A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Bancos de Dados SQL Server 2012 Databases. Criando banco de dados Create database AlunoDB GO Select * from sys.databases where name = AlunoDB GO sp_helpdb.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Bancos de Dados SQL Server 2012 Databases. Criando banco de dados Create database AlunoDB GO Select * from sys.databases where name = AlunoDB GO sp_helpdb."— Transcrição da apresentação:

1 Bancos de Dados SQL Server 2012 Databases

2 Criando banco de dados Create database AlunoDB GO Select * from sys.databases where name = AlunoDB GO sp_helpdb AlunoDB GO

3 Criando banco de dados É necessário definir: O nome do database O tamanho do database Os arquivos em que o banco de dados será armazenado (no mínimo um de dados e um de log) CREATE DATABASE Equipamentos ON PRIMARY ( NAME=EquipamentosData, FILENAME='c:\Program Files\..\..\Data\Equipamentos_Data.mdf', SIZE=10MB, MAXSIZE=15MB, FILEGROWTH=20%) LOG ON ( NAME=EquipamentosLog, FILENAME= 'c:\Program Files\..\..\Data\Equipamentos_Log.ldf', SIZE=3MB, MAXSIZE=5MB, FILEGROWTH=1MB) COLLATE SQL_Latin1_General_Cp1_CI_AS

4 Criando banco de dados Cria uma duplicata do banco model Armazena definição do novo database no banco master Veja databases existentes através da view de sistema sys.databases SELECT * FROM sys.databases

5 Criando banco de dados (sintaxe) CREATE DATABASE database_name [ON { [PRIMARY] (NAME = logical_file_name, FILENAME = 'os_file_name' [, SIZE = size] [, MAXSIZE = {max_sizeUNLIMITED}] [, FILEGROWTH = growth_increment] ) } [,...n] ] [LOG ON { (NAME = logical_file_name, FILENAME = 'os_file_name' [, SIZE = size] [, MAXSIZE = {max_sizeUNLIMITED}] [, FILEGROWTH = growth_increment] ) } [,...n] ] [COLLATE collation_name]

6 Criando banco de dados (sintaxe) PRIMARY: Especifica os arquivos do filegroup primário, que contém todas as tabelas de sistema e todos os objetos de banco não associados à outros filegroups. Todo banco de dados contém um arquivo de dados primário, que é o ponto de partida do database e que aponta para todos os outros arquivos do database. A extensão recomendada é.MDF Se você não especificar a palavra-chave PRIMARY, o primeiro arquivo listado no comando se tornará o arquivo primário.

7 Criando banco de dados (sintaxe) FILENAME: Esse parâmetro especifica o nome e rota do arquivo no sistema operacional. Deve ser um folder local ao servidor onde o SQL está instalado. SIZE: Especifica o tamanho do arquivo de dados ou de log em (MB) ou KB (default) Mínimo de 512KB ou o tamanho mínimo do arquivo de dados primário do banco model Valor padrão (default) é de 1MB

8 Criando banco de dados (sintaxe) MAXSIZE: Especifica o tamanho máximo que o arquivo pode alcançar em MB ou KB. Se não especificado, o arquivo poderá crescer até o disco ficar completamente cheio. FILEGROWTH: Especifica o incremento de crescimento. O crescimento máximo não irá execeder Maxsize. Pode ser especificado em MB (default), KB ou %. Se não especificado, será se 10% ou 64KB no mínimo.

9 Criando banco de dados (sintaxe) COLLATION: Especifica a colação (collation) padrão do banco A collation de um banco compreende regras de classificação, conjunto de caracteres suportados e sensibilidade a acentos. Ex: -SQL_Latin1_General_Cp1_CI_AS (USA) -SQL_Latin1_General_Cp1_CI_AI (Brasil)

10 Criando Bancos de Dados Exercício (linha de comando): Criar um banco de dados de nome TesteDB, com um arquivo primário de 10 MB, tamanho máximo de 20 MB e crescimento de 10% e um arquivo de log transacional de 5 MB, tamanho máximo de 10 MB e crescimento de 1MB. Arquivo primário: C:\SQLDATA\TesteDB_Data.mdf Arquivo de log: C:\SQLDATA\TesteDB_Log.ldf

11 Log transacional funcionamento

12 1. Uma solicitação de alteração de dados é enviada pela aplicação. 2. Quando a alteração é executada, as páginas afetadas são carregadas do disco para o cache (buffer) se as mesmas já não estiverem em cache devido a uma consulta ou alteração anterior. 3. Cada alteração nos dados é gravada no log de transação ao mesmo tempo em que ocorrem (em tempo real). As alterações são sempre gravadas no log em disco antes que as mesmas alterações sejam feitas no banco de dados. Esse técnica é chamada de write- ahead log. 4. De tempos em tempos, um processo denominado checkpoint escreve todas as transações completadas no disco. Se ocorre uma falha no sistema um processo de recuperação automatizado usa o log transacional para refazer (roll forward) as transações que completaram (committed) e desfazer (rollback) as transações incompletas.

13 Database Options configuração Configuráveis por: – SQL Server Management Studio – Linha de comando Alter Database Exec sp_dboption Ex: Alter database TesteDB SET READ_ONLY

14 Database Options configuração Modelos de recuperação do banco de dados: ALTER DATABASE SET RECOVERY FULL BULK_LOGGED SIMPLE FULL proporciona total recuperabilidade em caso de falhas; BULK_LOGGED gera menos log, mas é mais vulnerável. SIMPLE recupera o banco somente até o último backup full ou diferencial.

15 Database Options configuração Controle do estado do banco de dados: ALTER DATABASE SET READ_ONLY READ_WRITE ALTER DATABASE SET SINGLE_USER (somente um usuário) RESTRICTED_USER (somente sysadmin ou db_owner) MULTI_USER (normal )

16 Database Options – Exercício 1 1. No banco master, mudar TesteDB para single_user Use master Alter database TesteDB set single_user 2. Abrir nova query e selecionar TesteDB Use TesteDB 3. Abrir mais uma query e selecionar TesteDB Use TesteDB 4. No banco master, mudar TesteDB para multi_user Use master Alter database TesteDB set multi_user with rollback immediate

17 Database Options – Exercício 2 1. Criar tabela de nome Cliente em TesteDB Use TesteDB; Create table Cliente (cod_cliente int not null, nome_cliente varchar (30) not null); 2. Inserir linha na tabela Cliente Insert into Cliente values (1,João Silva); Select * from Cliente; 3. No banco master, mudar TesteDB para read_only Use master; Alter database TesteDB set read_only with rollback immediate; 2. Tentar inserir nova linha na tabela Cliente Use TesteDB; Insert into Cliente values (2,Maria Santos); 3. No banco master, mudar TesteDB para read_write Use master; Alter database TesteDB set read_write with rollback immediate;

18 Obtendo informações sobre databases sp_helpdb sp_helpdb database_name sp_spaceused [objname] sp_helpfile Ex: sp_helpdb sp_helpdb TesteDB Use TesteDB exec Use TesteDB exec sp_helpfile

19 Obtendo informações pelas views de sistema Select * from sys.databases Select * from sys.database_files Select * from sys.allocation_units

20 Gerenciando arquivos de dados e log Sintaxe: ALTER DATABASE database { ADD FILE [,...n ] [ TO FILEGROUP filegroup_name ] | ADD LOG FILE [,...n ] | REMOVE FILE logical_file_name [ WITH DELETE ] | ADD FILEGROUP filegroup_name | REMOVE FILEGROUP filegroup_name | MODIFY FILE | MODIFY NAME = new_dbname | MODIFY FILEGROUP filegroup_name {filegroup_property | NAME = new_filegroup_name } | SET [,...n ] [ WITH ] | COLLATE }

21 Gerenciando arquivos (cont.) Usando crescimento automático de arquivos Boas práticas: – Aloque um tamanho inicial suficiente para evitar operações de expansão frequentes. – Determine um tamanho máximo para os arquivos. – Configure os incrementos grandes o suficiente para evitar operações de expansão frequentes. Por exemplo, se o log cresce 40 MB por dia, configure o autogrow para 50 MB e não 1MB!

22 Gerenciando arquivos (cont.) Adicionando arquivos secundários de dados ALTER DATABASE TesteDB ADD FILE (NAME = TesteDB_Data2, FILENAME='c:\Program Files\..\..\ Data\TesteDB_Data2.ndf', SIZE=15MB, MAXSIZE=20MB) GO

23 Gerenciando arquivos (cont.) Expandindo arquivos manualmente ALTER DATABASE TesteDB MODIFY FILE ( NAME = TesteLog', SIZE = 30MB) GO

24 Gerenciando arquivos (cont.) Exercícios: 1.Adicionar 2 arquivos de dados ao banco TesteDB 2.Expandir o arquivo de log de TesteDB para 30MB 3.Mudar o autoincremento do arquivo de log de TesteDB para 10 % e o tamanho máximo para 100MB.

25 Deletando um Database DROP DATABASE Ex: Drop database TesteDB Não é possível excluir um database se: O mesmo está em uso É um database de sistema Está no meio de um Restore Deleta todos os arquivos de dados (operação irreversível)

26 Manutenção Básica DBCC Shrinkdatabase : compacta o Banco Inteiro EX: DBCC Shrinkdatabase (TesteDB, 15) DBCC Shrinkfile : compacta um arquivo do Banco Use TesteDB DBCC Shrinkfile (TesteDB_Data, 5) Auto_shrink : compacta o Banco automaticamente ALTER database TesteDB SET auto_shrink ON

27 Manutenção Básica Exercícios: Compactar arquivo de dados do banco AdventureWorks2012 para 100 MB. Verificar o tamanho final do mesmo. Compactar o banco AdventureWorks2012 deixando 15% de espaço livre. Verificar o tamanho final de todos os arquivos (dados e log).

28 Manutenção Básica Exercícios: Gerar registros de log com o script abaixo: Use AdventureWorks2012 dbcc dbreindex ('Person.Person') dbcc dbreindex ('Sales.SalesOrderDetail') Verificar tamanho do arquivo de log Compactar arquivo de log do banco AdventureWorks2012 para 1 MB. Verificar o tamanho final do mesmo. O que ocorreu?

29 Manutenção Básica Exercícios: Mudar o modelo de recuperação do banco AdventureWorks2012 para FULL Fazer backup de dados e log do banco AdventureWorks2012 backup database AdventureWorks2012 to disk = 'C:\SQLBACKUP\AdventureWorks2012_ BAK' with init backup log AdventureWorks2012 to disk = 'C:\SQLBACKUP\AdventureWorks2012_ TRN' with init Compactar novamente o arquivo de log do banco AdventureWorks2012 para 1 MB. Verificar o tamanho final do mesmo. O que ocorreu?

30 Armazenamento Interno

31 O SQL Server armazena, lê e escreve dados em blocos de 8KB, chamados páginas. Linhas de uma tabela, de um modo geral, não podem ser maiores que uma página, ou 8060 (8192 Bytes – overhead). Todas as páginas são armazenadas em extents. Um extent são oito páginas contíguas, ou 64KB. Páginas podem conter dados de tabelas, índices ou controles de alocação.

32 Links Úteis Create Database sintaxe: br/library/ms176061(v=sql.120).aspx br/library/ms176061(v=sql.120).aspx Alter Database sintaxe: br/library/ms174269(v=sql.120).aspx br/library/ms174269(v=sql.120).aspx DBCC shrinkdatabase: br/library/ms aspx br/library/ms aspx


Carregar ppt "Bancos de Dados SQL Server 2012 Databases. Criando banco de dados Create database AlunoDB GO Select * from sys.databases where name = AlunoDB GO sp_helpdb."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google