A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Profª Marcia Conceição de S. Silva www.marciasilvaquimica.wikispaces.com FILOS DO REINO ANIMAL PARTE 2 PLATELMINTOSNEMATÓDEOS.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Profª Marcia Conceição de S. Silva www.marciasilvaquimica.wikispaces.com FILOS DO REINO ANIMAL PARTE 2 PLATELMINTOSNEMATÓDEOS."— Transcrição da apresentação:

1 Profª Marcia Conceição de S. Silva FILOS DO REINO ANIMAL PARTE 2 PLATELMINTOSNEMATÓDEOS

2 PLATELMINTOS Animais de corpo achatado Triblásticos; Acelomados; Simetria bilateral; Tubo digestório incompleto (sem ânus); Alguns parasitas não têm tubo digestório; Ausência de sistemas respiratório e circulatório.

3 PLATELMINTOS Sistema de excreção por células-flamas (flageladas); O batimento dos cílios das células-flamas impulsiona as excretas; No sistema nervoso há gânglios nervosos e 2 cordões nervosos; Ocelos = acusam presença de luz; Quimiorreceptores = indicam presença de substâncias químicas no ambiente.

4 PLATELMINTOS: CLASSES TURBELLARIA [turbelários] planária TREMATODA [trematódeos] Schistosoma mansoni barriga-dágua CESTODEA [cestódeos] tênias

5 TURBELÁRIOS Maioria das sp aquáticas de vida livre. Principal exemplo é a planária. Reprodução assexuada ou sexuada (hermafrodita)

6 PLANÁRIA

7 TREMATÓDEOS Corpo revestido por uma cutícula com ventosas de fixação; Tubo digestório com boca; Parasitas: Schistosoma mansoni Fasciola hepatica

8 Schistosoma mansoni Causa a esquistossomose mansônica (ou xistossomose, xistosa, doença do caramujo). O macho mede cerca de 1 cm e possui duas ventosas e um sulco ao longo do corpo (canal ginecóforo) onde abriga a fêmea durante a cópula. Parasitam o sistema porta-hepático (veias que ligam o intestino ao fígado) ; Os ovos postos pela fêmea são eliminados nas fezes;

9 Homem hospedeiro definitivo Caramujo hospedeiro intermediário Parasita Heteróxeno ou Digenético. Quando as fezes atingem a água, os ovos se rompem e liberam uma larva ciliada (Miracídio) que penetra no caramujo (gênero Biomphalaria)

10

11 De 1 miracídio surgem cerca de 300 mil cercárias. Cada cercária pode abandonar o caramujo e viver livre na água por até 2 dias. Ela penetra através da pelo ou mucosas do ser humano, quando este entra em contato com água contaminada.

12 Provoca reação alérgica como coceira, vermelhidão e dor. Problemas no fígado, no baço e no intestino, com diarréias, dores abdominais e emagrecimento. Ascite = o baço e o fígado crescem aumentando o tamanho da barriga.

13 Fasciola hepatica Parasita canículos biliares do fígado de carneiros. Hermafrodita; Possui ciclo semelhante ao Schistossoma; Hospedeiro intermediário é caramujo de água doce; Forma uma larva chamada rédia; O carneiro se contamina quando come vegetação à beira da água que contém larva.

14

15 CESTODEA (Cestódeos) Tênias (solitárias); Seu corpo (estróbilo) é formado por segmentos ou anéis (proglótides); Região anterior (escólex) possui estruturas de fixação (ventosas); Hospedeiro definitivo = homem; Hospedeiros intermediários = porco e boi

16 Cada anel maduro possui um sistema reprodutor hermafrodita, então a tênia se autofecunda. Ela parasita o intestino humano, os ovos são eliminados nas fezes podendo contaminar água e verduras. O porco e o boi podem ingerir esses ovos (oncosfera) que aloja-se no músculo do animal adquirindo um aspecto de esfera brancoa (canjiquinha), que é o cisticerco.

17 O ser humano se contamina quando ingere carnes mal cozidas. O diagnóstico é feito por exame de fazes. O tratamento pode ser feito com cirurgias e/ou medicamentos.

18

19 Echinococcus granulosus (tênia do cão); Vivem no intestino do cão; Formam cistos na carne de carneiros, porcos quando ingerem os ovos eliminados pelas fezes do cão. O cão ingerindo vísceras desses animais, adquire o verme e pode contaminar o homem. (lambida)

20

21 NEMATÓDEOS Encontrados em grande quantidade na água, no solo e como parasitas de animais e vegetais. Vermes cilíndricos, afilados nas pontas, triblásticos, pseudocelomados. Apresentam tubo digestório completo (com boca e ânus)

22 Não possuem sistemas respiratório e circulatório. Sistema excretor é formado por células especiais (renetes). Possuem sistema nervoso que localiza-se em volta do esôfago, de onde partem cordões nervoso longitudinais. Sexos separados. Fecundação interna.

23 DOENÇAS ASCARIDÍASE ANCILOSTOMOSE (AMARELÃO) FILARIOSE (ELEFANTÍASE) LARVA MIGRANS CUTÂNEA OXIUROSE (ENTEROBÍASE) ESTRONGILOIDÍASE TRICURÍASE

24 ASCARIDÍASE Causada pelo Ascaris lumbricoides; Vivem no intestino delgado do hospedeiro; Ovos expulsos nas fezes, podem contaminar água, solo, verduras, etc. Se ingeridos os ovos eclodem e libertam larvas no intestino. Atravessam a parede intestinal, caem na corrente sangüínea, chegam ao coração, pulmões...

25

26 ANCILOSTOMOSE Ancylostoma duodenale Necator americanus Vermes adultos vivem no intestino delgado; ovos eliminados nas fezes... Larva penetra na pele vasos linfáticos, vasos sangüíneos, coração, pulmões...descem pelo esôfago e chegam no intestino delgado onde se tornam adultos. Palidez, cansaço, tontura, desânimo, dores musculares, hemorragias, anemia...

27 necator

28 LARVA MIGRANS CUTÂNEA Bicho geográfico. Ancylostoma braziliensis e Ancylostoma caninum; Penetram na epiderme humana e se deslocam abrindo túneis. Provocam coceira.

29 FILARIOSE (Elefantíase) Verme Wuchereria bancrofti (filária); Transmitidos pela picada do mosquito do gênero culex; As larvas atingem os vasos linfáticos e obstruem esses vasos que perdem sua função.(Retira o excesso de líquido que sai do sangue e banha os tecidos) O líquido se acumula provocando hipertrofia (mamas, escroto, pernas)

30

31 OXIUROSE Verme Enterobius vermicularis (oxiúro); Intestino grosso. A fêmea, após fecundada, dirige-se para a região em torno do ânus para liberar os ovos. Provoca coceira; Fácil contaminação.

32 Estrongiloidíase & Tricuríase A 1ª é provocada pelo verme Strongyloides stercoralis; ciclo semelhante ao ancilóstomo. As larvas penetram na pele dos pés. Diarréias, dores abdominais, vômitos, náuseas... A 2ª provocada pelo Trichuris trichiura, mesma prevenção da ascaridíase. Perda de peso, diarréia, anemia...

33

34 BIBLIOGRAFIA LINHARES, Sérgio. GEWANDSNAJDER, Fernando. Biologia: volume único: 1ª edição – São Paulo: Ática, Figuras e Imagens http://media.photobucket.com/image/plan%25C3%25A1ria/cottonmanifesto/digital% 205/4planaria jpghttp://media.photobucket.com/image/plan%25C3%25A1ria/cottonmanifesto/digital% 205/4planaria jpg 3. EI/ScZy2ypae6I/AAAAAAAAAKY/UwTOPgj9hfI/s320/planaria.jpghttp://2.bp.blogspot.com/_AtTl4eGv- EI/ScZy2ypae6I/AAAAAAAAAKY/UwTOPgj9hfI/s320/planaria.jpg 4.http://www.bergen.edu/faculty/rdill/Environmental_Bio/EB_lab_Images/schistosoma.jpghttp://www.bergen.edu/faculty/rdill/Environmental_Bio/EB_lab_Images/schistosoma.jpg 5. esquistossomose.jpghttp://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/filo-platelmintos/imagens/ciclo-da- esquistossomose.jpg 6.http://workforce.cup.edu/buckelew/life_cycle_of_fasciola_hepatica.htmhttp://workforce.cup.edu/buckelew/life_cycle_of_fasciola_hepatica.htm http://bioweb.uwlax.edu/bio203/s2008/geske_rich/images/OrgWebTaeniaPile.JPGhttp://bioweb.uwlax.edu/bio203/s2008/geske_rich/images/OrgWebTaeniaPile.JPG 9.http://syafiqhusni.files.wordpress.com/2008/12/ascari.jpghttp://syafiqhusni.files.wordpress.com/2008/12/ascari.jpg colider.unemat.br/.../images/image001.jpg


Carregar ppt "Profª Marcia Conceição de S. Silva www.marciasilvaquimica.wikispaces.com FILOS DO REINO ANIMAL PARTE 2 PLATELMINTOSNEMATÓDEOS."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google