir esse período em 4 fases distintas: a) A 1 a fase, na qual foi lançada a pedra fundamental e a compra do material necessário no exterior (1908); HISTÓRICO

8 b) A 2 a fase, na qual buscou-se adaptar o terreno rochoso às instalações e máquinas (1908); c) A 3 a fase, na qual o forte começou a ser erguido com o movimento de terra, corte de pedra e aplainamento da rocha para elevação do maciço de concreto, com o fabrico de tijolos, britagem de pedra e outros serviços ( ); e HISTÓRICO

9 d) A 4 a fase, na qual a fortificação começou a tomar forma, com as suas muralhas laterais de 12 metros de espessura, com as abóbadas já concluídas, formando o esqueleto do forte (1912). HISTÓRICO

10 Ainda na 4 a fase, todo o material de artilharia ficou em condições de funcionamento (1913). No final dessa fase foi concluída a betonagem, dando os contornos finais à Fortificação (1914). HISTÓRICO

11 Ocupando uma área de cerca de m 2 o Forte de Copacabana foi inaugurado em 28 de setembro de 1914, pelo então Presidente da República Marechal Hermes da Fonseca. Sua construção em forma de casamata foi um desafio às engenharias militares brasileira e alemã. As paredes externas voltadas para o mar, de 12m de espessura, acolhem os canhões alemães Krupp (305mm, 190mm e 75mm) assentados em cúpulas encouraçadas e giratórias. HISTÓRICO

12 Foram empregados para a construção homens. A primeira guarnição do Forte de Copacabana foi a 6 a Bateria Independente de Artilharia de Posição, que foi transferida de Laguna, Santa Catarina. HISTÓRICO

13 O Forte de Copacabana foi palco do mais dramático acontecimento do Movimento Tenentista, que passou à História como a Epopéia dos 18 do Forte, iniciada em 05 de julho de HISTÓRICO

14 No ano de 1987 o Forte encerrou sua função bélica. Entretanto, a Bia A Cos continua a existir, sendo a herdeira das tradições da Artilharia de Costa. HISTÓRICO

15 A 19 de dezembro de 1986, o então Ministro do Exército, General Leônidas Pires Gonçalves mandava publicar a Portaria N° 061 Res, na qual ordenava a criação do Museu Histórico do Exército no Forte de Copacabana. HISTÓRICO

16 A 19 de dezembro de 1986, o então Ministro do Exército, General Leônidas Pires Gonçalves mandava publicar a Portaria N° 061, na qual ordenava a criação do Museu Histórico do Exército no Forte de Copacabana. A Portaria, a N° 016, a 4 de junho de 1987, extinguiu o Museu do Exército e o 3° Grupo de Artilharia de Costa, além de transferir todo o acervo existente nas Casas Históricas de Deodoro e Osório para o novo Museu. HISTÓRICO

17 A partir desse momento, o Museu Histórico do Exército e Forte de Copacabana formou uma equipe técnica multidisciplinar e, em setembro de 1996, inaugurou o Salão Colônia-Império com a Exposição Permanente O Exército na Formação da Nacionalidade. HISTÓRICO

18 Em 11 de maio de 1998, foi inaugurado o Salão República dando continuidade à Exposição Permanente, mostrando a atuação do Exército Brasileiro no período Republicano, até Em 12 de outubro do mesmo ano foi inaugurado, o Museu Militar Conde de Linhares (MMCL). HISTÓRICO

19 O Museu Histórico do Exército hoje constitui um importante espaço cultural para o Exército Brasileiro e para a sociedade carioca. Ciente da missão de preservar, salvaguardar e disseminar a História do Exército Brasileiro, o Museu tem buscado dinamizar a sua atuação cultural, a fim de atender as demandas de seu público interno e externo. HISTÓRICO

20 MHEx/FC Espaços Culturais Vinculados MHEx MMCL CHD Pantheon

21 MHEx/FC Museu Militar Conde de Linhares

22 MHEx/FC Casa Histórica de Deodoro

23 MHEx/FC Pantheon Duque de Caxias

24 Div PljDiv Adm Div Pes Bia A Cos Direção Subdireção Asse Com Soc Asse Pjt Estruturais Div Tec ORGANOGRAMA Sec Prod Graf Asses Impr Sec Eventos Rel Pub Div Com Soc

25 MHEx/FC Principais Projetos

26 Projeto Museológico Recuperação da Estrutura Física da Fortificação Objetivo: Recuperar um importante sítio histórico nacional. O projeto está orçado em cerca de R$ ,00.

27 Projetos Museológicos Recuperação da Casa Histórica de Deodoro (CHD) Objetivo: Recuperar um importante sítio histórico para conhecimento público.

28 Projetos Museológicos Recuperação do Pantheon Duque de Caxias Objetivo: Recuperar um importante sítio histórico para conhecimento público.

29 Projetos Museológicos Coberturas de Exposição do Museu Militar Conde de Linhares Objetivo: Proporcionar proteção ao acervo exposto ao tempo. Custo: R$ ,00

30 Livro Infantil do MHEx/FC Objetivo: Difundir a imagem do MHEx junto ao público infantil. Custo: Tiragem de exemplares = R$ ,00. Projetos Museológicos

31 Conservação e Restauração do Acervo Institucional sob responsabilidade do MHEx/FC Objetivo: estabelecer e manter as condições ideais de conservação do Acervo e restaurar as peças absorvidas. Atualmente peças estão cadastradas em Reserva Técnica Projetos Museológicos

32 Ampliação do Acervo do MHEx Objetivo: identificar, selecionar e absorver as peças que possuem conteúdo histórico.

33 Projetos Museológicos Jornadas Técnicas 18 do Forte

34 Projetos de Atividades Educativas Objetivo: Proporcionar uma forma de divulgar o nome do MHEx/FC, nos meios militar e civil, por meio de atividades sócio-culturais. Projetos de Educação

35 Projetos de Educação Soldado por um dia Pule comigo e salte na História

36 Projetos de Educação Guarda Patrimonial Objetivo: Formar os militares do MHEx/FC em especialistas na guarda e preservação de acervos.

37 Projetos de Educação Guias de Museu Objetivo: Capacitar os militares do MHEx e do MMCL a realizarem visitas guiadas às exposições desses Museus.

38 Restauração em Madeira Objetivo: capacitar os militares do MHEx a realizar intervenções de restauro em acervo de madeira. Projetos de Educação Patrimonial

39 Primeiros Socorros Objetivo: Preparar os militares do MHEx para realizar ações de primeiros socorros aos visitantes.

40 Coral Vozes do Forte Objetivo: Divulgar a imagem do Museu Histórico do Exército através da projeção de um evento cultural. Projetos de Incentivo à Cultura e Civismo

41 Troca da Guarda Histórica do FC Objetivo: Proporcionar ao visitante do Museu mais um atrativo durante a visitação. Projetos de Incentivo à Cultura e Civismo

42 Troca do Pavilhão Nacional Objetivos: Proporcionar um resgate das tradições do Exército Brasileiro; e Difundir a imagem do EB junto à juventude. Projetos de Incentivo à Cultura e Civismo

43 Interdanças Objetivos: Proporcionar ao visitante do Museu mais um atrativo durante a visitação, difundir a imagem do MHEx/FC e a cultura. Projetos de Incentivo à Cultura e Civismo

44 Sarau no Forte Objetivos: Proporcionar ao visitante do Museu mais um atrativo durante a visitação, difundir a imagem do MHEx/FC e a cultura. Projetos de Incentivo à Cultura e Civismo

45 Encontro de Corais Objetivos: Proporcionar ao visitante do Museu mais um atrativo durante a visitação, difundir a imagem do MHEx/FC e a cultura. Projetos de Incentivo à Cultura e Civismo

46 Banda no Forte Objetivos: Proporcionar ao visitante do Museu mais um atrativo durante a visitação, difundir a imagem do MHEx/FC e a cultura. Projetos de Incentivo à Cultura e Civismo

47 Violões do Forte Projeto de inclusão social, criado em abril de 2011, que contempla a comunidade de Copacabana e arredores, dentro do escopo cultural do Forte de Copacabana

48 Encontro com a Reserva Proporcionar aos Militares da Reserva uma maior aproximação com as atividades desenvolvidas pela Força Terrestre. Projetos de Incentivo à Cultura e Civismo

49 Chorinho no Forte Música no Museu Curta com o Teatro MPB no Forte Exposições Temporárias Projetos de Incentivo à Cultura e Civismo

50 ATIVIDADES 2014 MHEx / FC

51 FIFA Cessão das instalações de 31 de março à 11 de agosto

52 FIFA

53

54

55 CENTRO ABERTO DE MÍDIA DO GOVERNO FEDERAL Cessão das instalações de 07 de abril à 11 de agosto

56 CENTRO ABERTO DE MÍDIA DO GOVERNO FEDERAL

57 CENTRO ABERTO DE MÍDIA DO GOVERNO FEDERAL

58 FORTE DE COPACABANA CENTENÁRIO Atividades previstas Chá com senhoras de Copacabana (Mar / já realizado); Jornada técnica (29 Abr); Exposição do Exército – FEB (Abr); Exposição sobre a participação do Exército no HAITI (Maio); Festival de Harpas (Maio);

59 FORTE DE COPACABANA CENTENÁRIO Atividades previstas Exposição sobre os 18 do Forte (Jul); Concurso de fotografias com vernissage (Ago); Exposição comemorativa ao Dia do Soldado (Ago); Projeto lê pra mim (Ago); Projeto soldado por um dia (Ago); Troca da Bandeira (Ago e Nov);

60 Atividades previstas Corrida entre os Fortes (Set); Formatura, coquetel e baile comemorativo ao Centenário (Set); Lançamento de revista/livro comemorativo ao Centenário (Set); Lançamento de medalha comemorativa ao Centenário (Set); Lançamento de selo comemorativo ao Centenário (Set); Troca da guarda (Set); Revitalização da iluminação do Forte; FORTE DE COPACABANA CENTENÁRIO

61 Atividades previstas Apresentações/Demonstrações diversas em comemoração ao Centenário (Set); Show da Família Caymmi (Set); FORTE DE COPACABANA CENTENÁRIO Concurso de redação com premiação entre alunos de escolas (Nov); Show de Roberto Carlos (Nov); e Réveillon

62 Atividades previstas FORTE DE COPACABANA CENTENÁRIO

63 CONCLUSÃO

64

65 Novas Metas Revitalização da Infraestrutura Recuperação da Fortificação; Implantação de um novo sistema de segurança.

66 Visitação aos Salões de Exposições PARA QUE TRAZER 1 MILHÃO DE PESSOAS? SOMENTE PARA CONHECER UM LUGAR PITORESCO ADMINISTRADO PELO EXÉRCITO? - MEMÓRIA NACIONAL - TRANSMISSÃO DOS VALORES DO EXÉRCITO - MOLDAR MENTALIDADES - FORMAR OPINIÃO PÚBLICA TRANSFORMAR AS PESSOAS

67 VISITAÇÃO 2011 Total de pessoas que visitaram o MHE Este valor corresponde ao total de visitantes até agosto de 2011

68 Acesso ao Portal MHEx

69 Exposições na Mídia

70

71 CONCLUSÃO


Carregar ppt "MUSEU HISTÓRICO DO EXÉRCITO E FORTE DE COPACABANA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google