A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Classe de palavras: o verbo Prof.ª Cláudia. Classe de palavras: o verbo Palavra que exprime estado, ação ou fenômeno. Os verbos variam em número, pessoa,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Classe de palavras: o verbo Prof.ª Cláudia. Classe de palavras: o verbo Palavra que exprime estado, ação ou fenômeno. Os verbos variam em número, pessoa,"— Transcrição da apresentação:

1 Classe de palavras: o verbo Prof.ª Cláudia

2 Classe de palavras: o verbo Palavra que exprime estado, ação ou fenômeno. Os verbos variam em número, pessoa, modo, tempo e voz. Número SINGULARPLURAL como, comes, comecomemos, comeis, comem ando, andas, andaandamos, andais, andam Pessoas 1ªpessoa: aquela que fala2ªpessoa: com quem se fala3ªpessoa: de quem se fala Eu (singular) Nós (plural) Tu (singular) Vós (plural) Ele, ela (singular) Eles, elas (plural)

3 Língua Portuguesa I – MODO Caracterizam a maneira como o falante expressa o significado contido no verbo. INDICATIVO SUBJUNTIVO IMPERATIVO certeza ordem aconselhamento O Brasil possui várias belezas naturais. dúvida Talvez você possa me esclarecer isso. hipótese/condição Se todos chegassem mais cedo, daria certo. ordem/pedido Pediria a todos que se dirigissem à recepção. desejo Espero que confiem na minha palavra. Estude bastante para que isso aconteça. Flexão dos verbos

4 INFINITIVOGERÚNDIO PARTICÍPIO REGULARIRREGULAR CANTARCANT –ARCANTA –NDOCANT –ADO--- ELEGERELEG –ERELEGE –NDOELEG –IDOELEITO IMPRIMIRIMPRIM –IRIMPRIMI –NDOIMPRIM –IDOIMPRESSO Infinitivo Verbo: Ainda quero cantar aquela música. Substantivo: O cantar dos pássaros é maravilhoso. Particípio Verbo: Ele tem cantado a mesma música todos os dias. Adjetivo: A música cantada é mais bela. Substantivo: Aquela cantada, a menina achou ridícula. FUNÇÕESFUNÇÕES Gerúndio Verbo: Ela está cantando a mesma música. Advérbio: Ela chegou na sala cantando. As formas nominais dos verbos

5 PARTICIPIO REGULAR O particípio regular é usado com os auxiliares ter e haver, ou seja, na voz ativa: A polícia tem prendido alguns traficantes adolescentes. Ele já havia soltado o cachorro quando o vizinho entrou pelo portão. O correio tem entregado as cartas pontualmente. PARTICÍPIO REGULAR X PARTICÍPIO IRREGULAR PARTICÍPIO IRREGULAR O particípio irregular exprime um estado; é usado na voz passiva, em especial com os auxiliares ser, estar, ficar: O traficante só será preso depois de muita busca. Os cachorros estão presos desde que morderam o carteiro. Os malotes têm sido entregues com atraso. As formas nominais dos verbos O particípio regular é terminado em –do, o particípio irregular não possui forma fixa: aceitar: aceitado / aceitoimprimir: imprimido / impresso concluir: concluído / conclusovagar: vagado / vago

6 INFINITIVO PESSOAL O infinitivo pessoal POSSUI sujeito: Para sermos felizes devemos lutar muito. INFINITIVO PESSOAL X INFINITIVO IMPESSOAL INFINITIVO IMPESSOAL O infinitivo impessoal NÃO POSSUI sujeito. Ser ou não ser, eis a questão. As formas nominais dos verbos Obs.: O infinitivo pessoal pode ser flexionado ou não: Flexionado: andares, andarmos, andarem. Não flexionado: andar

7 Língua Portuguesa IMPERF.MAIS-PERF. PRESENTE PERFEITO PRESENTEPRETÉRITO A) INDICATIVO: indica um fato certo. PRETÉRITO FUTURO Ação ocorre no momento da fala. Ação passada já concluída. Ação passada anterior a outra também passada. Ação passada não concluída. Ação futura com relação ao presente. Ação futura com relação ao passado. II – TEMPO Caracterizam a maneira como o falante expressa o significado contido no verbo. Eu comi. Nós andamos. Eu comia. Nós andávamos. Ele esperou muito, mas seu amigo já esperara mais que ele sem reclamar. Ele comeu bem, mas seu amigo já comera antes. Eu ando. Nós vivemos. Eu andarei. Nós comeremos. Eu andaria amanhã se não tivesse tão cansado. Ele comeria bem caso a comida lhe fosse agradável.

8 Emprego dos tempos verbais INDICATIVO TEMPOUSOEXEMPLO Presente a) Enunciar algum fato atual que acontece no momento em que se fala. Vejo crianças na praça. b) Denotar uma verdade universal.A terra gira em torno do sol. c) Indicar uma ação habitual, constante.Acordo às seis horas da manhã. d) Dar vivacidade aos fatos ocorridos no passado. Em 1500, Pedro Álvares Cabral chega ao Brasil. e) Indicar um futuro próximo.Amanhã é feriado.

9 Emprego dos tempos verbais INDICATIVO TEMPOUSOEXEMPLO Pretérito imperfeito a) Indicar um fato passado, mas não totalmente concluído (representa o presente no passado) A criança chorava naquele dia. b) Expressar uma ação habitual ou repetida. (imperfeito frequentativo) Levantava-se, tomava banho, bebia um café forte e saía. Pretérito perfeito a) Denota uma ação totalmente realizada.Lutou e venceu. Pretérito perfeito composto a) Uma ação repetida e prolongada até o presente. Tenho ido à escola. b) Um fato totalmente realizado, confirmando uma ordem, ou quando termina o discurso Tenho concluído. Tenho dito. Pretérito mais- que-perfeito a) Indica que uma ação é anterior a outa já passada. Quando entrei, ela já saíra. (ou tinha saído)

10 Emprego dos tempos verbais INDICATIVO TEMPOUSOEXEMPLO Futuro do presente a) Indicar um fato certo, posterior ao momento presente. Realizarei meus propósitos. b) Expressar dúvida ou polidez em relação a fatos do presente. Quem estará lá fora? Pedirei que continuem aqui. Futuro do presente composto a) Indicar que um fato será realizado antes do outro. Quando ele voltar, já terei lido o romance. b) Indicar possibilidade de um fato futuro.Se chover, serão vendidos muitos guarda-chuvas. c) Indicar possibilidade de um fato passado.Terão eles sido felizes? Futuro do pretérito a) Indicar um fato futuro em relação a outro passado. Eles disseram que não estudariam. b) Expressar dúvida em relação a fatos passados. Que teria acontecido com aquele homem? c) Expressar polidez.Gostaria de viajar. d) Expressar surpresa ou revolta.Eu não faria semelhante coisa. e) Indicar um futuro dependente de alguma condição. Iria até o fim do mundo, se ela quisesse.

11 Emprego dos tempos verbais IMPERATIVO TEMPOUSOEXEMPLO Afirmativo a) Indica ordem, pedido, súplica.Saia imediatamente! Por gentileza, empreste-me a caneta. b) Pode indicar um futuro.Assim que te veja, ficarei feliz.

12 Língua Portuguesa IMPERF. PRESENTE FUTURO PRETÉRITO FUTURO Indica um fato duvidoso ou provável. Exprime desejo, concessão ou ato hipotético. Ação duvidosa no futuro, uma condição para que se realize um fato. B) SUBJUNTIVO: fato duvidoso. Espero que você tenha sucesso. Assim que te veja, ficarei feliz. Se não desistisse, chegaria ao final. Fosses rico, o fato seria diferente. Se você quiser, vá ao cinema. Irei quando puder.

13 Língua Portuguesa C) IMPERATIVO: ordem, pedido, súplica ou conselho. PRESENTE AFIRMATIVO NEGATIVO Saia imediatamente. (ordem) Por gentileza, empreste-me a caneta (pedido) Deus, valei-me! (súplica) Seja sempre honesto! (conselho) Entre! Não entre!

14 Formas dos tempos verbais SIMPLES Apenas o próprio verbo COMPOSTO O verbo mais um verbo auxiliar Eu ando. Eu como. Eu vivo. Eu tenho andado. Eu havia comido. Nós temos vivido.

15 Formação dos tempos compostos Modo Indicativo Pretérito Perfeito Presente do indicativo do verbo auxiliar, seguido de particípio do verbo principal. Tenho trabalhado. Pretérito mais-que- perfeito Pretérito imperfeito do verbo auxiliar, seguido do particípio do verbo principal. Eu tinha estudado Futuro do presente Futuro do presente do indicativo do verbo auxiliar, seguido do particípio do verbo principal. Eu terei estudado. Futuro do pretérito Futuro do pretérito do verbo auxiliar, seguido de particípio do verbo principal. Eu teria estudado.

16 Formação dos tempos compostos Modo Subjuntivo Pretérito Perfeito Presente do subjuntivo do verbo auxiliar, seguido de particípio do verbo principal. Que eu tenha estudado. Pretérito mais-que- perfeito Pretérito imperfeito do subjuntivo do verbo auxiliar, seguido do particípio do verbo principal. Se eu tivesse estudado Futuro do subjuntivo Futuro do subjuntivo do indicativo do verbo auxiliar, seguido do particípio do verbo principal. Eu tiver estudado.

17 Vozes do verbo ATIVA PASSIVA REFLEXIVA O sujeito pratica a ação.O sujeito sofre a ação. O sujeito pratica e sofre simultaneamente. João pintou a varanda. Paulo comeu a carne. Ele viveu a vida. VERBAL OU ANALÍTICA PRONOMINAL OU SINTÉTICA Paulo feriu-se. Ana pintou-se. Os cães morderam-se. A varanda foi pintada por João. A carne foi comida por Paulo. A vida foi vivida por ele. Pintou-se a varanda. Comeu-se a carne. Viveu-se a vida. verbo ser + particípio passado verbo 3ªpessoa + partícula apassivadora

18 Conversão da voz ativa na passiva João inventou a imprensa. sujeito verboobjeto direto Voz ativa A imprensa foi inventada por João. sujeito verbo passivo agente da passiva Voz passiva Os calores intensos provocam as chuvas As chuvas são provocadas pelos calores intensos. Eu o acompanharei. Ele será acompanhado por todos. -O sujeito agente da voz ativa passa para agente da passiva. -O objeto direto da voz ativa passa para sujeito paciente na voz passiva. -o verbo da voz ativa transforma-se em particípio, precedido do verbo ser, no mesmo tempo e modo do verbo da voz ativa.

19 Classificação dos verbos REGULARES: verbos cujos radicais permanecem invariáveis durante a conjugação. AMAR amo – amamos – amarei – amaria – amava IRREGULARES: os radicais se alteram durante a conjugação. FAZER faço – fazes OUVIR ouço, ouves DEFECTIVOS: são verbos que não se conjugam em todas as formas. abolir, colorir, banir, extorquir, feder: Ø 1ªpessoa do pres. Ind. ; Ø subjuntivo. reaver, precaver, falir: apenas a 1ªe 2ªpessoa do plural; Ø presente do subjuntivo ABUNDANTES: verbos que possuem formas equivalentes. ganhar: ganho e ganhado; matar: morto e matado; eleger: eleito e elegido. ANÔMALOS: são verbos irregulares que apresentam vários radicais durante sua conjugação. ser (sou, és, fui) ir (vou, ia)

20 Classificação dos verbos AUXILIAR: É o primeiro verbo de uma locução verbal, aquele que se flexiona. Resolvemos fazer. / Estive pensando. / Quero comprar. PRINCIPAL: É segundo verbo de uma locução, o que encerra o sentido básico do grupo. Está sempre numa forma nominal. Queremos sair. / Resolvemos fazer. / Estive analisando. UNIPESSOAL: Só são empregados na 3ªpessoa (singular ou plural). Verbos que exprimem fenômeno da natureza: chover, ventar, nevar, gear. (apenas singular) Verbos que exprimem vozes de animais: coaxar, latir, miar, grasnar. (singular/plural) PRONOMINAL: conjugados normalmente junto com um pronome oblíquo. Arrepender-se; queixar-se; suicidar-se.


Carregar ppt "Classe de palavras: o verbo Prof.ª Cláudia. Classe de palavras: o verbo Palavra que exprime estado, ação ou fenômeno. Os verbos variam em número, pessoa,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google